Afinal o que querem elas?

Já aqui falei em 3 ou 4 textos sobre a temática "os homens são todos iguais", e de acordo com os comentários, eles não são iguais, é segundo elas: "uma maneira de falar".


Mas já repararam que as mulheres que mais mal falam dos homens, não namoram, não conseguem manter um relacionamento?

Eu não vou dizer que a culpa é delas... bem... sim, eu vou dizer que a culpa é delas!
Não será, que o facto de gritarem aos quatro ventos o quanto não prestamos, o quanto somos inúteis e o quanto nos odeiam (quando no fundo até querem encontrar um), não será esse um factor que nos afasta?
Pessoalmente quando ouço uma mulher a desdenhar do que até quer comprar, eu afasto-me, é que nem tento a mais pequena aproximação.

Acho que seria útil neste campo, manter essas opiniões privadas quando na verdade até procuram um parvalhão, inútil, para poderem por vezes odiar, mas que no fundo vos ame.

56 Comentários:

  Fada

quarta-feira, junho 24, 2009 1:50:00 da manhã

Eu não falo mal dos homens e não namoro. :p

Beijitos

  *B*

quarta-feira, junho 24, 2009 1:55:00 da manhã

Lá diz o velho ditado: Quem desdenha, quer comprar!

=)

  Fada

quarta-feira, junho 24, 2009 2:07:00 da manhã

Ah, e eu não procuro um parvalhão que me ame. Normalmente, fujo de parvalhões como o diabo da cruz!

O que eu quero?

Um Homem. Não um garoto, um parvalhão, um idiota, um tapete, um burro, um inútil, etc...

Um Homem, sim, alguém que não queira apenas saltar-me para a cueca, alguém que me valorize com o valor que eu sei que tenho, alguém que me ame, sim, e com coragem suficiente para me conquistar, alguém que eu ame também.

Pois eu sei o meu valor e sei que não facilitarei. Não quero alguém para odiar, nem sequer para discutir (no mau sentido das discussões), quero alguém que não seja companhia, mas seja companheiro. Difícil de perceber?? Acho que não.

Ainda este fds encontrei um velho conhecido que se disponibilizou para "alguma coisa que eu precisasse" (leia-se "sexo desvairado e louco") e eu recusei. Ele é lindo, tem muito sex-appeal (ou sexo-ao-pêlo), consegue dizer frases coerentes (ehehe), enfim, tem uma série de características que muitas gajas se pelam para usufruir dos préstimos dele. Eu agradeci e recusei. Em jeito de brincadeira, chamou-me "esquisita". Pisquei-lhe o olho e respondi-lhe: "Pois devo ser... ou isso ou sei o meu valor!", e rimo-nos ambos.

O verdadeiro motivo de estar sozinha prende-se com o facto de já não haver Homens por aí. Há homens, não há Homens.
Os que há, são raros, ou, como diz uma velha anedota "Os homens são como as casas-de-banho públicas, os bons estão ocupados e os outros só têm merda dentro".

Claro que é uma generalização, mas na minha idade, e olhando em volta, passa-se um bocado isso. Se sou esquisita? Talvez seja, mas não vou deixar de ser exigente, porque não mereço menos que o Excelente.

E se quiser "companhia"... Bem, tenho amigos para isso e poderei sempre arranjar um cão! ;)


Beijitos

  Fada

quarta-feira, junho 24, 2009 2:20:00 da manhã

LOLOLOLOLOL

E agora acabei de ler este http://so-me-apetece-cobrir.blogspot.com/2007/08/conversas-de-gaja.html

Ahahahahahahahaha

Bem, espero que após quase 2 anos, não precise de te dizer a diferença entre Homem e homem... E não, não se prende com "Homem" de raça humana. ;)

Beijitos

  Teté

quarta-feira, junho 24, 2009 2:30:00 da manhã

É a velha história da raposa e das uvas... :)))

Uma antiga amiga minha, depois do divórcio, não parava de afirmar aos 4 ventos que os homens eram imprestáveis, fase que durou uns anos. Um dia apareceu muito mais bem disposta, só com bocas brejeiras sobre sexo e assim. E nós com cara de parvas a olhar para ela...

Resumindo: assim que um outro casal amigo se separou, alapou-se ao gajo "mais-a-seu-gosto"! E não, não foi por aí que me desiludi com ela (cada uma faz o que pode para se sentir mais feliz), nem por não me ter contado. Mas um dia, em minha casa, sentou-se ao lado da futura ex-mulher (ainda não era, nem sabia de nada, mas algumas de nós já) do fulano e passou horas a dizer-lhe que era uma mulher muito romântica. ARGH!

Despeito, amargura e inveja ainda é como o outro, agora cinismo e hipocrisia é que me custa a aceitar!!! :S

Beijocas, Bruno!

