Vermelhices

Não é comum eu falar de algo como o Futebol. Já aqui falei por duas vezes. Uma, por causa da palavra "futebol" outra por causa dos constantes apalpões e beijos babados entre jogadores. Recebi isto por mail e pensei, "por que raio me mandam isto?"


No canto inferior esquerdo podem ler: "Há palhaços que em vez de ficarem caladinhos e saborear a taça de merda oferecida por um zarolho (?) quebraram o silêncio sujo para virem agredir o Sporting. Metam-se no ninho, xiiiiuu"

Concordo em absoluto com o seguinte: "Há palhaços que em vez de ficarem caladinhos" criam imagens tristes, com textos tristes, sobre um assunto sem importância.
Depois vem a referência à "taça de merda". Ora, se é de merda por que é que fazem tanto barulho? Pessoalmente eu não me daria ao trabalho de vencer uma taça de fezes. Por fim, "quebraram o silêncio sujo", acho que se o silêncio é sujo, deve ser quebrado, além disso silêncio é coisa que não existia sobre este assunto. No entanto acho que o Benfica deveria ter mantido o nível e não se ter pronunciado.

O arbitro errou. Sem precisar de o fazer, pois um árbitro pode errar, ele pediu desculpas por isso. O futebol mais do que chutar numa bola é também um jogo de ilusão, onde o jogador tenta iludir o árbitro e o árbitro tenta não se deixar iludir, palavras que ouvi num curso de arbitragem (não de futebol). O arbitro é humano e erra. Neste caso especifico errou prejudicando ambas as equipas, mas num dos casos deu golo.
Sabiam que um arbitro pode errar? Por que raio os adeptos de futebol não descarregam as frustrações nos homens que dia após dia passam todo o dia a treinar e raramente acertam na baliza. Quando marcam golos, é a eles que amam. Quando não marcam a culpa é sempre de outro alguém.
Meus queridos, as declarações do Benfica, são justificadas, devido à campanha de choro feita pelo Sporting (mas como disse deveria ter mantido o silêncio). Para quem como eu, não viu o jogo e só posteriormente foi ver o motivo de tanto barulho, fica com a impressão que o jogo terminou imediatamente após aquele golo, mas afinal não terminou, o que aconteceu foi que o Sporting não conseguiu marcar até ao final do jogo.

Toda esta campanha contra o árbitro é ridícula. Todos os clubes beneficiam de erros de arbitragem, mas uma campanha destas eu nunca vi.
Tenho mesmo de sublinhar que concordo que o Sporting está a demonstrar mau perder, falta de Fair Play, má fé e uma infantilidade tremenda, ao colocar ainda mais pressão sobre os árbitros.
A pressão sobre um jogador, baixa o seu rendimento e o mesmo acontece com os árbitros que, quer queiram quer não, são humanos. Com isto tudo, prevejo mais erros de arbitragem devido à ridícula pressão exercida sobre eles. Quando queremos fazer tudo perfeito é quando mais erros cometemos.

Acho toda esta campanha Sportinguista uma vergonha para o próprio Sporting, que se não respeita a sua imagem como um grande clube, deveria respeitar os seus adeptos, pois nem todos partilham o baixo Q.I. dos responsáveis por toda esta polémica.
Clubes que causem instabilidade numa competição deveriam sofrer coimas, para aprenderem a perder tal como tão bem sabem ganhar.

A validade deste tipo de E-mails é ZERO, principalmente por vir de um web site Sportinguista chamado Vermelhices. Este é um daqueles casos de estupidez aguda que afecta muita gente, onde sentem mais satisfação a ver (neste caso) o Benfica a perder, do que o Sporting a ganhar.

Aqui nem está em causa o meu clube, até porque não acompanho o campeonato nacional português e o clube que apoio é o já mítico St.Pauli.


É típico na falta de cultura Portuguesa entrarmos em desculpabilização, nós não temos culpa de nada, só os outros são culpados. se é bom foi a nossa senhora de Fátima, se é mau foi o cornudo. No futebol, existem 11 santinhas em campo, 11 anti-cristos e o diabo himself de apito na boca.

Isto envergonha-me. Vejo que o povo Português com mais facilidade começaria uma guerra pelo seu clube de futebol, do que uma pela sua liberdade e direitos.

