A corrida à Lua (Parte 2)

Texto anterior: Parte 1

A missão Apollo 11 "aterra" na lua, e vou vos mostrar as imagens oficiais, notem que para perceberem o que vou escrever precisarão de ver e confirmar pelas imagens as minhas afirmações:





Questão 1:
Aos 51 segundos Neil Armstrong tornou-se o primeiro homem a pisar a lua, temos a prova disso nas imagens vistas em todo o mundo. Ele desceu do módulo e disse "One small step for man, one giant leap for mankind". A minha questão é muito simples: Se Neil Armstrong foi o primeiro homem a pisar a lua... quem é que o estava a filmar? Um E.T.?
Ninguém ainda me explicou como é que estava uma câmara de filmar na lua à espera dele sair do módulo. É um pouco como no cinema, as pessoas deixam de pensar que atrás da câmara está um homem, um operador de câmara, pois estamos habituados a interpretar a câmara como os nossos olhos.

Questão 2:
Aos 02:17 minutos, começamos a ver a comparação entre as imagens originais a as imagens restauradas em 2009. Não posso deixar de verificar que a bandeira está a ondular. Ora, os defensores da ida do homem à lua dizem que a bandeira está a ondular porque o astronauta lhe está a mexer, mas será? A mim parece-me que há ondulação pela manipulação do astronauta mas há também uma ondulação natural, o que deixa de ser natural quando sabemos que não há vento na lua.
A colocação da bandeira Americana foi um grande erro, mas era necessário fazê-lo para apelar ao sentimento nacionalista Americano que estava profundamente afectado pelas guerras que os EUA teimavam em criar.
Americanos e pessoas por todo o mundo ficaram maravilhados com estas imagens dignas de uma excelente (para a altura) produção de Hollywood.

Questão 3:
É aquela que já fiz no texto anterior: Os Russos enviaram Pods que aterraram, recolheram amostras e regressaram à terra com sucesso, por forma a testarem a tecnologia de retorno. Os Americanos nunca testaram essa tecnologia mas adivinharam na perfeição o que teriam de fazer, pois teoricamente foram à lua e regressaram sem nunca terem testado o regresso.

Questão 4:
Tendo em conta que a única fonte de luz da lua é o sol, seria normal que existisse uma sombra, e existe, mas por vezes em algumas imagens aparecem sombras múltiplas e contraditórias, como as que vemos nos jogos de futebol que são causadas por diversas fontes de iluminação artificial. Tal como aparecem zonas iluminadas no meio de sombras, o que são prova de múltiplas fontes de iluminação artificial. Exemplos:



Apesar do astronauta estar na sombra do módulo de aterragem, ele está iluminado, e visto que o sol (a fonte de iluminação da lua), está do lado esquerdo da imagem sem influência sobre o astronauta, isto prova que ele está a ser iluminado por uma fonte artificial.
Nas fotos seguintes podem ver 2 modelos, a do lado esquerdo foi fotografado com uma fonte de iluminação à esquerda para representar o sol e uma frontal para iluminar o astronauta. A do lado direito tem unicamente a fonte de luz do lado esquerdo que representa o sol. A foto de cima, deveria ser parecida com a de baixo do lado direito.


A foto que se segue é escandalosa. Ao olharmos para o astronauta iluminado, ele teria de estar virado para o sol, de forma a estar assim tão visível com tanta luz... mas reparem onde está a sombra dele...
Se a sombra está em frente a ele é porque a fonte de iluminação está nas costas dele e a luz que ilumina a sua frente é artificial e mais fraca.


Questão 5:
Os astronautas nunca estão de pernas esticadas como se o peso do seu corpo estivesse a ser suportado por algo. Sim, com o nível de gravidade da lua os corpos são mais leves, mas isso não significa que as pernas tenham de estar arqueadas, excepto se os corpos estão suspensos por cabos.

Questão 6:
Não existe uma única imagem onde se veja a mais pequena iluminação no horizonte, nem uma estrela, nem um comenta, nem um ET, nada. O horizonte é a mais completa escuridão.

Questão 7:
Não há cratera, não há bandeira, não há restos do Apollo 11 visíveis com o mais potente dos telescópios no espaço.

Questão 8:
Duas imagens da mesma missão, supostamente tiradas em locais diferentes, mas com o mesmo cenário de fundo, podem comparar as fotos seguintes:

Ora, pegando num simples programa de fotografia, estas duas fotos podem ser sobrepostas e a sua sobreposição será perfeita, tendo em conta que o módulo de aterragem não saiu do local, e se saísse teria de deixar a base no local que ainda hoje lá estaria, como é que se explica duas fotos na mesma missão, com mesmo cenário? Será uma duplicação natural da erosão da lua? Isso seria como ter na terra duas pedras iguais, duas montanhas iguais. Estas são mais do que iguais, são as mesmas montanhas.