  São

quarta-feira, junho 24, 2009 5:05:00 da manhã

“Afinal o que é que elas querem?”
Penso que elas querem exactamente o que eles querem.
Li a tempos um texto num blogue: “O que quero de ti é exactamente o que tu queres de mim, queremos ser tratados da mesma forma, queremos nos sentir amados.”

  Allie

quarta-feira, junho 24, 2009 10:00:00 da manhã

Fizeste-me pensar se algum dia fui assim... Julgo que me queixei sempre de atitudes que considerei erradas, mas como as vivi com homens diferentes, provavelmente tive um momento ou outro mais amargo onde os juntei todos no mesmo saco. Não creio ser mal apenas das mulheres. Irrita-me quando nos fazem parecer todas iguais, do tipo vazias, fúteis, que só pensam em compras e querem apenas um homem que as mantenha. Por outro lado, nunca escondi que queria ter alguém. Infelizmente, ao fim de algumas desilusões temos fases que acreditámos que os Homens a sério são raça em extinção. Nesta altura, sou feliz em dizer que ainda não se extinguiram. :D

  Eu Mesma!

quarta-feira, junho 24, 2009 10:05:00 da manhã

O que é que nós queremos Bruno?

Respeito, fidelidade, carinho e um homem consistente nas suas atitudes ao nosso lado.

Pedimos demasiado?
I don't think so!

e no meu caso posso falar mal à vontade dos homens.... porque por acaso tenho homem ao lado!

  I.D.Pena

quarta-feira, junho 24, 2009 10:24:00 da manhã

Volto a repetir os homens n são todos iguais! Só os do benfica é que são :P
:D hehe joking


Qto à questão: Afinal o que querem Elas ?

Falo por mim gosto de viver a vida até ao máximo, para mim nada mais importante que a amizade.

Mas tal como tu reparo nas tais generalizações sejam feitas por homens ou mulheres, e é com as "maneiras" de falar que às vezes se diz as maiores barbaridades!

- Não sei se importa muito, mas quando falo mal de alguém n importa o sexo ou a raça só a idade, e nem sempre quando desdenho quero comprar, às vezes só quero dar a minha opinião sincera, ou critica , mostrando só +1a perspectiva.

O importante e a unica coisa que safa uma pequena percentagem de homens e de mulheres é a comunicação, sem isso não há cumplicidade nem partilha, apenas 1 erro repetido.

Beijos grandes :)

  Fada

quarta-feira, junho 24, 2009 10:49:00 da manhã

E relendo o teu texto com mais calma e menos sono, pergunto:

Andas com algum dilema amoroso, Bruninho?...

Existe alguma que tu até queiras e te desdenhou????...

Ui, ui...

Conta-nos lá, vá... Partilha as tuas dúvidas, partilha... Nós, mulheres não maldizentes do género masculino, estamos aqui para te esclarecer de toda e qualquer dúvida existencial... ;)

:D

Beijitos

  HAZEL

quarta-feira, junho 24, 2009 11:06:00 da manhã

AH AH AH AH AH
Nem mais!
Esse tipo de dircurso é de mulher despeitada.

E essas, normalmente, atraem o tipo de homens de que falam tão mal; afinal é com esses que têm sempre os pensamentos e emoções sintonizados. A lei da atracção funciona até para elas...

;-)

  Feitiozinho

quarta-feira, junho 24, 2009 11:37:00 da manhã

Não há nada pior que uma tipa ressabiada. Honestamente não tenho muita paciencia para o genero de conversa:
"porque eles são uns porcos, porque tive um namorado na primária e encontrei-o a dar um beijo na cara da minha melhor amiga... ele traiu-me"

Enfim, mas verdade seja dita que este tipo de conversa também se ouve vinda da boca dos homens... Acho que o problema não é saber o que nós mulheres queremos ou dos homens serem todos iguais... o problema é que há malta que não sabe seguir em frente e fica parado num estado catatonico...

foge, foge é mais confusão do que prazer! :P

  Jane Doe

quarta-feira, junho 24, 2009 1:11:00 da tarde

"Afinal o que é que elas querem?"

É uma boa pergunta, à qual só elas saberão responder.

Mas eu posso fazer a mesma pergunta a eles, porque sim, também os há e mais aquelas conversas de as mulheres são todas iguais e, a minha favorita, "eu não compreendo as mulheres" e ainda "As mulheres são um bicho estranho."

E destas frases que dizer?

Isto deve ser alguma técnica de engate. Elas falam mal deles, e eles sentem-se picados a provar o contrário. Isto, pelo menos na cabeça das que dizem estas coisas.

Porque no fundo "O que elas e eles querem sei eu!"

(Não sei nada...)

  ML

quarta-feira, junho 24, 2009 7:00:00 da tarde

Nem mais! Disseste tudo.

