A idade dos Porquês XXI



Se a mulher quer um homem: Carinhoso, atencioso, inteligente, com sentido de humor, trabalhador, e em que a beleza deve ser interior sendo a exterior secundária... eu pergunto:

1- Porque raio só caem nas cantigas dos Clooney's lá do sitio?

2- Como sabem se um homem tens estas características, se quando não é giro nem tem hipóteses de se apresentar?

3- Por que é que colocam a beleza física no final da lista, quando é a primeira coisa para onde olham?

4- Não estarão as mulheres a mencionar as características prioritárias, começando do fim da lista?

Claro que pergunto isto, pois o homem coloca a beleza da mulher no top 3 de qualidades. Isso é um facto que a maioria não nega, muitos até consideram a beleza como única qualidade, sendo tudo o resto secundário. Sim, somos mais básicos, mas neste campo dizemos menos tretas.
E pelo que tenho visto ao longo dos anos, quando a mulher se apaixona por um homem menos giro, normalmente é por acidente. Normalmente é por um amigo, que se o tivessem visto na rua, não tinham olhado duas vezes para ele.

57 Comentários:

  Anónimo

quinta-feira, junho 25, 2009 12:19:00 da manhã

1 lol
2 lol
3 lol
4 O aspecto físico é prioritário não é mencionado para não parecermos fúteis.
5 ver ponto 4

  S*

quinta-feira, junho 25, 2009 12:55:00 da manhã

Para mim a beleza fisica nao é (de todo) prioridade. ÓBVIO que a pessoa tem de me excitar e de parecer atraente aos meus olhos. Isso não implica que seja bonito e todo jeitoso.

Tudo uma questão de atitude. Adoro homens confiantes. Acho bem mais atraente que um rosto atraente numa cabeça vazia.

  ML

quinta-feira, junho 25, 2009 12:59:00 da manhã

Não concordo com o que dizes na parte final do texto.

Não são todas as mulheres que só se interessam pela beleza.

Provavelmente já viste casais em que a mulher é linda e o homem é feio e baixo.
Porquê? Vários motivos, entre os quais, uma questão de confiança, que um homem lindo não traz. Ou, por exemplo, inteligência ou sucesso na carreira, que muitas vezes um homem lindo não tem.

Não concordas?

  Vani

quinta-feira, junho 25, 2009 1:16:00 da manhã

Obviamente que tenho de me sentir atraída pelo gajo. Mas já me senti atraída por gajos que não considerei propriamente bonitos...
Quando conheci o jove, garanto-te que não foi a aparência que me fez interessar nele. Até porque o meu ideal costumava ser um morenaço todo bonzão...e o jove é branquito :D (e é giraço, claro que é, mas, acredita que só comecei a reparar nisso mais tarde). Na verdade, o que me atraiu nele foi o facto de não estar com os copos e de não estar com conversa de engate; foi o facto de realmente ter algo de interessante para dizer.

E, agora, vou-me meter contigo... é sabido que ja tiveste alguns dissabores com algumas leitoras mais romanticas (algumas mais fritas) e que muitas ficam encantadas contigo. E nunca te viram mais pintado. O que as atrai é o que escreves e descreves, não o teu aspecto físico...a não ser que andes a distribuir a tua foto, aí lá se vai a minha tese...

  Teté

quinta-feira, junho 25, 2009 1:51:00 da manhã

1 - Não é totalmente verdade, que os dois gajos que conheci com mais namoradas, amantes, mulheres, amásias e conquistas estavam longe de ser réplicas do Clooney. Ambos até feiotes (no meu entender subjectivo), mas com 3 características em comum: altos, a dar para o magro-musculado e com uma grande lábia!

2 - Como nunca namorei um fulano que não conhecesse há vários meses ou anos, o facto de ser mais ou menos giro nunca foi relevante para uma aproximação: primeiro amigo, depois logo se via! Mas é verdade que algumas dessas características relevavam mais numas alturas, outras noutras, tipo a lei das compensações. Depois de um meio delico-doce (aparentemente, que as aparências iludem), que venha um mais beligerante e com um sentido de humor mais cáustico, etc. e tal...

3 - A beleza física está longe do final da lista, afinal de contas não é ideal para ninguém namorar um Quasimodo ou afins. Acontece que o primeiro olhar pode cativar, mas se o resto não acompanhar, não vale de muito... Ainda por cima os gajos giraços costumam ter demasiadas peneiras e um séquito de gajas a tentar a sua sorte! Aliás, como meninas giraças... :)

5(?!) - Essa da beleza interior tem muito que se lhe diga, as prioridades variam de mulher para mulher, às vezes até com o evoluir de adolescente a mulher, mas parece-me razoável supor que a educação, cultura, inteligência e sentido de humor devem ser relativamente semelhantes, para poder dar certo. A beleza interior (e também a exterior) depende muito dos olhos de quem olha...

Os homens podem ter menos tretas, mas a avaliarem só pela beleza (e não estou a falar numa curtição), são básicos mesmo: as pessoas envelhecem, engordam, às vezes até se abandalham (hoje em dia é menos notório, mas houve uma geração anterior à minha, em que assim que elas casavam, deixavam de se arranjar, maquilhar, vestir o melhor possível para uma saída, tipo de bata, chinelas e colher de pau na mão, sempre com arzinho afadigado o tempo inteiro...)

E enfim, já me alonguei demais! :)))

  Vani

quinta-feira, junho 25, 2009 2:01:00 da manhã

Tenho de assinar por baixo do coment da Tete :D Tete, meeeeeeeh! :D

  Fada

quinta-feira, junho 25, 2009 4:32:00 da manhã

1 - Não caiem, deixa de generalizar. Uma coisa é apreciarmos a beleza dum homem e até brincarmos com piropos, outra coisa é "cair" por ele.

2 - Nunca deixei que alguém não se apresentasse por ser feio ou assim-assim. A educação que tenho permite que qualquer pessoa, que não esteja bêbada ou que seja notoriamente indelicada ou grosseira, se apresente.

3 - A primeira coisa para onde olhamos é a beleza física SE o nosso primeiro contacto for visual. Ou nunca te aconteceu falar com alguém e ir conhecendo esse alguém apenas por contactos telefónicos??

4 - Não. A beleza acaba. Existe um ditado qualquer que menciona "casa com a pessoa com quem gostes de conversar, pois quando não forem capazes de fazer mais nada, só vos restará a conversa", ou qualquer coisa assim do género. Eu não serei sempre bonita, mas sei que as pessoas que me estimam não o fazem pela minha beleza exterior.