62 Comentários:

  forteifeio

sexta-feira, março 27, 2009 1:01:00 da manhã

A forma como terminas é sem sombra de dúvida a pedra de toque, o busilis da questão.Dizes tu: " Vejo que o Povo Português com mais facilidade começaria uma guerra pelo seu clube de futebol, do que uma pela sua liberdade e direitos".
Esta é daquelas conclusões que eu já tirei há muito tempo.
Tu já viste bem o nivel cultural da maior parte das pessoas?? Já analisaste qual a capacidade dos "politicos" portugueses?

Tu já! Mas a maior parte, preocupa-se com coisas mesquinhas e não se está para chatear muito ... deixa andar..

  Eu mesma!

sexta-feira, março 27, 2009 1:12:00 da manhã

Eu apenas tenho um comentário quando dizes que o sporting está a demonstrar mau fair play e afins....

desde quando é que o sporting alguma vez mostrou ter fair play quando perde com o benfica?

É que eles quase nem querem saber de terem perdido a taça... a questão de honra da derrota contra o benfica é que os irrita a bem irritar!

Eu confesso que amei a derrota deles!

  lontra (MR.)

sexta-feira, março 27, 2009 1:33:00 da manhã

Pode ser uma manobra de distracção culpar agora o árbitro, para disfarçar o mau desempenho e os maus resultados com que o Sporting tem presenteado os seus adeptos ultimamente...é que enquanto a culpa for do árbitro ninguém do Sporting tem culpa, e ainda são as vitimas, ‘tadinhos! =)

  Jane Doe

sexta-feira, março 27, 2009 1:53:00 da manhã

Ora bem...

Antes de mais... Aviso que vem aí "Típica gaja a falar de futebol!"
(sem querer ofender as que percebem da coisa...)

Os árbitros têm já uma longa história de agressão por parte de adeptos, de clubes, do que seja. Sempre foram os bodes espiatórios da coisa. É mais fácil atacar um árbrito que um treinador, ou um jogador. Porquê? Porque se um jogador ou um treinador é atacado, pode provocar crise dentro do clube. E polémica dentro do clube é que não! Ora, e quem é que ataca o arbitro? Quem perde. Geralmente. Ou seja... Já chega a vergonha da derrota, ainda vou culpar o desempenho do meu querido treinador ou do meu querido jogador?

Nããããããããã...

O árbitro é o alvo fácil. E depois, claro, com aquela história do apito dourado eles já estão mal vistos já nem lhes faz mossa... Porquê? Porque só vemos o que queremos, e o que eu quero é o meu clube na mó de cima!

O árbitro que alape com a culpa mas é, e esteja caladinho pah!

P.S.(Antes que seja queimada viva por alguém...): Espero que consigam perceber o tom irónico... Just in case...

P.S.1:eu não disse que era tipico de gaja? Burra? é que nem arbrito sabe escrever!

  Pronúncia

sexta-feira, março 27, 2009 2:37:00 da manhã

Já passou quase uma semana e a polémica continua.

O jogo foi mau, o homem do apito foi mau, os jogadores foram maus, os treinadores também.

Mas continua a ser o assunto do momento, com insultos de ambos os lados.

Triste País este em que o que mais preocupa quem cá vive é um jogo de futebol :(

  pepita chocolate

sexta-feira, março 27, 2009 2:39:00 da manhã

Deixa que te diga, que a tua última frase expressa tudo o que penso!

Tal como disse no meu blog, embora tenha falado no futebol, só o fiz com a plena consciência que as pessoas não gostam de viver de tristes realidades. O futebol não me dá pão nem me traz dinheiro para casa! Já o havia dito!

  Jane Doe

sexta-feira, março 27, 2009 2:48:00 da manhã

Ah! A última frase, pois é...

Nem tem comentário possível...

:(

  Treze

sexta-feira, março 27, 2009 3:04:00 da manhã

Devias era perguntar porque é que as pessoas não descarregam a suas frustrações em quem as provoca no dia-a-dia...

Quanto ao lance, achei vergonhoso!
Mas todos eles beneficiam, por isso... Lembras-te daquela que o Ricardo foi buscar a bola 1 metro (se não mais...) dentro da baliza contra a União de Leiria?

E achei engraçado o auxiliar dizer que "aquela certeza a 300% não tive". 300% ?!