  Vani

quarta-feira, junho 24, 2009 7:09:00 da tarde

Olha! E os gaijos, o que é que querem?????? qd souber responder a esta pergunta, saberei responder à primeira...ahahahaha!

O que "elas" querem não sei, pq cada uma com a sua tara na tola, mas o que eu quero? Um companheiro leal, respeitoso, bom amante, inteligente, carinhoso, presente, coerente, directo. Detesto jogos amorosos. Ou dizes o que queres, com todas as letras, ou merda.

Mas, na verdade não entendo o que muitos gajos querem...tenho uma amiga lindíssima, inteligente, independente, carinhosa e das pessoas mais boas e puras que já conheci (talvez um pouco ingénua tb). Cada vez q um gajo se aproxima dela, acaba por se afastar a sete pés, achando-a boa demais...por isso, eu pergunto: mas que raio é que esses gajos querem, afinal?????????

  Guernica

quarta-feira, junho 24, 2009 8:37:00 da tarde

Não me lembro onde li isto. penso que foi num blog.
Mas segundo o autor do blog, a mulher perfeita:

"A mulher perfeita é ninfomaniaca e tem uma loja de bebidas..."

  Fada

quarta-feira, junho 24, 2009 8:42:00 da tarde

Vani, disseste:

"tenho uma amiga lindíssima, inteligente, independente, carinhosa e das pessoas mais boas e puras que já conheci (talvez um pouco ingénua tb). "

Mas tu conheces-me????

:p


Bruno, em relação ao que a Vani disse:

Também já os tive a "fugir", precisamente por me acharem "boa demais".
Tenho um fã há mais de 2 anos, que continua a "aguar" por mim, quase treme quando me vê, mas que já me disse com todas as letras: "Tu és linda e inteligente e amorosa e sexy, uma miúda espectacular, mas mereces melhor do que eu", numa altura em que eu até estava disposta a estar (ou tentar estar) com ele, andava meia caída por ele.

Dá para perceber??

Creio que algumas pessoas não se acham no direito de ser felizes, ser feliz pode doer mais do que ser "coitadinho/a e infeliz" porque a felicidade não é um estado a 100% nem é eterno. E assim, preferem sonhar com algo do que tentar esse algo, seja um relacionamento, seja outra coisa qualquer.

Eu entendo que mereço ser feliz e mereço o melhor. Claro que o melhor para mim pode não ser o melhor de outra, mas aí já teríamos de discutir não o que as mulheres querem, mas sim o nosso ideal de homem.

O que a Vani descreveu está muito de acordo com o que eu quero. Entre outras características. Acima de tudo, o "meu" tem de ter muita paciência para me aturar*...... eheheh

beijitos

* Dizem que até sou fácil de aturar, mas isso são as más línguas a difamar... :p

  Vani

quinta-feira, junho 25, 2009 1:19:00 da manhã

Fada, LOOOOOOOOOOOL! Bem, conheço muitas raparigaças assim e nesta situação de terem o gajo a fugir delas porque são boas demais...

GAJOS, MAS VOCÊS TÃO PARVOS OU QUÊ?????

  Eu Mesma!

quinta-feira, junho 25, 2009 1:23:00 da manhã

Os gajos estão todos parvos Vani!

  Vani

quinta-feira, junho 25, 2009 1:39:00 da manhã

Eu mesma! I mai nada!! :D

  Fada

quinta-feira, junho 25, 2009 1:44:00 da manhã

Vani e Eu mesma!: Não concordo.
Eles não estão todos parvos. Existem muitos parvos, é verdade, existem os distraídos, existem os conscientes e existem aqueles que apenas ainda não nos conheceram! :D

A respondendo com máxima sinceridade à pergunta do título:
O que queremos nós?
Gelados que não nos engordem, batatas fritas que não nos engordem, chocolates que não nos engordem...

Lol

Pronto, estou a estudar, e a aparvalhar... :p

Beijitos

  Vani

quinta-feira, junho 25, 2009 1:51:00 da manhã

Fada, loooooooooooool, e gajos que não nos engordem, também!!! :D acredita, pois tenho uma amiga que engordou dez quilos à conta dos cozinhados dele... :D

  Vani

quinta-feira, junho 25, 2009 1:52:00 da manhã

Eh pah, se certas mulheronas estão solteiras, é porque os gajos são mesmo parvos. Não há outra explicação.

  Fada

quinta-feira, junho 25, 2009 2:05:00 da manhã

Ó Vani, se os cozinhados do gajo a engordavam, ela que se desforrasse no sexo!!! Não existe melhor maneira de emagrecer!... lol (deve ser por isso que eu não emagreço, porra...)

Eu não estou solteira, estou alegremente divorciada, isso conta?? :p

Depois vem o ditado: "À primeira todas caiem..."
E ainda não "quis" cair na segunda.