Já me "entusiasmei" e andei com homens LINDOS DE BABAR e também com homens "normais" e até tive um ou outro relacionamento com homens menos bonitos (na minha opinião). Eu não digo feios, porque realmente "quem ama o feio, bonito lhe parece".

E agora, a revelação: já conheci e namorei com um rapaz que conheci pela net. E o relacionamento acabou da mesma forma que qualquer outro relacionamento, ao fim dum ano e meio percebemos que não éramos compatíveis.
Confesso, sem problemas nenhuns, que me apaixonei pela pessoa ainda antes de o conhecer fisicamente. E fui correspondida da mesma forma.

Por isso, não, o aspecto físico não é o MAIS importante. Ajuda, claro, quero um homem que me dê tesão. Mas nem todos os homens bonitos me dão tesão, tal como já referi noutros comentários.

E também não me apaixono por um Amigo, ou talvez aqui a diferença seja o conceito de amizade. Para mim, os meus AMIGOS são como as amigas, não tenho qualquer interesse sexual neles.

Vocês dizem menos tretas??? Bem, como eu não digo tretas, não concebo o sentido de vocês, homens, dizerem menos que eu. :p

Acho que os homens são mais instintivos, as mulheres são mais intuitivas e inteligentes na escolha de parceiro.

Por exemplo, e pegando um pouco no comentário da Vani sobre as "fritas":

Se eu te analisar pelos textos que leio e perante as características que pões no início do texto, diria que és: inteligente, trabalhador, com sentido de humor.

Intuitivamente, considerar-te-ia, ainda dentro das características mencionadas, carinhoso e atencioso.

Fora das características e pelo que se vai dizendo neste blogue, intuitivamente diria que és um homem bonito, moreno (esta tu disseste...lol), com algum sucesso entre as mulheres, que se beijares como escreveste num post qualquer antigo és uma boa boca ( :p ), que és "mau" com quem te chateia, que receias compromissos porque a tua opinião geral das mulheres é fraca... Etc etc etc.

Seria fácil uma qualquer mente mais perdida ou coraçãozinho mais carente se apaixonar por ti, perante estas características.

Se para ti "fritas" são aquelas que se apaixonam, revelas logo o teu receio quanto aos afectos, pois não concebes que se apaixonem sem te terem visto, quando o que elas estão a fazer é a apaixonar-se por uma imagem "espiritual" de ti.

E se para compor o ramalhete, ainda fores lindo de morrer, coitaditas das fritas, né?

Bem são as horas que são e tenho de ir dormir. Boa noite, Bruno Miguel, não penses tanto em mulheres que começas a parecer um fugitivo carente. :p

Beijitos :)

  Nanda Assis

quinta-feira, junho 25, 2009 6:21:00 da manhã

boasperguntas rs. vai entender as mulheres.

bjosss...

  Silvia F.

quinta-feira, junho 25, 2009 6:49:00 da manhã

1º não gosto do Clooney. Contrariando o estereótipo do homen ideal (fisicamente) para a generalidade das mulheres, eu prefiro os mais branquinhos.

2º não tem hipótese?? Isso é totalmente errado. A menos que a mulher esteja abominavelmente desesperada não faz sentido conhecer um homem (mesmo lindo de morrer) sem conversar com ele primeiro.

3º a beleza física está sempre em 1º lugar por mais que digam que não. Felizmente o conceito de beleza difere de pessoa para pessoa. Claro que a seguir vem o conceito de beleza interior.
Isso de se apaixonar por alguém que nunca se viu... soa-me a desespero, credo!

4º esta pergunta é basicamente a mesma da anterior.

Além das características mencionadas:
- carinhoso q.b. nos momentos oportunos e não à toa (homens frios longe com eles).
- atencioso idem
- inteligente sempre mas não focado numa mesma área porque com o tempo torna-se uma valente seca.
- imenso sentido de humor
- trabalhador, eh pá convém!
aprecio muito a humildade, algo que tem vindo a desaparecer nas pessoas. Definitivamente algumas criaturas ainda não se deram conta que o auto-elogio só as tornam ridículas e ressabiadas...

  Osama das Alturas

quinta-feira, junho 25, 2009 8:01:00 da manhã

Oh Fehr... Nem te estou a reconhecer. Quero acreditar que essas perguntas são retóricas. Eu acho que a beleza aparece em baixo na lista e faz sentido. A beleza aparece destacada só para uma primeira impressão. Mas isso é geral. Já vi amigas minhas conhecerem deuses gregos e depois quando abrem a boca, elas fogem a sete pés. Isto acontece porque muitos homens quando se apercebem que são bonitos, refugiam-se nisso e nem se preocupam em ter o minimo de cultura. Há excepções mas isso varia com o desespero da mulher.
O clooney só é 90% clooney pelo charme, aquele "Je ne sais quoi" que as gajas vêm nele ou seja, basicamente postura e atitude e é claro um bocado de beleza. Elas querem é segurança e afecto.

Osama das Alturas

  Allie

quinta-feira, junho 25, 2009 9:41:00 da manhã

"Carinhoso, atencioso, inteligente, com sentido de humor, trabalhador, e em que a beleza deve ser interior sendo a exterior secundária..." - E se ainda por cima for bonito, é um sonho realizado. Tipo os contos da Cinderela e da Branca de Neve que nos fizerem esperar o impossível.

Os homens bonitos crescem a sentir que não precisam de se esforçar tanto porque é um facto, são como mel. Os menos atraentes, normalmente têm de esforçar-se um pouco mais, o que faz com que sejam infinitamente mais interessantes. Pessoalmente, acho que acabamos por lhes dar o devido valor quando já levamos uns bons coices dos primeiros. Muitas "descobrem" o homem interessante que há naquele amigo de sempre, outras começam a repelir os muito atraentes e seguros e a virar-se para os mais apagaditos, pois por essa altura as prioridades e vontades também mudaram.

  Tulipa Branca

quinta-feira, junho 25, 2009 11:30:00 da manhã

O que são para ti os clooney's lá do sitio?
Isso de cair na conversa pode ser temporário.
Muitas das vezes os mais bonitos fisicamente não conseguem manter o charme durante assim tanto tempo...
Vocês homens queixam-se da mesma coisa em relação às mulheres!
Na minha opinião as mulheres olham para a parte física e sentem-se atraídas na vã esperança que o resto do homem seja igualmente bonito.