  Carlos II

sexta-feira, março 27, 2009 3:34:00 da manhã

O Sporting existe em função do SLB. É um dado mais do que adquirido. Pronto, sou do Benfica, mas sinceramente não gosto que o Benfica ganhe assim. Mas também se não gosto de choraminguices, também não gosto da reacção dos homens da Luz, principalmente do director de comunicação.

o último parágrafo é que é o mais importante do teu post.

A clubite irrita-me e esta questão das pessoas se refugiarem numa tribo para estas guerras de merda, só me deixa triste também.

Um abraço

  dark_soul

sexta-feira, março 27, 2009 4:40:00 da manhã

tem premio e selos para si no meu cantinho.
Beijos

  São

sexta-feira, março 27, 2009 9:26:00 da manhã

A tua última frase diz tudo é realmente triste assistir ao fanatismo das pessoas pelo seu clube de futebol, os jogadores ganham rios de dinheiro quando jogam bem são considerados heróis se jogam mal são considerados vítimas a culpa é do árbitro ou do treinador nunca deles, detesto ver pessoas que não sabem perder e outras que não sabem ganhar, não vi o jogo todo, mas vi quando entregaram as medalhas ao 2º classificado e um jogador do Sporting atirou fora a medalha acho que é uma falta de respeito, não é uma atitude digna de alguém que se diz desportista.
Sou benfiquista simplesmente porque cresci numa família de benfiquistas e nunca tive motivos para mudar, gosto de futebol não do futebol dos interesses económicos que se vê cada vez mais, mas de futebol na sua essência, do desporto futebol, pois é um desporto que pode ser jogado por todos ricos e pobres pode ser jogado num qualquer condomínio fechado de Lisboa ou em qualquer aldeia de África por um grupo de miúdos que só necessitam fazer três linhas no chão e ter uma bola mesmo que de trapos.

  I.D.Pena

sexta-feira, março 27, 2009 9:40:00 da manhã

Podes crer Bruno !

Eu sou sportinguista por uma razão incrivelmente estupida, mas mesmo assim não quero mudar, concordo contigo, este alarido todo no fundo no fundo só mostra uma coisa: o futebol já deu o que tinha a dar de bom agora é só merda.

E sim essa piadola gráfica que recebeste por mail está muito estupida demonstra inveja e mau perder pelo prestigio e respeito que o benfica tem pelos seus adeptos. Horrivel mau gosto, por tanto.

Quando comecei a interessar-me por futebol não era assim, lembro-me que não pagavam tanto aos jogadores, e que quando um jogador falhava tinha que se explicar aos adeptos, agora não :D os jogadores de futebol são como deuses nunca podem ser culpabilizados. Por isso é que não ligo puto a futebol. Enfim...
Também a mim envergonha-me que se defenda com mais facilidade um clube de um jogo de entretenimento, que a de um país.
Beijos

  ceptic

sexta-feira, março 27, 2009 10:18:00 da manhã

Calha a todos! Desta vez foi o benfica que beneficiou :D, e ainda bem!

Mas é verdade que ás vezes, a falta de um jogador em campo destabiliza tudo :), mas mesmo assim tivemos que ir a penaltis!

Eu não me importo de perder, se achar que o jogo teve qualidade! Como isso se tem verificado, ser bastante raro, fico satisfeita com vitórias polémicas :P

Mas é verdade que o país pára, pelo futebol!

  Pax

sexta-feira, março 27, 2009 10:23:00 da manhã

Eu acho que a culpa é da justiça divina e (como sei estar sempre certa) ninguém me consegue convencer do contrário!
Quando há um penalty mal assinalado, Deus deveria fazer com que o marcador pontapeasse a bola para a bancada e não ser golo!

;)

  Sammy

sexta-feira, março 27, 2009 10:45:00 da manhã

Completamente de acordo com o post, há certas coisas que não percebo nem conseguirei perceber...
Confesso que sou simpatizante do Sporting, não o sigo quase nunca porque, ponto 1 estou fora de Portugal e ponto 2 não é uma coisa que altere a minha vida. Casualmente o dia do jogo eu estava em Portugal e ainda para mais eu sem saber que havia um jogo que estava a "paralisar o país", fiz questão de ir tomar café e claro quase nem podia entrar num bar que imediatamente depois de terminar o jogo ficou v-a-z-i-o!