Kiss

PS - O que sabes da sucralose? Estou a experimentar as novas águas Serra da Estrela SPA e estão-me a saber bem (tem ervas diferentes do costume, agradam-me), mas tem sucralose.

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:47:00 da manhã

Fada:

"Eu não falo mal dos homens e não namoro."

Toda a regra tem a sua excepção.

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:47:00 da manhã

*B*:.

"Lá diz o velho ditado: Quem desdenha, quer comprar!"

E o bom vendedor venderá mais caro, só para chatear :)

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:47:00 da manhã

Fada:

"Ah, e eu não procuro um parvalhão que me ame. Normalmente, fujo de parvalhões como o diabo da cruz!"

Todo e qualquer homem é parvalhão, isso é genético não há volta a dar-lhe.

"Pois eu sei o meu valor e sei que não facilitarei. Não quero alguém para odiar, nem sequer para discutir (no mau sentido das discussões), quero alguém que não seja companhia, mas seja companheiro. Difícil de perceber??"

Não é difícil de perceber é difícil de conseguir. Esse homem existe em filmes e livros.

"E agora acabei de ler este http://so-me-apetece-cobrir.blogspot.com/2007/08/conversas-de-gaja.html

Bem, espero que após quase 2 anos, não precise de te dizer a diferença entre Homem e homem..."

A diferença é que Homem inclui toda a raça humana (incluindo mulheres), quanto a isto não há volta a dar-lhe de forma lógica, só romântica.
Distinguir Homem de homem pela sua forma de ser, é comparar realidade com ficção.

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:47:00 da manhã

Teté:

"É a velha história da raposa e das uvas... :)))"

Ahahahaha, é verdade... estão verdes.

"Uma antiga amiga minha, depois do divórcio, não parava de afirmar aos 4 ventos que os homens eram imprestáveis, fase que durou uns anos. Um dia apareceu muito mais bem disposta, só com bocas brejeiras sobre sexo e assim. E nós com cara de parvas a olhar para ela...
Resumindo: assim que um outro casal amigo se separou, alapou-se ao gajo "mais-a-seu-gosto"!"

Ahahahahah, é comum :)

"Mas um dia, em minha casa, sentou-se ao lado da futura ex-mulher (ainda não era, nem sabia de nada, mas algumas de nós já) do fulano e passou horas a dizer-lhe que era uma mulher muito romântica. ARGH!"

Bem, eu não iria gostar, mas lá que é irónico, é.

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:48:00 da manhã

São:

"Penso que elas querem exactamente o que eles querem."

Sim, eu sei, mas os homens conseguem simplificar ao ponto do banal, se ela é gira que se farta e não chateia muito... é quase perfeita.

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:48:00 da manhã

Allie:

"Julgo que me queixei sempre de atitudes que considerei erradas, mas como as vivi com homens diferentes, provavelmente tive um momento ou outro mais amargo onde os juntei todos no mesmo saco."

Tudo pode ser feito com os seus limites, eu falo porque há mulheres nessa atitude constante e depois namoram sempre com um gajo que é "diferente", até ao dia em que tudo acaba e passa a ser igual a todos os outros.

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:48:00 da manhã

Eu Mesma!:

"O que é que nós queremos Bruno?
Respeito, fidelidade, carinho e um homem consistente nas suas atitudes ao nosso lado.

Pedimos demasiado?"

Só quando todas essas qualidades teem de se encontrar num gajo giro e com um corpo de cair para o lado.

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:48:00 da manhã

I.D.Pena:

"Volto a repetir os homens n são todos iguais! Só os do benfica é que são :P"

:S mau, queres ver que tenho de atirar o pau a gato? És gatinho verdinho, não és?


"- Não sei se importa muito, mas quando falo mal de alguém n importa o sexo ou a raça só a idade, e nem sempre quando desdenho quero comprar, às vezes só quero dar a minha opinião sincera, ou critica , mostrando só +1a perspectiva."

Só quer comprar quem desdenha em demasia, eu desdenho de tudo durante o tempo necessário para que se perceba que não gosto, depois ponho para o lado e sigo em frente.

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:49:00 da manhã

Fada:

"Andas com algum dilema amoroso, Bruninho?..."

Não, tal como não ando numa de causar uma guerra com os EUA.

"Existe alguma que tu até queiras e te desdenhou????..."

Se desdenhar é porque quer comprar e eu não estou à venda.

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:49:00 da manhã

HAZEL:

"E essas, normalmente, atraem o tipo de homens de que falam tão mal; afinal é com esses que têm sempre os pensamentos e emoções sintonizados. A lei da atracção funciona até para elas..."

Sem dúvida.