  Abobrinha

quinta-feira, junho 25, 2009 12:12:00 da tarde

A beleza é importante. No meu blogue há gajos lindíssimos por alguma coisa. Dito isto, no meu blogue há homens tecnicamente feios, como o Prince e o Marilyn Manson. Já me apaixonei perdidamente por homens que fazem parar o trânsito e por homens que objectivamente nem por isso. Isto porque lhes encontrei beleza que transcendia o mero aspecto físico.

Agora a lista... a minha lista não tem prioridades: é flexível. Simplesmente tem listas de "nãos" rotundos. E em termos físicos limitam-se praticamente a dentes podres, mau hálito e outros do mesmo calibre.

E eu não deixo de falar com ninguém só porque ele não é um Adónis. Mas um homem é capaz de fazer isso a uma mulher...

  Mistal

quinta-feira, junho 25, 2009 12:37:00 da tarde

Para mim a atracção é essencial fisica e intelectual. Se o resto do pacote inclui o gajo ser podre de bom é obvio que não vou dizer não....

  loira

quinta-feira, junho 25, 2009 1:28:00 da tarde

Eu gosto de um homem que me desafie intelectualmente e que consigo manter uma conversa durante muito tempo!
Claro que se for bonito é um acréscimo ;)
Daí aquele género Cristiano Ronaldo que não articula palavra e tem um monte delas me faz muita muita confusão...

  Paula

quinta-feira, junho 25, 2009 4:08:00 da tarde

eu costumo dizer que o aspecto físico é muito importante, não sejamos hipócritas..porque no fundo é a primeira coisa que nos atrai. agora, se ele abrir a boca e só disser asneira nem lhe ligo muito.
mas claro que o que é atraente para uma pessoa pode não sê-lo para outra e as definições de beleza mudam de pessoa para pessoa e claro que podemos é não nos sentir-mos atraídas pela beleza estereotipada.
mas continuo a dizer que o aspecto exterior é também muito importante, mas não o mais importante!

  Paula

quinta-feira, junho 25, 2009 4:09:00 da tarde

*correcção: "sentirmos"...

  Jane Doe

quinta-feira, junho 25, 2009 5:06:00 da tarde

Keanue Reeves meu caro... Kenue Reeves.

As pessoas costumam dizer que a beleza nao é o mais importante. Que se deve dar primazia à beleza interior e etc e so on.

Aqui em alguns comentários dizem o mesmo.

Eu digo que a beleza é a primeira coisa a que se liga. Independentemente de tudo. Porquê? Porque é a primeira coisa em que pomos os olhos. E porque é a primeira coisa com que temos contacto. E é a partir daí que vamos construindo o resto. Vamos integrando as várias caracteristicas da pessoa. Quando pensamos em como essa pessoa é carinhosa, ou atenciosa, ou inteligente, é o rosto que vemos.

A partir do primeiro momento aquilo que somos funde-se com aquilo que mostramos, o que nos permite ser nós mesmos. Mas isso vê-se na imagem. Que claro, é mais que uma imagem estática, é toda uma linguagem corporal, uma postura, que se sente, e que se VÊ!

Fada, quando dizes que te apaixonaste pela parte interior desse namorado que conheceste na net, e que depois nao deixaste de gostar dele... Isso significa que conseguiste fazer a ligaçao entre a parte fisica e a que se mostra através das palavras. Ainda bem. Mas podia acontecer simplesmente nao conseguires encaixar uma coisa na outra e ele simplesmente ser feio e nao conseguires lidar com isso. Já me aconteceu. E foi mutuo. E ambos nao tivemos problemas de o aceitar. O confronto visual aporta sempre o risco da falta de encaixe.

Por isso acho, aliás arrisco a dizer que tenho a certeza, de que quem diz que o fisico nao interessa tem medo de ser considerado/a fútil. O fisico interessa-me. É a primeira coisa para a que olho. E sou capaz de descartar por isso. Todos somos.

E eu nao vejo nem mal nem vergonha nisso.

Claro que quando se fala de imagem, nao se pode considerar uma imagem estática mas como já disse uma linguagem corporal, uma atracçao por algum aspecto, postura etc. E sim, é por aqui que tudo começa!

  Joaninha

quinta-feira, junho 25, 2009 8:30:00 da tarde

Sabes eu penso que o aspecto físico conta quando ainda somos meninas, adolescentes porque o mundo vai sempre acabar amanhã e se não tem pinta de jogador da bola as amigas não aprovam...I have been there e sei que é uma parvoice pegada mas então juizinho é uma coisa que na altura do viver tudo antes que acabe é uma coisa que falta...
Agora que sou mais crescida já tenho outra prespectiva da vida, se encontrar uma pessoa que me faça rir, que tenha conversa, que ouça, que esteja lá, o aspecto físico é a última coisa que penso, afinal já dizia a minha avó "a beleza não se serve à mesa"!Em todo o caso o "cartão de visita" aka o aspecto fisico é, e ninguem pode negar, um incentivo a que o que quer que seja ande mais depressa!
Clooney's dispenso, dão muito trabalho e eu não nasci para viver uma vida admirar uma figura ;)

  aNGie

quinta-feira, junho 25, 2009 9:28:00 da tarde

por vezes queremos mostrar aos outros que nao nos entregamos aos nossos instintos basicos para parecermos correctos e educados.. no entato, convenhamos, o primeiro sentido que se activa no processo de corte E, sem sombra de duvida, a visao.. isto nao implica que achemos as outras caracteristicas igualmente importantes, ou mais importantes, no entanto o aspecto fiscio E principal e nao secundario..
adorei o texto, alias, entre amigas e amgos flamos muitas vezes sobre este assunto e, depois de muita discussao,o resultado E sempre o mesmo!

*desculpa a ecrita, mas os teclados dos computdors publicos sao sempre uma desgraça.. plo menos em portugal!

bjunfa

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:12:00 da manhã

Anónimo:

Rápido/a a comentar, ainda tinha uma pergunta a mais.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:12:00 da manhã

S*:

"Tudo uma questão de atitude. Adoro homens confiantes. Acho bem mais atraente que um rosto atraente numa cabeça vazia."

A questão é, se não há aquele interesse à primeira vista dificilmente haverá uma segunda vista.
Imensas pessoas excelentes nos passam ao lado, porque a primeira vista não foi apelativa, por isso digo que quando questionados deveríamos referir o aspecto como prioritário, isso não nos faz mais ou menos fúteis, simplesmente mais sinceros.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:12:00 da manhã

ML:

"Não são todas as mulheres que só se interessam pela beleza."

