Puta!


O que é afinal uma puta?
Já fiz esta pergunta a imensas pessoas e as respostas não me convencem.

"Hoje vou às putas", esta frase não é correcta. O que é uma puta?


Há homens que vão a uma mulher a quem pagam por sexo, essa mulher é uma prostituta e não uma puta.
"Uma puta é uma gaja que vai com qualquer um", se uma mulher vai com qualquer um e recebe dinheiro por isso, então é uma prostituta, se o faz por gosto é diferente. Eu não acredito que exista uma mulher que vá com qualquer um. Uma mulher vai com quem quer, quando quer e isso não faz dela nem mais nem menos do que as outras. Na verdade até faz, faz essa mulher menos reprimida e mais livre.
"Uma puta é uma gaja que vai com todos", se eu não acredito que uma mulher vá com qualquer um, muito menos acredito que vá como todos. Se assim fosse não haveria tanto gajo sexualmente frustrado.

Não concordo com as definições de puta. Mesmo que seja uma gaja que fode a "torto e a direito". O que é o homem que também o faz?
O masculino de puta é puto e não tem o mesmo significado ofensivo em relação ao homem...

O homem pode ser cabrão, mulherengo, casanova, DonJuan, engatatão, mas estes nomes são elogios e não ofensas.
Vivemos num mundo machista.

Cabrão - É um animal, que dentro de um rebanho acasala com todas as cabras.
Cabra - É um animal, que espera a sua fez para ser fodida por um cabrão.

Um homem fode muitas gajas é um garanhão, é o herói lá da rua. Uma gaja faz o mesmo e é puta! Olha, bem podem ir para o caralho mais esta teoria.

Conversa 1:
- Então pá, quantas gajas fodeste este verão?
- Umas 22.
- É garanhão é assim mesmo!!

Conversa 2:
- Querida, com quantos gajos foste para a cama, antes de me conheceres
- 3.
- Puta! Então tu foste foder antes de me conhecer? Não podias ter ficado virgem à minha espera?


Pelo que percebo, uma mulher dona do seu nariz, arrisca-se a ser ofendida ao chamarem-lhe puta, injustamente. Um gajo não há maneira de o ofender por mais puta que seja!

As gajas:
Uma gaja que só fodeu 1 homem na vida, é parva!
Uma gaja que fodeu com muitos, é puta!
Uma gaja que espera para ser fodida, é cabra!

Será que não há um elogio que se possa fazer?

Os Gajos:

Um gajo que fode quando lhe deixam, é um triste!
Um gajo que fode tudo o que mexe, é garanhão!
Um gajo que fode ovelhas, é desenrascado!

Será que não há uma ofensa que se possa fazer?

Apesar de puta, ter uma palavra no masculino (Puto), essa palavra não é sinónimo, não tem o mesmo significado. Não existe sinónimo no masculino.




Portanto posso concluir que: há muitas putas no mundo e a maior parte delas são homens!

57 Comentários:

  Amsilva

sexta-feira, setembro 28, 2007 12:35:00 da tarde

não deixas de ter razão,
é uma questão de tradições digo eu...

afinal os homens querem uma puta na cama, hoje em dia, porque há uns anos atras o homem ia ás putas porque, puta era uma mulher que lhe fazia um broche e claro a mulher dele não podia ser puta...

não estará então correcto dizer:
uma mulher para mim tem que ser, a meu lado uma dama, uma puta na cama...
acho mais que será uma questão de "classificação" erronea

  Crestfallen

sexta-feira, setembro 28, 2007 12:43:00 da tarde

Amsilva:

Aqui na Alemanha diz-se, "Uma homem que queira uma boa cozinheira e uma puta na cama, tem de procurar um Italiana!"

Ou seja, de acordo com esta teoria, uma puta é um gaja que sabe foder! Então não vejo nada de ofensivo na palavras. Eu gosto muito de gajas que sabem foder!

  deusaminervae

sexta-feira, setembro 28, 2007 12:58:00 da tarde

Ahahah Grande teoria, que não deixa de ser a mais verdade.

A palavra puta deveria ser tanto para mulher como para homem, porque o homem não é menos puta (por vezes é mais...) do que a mulher.

  Crestfallen

sexta-feira, setembro 28, 2007 1:13:00 da tarde

deusaminervae:

Eu admito que sou puta... já fui mais, no entanto ainda sou. Vou com quem quero, quando quero, porque posso!