Do jogo: jogaram mal! Não fizeram nada e deviam era estar calados com as vergonhas que fazem passar aos seguidores, ponto final.

Vergonha, sim muita, e mais ainda quando vejo "obras" como as que dão origem a este post.

Por ultimo, concordo plenamente com a ultima frase, eu sinto vergonha alheia quando vejo que um povo se interessa e se mexe mais por 11 gajos em calções, que ainda para mais, tem os bolsos bem cheios e nem lhes importa nada disso, do que protestar por situações mais graves e importantes para todos.

  Paula

sexta-feira, março 27, 2009 12:22:00 da tarde

acho é que eles ganham dinheiro a mais para eu me chatear seja com o que for...e achar que aquilo é importante!

  Sanxeri

sexta-feira, março 27, 2009 12:28:00 da tarde

Realmente, que imagem parvinha e infantil.

Sou benfiquista. Sei que o Benfica não ganhou com justiça, mas escusam de fazer um drama à volta disto.

Preocupem-se assim tanto em trabalhar.

  Silvia F.

sexta-feira, março 27, 2009 12:56:00 da tarde

Quem está contente com toda esta polémica é o Sócrates pois o povo esquece-se das asneiradas do PM.

Que eu tenha conhecimento, o árbitro realmente admitiu o erro mas não pediu desculpa.

O que tem acontecido estes dias é justificarem esse erro crasso do árbitro com outros erros do passado. As coisas que vão buscar ao aquivo "morto", impressionante!
Francamente o que me chateia nisto tudo é muitos, para não fugir à regra, envolverem o FCPorto que está sossegadinho a fazer o seu jogo. Tinha que vir o Pinto da Costa à baila, pois claro!
Resolvam lá os conflitos mas larguem o rabo do FCP, porra!

  Sandra

sexta-feira, março 27, 2009 2:05:00 da tarde

Na verdade para o Sporting o que aconteceu foi maravilhoso. Pois desta forma deixou de se falar da vergonha da Liga dos Campeões.

  alfabeta

sexta-feira, março 27, 2009 4:17:00 da tarde

Este post merece um aplauso de pé, concordo com tudo, mas tudinho o que disseste.
Eu costumo dizer que não há Sportinguistas mas sim, anti Benfiquistas.

:)

  anatcat

sexta-feira, março 27, 2009 4:41:00 da tarde

Não podia concordar mais.

Bjs

  miguelpontocom

sábado, março 28, 2009 1:18:00 da manhã

Uma única palavra:

Apoiado.

  Salto-Alto

sábado, março 28, 2009 12:45:00 da tarde

Como não sou Sporting nem Benfiquista, não me afectou particularmente. É sempre mau quando há erros assim, quando são visíveis e ninguém (ou seja, quem os cometeu) não quer admitir.

O que me choca é que estejamos num país em que o futebol desperta ódios e reacções fortes mas a política e o mau estado do País passe ao lado...

  Fabiana Gomes

sábado, março 28, 2009 2:39:00 da tarde

Tambem concordo contigo! Acho que os poprtugueses se interessam demasiado por futebol, existem tantas coisas em que deviam estar mais preocupados! Enfim ..

Grande blog!

  Fabiana Gomes

sábado, março 28, 2009 2:41:00 da tarde

Grande blog, e grande post. OS portugueses tem cada aitude, é o futebol que está em priemiero, é um acidente ou incendio, no qual estão amsi preocupados em assitir do que ajudar! Enfim...

Mais uma vez grande blog ! Parabens!

  Rach

domingo, março 29, 2009 12:41:00 da manhã

o que eu gostava mesmo, mesmo...era de ter ido apanhar a medalha do relvado e ter espetado com ela na cara do anormal que a atirou. estão zangados é? olhem para a conta bancária e pensem naqueles que esta noite não tiveram nada para comer... já que não fazem mais nada, pelo menos que se comportem como membros de uma civilização!

  VCosta

segunda-feira, março 30, 2009 3:47:00 da tarde

Realmente a primeira impressão que dá é que ele joga a bola com o braço...

Eu marcaria penalty se fosse o árbitro... (e sou do FCPorto e simpatizante do Sporting também).

Quanto ao resto, estou 100% de acordo contigo...

Abraço!