Eu não disse isso, eu nunca disse "só se interessam". O que digo é que se à primeira vista não for apelativo, não haverá segunda vista.
A segunda vista dada a uma pessoa que não nos agradou à primeira, será dada se não tivermos opção, como: ser colega de trabalho, frequentar os mesmo locais, ser amigo de um amigo comum. Se for um estranho, será sempre um estranho devido à primeira vista negativa.

"Provavelmente já viste casais em que a mulher é linda e o homem é feio e baixo."

Correcto, e vice-versa. Mas não acredito que tenham chegado a esse ponto por se cruzarem um dia no metro. Esse relacionamento nasceu de uma amizade e não de um interesse à primeira vista.

"Não concordas?"

Concordo com o que dizes, mas o que digo é: Amanha observa quem passa por ti na rua, quando vires um homem que aches feio, observa-o. Será impossível esse homem ser fantástico e ser tudo o que procuras?

Se vejo uma mulher irresistível no meu dia-a-dia, é mais do que certo que falarei com ela e é muito provável que me desiluda. Mas se vir uma raparigas pouco interessante, eu sei que não vou falar com ela, mas sei que ela poderia ser o meu tipo de mulher.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:12:00 da manhã

Vani:

"Mas já me senti atraída por gajos que não considerei propriamente bonitos..."

À primeira vista? Não acredito. Isso acontece com o contacto, mas se não conheces a pessoa, a vês uma vez e não te atrai, nunca a irás conhecer. Por isso digo, o aspecto importa.

"Na verdade, o que me atraiu nele foi o facto de não estar com os copos e de não estar com conversa de engate; foi o facto de realmente ter algo de interessante para dizer."

Ahahahahaha, ele sabe-a toda, ele sabe o segredo (e não é aquele do filme), é o segredo do engate perfeito. O engate perfeito é não andar ao engate, andando, ahahahaha.
Se um homem tiver confiança em si, e tiver bagagem de conversa, não precisa de engatar, isso surgirá naturalmente :)

"é sabido que ja tiveste alguns dissabores com algumas leitoras mais romanticas (algumas mais fritas) e que muitas ficam encantadas contigo. E nunca te viram mais pintado. O que as atrai é o que escreves e descreves, não o teu aspecto físico..."

Sim, mas aqui é diferente. Por que aqui antes de me verem já tiveram oportunidade de me conhecer um pouco e se gostaram de como escrevo, que será um pouco de como falo, a imagem será secundária se elas não forem fúteis.

A questão levantada neste texto é: Quantas dessas pessoas se interessariam se passassem por mim na rua? É que aí teria de haver um interesse físico antes de conhecer o intelectual.

A verdade tem de ser dita, nós vivemos de imagens e se imagem não agrada mudamos de canal e o programa poderia ser excelente.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:13:00 da manhã

Teté:

"mas com 3 características em comum: altos, a dar para o magro-musculado e com uma grande lábia!"

Para poderem usar a lábia é porque já tinham acesso e proximidade com as mulheres em causa. Se não a tivesse já, não chegariam a elas.

"primeiro amigo, depois logo se via!"

Mas a aparência influencia as amizades, as pessoas não se aproximam para conhecer estranhos que tenham um aspecto minimamente interessante. A única hipótese é quando a sua presença é imposta no grupo de amigos, local de trabalho, etc.

"3 - A beleza física está longe do final da lista, afinal de contas não é ideal para ninguém namorar um Quasimodo ou afins. Acontece que o primeiro olhar pode cativar, mas se o resto não acompanhar, não vale de muito... Ainda por cima os gajos giraços costumam ter demasiadas peneiras e um séquito de gajas a tentar a sua sorte!"

Este texto tem como base uma história pessoal. Conheci uma miúda que não era alta, não era escultural, não era gira, não era o meu estilo e nunca me aproximaria dela pois não via nada de interessante. A sua presença foi-me imposta por ser amiga de um grande amigo e ter começado a sair com o meu grupo de amigos. Um ano depois, já a via com outros olhos, toda a sua beleza interior cobriu a forma como eu a via, e passou a ser uma mulher linda.

Tal como eu, qualquer mulher pode passara todos os dias por um homem assim, mas nunca falará com ele, pois a primeira imagem não foi apelativa.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:13:00 da manhã

Vani:

Tomei nota.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:13:00 da manhã

Fada:

"1 - Não caiem, deixa de generalizar."

Deixa é de falar em generalizações, até já escrevi um texto sobre isso. Qualquer texto ou frase é uma generalização e acho que qualquer pessoa que leia, sabe que em todas a generalizações há excepções e não acho que seja necessário, a cada frase eu colocar: (mas há excepções).

Dizer que generalizo é desconversar, não é um argumento.

"2 - Nunca deixei que alguém não se apresentasse por ser feio ou assim-assim. A educação que tenho permite que qualquer pessoa, que não esteja bêbada ou que seja notoriamente indelicada ou grosseira, se apresente."

E de quantos não atraentes à primeira vista te aproximaste?

"3 - A primeira coisa para onde olhamos é a beleza física SE o nosso primeiro contacto for visual. Ou nunca te aconteceu falar com alguém e ir conhecendo esse alguém apenas por contactos telefónicos??"

Mas isso não faz parte do texto. O texto tem a ver com estranhos que podem ser excelentes pessoas, de quem nunca nos aproximamos porque a primeira impressão (visual) nao foi positiva.

Vamos comentar o texto, derivações dele serão outros textos.


"4 - Não. A beleza acaba."

Acaba, mas não deixa de ser selectiva. A bela não se aproximaria do monstro, se ele não tivesse insistido.

"Confesso, sem problemas nenhuns, que me apaixonei pela pessoa ainda antes de o conhecer fisicamente. E fui correspondida da mesma forma."

Lá está, conheceste a pessoa sem ver o aspecto. Aí o aspecto passa a secundário. Mas não chegas a conhecer a pessoa se o aspecto não te agradar. A diferença entre o meu exemplo e o teu, é como o preto e o branco, assuntos opostos, situações opostas e não é disso que falo.

"inteligente, trabalhador, com sentido de humor."

Depende do termo de comparação :)

"carinhoso e atencioso"

Posso te dar uns contactos de quem discordará :)

"que receias compromissos porque a tua opinião geral das mulheres é fraca..."