  Helluah

sexta-feira, setembro 28, 2007 1:32:00 da tarde

eu chamo-lhes putanheiros!

  tavguinu

sexta-feira, setembro 28, 2007 1:39:00 da tarde

és uma putaaaaaaaaaa !

lolololol

  Crestfallen

sexta-feira, setembro 28, 2007 1:57:00 da tarde

Helluah:

Mesmo assim, "putanheiros" não soa a algo ofensivo!

  Crestfallen

sexta-feira, setembro 28, 2007 1:57:00 da tarde

tavguinu:

Sim sou :)

  NiNa

sexta-feira, setembro 28, 2007 1:58:00 da tarde

Lol não deixas de ter razão :) apesar de tudo a mulher ainda é "culpabilizada" por mtas coisas em que se quer parecer ao homem.
AS sociedades demoram mto a mudar...
bjinhos

  Noivo

sexta-feira, setembro 28, 2007 2:14:00 da tarde

Nada como olhar as coisas à luz de outra perspectiva!
Um abraço!

  Crestfallen

sexta-feira, setembro 28, 2007 2:34:00 da tarde

NiNa:

Tempo demais, na minha opinião!

  Crestfallen

sexta-feira, setembro 28, 2007 2:35:00 da tarde

Noivo:

Exacto.

  Maya Gaarder

sexta-feira, setembro 28, 2007 3:30:00 da tarde

Fodaaaseee!!!Ao lêr o teu blog cheguei à conclusão k sou uma PARVA do caralho!!

  PsYcHo_MiNd

sexta-feira, setembro 28, 2007 3:32:00 da tarde

mas tambem qual seria o homem que queria uma gaja que já tivesse fodido com toda a equipa de futebol cá da terra, mas o garanhão do sitio que come tudas já elas não se importam de ter. acho que o preconceito sobre isso parte da própria mulher.

  Crestfallen

sexta-feira, setembro 28, 2007 3:36:00 da tarde

Maya Gaarder:

Upsss, hei... eu não tenho nada contra. Este texto é sobre opiniões gerais.

A única opinião pessoal que se encontra no texto é o facto de eu não concordar com definição da palavra!!

  Crestfallen

sexta-feira, setembro 28, 2007 3:38:00 da tarde

PsYcHo_MiNd:

A questão é que se o gajo não sabe, quere-a.

Quando o gajo sabe, quere-a também, mas preocupa-se com aquilo que os outros pensam!

Por mais pilas que ele tenha testado, a cona não alarga por causa disso, nem se estraga!

O homem deve-se preocupar menos com quem ela fodeu antes e dar-se por feliz por a estar a foder agora!

  Ana

sexta-feira, setembro 28, 2007 3:46:00 da tarde

CLAP CLAP CLAP!

O texto que faltava!!

Gostei tanto da ultima frase!!

  Crestfallen

sexta-feira, setembro 28, 2007 4:11:00 da tarde

Ana:

Obrigado. Espero pela explicação sobre o 70 no blogue da vítima do costume!

  Tony Soprano

sexta-feira, setembro 28, 2007 4:49:00 da tarde

Nem mais... Alias já ouvi muito gajo a dizer de peito feito:
O quê?!?!? Sexo oral com a minha mulher?!? Deves estar tolo!!! É a mãe dos meus filhos, e vai dar-lhes beijinhos... TROL!!!

E depois esses são os primeiros a pagarem para mandar umas belas fodas...

Não consigo perceber porque é que será preciso pagar por uma coisa que se pode ter sem sair de casa...

Enfim, mundo de cabrões...

  Crestfallen

sexta-feira, setembro 28, 2007 5:13:00 da tarde

Tony Soprano:

Não está dentro do assunto debatido mas é verdade!

  Pequenina

sexta-feira, setembro 28, 2007 5:13:00 da tarde

Aplaudido....
lol

  ah e tal (c)

sexta-feira, setembro 28, 2007 5:22:00 da tarde

concordo com tudo o que disseste no teu texto.
A hipocrisia é grande.

  mymind

sexta-feira, setembro 28, 2007 6:46:00 da tarde

pois axo k ainda ha mto k mudar nas nossas mentalidades!

  blackstar

sexta-feira, setembro 28, 2007 7:00:00 da tarde

Puta será, provavelmente, o diminutivo de prostituta!