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:49:00 da manhã

Feitiozinho:

"Não há nada pior que uma tipa ressabiada. Honestamente não tenho muita paciencia para o genero de conversa"

Ahahaha, é verdade, lembro-me de teres escrito sobre este assunto :)

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:49:00 da manhã

Jane Doe:

"Mas eu posso fazer a mesma pergunta a eles, porque sim, também os há e mais aquelas conversas de as mulheres são todas iguais e, a minha favorita, "eu não compreendo as mulheres" e ainda "As mulheres são um bicho estranho.""

Dizer que não compreendemos as mulheres e que elas são um bicho estranho, não é dizer que elas são todas iguais, é dizer que elas são todas diferentes e que por isso quando percebemos uma, isso não se aplica a mais nenhuma.

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:49:00 da manhã

ML:

:)

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:49:00 da manhã

Vani:

"Olha! E os gaijos, o que é que querem?????? qd souber responder a esta pergunta, saberei responder à primeira...ahahahaha!"

Eu ajudo, eles querem uma gaja gira, de quem gostem, que lhes de o seu espaço e não chateie muito.

10 em cada 10 homens não exigem muito mais do que isto, somos uns fáceis.

"Mas, na verdade não entendo o que muitos gajos querem...tenho uma amiga lindíssima, inteligente, independente, carinhosa e das pessoas mais boas e puras que já conheci (talvez um pouco ingénua tb). Cada vez q um gajo se aproxima dela, acaba por se afastar a sete pés, achando-a boa demais...por isso, eu pergunto: mas que raio é que esses gajos querem, afinal?????????"

Querem uma mulher assim mais tarde na vida. E quando forem adultos para ela, já alguém a levou.
Todo o homem quer uma mulher assim, mas somos todos uns putos que achamos que temos mais experiências a ter, por isso quando encontramos uma mulher ideal para assentar fugimos dela.

Faz sentido? Não. Mas o homem não faz qualquer sentido na sua forma de encarar o sexo oposto.

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:50:00 da manhã

Guernica:

"Não me lembro onde li isto. penso que foi num blog.
Mas segundo o autor do blog, a mulher perfeita:
"A mulher perfeita é ninfomaniaca e tem uma loja de bebidas...""

Ahahahahaha, desde que de as bebidas :)

  Bruno Fehr

quinta-feira, junho 25, 2009 2:50:00 da manhã

Fada:

"Também já os tive a "fugir", precisamente por me acharem "boa demais"."

Expliquei na resposta à Vani, o motivo.

"Tu és linda e inteligente e amorosa e sexy, uma miúda espectacular, mas mereces melhor do que eu"

Isso tem de ser traduzido para Português feminino:

"Tu és linda e inteligente e amorosa e sexy, uma miúda espectacular, mas sinto que contigo iria assentar e ainda quero comer umas gajas por aí antes de assentar. Mas se não te importares e esperares até eu passar esta fase, eu estarei lá"

Eu já passei essa fase, aliás, acho que nunca saí dela. Se vejo uma mulher para assentar, mudo de numero de telefone, de morada, de carro e de nome.

  Fada

quinta-feira, junho 25, 2009 3:16:00 da manhã

Bruno, disseste:
"Todo e qualquer homem é parvalhão, isso é genético não há volta a dar-lhe."

Não generalizes, pois não é verdade. Já encontrei muitos "principes perfeitos", apenas não eram o "meu" principe perfeito. E não eram parvalhões. É isso que me dá esperança de algum dia encontrar o "meu".


"Não é difícil de perceber é difícil de conseguir. Esse homem existe em filmes e livros."

Dizes tu. E tu não conheces todos os homens do mundo. Até pelo que refiro acima.

"Distinguir Homem de homem pela sua forma de ser, é comparar realidade com ficção."

Tu percebeste o que te disse. E muitas vezes, é a realidade que imita a ficção... :p

"Se desdenhar é porque quer comprar e eu não estou à venda."

Nem eu, meu caro, nem eu!!!

"Isso tem de ser traduzido para Português feminino:"

Não, não tem. Não sabes nada sobre esta situação além daquilo que te disse aqui. Por isso, não generalizes. E eu sei ler nas entrelinhas, posso não o perceber na atitude, posso não saber o motivo da "fuga", mas sei que "esse" não era um dos motivos.
"Os homens NÃO são todos iguais", mesmo que todos pensem em foder a amiga.


"Eu já passei essa fase, aliás, acho que nunca saí dela. Se vejo uma mulher para assentar, mudo de numero de telefone, de morada, de carro e de nome."

Afinal, passaste a fase ou não saiste dela??? Se não queres assentar, não queres. Estás no teu direito, cada um sabe de si.
Mas se um dia cresceres um bocadinho e te tornares mais exigente, e não te bastar apenas a gaija linda que não chateie muito, poderás, nessa altura, não ter quem te queira. É um risco.