Se tenho a certeza que não quero compromissos, por que é que isso é visto por ti como medo? Eu poderia dizer que quem busca compromissos tem medo de ficar sozinho.

Como é pelo menos a segunda vez que confundes medo e certeza, deixo-te um link de um texto meu escrito há mais de um ano:

http://so-me-apetece-cobrir.blogspot.com/2008/03/medo-ou-certeza.html

"Se para ti "fritas" são aquelas que se apaixonam, revelas logo o teu receio quanto aos afectos, pois não concebes que se apaixonem sem te terem visto, quando o que elas estão a fazer é a apaixonar-se por uma imagem "espiritual" de ti."

Lá está, existe outro texto que escrevi que define "frita", a tua definição está incorrecta, mas por agora lê, só o texto que indico a cima e verás que o medo não é medo, antes pelo contrário.
Medo para mim, é a incapacidade de uma pessoa ser auto-suficiente e necessitar de outra pessoa para completar o seu próprio vazio. Uma pessoa que não se complete a si própria, essa sim vive no medo de nunca se completar.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:13:00 da manhã

Nanda Assis:

Nem tento. Elas não são para ser compreendidas, só amadas.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:14:00 da manhã

Silvia F.:

"1º não gosto do Clooney. Contrariando o estereótipo do homen ideal"

Poderia ter colocado um mais a teu estilo, usei só um exemplo.

"2º não tem hipótese?? Isso é totalmente errado."

De quantos homens feios já te aproximaste sem que eles o façam?

"3º a beleza física está sempre em 1º lugar por mais que digam que não."

Ah, finalmente. É aí que eu quero chegar, pois a maioria das mulheres dizem que a colocam em segundo plano.

"Isso de se apaixonar por alguém que nunca se viu... soa-me a desespero, credo!"

Nem por isso, já me senti profundamente atraído por uma locutora de rádio em Londres e nunca a vi, mas as sua opiniões, maneira de ser e falar, de pensar, inteligência, etc, eram dentro das características que me cegam, tenho a certeza que se a visse, a veria de forma diferente fisicamente do que se a visse na rua sem nunca a ter ouvido.

"4º esta pergunta é basicamente a mesma da anterior."

Mas não necessariamente. É uma técnica usada em direito e de fazer a mesma pergunta de forma diferente, por forma a obter a resposta desejada.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:14:00 da manhã

Osama das Alturas:

"Eu acho que a beleza aparece em baixo na lista e faz sentido. A beleza aparece destacada só para uma primeira impressão. Mas isso é geral. Já vi amigas minhas conhecerem deuses gregos e depois quando abrem a boca, elas fogem a sete pés."

Mas eu nao falo disso, falo é de quantos homens feios que podem ter todas as qualidades que elas buscam num homem que elas conheceram. Todos os dias elas podem passar por um homem que acham feio, e ele ser o tipo de homem que elas procuram, mas só saberiam isso se o conhecessem e nunca o conhecerão porque à primeira vista ele nao é atraente.

As perguntas não são retóricas, os comentários é se estão a desviar.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:14:00 da manhã

Allie:

""Carinhoso, atencioso, inteligente, com sentido de humor, trabalhador, e em que a beleza deve ser interior sendo a exterior secundária..." - E se ainda por cima for bonito, é um sonho realizado. Tipo os contos da Cinderela e da Branca de Neve que nos fizerem esperar o impossível."

Claro que sim, mas se não for minimamente bonito nunca as outras características serão conhecidas.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:14:00 da manhã

Tulipa Branca:

"O que são para ti os clooney's lá do sitio?"

Todo e qualquer homem que uma mulher ache atraente à primeira vista, pois são nesses que elas vão tentar encontrar as outras características. Enquanto se for um menos atraente a ter essas características, elas nunca saberão pois não se vão certamente aproximar.

"Na minha opinião as mulheres olham para a parte física e sentem-se atraídas na vã esperança que o resto do homem seja igualmente bonito."

Mas o contrário nunca acontece. Elas nunca se aproximam de um feio, pensando que esse defeito exterior poderá ser o único e que após verem quem essa pessoa é, que elas verão o seu exterior de outra forma.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:14:00 da manhã

Abobrinha:

"Já me apaixonei perdidamente por homens que fazem parar o trânsito e por homens que objectivamente nem por isso. Isto porque lhes encontrei beleza que transcendia o mero aspecto físico."

Mas para isso tiveste que o conhecer, e não é essa a minha questão. Eu pergunto é de quantos estranhos não atraentes elas se aproximam. Pois todos, homens ou mulheres se aproximam dos atraentes para os conhecerem melhor.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:15:00 da manhã

Mistal:

"Para mim a atracção é essencial fisica e intelectual. Se o resto do pacote inclui o gajo ser podre de bom é obvio que não vou dizer não..."

Claro, mas não achas possível a primeira imagem não atraente ser mudada depois de conheceres a pessoa? A questão é essa, é possível ver alguém que não achámos bonito como lindo depois de conhecer a pessoa. Mas a primeira vista por vezes decide se vamos ou não conhecer essa pessoa.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:15:00 da manhã

loira:

"Eu gosto de um homem que me desafie intelectualmente e que consigo manter uma conversa durante muito tempo!"

Mas se ele for feio à primeira vista, vais falar com ele? É que não indo nunca saberás. E esta é a questão deste meu texto.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:15:00 da manhã

Paula:

"eu costumo dizer que o aspecto físico é muito importante, não sejamos hipócritas..porque no fundo é a primeira coisa que nos atrai. agora, se ele abrir a boca e só disser asneira nem lhe ligo muito."

Sim, é normal falarmos com o lindo e ouvir merda a sair, mas raramente vamos falar com o feio que poderá dizer tudo o que é acertado. Só damos o primeiro passo para conhecer o que é bonito, quando o que nos parece feio poderia ser lindo.

É aqui que está o busílis da minha questão, somos cegos pelos nossos olhos.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:15:00 da manhã

Jane Doe:

"Keanue Reeves meu caro... Kenue Reeves."

Esse mais depressa se interessaria por mim, do que por ti, ahahahaha, tu não tens o que ele quer, ahahahah

"Eu digo que a beleza é a primeira coisa a que se liga. Independentemente de tudo. Porquê? Porque é a primeira coisa em que pomos os olhos. E porque é a primeira coisa com que temos contacto. E é a partir daí que vamos construindo o resto."