Gosto da conversa 2! E o que se chama a um homem que diz isso? Ingénuo?! :)

  PsYcHo_MiNd

sexta-feira, setembro 28, 2007 8:31:00 da tarde

tem claramente muito haver com a cultura em que as pessoas estão inseridas,por que menina que se preze não tem sexo, enquanto que homem que é homem é para o ter muitas e muitas vezes. mas para o homem foder, alguem tem que ser fodido.

  Teté

sexta-feira, setembro 28, 2007 9:02:00 da tarde

"Tem claramente muito haver com..." Ná, há aí qualquer coisinha que falhou. Sorry, ser assim chatinha com essas coisas...

Bom, o masculino de prostituta ou puta é prostituto ou gigolô, o que não é propriamente muito abonatório para ninguém.

Já o feminino de puto ou petiz é só um: petiza, pois claro!

Putanheiro também não me parece ser assim uma palavrinha elogiosa, porque normalmente é atribuída a alguém que gostando muito de forró, não tem com quem (onde é que está aqui o elogio?), daí passar a vida a desembolsar e é se quer ter festa...

Por último, um gajo que fode ovelhas (tirando o cabrão, obviamente!) é um desenrascado??? Cá na minha terra chamam-lhe pervertido, depravado ou, simplesmente, tarado!

Bom post, sim senhor, e quanto à malta em geral ser machista, concordo plenamente (onde é que está aqui a voz discordante, ahn?)

  Musa

sexta-feira, setembro 28, 2007 9:23:00 da tarde

Eu tenho uma opinião muito particular em relação a este assunto, mas é uma opinião que tenho exclusivamente sobre mim e este tema...Não sei se me fiz entender, mas também não interessa!!!

  The one you know

sexta-feira, setembro 28, 2007 10:59:00 da tarde

Até a palavra fêmea tem cotação negativa! Experimenta dizer a uma gaja: - Anda cá fêmea.
E vais vê-la a mandar-se aos arames!

Agora se uma gaja te disser:
- Anda cá macho.
Não me parece que ficasses muito chateado

  Fly

sábado, setembro 29, 2007 1:44:00 da manhã

Para mim puta sempre foi o diminuitivo de prostituta ou outra forma mais rápida de dizer o nome(p.ex Humberto - Berto), assim como puto é o diminuitivo para prostituto. O que se passou foi que o verdadeiro significado para puto mudou ( ou talvez não), deixou de ser prostituto para ser uma criança( talvez tenha a ver com a Casa Pia). O de puta continua o mesmo, puta é uma prostituta(portanto cobra dinheiro pelos seus serviços sexuais).

  Cold_cold_Bitch

sábado, setembro 29, 2007 12:06:00 da tarde

Em contrapartida, o diminutivo é um elogio...

p.s._ já reparaste como o teu blog consegue reunir bloggers tão diferentes? Parabéns! O teu blog merece um prémio: "Blogues que estimulam a tolerância" (inventei agora, mas parece-me bem, preciso é de um boneco para acompanhar o prémio, o que sugeres?)

  Crestfallen

sábado, setembro 29, 2007 4:41:00 da tarde

Pequenina:

Gracias

  Crestfallen

sábado, setembro 29, 2007 4:42:00 da tarde

ah e tal (c):

E não parece mudar.

  Crestfallen

sábado, setembro 29, 2007 4:43:00 da tarde

mymind:

Será que mudam?

  Crestfallen

sábado, setembro 29, 2007 4:44:00 da tarde

blackstar:

Essa frase não é dita, para muitos homens a sua mulher ter tido sexo com mais do que um (ele), é demais.

  Crestfallen

sábado, setembro 29, 2007 4:45:00 da tarde

PsYcHo_MiNd:

Ora lá está. Isso é mesmo um contradição do caralho.

Um homem tem de foder muito e ao mulher de casar virgem, portanto quem é que o homem anda a foder?

  Crestfallen

sábado, setembro 29, 2007 4:48:00 da tarde

Teté:

A imagem no cinema de um "gigolô", não é má!

Todo o texto tem como base as tradições Humanas, enquanto uma puta é mal visto em todo o lado, o sexo com ovelhas é aceite em muitas culturas.

A voz discordante, está concordante!