Questão 9:
Quando Buzz aos 01:30 minutos para descrever a lua diz "Magnificent devastation", não há um mínimo de fascínio, de emoção, de credibilidade nas suas palavras, quase como se ele fizesse aquilo todos os dias e fosse um frete estar a fazer novamente.

Quase todas as imagens, quer vídeo quer fotos do espaço tornadas publicas, possuem algo em comum, todas elas foram editadas, e aqui fica um vídeo que explica este facto (não se refere só às fotos das viagens à lua), e com foram editadas e como é possível desmascará-las:



Uma outra forma de colocar o homem na lua, de uma forma bem mais segura, barata e muito provavelmente o que aconteceu, seria assim:

video

Se compararem a mancha de edição no horizonte das fotos lunares do segundo vídeo deste texto, com o ecrã verde deste último vídeo, ficam a perceber a ligação.


Próximo texto: A corrida à Lua Parte 3

43 Comentários:

  Claymore

terça-feira, agosto 11, 2009 1:58:00 da manhã

Respostas às tuas questões - Desculpa se sou um gajo fudido..

Questão 1:
Já ouviste falar de câmaras montadas em apoios na parte exterior do módulo lunar? Simples não? E sim, a técnologia dos anos 60 já permitia isso e muito mais...

Questão 2:
Bem, aqui acho que precisas de ter primeiro umas aulas de Fisica Newtoniana (aquilo que se dá no 12º ano).
Primeiro, se os astronauntas colocarem a bandeira a ondular, ela vai ondular durante MUITO TEMPO, precisamente por causa do que TU disses-te NÃO HÁ VENTO! Logo não tens uma força a causar resistencia à ondulação desta mesma! Só mesmo a resistencia causada pelo tecido e pelo facto de estar presa aos apoios! Se tu a colocasses a ondular no vacuo absoluto em gravidade zero, ela iria ondular para SEMPRE!

Questão 3:
Nunca testaram o regresso ???
Olha lá, afinal de contas o que foram as outras missões Apollo? Passeios no quintal?
http://en.wikipedia.org/wiki/Apollo_program e lê bem o que fizeram nessas missões, vais reparar que todas as que foram ao espaço, foi feito o seu regresso. Vê especialmente a Apollo 10, acho que vais ficar surpreso...

Questão 4:
Ok, aqui precisas de ter umas aulas de Geologia (sim, tb se dá no 12º ano...).
O facto de eles estarem na lua, não significa que não haja reflexo da luz na superficie! Apesar da lua não ter atmosfera, a superficie reflecte luz na mesma! Logo essa iluminação, provem da própria lua, que reflecte a luz proveniente do sol! Queres uma prova? Vai à tua janela à noite em dia de lua cheia e diz-me se não a consegues ver...

Questão 5:
Foi tudo uma questão de posição. Andar na lua é extremamente perigoso, o que pode provocar problemas como cair de costas e nunca mais se levantarem, ou furar o fato e adeusinho.
O facto de eles terem as pernas arqueadas, foi apenas uma questão de posição, é como a questão dos saltinhos. Eles movimentavam-se por saltinhos, porque efectivamente era a maneira mais eficiente de se movimentarem na lua!

Questão 6:
Mais uma questão ridicula.. ok, faz assim, agarra na tua máquina fotográfica e tira uma foto à noite com flash, mas faz assim, tira uma foto em que metade seja uma parede branca e a outra metade seja o ceu bem cheio de estrelas. Vais reparar que a câmera vai regular a iris para não receber tanta luz. Isto é simplesmente um ajuste para evitar que as imagens fiquem demasiado claras acabando-se por não se ver nada!

Questão 7:
Ok, uma simples pesquisa na net diria-te que não é possivel pela simples razão que ias ter que construir um telescópio do tamanho de uma ilha para conseguir ver uma coisa com 1,5 metros de altura e 4 cm de espessura...
http://answers.yahoo.com/question/index?qid=20080531075831AAugdh7

Questão 8:
Ok esta é mais uma dakelas coisas eskesitas, porque eu não sei se as fotos foram tiradas à mesma distancia ou não, pode parecer que foi, mas é simplesmente um pressuposto.
A unica coisa que te posso dizer é... NÃO HÁ EROSÃO NATURAL NA LUA!
Toda a erosão provocada na lua é gerada por factores externos (meteoritos, meteoros, etc etc).
A lua está considerada como morta, porque não tem qualquer actividade sísmica ou geológica, e como não há movimentação de ar devido à falta de atmosféria, NÃO HÁ EROSÃO!

Questão 9:
Epah, esta é estupida desculpa, querias que ele estivesse aos saltinhos? A distribuir rebuçados?


Enfim... acho que devias informar-te nos sitios correctos, como websites cientifícos e que sejam crediveis, em vez de andares a passear por blogs de fanáticos que não têm mais nada para fazer do que andar a fazer as tretas do costume... absolutamente nada de jeito.