Também podes nem sequer crescer, ser sempre assim, e viver feliz assim. :)

São opções. :)

E em vez de mudares essas coisas todas, tmv, morada, etc, basta afastares-te. Se ela for inteligente, não vai andar atrás dum "puto" que não quer mais do que umas quecas, que não quer assentar sem ter tido as tais experiências... :p

Beijitos

  Vani

quinta-feira, junho 25, 2009 1:13:00 da tarde

Pois isso foi o que eu lhe disse, pq ela já se pergunta, mas o que é que eu tenho que eles fogem todos... parvos, é o que são, uma cambada de parvos. Eu disse-lhe que tinha de começar a rever o conceito dela de homem e parar de se sentir atraída pelos problemas...tb lhe disse que podia ir pra hamburgo ahahahahahah!:D

  I.D.Pena

quinta-feira, junho 25, 2009 5:01:00 da tarde

Sou um leoa que gosta de brincar com as presas e que às vezes faz miau , especialmente quando se lhe acerta com o pau.
:D
lol

  Jane Doe

quinta-feira, junho 25, 2009 5:26:00 da tarde

Bruno Fehr:

"Dizer que não compreendemos as mulheres e que elas são um bicho estranho, não é dizer que elas são todas iguais, é dizer que elas são todas diferentes e que por isso quando percebemos uma, isso não se aplica a mais nenhuma."

É mete-las a toda no saco do "Bicho estranho". Se usas um Elas estás a fazer o mesmo que elas fazem quando dizem que eles sao todos iguais. Rotular, generalizar, meter no mesmo saco com uma única etiqueta.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 12:48:00 da manhã

Fada:

"Não generalizes, pois não é verdade. Já encontrei muitos "principes perfeitos", apenas não eram o "meu" principe perfeito"

Acredita, não há excepções, todo o homem é parvalhão e todo o homem sabe que o é. Se não é parvalhão a lidar contigo será parvalhão noutras áreas.

"Dizes tu. E tu não conheces todos os homens do mundo. Até pelo que refiro acima."

Não preciso de conhecer todos, as mulheres são todas diferentes, por melhor que se conheça uma, esse conhecimento não é aplicável a mais nenhuma. Os homens apesar de não serem iguais são muito parecidos e se uma mulher lidou com um dos mais difíceis está preparada para lidar com qualquer homem. Podes perguntar a qualquer das minhas ex-namoradas, depois de me aturarem algumas já admitiram saber controlar as tretas de qualquer homem :) Ahahahahaha, a primeira vez que ouvi isto, não achei grande piada :)

"Tu percebeste o que te disse. E muitas vezes, é a realidade que imita a ficção... :p"

Eu percebo a diferenciação que querem fazer, só não a aceito como factual.

"Não, não tem. Não sabes nada sobre esta situação além daquilo que te disse aqui. Por isso, não generalizes. E eu sei ler nas entrelinhas, posso não o perceber na atitude, posso não saber o motivo da "fuga", mas sei que "esse" não era um dos motivos."

O que importa para ti, é a tua interpretação, eu dei a minha que é a mais comum "fuga simpática" de quem não quer nada sério. Nós temos dezenas de "fugas simpáticas" quer para evitar, quer para adiar, quer para terminar relações e essas fugas são comuns a todos os homens, é como certas frases nas bocas de crianças de escola que são as mesmas que nós dizíamos e não fazemos ideia onde os putos de hoje ouviram aquilo.

""Os homens NÃO são todos iguais", mesmo que todos pensem em foder a amiga."

Não somos iguais, mas somos mais parecidos entre nós do que a mulher entre elas.

"Afinal, passaste a fase ou não saiste dela??? Se não queres assentar, não queres. Estás no teu direito, cada um sabe de si."

Exacto, eu sei isso, mas o que nós sabemos e pensamos nem sempre é aceite por todas as mulheres. O maior defeito de muitas mulheres é acharem que se tentarem, nos conseguem fazer ver as coisas de outra forma. Por vezes conseguem, por vezes é o seu maior erro.

"Mas se um dia cresceres um bocadinho e te tornares mais exigente, e não te bastar apenas a gaija linda que não chateie muito, poderás, nessa altura, não ter quem te queira. É um risco."

Não vejo como um processo de crescimento, pois já não cresço mais que isto. Vejo como uma escolha. E não acredito que o dia "de mais ninguém nos querer", alguma vez chegue. O que acontece é que há quem desista de procurar, mas só desiste quem procura, eu não procuro. Seja aos 18, seja aos 80, há sempre, sempre alguém.