  Crestfallen

sábado, setembro 29, 2007 4:48:00 da tarde

Musa:

Fiquei esclarecido... ou não!

  Crestfallen

sábado, setembro 29, 2007 4:49:00 da tarde

The one you know:

Exacto a palavra fêmea é usada na Alemanha para identificar o sexo em documentos oficiais, mas se chamares fêmea a uma mulher, és espancado publicamente!

  Crestfallen

sábado, setembro 29, 2007 4:52:00 da tarde

Fly:

Achas? Então se puta é diminutivo de prostituta, continuo a ter razão.

O gajo que chama puta à sua ex namorada. As pessoas A e B que conversam sobre o facto de C ter posto os cornos à D. Mesmo sem qualquer tipo de pagamento, ela é chamada de puta, sem ter sido paga, nem pertencer à profissão!

Essa dos diminutivos não me convence, até porque puta é uma palavra e para ser uma palavra não pode ser o diminutivo de outra.

  Crestfallen

sábado, setembro 29, 2007 4:53:00 da tarde

Cold_cold_Bitch:

Sei lá, desde que vi o ursinho puff, só me ocorre o telletubbie roxo!

  Musa

sábado, setembro 29, 2007 5:44:00 da tarde

Um dia, talvez, se me apetecer, se tiver habilidade, escrevo sobre tal!

  Crestfallen

sábado, setembro 29, 2007 5:59:00 da tarde

Musa:

Estás melhor? :P

  Rafeiro Perfumado

sábado, setembro 29, 2007 6:15:00 da tarde

Uma mulher que vai com todos por gosto não é puta, é um achado!

  Fly

sábado, setembro 29, 2007 7:29:00 da tarde

crest

eu não disse se tinhas razão ou não, nem sequer comentei isso. Tens a tua opinião assim como eu tenho a minha.

Puta é uma palavra assim como prostituta.

Berto é um a palavra assim como Humberto(foi o exemplo que dei), o significado é o mesmo.

Se formos ver a origem epistemológica da palavra "puta" e "puto" penso que a origem é a mesma, só que com o passar dos anos o significado para cada uma delas alterou-se. Talvez tenha a "ver com a casa pia" , ou seja com as elites pedófilas que nos desgovernam , logo um termo que saiu de meios muito restritos e generalizou-se pelo povo (talvez a partir dos criados que serviam e e servem a élite).

Mas esta é apenas a minha opinião, não estou contra aquilo que dizes no post porque essa é a tua opinião.

abraço

  Crestfallen

sábado, setembro 29, 2007 7:36:00 da tarde

Rafeiro Perfumando:

Correcto, não podria concordar mais!

  Crestfallen

sábado, setembro 29, 2007 7:37:00 da tarde

Fly:

Tudo bem, no entanto como dimunutivo, continua a ser mal utilizada, visto que há mulheres rotuladas como putas sem receberem dinheiro.

  Musa

domingo, setembro 30, 2007 8:35:00 da tarde

Desculpa lá, mas tive que voltar aqui.
Parece que tanto tu como o rafeiro perfumado concordam que, e passo a citar, "Uma mulher que vai com todos por gosto não é puta, é um achado!"

Agora responde-me, tu irias querer uma mulher dessas para mãe dos teus filhos?

E não me venhas dizer que depende, que se ela for mais esperta do que tu que te agarra, porque esse género de mulheres, para mim, não valem nada.
Da mesma forma que eu não quero que o pai dos meus filhos tenha sido o "fode tudo o que me aparecer à frente e for saias."

Por ai, acho que entendeste o que eu acho deste tem.

  Crestfallen

segunda-feira, outubro 01, 2007 9:31:00 da manhã

Musa:

Eu não escolho as mulheres, pela quantidade de qucas que elas deram. Eu escolho-as pelos sentimentos que nutro por elas.

Ninguém está livre de se apaixonar por uma prostituta por exemplo. Se isso por acaso me acontecer, não a vou julgar, nem me vou reprimir por isso.

Espero sim que ela me seja fiel, como eu lhe serei fiel.

Eu não julgo as pessoas, pelo seu passado, pela sua aparência. Eu julgo as pessoas pelo que são e o que querem ser, se lutarem por isso.

  Musa

segunda-feira, outubro 01, 2007 12:42:00 da tarde

Então quando te ENAMORARES por uma desse género, logo me contas.