Sim, por isso é normal conhecermos o bonito e sermos desiludidos pela merda que está lá dentro. Mas raramente vamos falar com o feio.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:15:00 da manhã

Joaninha:

"Sabes eu penso que o aspecto físico conta quando ainda somos meninas, adolescentes porque o mundo vai sempre acabar amanhã e se não tem pinta de jogador da bola as amigas não aprovam...I have been there e sei que é uma parvoice pegada mas então juizinho é uma coisa que na altura do viver tudo antes que acabe é uma coisa que falta..."

E hoje não? Eu pergunto isto porque tenho amigos e amigas e só ouço dizer que a, b, e c, lindos de morrer que conheceram a noite passada são uns broncos. E só pergunto e com quantos feios inteligentes falaste ontem à noite?

A questão é esta, a ligação que procuramos poderá ser encontrada na pessoa pela qual não nos sentimos atraídos a falar. E no fundo sabemos que à segunda vista veremos essa pessoa com outros olhos.

Tal como o lindo aos olhos se torna feio aos ouvidos, o oposto pode acontecer mas homens e mulheres não arriscam, sabem disso, mas nem tentam.

  Bruno Fehr

sexta-feira, junho 26, 2009 2:15:00 da manhã

aNGie:

"o primeiro sentido que se activa no processo de corte E, sem sombra de duvida, a visao.. isto nao implica que achemos as outras caracteristicas igualmente importantes, ou mais importantes, no entanto o aspecto fiscio E principal e nao secundario.."

É isso mesmo. Acho que quando homens ou mulheres começarem a admitir isso é meio caminho andado para perceber que os olhos enganam.

  Jane Doe

sexta-feira, junho 26, 2009 2:35:00 da manhã

Bruno Fehr:

"Esse mais depressa se interessaria por mim, do que por ti, ahahahaha, tu não tens o que ele quer, ahahahah"

What The FUCK?!!!!!!

Não é nada!

Isso é DESLEAL!!

Pah se tu me dizes que o Josh Holloway também te prefere a ti...

Pah eu juro que pego fogo a Hamburgo! E depois ao resto do mundo!!!!

"O mundo está perdido, senhores... PERDIDO!"

  Fada

sexta-feira, junho 26, 2009 8:15:00 da manhã

1- Não caiem. (O que quis dizer com as generalizações, é que assumiste o geral - "só caiem" - , numa coisa que para mim são as excepções.)

2 - Provavelmente de tantos quanto os atraentes. Nunca tive tendência para me "aproximar" deles por isto ou aquilo, eu sou a "miúda" que se está num bar (por ex, ou festa, ou colóquio, ou seja o que for que implique uma cambada de desconhecidos/as por perto), observa toda a gente, e não se limita aos "atraentes". Esses têm a mesma atenção que os feios, ou até menos, pois como julgam (no geral), que a beleza lhes basta, os pontos desinteressantes sobressaiem muito mais rapidamente que os pontos interessantes dos feios, daí eu não perder muito tempo com eles. Sou tendencialmente uma observadora, não uma "aproximadora". Gosto muito de estar sossegadinha no meu canto a observar. E é a curiosidade que alguém me desperta que me prende.

3 - Desculpa as derivações, mas não pensei que fosse um texto tão estático. Tenho tendência para soltar os pensamentos. :)
Então, mesmo sendo a primeira coisa para onde olhamos, pois somos bichos visuais, e o contacto visual é o primeiro (não conhecemos fisicamente as pessoas às escuras nem vendados - não vamos falar do jogo do "quarto escuro"...eheheh), não temos de colocar a beleza física no início da lista, pois a lista vem pela importância que damos às características. Eu não a ponho no final da lista, mas não a ponho nos 3 primeiros. :)

(continua, tem caracteres a mais...)

  Fada

sexta-feira, junho 26, 2009 8:16:00 da manhã

(continuação)

4- Na história, a Bela foi OBRIGADA a conviver com o Monstro, e teve de se adaptar a isso. :p
Mas isso são outras histórias (porque certas interpretações, dizem que o monstro era o sexo, apenas bonito para ela quando começou a haver amor).

"Mas não chegas a conhecer a pessoa se o aspecto não te agradar".
Errado. :)
Não chego a conhecer a pessoa se as primeiras atitudes não me agradarem. Aí, sim afasto-me, ou chego ao ponto de "desaparecer" do meio.

Queres saber uma curiosidade bloguística? (Vá, deixa-me fugir ao tema... ;p )
A primeira vez que vi o teu blog era um qualquer texto que considerei agressivo, não gostei e não voltei. A segunda vez que me fez estacionar aqui pelo tasco, foi o desafio das verdades, ou qualquer coisa assim, que me despertou a curiosidade. (Qualquer um deles, chamou-me a atenção pelo título, que vi no blog da Eu mesma!.) Depois desse me despertar a curiosidade, fui cuscar os Top e um deles fez-me chorar, pela sensibilidade inversa à agressividade que tinha lido no primeiro. Por isso, despertaste-me a curiosidade e deixei-me ficar. Mereceste o "segundo olhar" por isso, não o terias merecido se não me tivesses despertado a curiosidade, mesmo que tivesses aqui a tua foto e fosses parecido com o Saki Rouva (e digo este apenas por me terem emailado as fotos do moço :D ).

"Depende do termo de comparação :)"
Como em tudo na vida... ;)

"Posso te dar uns contactos de quem discordará :)"
Podes mesmo?? Dá lá... Junta-lhe os das exs... ehehehe :p

"Se tenho a certeza que não quero compromissos, por que é que isso é visto por ti como medo? Eu poderia dizer que quem busca compromissos tem medo de ficar sozinho."
Não é a tua certeza que é vista por mim como medo. Mas estamos a fugir ao texto. :D
Pois poderias. E seria verdade na maior parte dos casos. Eu não ando em busca de compromissos, não tenho medo de ficar sozinha, mas gostaria de constituir família (companheiro e filhotes). No entanto, se estou sozinha, é porque para assumir um qualquer compromisso teria de o fazer honestamente, e neste momento não há ninguém que me levasse a assumir tal coisa. Não tenho medo de "ficar sozinha", apenas tenho um mundo inteiro de coisas para partilhar com outros. :)

Já li e compreendi. A honestidade fica-te bem. :)
Mas não é isso "que vejo" como medo, e não é confusão. Mas não vamos fugir ao texto. :)

Eu sei o que escreveste sobre "fritos", mas por alguns comentários, parece-me que nem sempre é esse o significado que se atribui à expressão, expressão essa que só conheci aqui.

