Veritas 15

Capitulo 15 - O portal e os Jinn

Vamos recapitular para percebermos para onde estamos a ir.

A colunas Boraz e Jachin representam polaridade são o positivo e o negativo.
Nós somos energia e podemos criar o "Merkaba".
Os maçons colocam o Merkaba entre as duas colunas sob Sirius, e Sirius ilumina a pessoa, levando-a a um estado superior de consciência. Mas segundo as representações maçónicas, essa iluminação tem uma cor, são círculos azuis de vida externa à nossa que nos tomam e nos levam a esse estado superior.

Agora... quem é que eles colocam entre os dois pilares nos rituais maçónicos? Como já expliquei na série anterior, entre os pilares é colocado o aprendiz de Maçon.

E aqui entra um detalhe do qual já falei, o G, que na simbologia Maçónica significa "Gate", portal.


A maçonaria vai muito além do controlo politico, só a maçonaria "soldado", os escravos maçónicos que dão a cara é que se preocupam com politica pois não servem para mais nada. São pessoas aparentemente inteligentes e por vezes até são inteligentes mas burros ao ponto de comprar diplomas, como se um pedaço de papel provasse por B+C qualquer tipo de superioridade intelectual... na verdade o oposto acontece com mais frequência, pois a estupidez é invariavelmente agravada com estudos superiores, passando a ser estupidez certificada a nível universitário.
O que a maçonaria de topo, ou seja a oculta, busca é a forma de se tornarem Deuses, de atingir a iluminação que está ao alcance de todos mas à qual não chegamos pois a informação é-nos vedada.

Basicamente, isto diz-nos que ser maçon é ser o portal para um estado superior de consciência, não que seja o único mas é o que está mais avançado neste campo, pois nós estamos mais preocupados com o resultado da selecção. Agora ao ler este parágrafo, reparo como a frase: "o resultado da selecção", está completamente desfasado por ser insignificante (apesar da vitória de hoje) em todo o contexto desta série, e está porque é. Porque estamos vendados, cegos, prestando atenção ao superficial e banal criando uma ideia de que é importante.


No ritual após a fase de o aprendiz estar entre as colunas a morte dele é simulada e à sua volta estão formas de vida azuis (homens de robe representando Jinns), que desceram de Sirius para tomar o aprendiz, uma representação do que acontece ao entrar em "Merkaba".

Quem serão esses seres azuis, os Jinn? Existe uma possível explicação no Qur'an: "E os jinns Ele criou de uma chama de fogo sem fumo"

O que será uma chama de fogo sem fumo? Imaginem que há 1000 anos viam uma chama de fogo sem fumo, não teriam nome a dar-lhe por isso iriam definir o que viam. Agora imaginem o que chamaria uma pessoa que tenha vivido à 1000 anos, à electricidade... É uma chama de fogo sem fumo!



"O profeta veio e perguntou a Aisha: Os Mugharribun estiveram entre vós? Aisha perguntou de volta: O que são os Mugharribun? Ao que o profeta respondeu: São aqueles com uma tensão de jinn dentro deles!"
--Qur'an - Sunan do Abu-DawoodHadith 5088

"Os Jinn é dito serem invisíveis ao comum mortal. Eles são, no entanto para se fundirem com o ser humano ou procriarem, o que poderá causar sofrimento ao humano por altura do nascimento do novo ser"
-- Parker Ryan, autor de "The Necronomicon and ancient Arab Magik"


Como podem ver a maçonaria não é católica. A religião Cristã não é uma crença é só um objecto de estudo, a parte um todo, onde vão ao Islamismo buscar outras peças do puzzle, ao Satanismo, Wicca, Budismo, Paganismo, tudo isto porque nós só temos pequenas peças de um puzzle, partes de uma história maior, mas cegos como somos ficamos contentes com a nossa pequena parte, com o nosso Deus parcial.

Mas estes seres azuis... Já deu para perceber que eles estão no Corão, não foram os maçons a inventar. Mas de onde vêm eles? Nas representações parecem vir de Sirius a cair sobre o maçon. Mas quem são eles?
Na religião Hindu há seres representados com cor azul (ver ilustrações do texto), mesmo nos seus filmes aparecem por vezes crianças de tom azul que só alguns conseguem ver e isto são Jinns. Temos também o super-homem e o capitão América, temos aquela gaja boa azul dos X-Men, o génio de Aladin é azul e um génio é um Jinn... seres azuis não faltam por aí, mas representaram os jinn? Serão os jinn o mesmo que Génios? Não, isso seria ver só as pecas do puzzle Islâmico e por todo o mundo há representações diferentes de Jinn, além de génios, musas, syrens, etc, etc.



Para quem como eu adora fotografia, e mesmo que não gostem, já tiveram os negativos de uma nas mãos. O que vêem? Exactamente o oposto da vossa realidade... o branco é negro, o negro é branco e lá, vocês são vosso anti, como no que já falei sobre anti-matéria e tudo isto numa aura azulada.

Serão os seres azuis que os maçons querem comunicar os nosso anti, o nosso oposto, o outro lado de nós que vive num universo paralelo como se a fusão dos dois eu's me levasse a um estado superior de consciência? É isso mesmo!