Bjs

  Skynet

segunda-feira, outubro 01, 2007 2:17:00 da tarde

A palavra puta significa muitas coisas, eu uso-a principalmente não para falar de prostitutas mas para definir o tipo de mulher que só está bem quando todos à sua volta estão mal, que é invejosa, que é... olha que é má e fria como as cobras.

  Crestfallen

terça-feira, outubro 02, 2007 3:12:00 da tarde

Musa:

Seria possível se as conhecesse. Aqui por Hamburgo vejo-as na rua e muitas delas são lindas ao ponto de não precisarem de alí estar.

  Crestfallen

terça-feira, outubro 02, 2007 3:14:00 da tarde

Skynet:

Eu uso puta para defenir:

A vida, o café frio, o carro mal estacionado, a caneta que não escreve, o telemóvel sem rede, a conta do gás, tudo o que não tenha nada a ver com o sexo oposto!

  Anónimo

segunda-feira, outubro 08, 2007 10:28:00 da tarde

Deixem-se disso... que importa a definição de puta? Todos nós, homens, gostamos de putas e de prostitutas. A questão é se queremos ter por companheiras mulheres que vão com quem quer quando quer. É este tipo de mulheres que nos provocam suores frios, especialmente enquanto não nos apercebemos desta sua faceta. Diria que a mulher que não actua assim é uma espécie rara, a preservar... e certamente isto também deve servir para as mulheres - as que interessam!

  Crestfallen

terça-feira, outubro 09, 2007 1:05:00 da tarde

Anónimo:

"Deixem-se disso... que importa a definição de puta?"

Pessoalmente interessa-me, gosto de saber o significado daquilo que se diz em Português. É a nossa língua, porquê falar mal? Porquê usar termos em contextos errados?

  Ana C. Nunes

segunda-feira, maio 11, 2009 11:52:00 da tarde

Esta foi brilhante ... mesmo!
Eu muito sinceramente desprezo qualquer um dos termos que se usam, seja "puta", seja "cabra". Acho-os todos de uma falta de respeito inqualificável. As prostitutas são isso mesmo e as que vão com todos, olha, são as que fazem o que querem sem ter que dar satisfações a ninguém.
E sim, há muito essa mania de dizer que os homens são "garanhões", palavra que eu também não uso e, muito sinceramente, se um homem me dissesse que tinha ido para a cama com 22 no verão, eu chamava-o de "mentiroso", porque a maioria mente com quantos dentes tem na boca (sem ofensa).
No outro dia li mesmo um estudo (não fiando) que dizia que os homens duplicavam sempre a contagem e as mulheres reduziam para metade. Claro que me refiro aos parceiros sexuais.
O que é que isto nos diz sobre a nossa sociedade?

  Bruno Fehr

terça-feira, maio 12, 2009 12:19:00 da manhã

Ana C. Nunes disse...

"muito sinceramente, se um homem me dissesse que tinha ido para a cama com 22 no verão, eu chamava-o de "mentiroso", porque a maioria mente com quantos dentes tem na boca (sem ofensa)."

Eu também já esclareci num texto estas contas, quando uma mulher diz que já foi para a cama com 3 ela está e omitir alguns. O homem quando diz que foi para a cama com 3, isto inclui a mulher com quem ele foi para a cama, a mulher com quem ele queria ir e não foi e a mulher que ele estava a pensar enquanto se masturbava.

"No outro dia li mesmo um estudo (não fiando) que dizia que os homens duplicavam sempre a contagem e as mulheres reduziam para metade. Claro que me refiro aos parceiros sexuais."

Sim as mulheres reduzem para metade, mas os homens triplicam.

  magnata

terça-feira, outubro 01, 2013 10:35:00 da tarde

Sinceramente a palavra (PUTA) significa mãe de primeira viajem que hoje é chamada de (PUERPERA), pois que no passado as mulheres que engravidavam eram chamadas de (PUTAS), onde à uma enorme diferença de (PUTA) para (PROSTITUTA) infelismente o ser humano ainda é uma raça ignorante onde na maioria são os homens que vivem um mundo machista não concordando que direitos são iguais,pois a solução para todos esses problemas entre RACISMO, PRECONCEITO,HOMOFOBIA E ENTRE OUTROS CHAMA-SE RESPEITO!!!
SEM MAIS
FLÁVIO FERNANDES.