  Feitiozinho

segunda-feira, março 30, 2009 4:54:00 da tarde

acho que a questão aqui é: "mas isto tem algum interesse?!" os senhores do SCP perderam porque falharam os penalties... mas mesmo assim, é assunto que seja discutido em todos os canais publicos?!

Não sei como é que se perde tanto tempo a falar de um assunto inutil... mas enfim, quem sou eu para impedir que os estarolas todos ocupem os seus 15minutos de fama na TV...

  Raio de Luar

segunda-feira, março 30, 2009 11:22:00 da tarde

Bem, desde sempre que sou sportinguista, e com orgulho, admito que já fui "doente" pelo sporting, mas, felizmente, o juízo falou mais alto! Isso e o facto de ser árbitra de futebol! Pois, é verdade... e foi com grande dificuldade que vi aquele lance, e o resto do jogo. Ora, se por um lado o facto do sporting ter sido prejudicado me afectou e irritou profundamente, sim, porque foi alterado o resultado e foi expulso um jogador (de realçar k ele foi expulsou por acumulação de amarelos e não pela atitude - vergonhosa - k teve após a expulsão)por outro lado tive de entender o árbitro, pois é verdade, se os jogadores que são profissionais, erram e falham demasiado, então o k dizer de um árbitro, que treina 3 a 4 dias por semana, mas após ter estado 8h a trabalhar, e tendo a familia em casa à sua espera?! Também nós temos o direito a errar! E acreditem, que é horrivel saber que se errou, não se tem um "domingo perfeito" nem uma "semana perfeita" como disse o presidente do sporting!
Enfim... neste caso ser sportinguista e árbitra de futebol é dose!! lol

Bjs

  Teté

terça-feira, março 31, 2009 8:36:00 da manhã

Completamente de acordo com última frase!

Nem costumo ver jogos de futebol, mas por acaso esse penalty que não era para ser, até vi...

E sendo benfiquista, ainda me ri no final, que aquilo parecia um jogo de coxos (de ambos os lados, entenda-se!), todos apostados em não acertar na baliza... :)))

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:14:00 da manhã

forteifeio disse...

"Tu já viste bem o nivel cultural da maior parte das pessoas?? Já analisaste qual a capacidade dos "politicos" portugueses?"

Muito abaixo do desejável.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:14:00 da manhã

Eu mesma! disse...

"desde quando é que o sporting alguma vez mostrou ter fair play quando perde com o benfica?"

Sim, o ódio entre dois clubes da mesma cidade é normal, mas acho que entramos em exageros primitivos.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:14:00 da manhã

lontra (MR.) disse...

"Pode ser uma manobra de distracção culpar agora o árbitro, para disfarçar o mau desempenho e os maus resultados com que o Sporting tem presenteado os seus adeptos ultimamente..."

Também acredito nisso!

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:15:00 da manhã

Jane Doe disse...

"Sempre foram os bodes espiatórios da coisa. É mais fácil atacar um árbrito que um treinador, ou um jogador. Porquê? Porque se um jogador ou um treinador é atacado, pode provocar crise dentro do clube."

Se nao é o arbitro é o treinador, se nao é o treinador é o presidente, mas as meninas em campo nunca sao punidas por falhar! Sao profissionais que falham demais.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:15:00 da manhã

Pronúncia disse...

"Mas continua a ser o assunto do momento, com insultos de ambos os lados."

Quem se ri com isto é o PM Sócas, que deixa de ser noticia.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:15:00 da manhã

pepita chocolate disse...

"Tal como disse no meu blog, embora tenha falado no futebol, só o fiz com a plena consciência que as pessoas não gostam de viver de tristes realidades. O futebol não me dá pão nem me traz dinheiro para casa! Já o havia dito!"

Mas é isso mesmo, está na hora de todos vermos futebol como passatempo e nao fazer dele modo de vida.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:15:00 da manhã

Jane Doe:

Infelizmente é verdade.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:16:00 da manhã

Treze disse...

"Devias era perguntar porque é que as pessoas não descarregam a suas frustrações em quem as provoca no dia-a-dia..."

Guardam tudo para um desporto que deveria divertir e nao criar ódios.


"E achei engraçado o auxiliar dizer que "aquela certeza a 300% não tive". 300% ?!"

É tipo uma mudança de vida com uma volta de 360°...

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:16:00 da manhã

Carlos II disse...

"não gosto que o Benfica ganhe assim."