"E em vez de mudares essas coisas todas, tmv, morada, etc, basta afastares-te. Se ela for inteligente, não vai andar atrás dum "puto" que não quer mais do que umas quecas, que não quer assentar sem ter tido as tais experiências... :p"

Mais uma vez, a analogia de homem e puto, tendo em conta querer ou não um relacionamento fixo, é uma analogia errada, o que leva a mulher a ver homens e putos nas pessoas erradas.
Eu vejo as minhas escolhas como certezas e quem tem certezas é quem é seguro de si, e só homens são seguros de si. Os putos sao os outros que passam a vida em busca da mulher que lhe dará a "segurança" e "conforto sentimental", que busca. Os putos são aqueles que acham que sozinhos estão incompletos.

O que muita mulher vê como Homem num adulto do sexo masculino, é na verdade um puto/adulto inseguro, em que entra o eterno espírito maternal e protector da mulher para o "salvar". O homem confiante que poderá não saber o que quer mas tem a certeza do que não quer, é o que a mulher vê como puto, mas que na verdade é um self made man.

É tudo uma questão de ponto de vista.
Podem ver-me como puto, por não saber o que quero, mas tenho a certeza do que não quero. Gostaria de saber quanto rotulados de Homem, o sabem.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 12:49:00 da manhã

Vani:

"pq ela já se pergunta, mas o que é que eu tenho que eles fogem todos... parvos, é o que são, uma cambada de parvos. Eu disse-lhe que tinha de começar a rever o conceito dela de homem e parar de se sentir atraída pelos problemas...tb lhe disse que podia ir pra hamburgo ahahahahahah!:D"

Hamburgo é lindo, ahahahaha
Ela que teste os gajos que pensa serem homens e aqueles que pensa serem putos. Se o gajo afirma saber o que quer, então é um puto, pois na verdade o nosso querer é construído dia-a-dia ao longo da vida e uma relação é um tiro no escuro, um salto no desconhecido, um risco, o homem/Homem é que é capaz de admitir nao saber o que quer, mas saber exactamente o que não quer.

Quando a mulher perceber isto, irá trocar os rótulos que dá aos homens e aí irá ver que anda à procura no grupo errado.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 12:49:00 da manhã

I.D.Pena:

"Sou um leoa que gosta de brincar com as presas e que às vezes faz miau , especialmente quando se lhe acerta com o pau."

Mas de acordo com a canção, o pau não faz mal ao gato, só a Dona Chica é que se arrisca a ter um enfarte.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 12:49:00 da manhã

Jane Doe:

"É mete-las a toda no saco do "Bicho estranho". Se usas um Elas estás a fazer o mesmo que elas fazem quando dizem que eles sao todos iguais. Rotular, generalizar, meter no mesmo saco com uma única etiqueta."

Com uma gigantesca diferente, elas colocam-nos no mesmo saco como sendo todos iguais, uma espécie de sacos "dos repetidos", nós colocamos as mulheres no mesmo saco como todas estranhas e diferentes.
Acho que a diferença é significativa na generalização, a nossa generalização é muito pouco generalizadora.

  Fada

sexta-feira, junho 26, 2009 1:38:00 da manhã

Bruno:

Acredita tu: nem todos os homens são parvalhões, seja em que área for.

"Podes perguntar a qualquer das minhas ex-namoradas, depois de me aturarem algumas já admitiram saber controlar as tretas de qualquer homem :)"

Nome e número de telefone, por favor! ;)

"Ahahahahaha, a primeira vez que ouvi isto, não achei grande piada :)"

Acredito. :)

""fuga simpática""

Não foi uma fuga nem foi "simpática", foi talvez a altura em que ele abriu o coração duma forma como raramente vi (nele e noutros).
Dizeres que foi uma "fuga simpática" soa a "treta". E podem já ter-me dito muitas tretas, mas ele sentiu todas as palavrinhas que disse.
Se fosse "treta", não me diria as coisas assim. Não ele. :)

"Mais uma vez, a analogia de homem e puto, tendo em conta querer ou não um relacionamento fixo, é uma analogia errada, o que leva a mulher a ver homens e putos nas pessoas erradas."

Bruno, tu é que disseste que vocês são todos putos, não fui eu:

"Querem uma mulher assim mais tarde na vida. E quando forem adultos para ela, já alguém a levou.
Todo o homem quer uma mulher assim, mas somos todos uns putos que achamos que temos mais experiências a ter, por isso quando encontramos uma mulher ideal para assentar fugimos dela."

"O que muita mulher vê como Homem num adulto do sexo masculino, é na verdade um puto/adulto inseguro, em que entra o eterno espírito maternal e protector da mulher para o "salvar". O homem confiante que poderá não saber o que quer mas tem a certeza do que não quer, é o que a mulher vê como puto, mas que na verdade é um self made man.
É tudo uma questão de ponto de vista.
Podem ver-me como puto, por não saber o que quero, mas tenho a certeza do que não quero. Gostaria de saber quanto rotulados de Homem, o sabem."