"Medo para mim, é a incapacidade de uma pessoa ser auto-suficiente e necessitar de outra pessoa para completar o seu próprio vazio. Uma pessoa que não se complete a si própria, essa sim vive no medo de nunca se completar."
Concordo.

Beijitos e Bom dia! :)

  São

sexta-feira, junho 26, 2009 9:40:00 da manhã

1- Porque raios, só caem nas cantigas do Clooney lá do sítio.

Parece-me que esse Colooney tem uma grande lábia e essas mulheres têm um problema de ego.

2- Como sabem se um homem tem estas características, se não é giro nem tem hipótese de se apresentar?

Eu não acredito que isso aconteça, pelo menos com mulheres minimamente inteligentes e um homem com estas características não se contenta com menos, e depois não há homens feios há os que se cuidam mais e os que não se cuidam minimamente.

3- Porque colocam a beleza física no fim da lista quando é a primeira coisa para onde olham?
Até pode ser a primeira coisa para onde olham, mas não é a que dão mais importância.

4- Não estarão as mulheres a mencionar as características prioritárias começando do fim da lista? Não, as minimamente inteligentes.

A questão da beleza física parece-me que é uma falsa questão, um rapaz inteligente parte sempre em vantagem em relação a um bonito, porque a beleza é efémera e porque a inteligência torna as pessoas mais bonitas, não compreendo como atribuem tanta importância à beleza física, a parte física tem importância sim, mas não é propriamente em termos de beleza, é em termos de atracão há pessoas que são bonitas fisicamente mas não nos atraem, há aspectos físicos que são importantes como o olhar a voz o riso...

Depois o conceito de beleza é muito abstracto o que é belo para um não o é para outro, Passa-se a gostar menos de uma pessoa de se gosta se esta sofrer um acidente e ficar desfigurada, passa-se a gostar mais de uma pessoa de que se gosta se esta fizer uma plástica e ficar esteticamente mais dentro dos padrões do que se considera bonito não, eu penso que não.

  Paula

sexta-feira, junho 26, 2009 11:20:00 da manhã

mas apesar de concordar contigo de certa maneira, também sou obrigada a discordar, pelo menos em termos pessoais.
posso achar um homem bonito por ele o ser mesmo dentro daquilo a que chamamos de bonito pré definido, mas o facto é que raramente me dá vontade de conversar com alguém apenas pela sua beleza.
o mais engraçado é que costumo atrair-me por pessoas que para mim são bonitas, claro! mas que para a maioria das mulheres que conheço são exactamente o oposto.
e gosto imenso de ter surpresas como dizes, quando a pessoa não é bonita fisicamente e depois revela-se muito interessante..e isso atrai muito mais!
:)

  Mistal

sexta-feira, junho 26, 2009 11:43:00 da manhã

Bruno:
"mas não achas possível a primeira imagem não atraente ser mudada depois de conheceres a pessoa? "

Sou uma pessoa muito instintiva. Percebo o que tu queres dizer e sem duvida um homem atraente faz me olhar mas o meu instinto, a quimica que sinto ou não é decisiva para pensar se queria mais do que olhar. O "ver" passa por mais de que utilizar os olhos mesmo que não se fale com a pessoa. Se é instinto, quimica ou outra coisa qq não faço a minima ideia. Mas percebo o que queres dizer: Se acharmos a pessoa horrorosa á vista até que ponto a nossa percepção se altera apenas e somente após falar com ela que nos faz então passar a vê-la como alguem atraente e linda. Na minha experiencia muito honestamente bonito ou feio o falar só veio reinforçar a minha atracção ou não atracção.

  Abobrinha

sexta-feira, junho 26, 2009 12:56:00 da tarde

Bruno

A isso eu já respondi dizendo "e eu não deixo de falar com ninguém só porque ele não é um Adónis". Mas eu falo por mim, claro!

Repara que na minha experiência, mais depressa um homem se afasta de uma mulher "feia" que uma mulher faz isso a um homem. As aspas são porque às vezes não são feias, mas simplesmente não são tão parecidas com a Jessica Alba como deviam. E parecendo que não... só há uma Jessica Alba!

  loira

sexta-feira, junho 26, 2009 9:59:00 da tarde

Provavelmente não vou ter com ele, mas se vier ter comigo ou me for apresentado e for interessante continuo a conversa e sabe se lá o que pode acontecer! :p

  Inês

quarta-feira, julho 01, 2009 3:12:00 da manhã

Olá! Como mulher e leitora assídua do teu blog, vim aqui defender a minha honra ;) Quero dizer, sem hipocrisias, que considero a beleza importante. É uma das qualidades. No entanto, a beleza por si só não vale muito. O charme, a confiança, a cultura, um bom perfume, entre outras características, também alteram a nossa percepção acerca de um homem. Já conheci rapazes que eram atraentes, mas que cometiam gaffes como escrever com x's. Ou rapazes não tão bonitos, mas com uma conversa fabulosa e tanto charme que me deixaram caídinha. A beleza acaba por se tornar um dos aspectos que condicionam a atracção física, mas não é o único. Honestamente, aquilo que gosto mesmo é de um homem confiante, másculo, com um sorriso bonito, um bom perfume (insisto mais uma vez neste ponto) e uma boa bagagem cultural. De qualquer forma, parece-me que não tens problemas a nível de aprovação feminina, com todo o feedback que este post teve =) Parabéns e continua!

  Bruno Fehr

quarta-feira, julho 01, 2009 4:53:00 da manhã

Jane Doe:

"What The FUCK?!!!!!!
Não é nada!
Isso é DESLEAL!!"

Não é desleal é real :)

  Bruno Fehr

quarta-feira, julho 01, 2009 4:54:00 da manhã

Fada:

"3 - Desculpa as derivações, mas não pensei que fosse um texto tão estático. Tenho tendência para soltar os pensamentos. :)"

Os textos curtos em particular esta série da Idade dos Porquês, é do mais estático que pode haver, o assunto é a pergunta e só a pergunta.

"Então, mesmo sendo a primeira coisa para onde olhamos, pois somos bichos visuais, e o contacto visual é o primeiro (não conhecemos fisicamente as pessoas às escuras nem vendados - não vamos falar do jogo do "quarto escuro"...eheheh), não temos de colocar a beleza física no início da lista, pois a lista vem pela importância que damos às características."