Mas se o Sporting tivesse ganho assim, terias a mesma atitude que eles estão a ter?

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:16:00 da manhã

dark_soul disse...

"tem premio e selos para si no meu cantinho.
Beijos"

Vou lá agora.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:16:00 da manhã

São disse...

"A tua última frase diz tudo é realmente triste assistir ao fanatismo das pessoas pelo seu clube de futebol, os jogadores ganham rios de dinheiro quando jogam bem são considerados heróis se jogam mal são considerados vítimas a culpa é do árbitro ou do treinador nunca deles, detesto ver pessoas que não sabem perder e outras que não sabem ganhar, não vi o jogo todo, mas vi quando entregaram as medalhas ao 2º classificado e um jogador do Sporting atirou fora a medalha acho que é uma falta de respeito, não é uma atitude digna de alguém que se diz desportista."

Concordo, acho que deveria de haver um punição bem grande para este tipo de atitudes.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:17:00 da manhã

I.D.Pena disse...

"Eu sou sportinguista por uma razão incrivelmente estupida, mas mesmo assim não quero mudar, concordo contigo, este alarido todo no fundo no fundo só mostra uma coisa: o futebol já deu o que tinha a dar de bom agora é só merda."

Mas uma merda com cada vez mais poder, e isso é perigoso.

"Quando comecei a interessar-me por futebol não era assim, lembro-me que não pagavam tanto aos jogadores, e que quando um jogador falhava tinha que se explicar aos adeptos, agora não :D"

Aqui vi um jogo lindo FC Porto vs Hamburg SV, para a liga dos campeões, a claque do Porto arranjou confusão na rua, até ter percebido que aqui o futebol é uma festa. Aqui levam bebés aos estádios, pois não há doença.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:17:00 da manhã

ceptic disse...

"Mas é verdade que ás vezes, a falta de um jogador em campo destabiliza tudo :), mas mesmo assim tivemos que ir a penaltis!"

Sim, mas de qualquer maneira um jogador que deveria ter sido expulso nao foi, o Sporting teria sempre um jogador a menos.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:17:00 da manhã

Pax disse...

"Quando há um penalty mal assinalado, Deus deveria fazer com que o marcador pontapeasse a bola para a bancada e não ser golo!"

Eu sou Deus e raramente vejo futebol!

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:17:00 da manhã

Sammy disse...

"Confesso que sou simpatizante do Sporting, não o sigo quase nunca porque, ponto 1 estou fora de Portugal e ponto 2 não é uma coisa que altere a minha vida."

Os mesmos motivos que eu, com a diferença que sou sócio do Benfica, no entanto sei analisar o certo e o errado. O penalti foi errado, mas mais errado ainda foi toda a guerra que se seguiu.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:18:00 da manhã

Paula disse...

"acho é que eles ganham dinheiro a mais para eu me chatear seja com o que for...e achar que aquilo é importante!"

Sim, autenticas fortunas que gozam com os ordenados de quem é produtivo.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:18:00 da manhã

Sanxeri disse...

"Sou benfiquista. Sei que o Benfica não ganhou com justiça, mas escusam de fazer um drama à volta disto."

Exactamente.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:18:00 da manhã

Silvia F. disse...

"Quem está contente com toda esta polémica é o Sócrates pois o povo esquece-se das asneiradas do PM."

Mas é isso mesmo, ele foi quem mais ganhou!

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:18:00 da manhã

Sandra disse...

"Na verdade para o Sporting o que aconteceu foi maravilhoso. Pois desta forma deixou de se falar da vergonha da Liga dos Campeões."

É verdade, também pensei nisso. Nao sou do Sporting mas senti vergonha do 5-1 que foi a maior vitória de sempre do Bayern e depois 7... senti vergonha MESMO.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:19:00 da manhã

alfabeta disse...

"Este post merece um aplauso de pé, concordo com tudo, mas tudinho o que disseste.
Eu costumo dizer que não há Sportinguistas mas sim, anti Benfiquistas."

Mas também conheço um Benfiquista que grita mais nas derrotas do Sporting do que nas vitórias do Benfica.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:19:00 da manhã

anatcat:

;)

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:19:00 da manhã

miguelpontocom:

Obrigado.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:20:00 da manhã

Salto-Alto disse...

"O que me choca é que estejamos num país em que o futebol desperta ódios e reacções fortes mas a política e o mau estado do País passe ao lado..."