"eterno espírito maternal e protector da mulher para o "salvar". "?????
Trabalhos a quem mos dê... :p
Espírito maternal, tenho com as crianças, mesmo não sendo mãe delas. E com os bichinhos, tipo puppies, e gatinhos e tudo o que for nome de bicho acabado em "inho"... :p
Protector? Com pessoas amigas, sejam homens ou mulheres.
Acho que não compreendeste o meu 2º comentário, acerca do "companheiro" vs. "companhia". :)

Eu sei muito do que quero e muito do que não quero. Outras coisas ainda estão por descobrir. Mas podes apostar que não quero ser "mãe" dum gajo adulto. Para isso, teria continuado casada. :D

E o meu conceito de Homem, NÃO PASSA por um "puto/adulto inseguro"
"que passam a vida em busca da mulher que lhe dará a "segurança" e "conforto sentimental"".

Podes apostar que NÃO PASSA mesmo por esse conceito, desta vez, ganhas. ;p

Beijitos :)

  I.D.Pena

sábado, junho 27, 2009 4:18:00 da tarde

Lol :D

"Mas de acordo com a canção, o pau não faz mal ao gato, só a Dona Chica é que se arrisca a ter um enfarte."

Sim isso n questionei.

:)

E quanto à temática na caixa de comentários mais in da Blogosfera hehehe:

Eu acho que às vezes complicamos demais é mais que óbvio que Todos: Homens e Mulheres somos diferentes !

Porque raio não aceitamos-nos a nós próprios como únicos?

Falta-nos tanto desde o primeiro momento que respiramos ...

A vida é uma constante procura e aprendizagem por isso acho que a crença parte sempre da própria pessoa e as escolhas ou são conscientes ou inconscientes conscientemente.

Poderia inumerar as nossas inumeras diferenças homens e mulheres e isso até poderia ser visto como algo infantil "eu tenho pipi e tu tens pilinha" ; Mas falo por mim adoro ser a criança que sou, e não é agora que tenho 27 anos que a vou perder.

São escolhas cada 1 escolhe como quer, nem todas as mulheres querem um paspalho outras adoram os babacas. Lambe conas ou motherfuckers, etc, são formas rudes de dizer mas só porque rotula os homens e consequentemente as mulheres, e isso não interessa pois não ?

Beijos e bom fim de semana Bruno e Fada, todos

;)

  Vani

sábado, junho 27, 2009 4:45:00 da tarde

Pfff, ela tem um critério de selecção mais rápido q esse, não precisa de perguntar nada ;-). Aliás, o mesmo que eu usei ahahahahah. :D

  Bruno Fehr

terça-feira, junho 30, 2009 10:39:00 da tarde

Fada:

"Dizeres que foi uma "fuga simpática" soa a "treta"."

Quando um homem diz a verdade soa quase sempre a treta.

"Bruno, tu é que disseste que vocês são todos putos, não fui eu:"

Uns mais que outros.

"Podes apostar que NÃO PASSA mesmo por esse conceito, desta vez, ganhas. ;p"

Ahahahaha, haverá mais vezes.

  Bruno Fehr

terça-feira, junho 30, 2009 10:39:00 da tarde

I.D.Pena:

"Porque raio não aceitamos-nos a nós próprios como únicos?"

Porque é mais fácil ser-se igual do que diferente.

  Bruno Fehr

terça-feira, junho 30, 2009 10:39:00 da tarde

Vani:

"Pfff, ela tem um critério de selecção mais rápido q esse, não precisa de perguntar nada ;-)."

Hmmm, ora aí poderá estar parte do problema.

  Fada

terça-feira, junho 30, 2009 10:44:00 da tarde

Bruno, disseste:

"Quando um homem diz a verdade soa quase sempre a treta."

Também é verdade, mas basta estarmos um pouquito mais atentas. Dá para distinguir. :)

"Ahahahaha, haverá mais vezes."
A ver vamos... ;)

Kiss kiss :)

  Jane Doe

quarta-feira, julho 01, 2009 7:20:00 da tarde

Bruno Fehr:

"Com uma gigantesca diferente, elas colocam-nos no mesmo saco como sendo todos iguais, uma espécie de sacos "dos repetidos", nós colocamos as mulheres no mesmo saco como todas estranhas e diferentes."

Pah, quando "vocês" dizem "bicho estranho" eu não vejo a adenda "estranho mas diferente". É meter no mesmo saco. Sim, tudo bem, "nós" dizemos que "vocês" são todos iguais, enquanto que vocês dizem que somos bichos estranhos. Podemos é ser azuis às bolinhas verdes, ou vermelhos aos quadradinhos lilazes etc. Nisso tens razão. MAS não deixa de se chamar generalização, não deixa de ser por um monte de coisas distintas dentro de um saco com apenas um nome. E é disso que se trata a generalização