Se olharem para um carreiro de formigas conseguem ver qual delas é a mais forte? A mais inteligente? A mais poderosa? Será que na cabeça delas cada uma delas não é tão especial e única como nós achamos que somos? Será que uma célula do nosso corpo acha que existe para nos servir, ou será que se considera especial e única? Será que ao termos um mundo inteiro dentro de nós, nós próprios não poderemos estar dentro de um outro mundo maior? E se estivermos, seremos realmente assim tão especiais ou inteligentes?
Poderemos ou não ser simplesmente, não diria células, mas poderíamos ser um vírus em algo maior que nós... Mas no entanto, sinto e sei que temos a capacidade de o saber, e é isso que nos faz especiais e únicos, a capacidade de podermos evoluir para além da nossa imaginação, para além das nossas limitações, mas para isso e antes de mais nada, temos de deixar cair o véu, a venda que nos impede de ver o que é realmente importante, de ver o mundo mais perto do que ele é, e menos o que pensamos ser.

No fundo todos podemos ser mais e melhores e essa busca não é errada mas na maçonaria é perigosa pois essa busca serve unicamente para escravizar todos os que não conseguirão atingir esse estado superior.

Não pensem que os maçons sabem isto, pois 95% são unicamente soldados. Quem sabe disto é a elite Illuminati e os Grão-Mestres maçónicos.

Próximo texto: Veritas 16 - Energia cósmica e Plasma

10 Comentários:

  Bruno Fehr

quinta-feira, outubro 15, 2009 1:53:00 da manhã

Este comentário foi removido pelo autor.
  Anónimo

quinta-feira, outubro 15, 2009 2:00:00 da manhã

É isso, podes disparar na direcção que quiseres, nunca saberás quem sou. Não me conheces e não te darei esse prazer. Apenas partilho contigo a minha opinião sobre este teu texto, que considero estar ao nível das melhores idiotices que se publicam na blogosfera. Come and get me, sucker!

  Bruno Fehr

quinta-feira, outubro 15, 2009 2:01:00 da manhã

Ehehehehe, este teu comentário fica aqui, é uma espécie de medalha :)

Eu sei que os meus textos fazem dói dói no rabinho de muita gente, antes de leres o meu blogue passa manteiga, irá doer menos :)

  Osga

quinta-feira, outubro 15, 2009 2:27:00 da manhã

Olha lá, os gajos do reiki não usavam o merkabah para curas?

  I.D.Pena

quinta-feira, outubro 15, 2009 12:15:00 da tarde

Também considero a intenção de alcançar uma consciência superior bastante atraente, mas de facto não pode ser à custa dos outros, isso só conduz ao que estamos a ver hoje pelo mundo fora. O capitalismo ou os monstros capitalistas , a escravidão do pensamento , a influencia das mentes, e o cultivo da mentira promovendo a ignorância. Exageros, desequilíbrios , injustiças, tu sabes...

Às vezes questiono-me será que é possível a raça humana coexistir de uma forma pacifica com ela própria (pelo menos)?

Tecnicamente e olhando para o passado por um tempinho, acho que não. Somos uma espécie danada para a auto-destruição, nem sequer coexistimos de uma forma harmoniosa neste planeta porque não podemos. As ferramentas existem, mas não se usam para o Bem comum, e sim para o proveito próprio. Generalizando, somos egocêntricos demais. E por isso é que perdemos tantas vezes este tipo de "batalhas". Subestimámos o inimigo tempo demais.

:)

  Fly

quinta-feira, outubro 15, 2009 12:29:00 da tarde

Boas

estive a ler ler alguns comentários num post mais abaixo em que falaram acerca da gripe A. Para aqueles que ainda não perceberam o que se passa à sua volta vejam este video:

http://vimeo.com/6790193

um abraço

P.S.
estou a gostar muito de ler estes teus posts, tenho aprendido e retirado muita coisa positiva para a minha verdade.
Certas coisas que não tinha percebido ainda ou não estava preparado para percebe-las, agora fazem sentido.

thanks

  lunatiK

quinta-feira, outubro 15, 2009 12:33:00 da tarde

Viva
além de gostar muito destes teus textos gosta da maneira como os escreves, e de como consegues explicar todos estes temas complexos, parabéns e continua a partilhar os teus conhecimentos.
Cumps.

  Teresa

quinta-feira, outubro 15, 2009 11:47:00 da tarde

Se é só a elite illuminati e os grao mestres maçónicos que possuem esse conhecimento, como é que tu o possuis também? Já sei que também foste maçon mas, se bem entendi, não chegaste a esse nível...

  Migas-o-Sapo

sexta-feira, outubro 16, 2009 4:10:00 da tarde

Mais um texto muito interessante e com uma clareza e eloquência de linguagem notável, cheio de filosofia e mitologia, como tem sido apanágio desta série. Muito bem. Vou só comentar uma coisinha. Dizes que «a estupidez é invariavelmente agravada com os estudos superiores» e eu concordo. Muitos dos estudantes universitários ou formados com grau de ensino superior tornam-se pessoas dignas e aptas enriquecidas com novos e mais aprofundados ensinamentos mas também se apanham muitos que apenas tornam mais evidente a sua incapacidade intelectual.

Já que falas em gajas boas, por acaso não sabes onde é que se arranja uma daquelas «jinnas» de mamocas ao léu com muitos braços? Deve dar um jeitinho em certas circunstâncias... Nanques!

Cumprimentos!

  Gandim

terça-feira, março 23, 2010 3:02:00 da tarde

a primeira imagem deste textos faz-me lembrar os dois primeiros episódios do Animatrix...