Isso é uma triste verdade.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:20:00 da manhã

Fabiana Gomes disse...

"Tambem concordo contigo! Acho que os poprtugueses se interessam demasiado por futebol, existem tantas coisas em que deviam estar mais preocupados! Enfim .."

Se trabalhassem com o mesmo animo, Portugal seria um grande país.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:20:00 da manhã

Rach disse...

"o que eu gostava mesmo, mesmo...era de ter ido apanhar a medalha do relvado e ter espetado com ela na cara do anormal que a atirou."

Ele merecia ser castigado por uma atitude anti-desportiva e um péssimo exemplo para toda um geração de crianças que gostam de futebol.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:20:00 da manhã

VCosta disse...

"Realmente a primeira impressão que dá é que ele joga a bola com o braço..."

Dá sim, mas nao foi penalti foi um erro, mas um erro justificável. O arbitro tem de decidir no momento, nao há tempo para pensar.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:20:00 da manhã

Feitiozinho disse...

"os senhores do SCP perderam porque falharam os penalties... mas mesmo assim, é assunto que seja discutido em todos os canais publicos?!"

Se o Sporting tivesse marcado todos os penaltis, nao haveria discussão nenhuma.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:21:00 da manhã

Raio de Luar disse...

"Bem, desde sempre que sou sportinguista, e com orgulho, admito que já fui "doente" pelo sporting, mas, felizmente, o juízo falou mais alto!"

Já fui doente também, mas pelo Benfica e um dia acordei!

"neste caso ser sportinguista e árbitra de futebol é dose!!"

É sim, e como arbitra percebes bem como é fácil errar.

  Bruno Fehr

quinta-feira, abril 02, 2009 4:21:00 da manhã

Teté disse...

"E sendo benfiquista, ainda me ri no final, que aquilo parecia um jogo de coxos (de ambos os lados, entenda-se!), todos apostados em não acertar na baliza... :)))"

Exacto culpar 90 minutos de falhas, mais 30 minutos de falhas, mais penaltis falhados com uma única falha, demonstra o QI destes fanáticos.

  Pax

quinta-feira, abril 02, 2009 6:38:00 da tarde

"Eu sou Deus e raramente vejo futebol!"

Deuses como tu começam pelos torneios do berlinde :)

  aNGie

terça-feira, abril 07, 2009 3:03:00 da manhã

Tive, há coisa de três semanas, conhecimento do teu blog através de uma amiga que, penso eu, te descobriu ao acaso, hipnotizada pelo seu título tão, digamos, expressivo!
O primeiro texto a que tive acesso, por meio da referida rapariga, foi qualquer coisa como "cabrões versus lambe-conas". Lógico que este título, e todo o texto em si, me apelaram a explorá-lo.. E, umas semanas depois, aqui estou a desbravar terrenos inóspitos!

Na verdade, devo dizer que, à medida que vou "desfolhando" os teus escritos, o teu blog apresenta-se cada vez mais apetecível e bastante oposto aos meus pré-conceitos e expectativas(derivados talvez do título). Aqui não encontro apenas brejeirices e banalidades..

Este texto é um grande exemplo disso!
E, acredita, é com pena que concordo contigo. Em termos futebolísticos, o povo assume uma postura totalmente acéfala e de péssimos princípios e moral. Costuma occorrer-me várias vezes uma imagem metafórica: um burro com umas enormes talas, de modo a não olhar em mais do que uma direcção.
Existe a enorme tendência em encontrar, à força, um culpado para tudo o que, no ponto de vista de cada um, corre mal durante o jogo. Suponho que essa necessidade se prenda com o facto de se querer disfarçar a própria culpa por se ser, tão somente, um grande ignorante.
Graças a isso, existem as mais macabras reacções (nada desportivistas) de tantos adeptos recalcados e existe, ainda, a enorme facilidade em esquecer que, todos os elementos presentes no campo são, igualmente, seres humanos - com falhas.. (como diz o Magalhão: herrar é umano!)

Já estou a alongar-me demais..
Tudo isto era apenas para te congratular pela tua pertinência e pela tua capacidade de pensar (coisa rara nos dias que correm)!

  Anónimo

domingo, agosto 02, 2009 1:59:00 da tarde

Perante tudo o que li, seria bom que nos vissemos todos ao espelho