O que o texto quer dizer é muito simples. Se o que a mulher vê não agrada, ela não verá mais nada. Se não gostou do aspecto do homem, não tentará ver se o interior é melhor. Se há excepções? Há, mas são tantas como homens que não pensem em sexo.

Seja mulher, seja homem, se nunca teve contacto com a outra pessoa, terá unicamente curiosidade em conhecer mais, se o que viu lhe agrada.

Não podemos ser hipócritas neste campo. Se vejo alguém que nada me diz visualmente não irei ter a menor curiosidade em saber como é ou como pensa a pessoa. Mas regra geral as pessoas são hipócritas ao não colocar o factor visual onde ele está, no topo da lista.

E está lá, como digo no texto, num primeiro contacto visual com a pessoa quando nunca tivemos qualquer outro contacto com ela.

Se o comer tem mau aspecto, não comemos. Se achamos o carro feio não olhamos para o motor. Se não gostamos de uns sapatos nem os colocamos nos pés e podem ser os sapatos mais confortáveis do mundo.

O que vemos é decisivo nas nossas acções futuras, mas a hipocrisia e o medo de parecermos banais, leva-nos a colocar outras coisas como principais, quando só são principais APÓS o contacto e o despertar de curiosidade.

"A primeira vez que vi o teu blog era um qualquer texto que considerei agressivo, não gostei e não voltei. A segunda vez que me fez estacionar aqui pelo tasco, foi o desafio das verdades, ou qualquer coisa assim, que me despertou a curiosidade."

Lá está. O texto que não gostaste só gostarás quando o conheceres e o de que gostaste despertou a tua curiosidade para conhecer mais. Só me estás a dar razão.

  Bruno Fehr

quarta-feira, julho 01, 2009 4:54:00 da manhã

São:

"Até pode ser a primeira coisa para onde olham, mas não é a que dão mais importância."

Isso é irrelevante, pois é a primeira coisa e é na maioria dos casos o factor decisivo para conhecer melhor a pessoa.

  Bruno Fehr

quarta-feira, julho 01, 2009 4:54:00 da manhã

Paula:

"posso achar um homem bonito por ele o ser mesmo dentro daquilo a que chamamos de bonito pré definido, mas o facto é que raramente me dá vontade de conversar com alguém apenas pela sua beleza."

O segredo está no "apenas", pois se é a primeira coisa que vês, é essa primeira opinião que irá decidir os teus passos e atitudes, é o que decide se queres ou não conhecer melhor a pessoa.

  Bruno Fehr

quarta-feira, julho 01, 2009 4:54:00 da manhã

Mistal:

"Na minha experiencia muito honestamente bonito ou feio o falar só veio reinforçar a minha atracção ou não atracção."

Correcto, a atracção visual.

  Bruno Fehr

quarta-feira, julho 01, 2009 4:54:00 da manhã

Abobrinha:

"Repara que na minha experiência, mais depressa um homem se afasta de uma mulher "feia" que uma mulher faz isso a um homem."

Claro, um homem afasta-se, uma mulher mantém-se distante :)

  Bruno Fehr

quarta-feira, julho 01, 2009 4:54:00 da manhã

loira:

"Provavelmente não vou ter com ele, mas se vier ter comigo ou me for apresentado e for interessante continuo a conversa e sabe se lá o que pode acontecer! :p"

Exactamente, mas se ele for visualmente tudo o que te agrada, arranjarás maneira de satisfazer a tua curiosidade arriscando a desilusão. Mas raramente se arrisca a surpresa.

  Bruno Fehr

quarta-feira, julho 01, 2009 4:55:00 da manhã

Inês:

"Quero dizer, sem hipocrisias, que considero a beleza importante. É uma das qualidades. No entanto, a beleza por si só não vale muito. O charme, a confiança, a cultura, um bom perfume"

"A beleza acaba por se tornar um dos aspectos que condicionam a atracção física, mas não é o único."

Nem eu disse que era o único, eu disse que era o primário.

A tua primeira frase neste comentário, responde à minha pergunta.

O que atrai antes de tudo, é o primeiro olhar que cria a primeira impressão e é daí que surge tudo o resto.

"De qualquer forma, parece-me que não tens problemas a nível de aprovação feminina, com todo o feedback que este post teve =)"

O texto surgiu de algumas conversas a que assisto, onde 95% das mulheres afirmam que a beleza é secundária, depois eu selecciono um homem no meu da multidão que pode ter todas as características que elas mencionam como importantes e elas só de olhar dizem: "que horror!"

No final eu acho que justifiquei a minha opinião e expus a hipocrisia delas, mas nunca na vida me darão razão.

  Fada

quarta-feira, julho 01, 2009 9:44:00 da manhã

Bruno, disseste:
"Se há excepções? Há, mas são tantas como homens que não pensem em sexo." e "Mas regra geral as pessoas são hipócritas ao não colocar o factor visual onde ele está, no topo da lista."

Bem, assumo que sou a excepção (sempre me assumi como estranha... ehehe) e não a regra geral. :D

"Se o comer tem mau aspecto, não comemos." Eu cheiro-o. Se me cheirar bem mesmo que tenha mau aspecto, como! :D

"Se achamos o carro feio não olhamos para o motor." Eu de carros não percebo nada. Portanto, aqui sim, olho para fora e depois para as características técnicas, mas de certeza a escolha não cai sobre o que achei mais bonito se no resto for desvantajoso.

"Se não gostamos de uns sapatos nem os colocamos nos pés e podem ser os sapatos mais confortáveis do mundo." Uso sapatos da ECCO, botas da Timberland e sandálias da Bianca. Tenho outros calçados muito bonitinhos, mas eu, andar desconfortável??? Só nas festas, e com calçado de reserva para depois das fotos... ehehe

Comida, carros, sapatos... Mas não estávamos a falar de homens??????? Estás a fugir ao tema... ;)

"O texto que não gostaste só gostarás quando o conheceres e o de que gostaste despertou a tua curiosidade para conhecer mais." Já o fui procurar naquele dia e já o reli, não gostei na mesma, embora o tivesse compreendido melhor agora. Mas não gostei. E não teve a ver com o teu aspecto físico nem com qualquer imagem tua.

"Só me estás a dar razão."
Ou não. :)

Deixa-me que te diga, é o teu blog e o da Belota: quando leio alguns posts sinto-me uma mulher muito pouco "normal"... ahahahah

Mas eu não me importo!!! :D

Beijitos e bom dia!