  Bruno Fehr

terça-feira, agosto 11, 2009 2:52:00 da manhã

Claymore:

"Já ouviste falar de câmaras montadas em apoios na parte exterior do módulo lunar?"

Já, e tu já ouviste falar em primeiros passos na lua quando alguém teve de a pisar para colocar a câmara? É que os primeiros não são primeiros, nem segundos, nem terceiros. As câmaras não nascem na lua.

"Bem, aqui acho que precisas de ter primeiro umas aulas de Fisica Newtoniana (aquilo que se dá no 12º ano)."

Dá? Física é uma das disciplinas de opção!

"Primeiro, se os astronauntas colocarem a bandeira a ondular, ela vai ondular durante MUITO TEMPO"

A sério? Isso é física, não dependerá também da resistência do material de que a bandeira é feita?

"Nunca testaram o regresso ???
Olha lá, afinal de contas o que foram as outras missões Apollo? Passeios no quintal?"

Nenhuma missão Apollo anterior à 11 aterrou! A missão Apollo 10 de que falas ficou a 15Km da lua. Nem uma sonda Americana como os Luna Russos aterraram e voltaram a Terra.

"Ok, aqui precisas de ter umas aulas de Geologia (sim, tb se dá no 12º ano...)."

Além de ser facultativa, a percentagem de escolas secundárias com esta disciplina é mínima (Ver site do ME).

"O facto de eles estarem na lua, não significa que não haja reflexo da luz na superficie! (...)Logo essa iluminação, provem da própria lua"

O que dizes não faz sentido, qualquer pessoa com os conhecimentos mais básicos de fotografia sabe que aquela iluminação é direccionada de cima para baixo, não é um reflexo do solo. Se fosse do solo a sombra do módulo seria "empurrada" colocando o astronauta iluminado fora da sombra. Os exemplos com maquetas são reproduções em ambiente controlado.

"Andar na lua é extremamente perigoso, o que pode provocar problemas como cair de costas e nunca mais se levantarem"

Não viste os vídeos com os meninos aos pulinhos... não me pareciam com muito medo de cair e morrer.

"Mais uma questão ridicula.. ok, faz assim, agarra na tua máquina fotográfica e tira uma foto à noite com flash, mas faz assim, tira uma foto em que metade seja uma parede branca e a outra metade seja o ceu bem cheio de estrelas. Vais reparar que a câmera vai regular a iris para não receber tanta luz."

Primeiro, essa foto teria de ser tirada com flash pois como dizes eles estavam na lua e lá a iluminação era natural, logo ao testar em terra teria de o fazer nas mesmas condições. Segundo não há superfícies brancas na lua. Terceiro qualquer máquina com o mínimo de qualidade consegue fotografar um céu estrelado. Quarto, as imagens que mostro são de uma câmara de filmar e focagem manual. Quinto, as imagens foram escurecidas.

  Bruno Fehr

terça-feira, agosto 11, 2009 2:52:00 da manhã

Claymore:

"não é possivel pela simples razão que ias ter que construir um telescópio do tamanho de uma ilha para conseguir ver uma coisa com 1,5 metros de altura e 4 cm de espessura..."

Mais uma vez isso é incorrecto, a cratera criada pela aterragem seria visível. E o módulo Lunar tinha 7 metros de altura, 4m de largura, 9m de diagonal. A parte que voltou a Terra era o topo que tinha 3m por 4m por isso ficou na lua a base com 4m de altura e os mesmos 9 metros de base diagonal. Eu não estou a falar de telescópios terrestres, estou a falar dos colocados em satélites.

"Ok esta é mais uma dakelas coisas eskesitas, porque eu não sei se as fotos foram tiradas à mesma distancia ou não"

Exactamente à mesma distancia e sobreposição é perfeita, podes tu próprio testar a sobreposição num qualquer programa de fotografia.

"A unica coisa que te posso dizer é... NÃO HÁ EROSÃO NATURAL NA LUA!"

Só me estás a dar razão! Ou queres que as pessoas acreditem que os montes lunares são todos iguais ao mais pequeno detalhe?

"A lua está considerada como morta, porque não tem qualquer actividade sísmica ou geológica"

Tudo isso é um pressuposto, visto que a NASA não revela toda a informação que recolhe. Se a lua tem H3 (facto), e tem H2O (facto,no pólo sul), certamente não está morta.

"Epah, esta é estupida desculpa, querias que ele estivesse aos saltinhos? A distribuir rebuçados?"

Por favor, esta resposta é ridícula. O homem sonha em ir à lua chega lá e diz "meeehhh, é giro, vamos embora para casa". A frase é ensaiada e proferida por um mau actor.

"Enfim... acho que devias informar-te nos sitios correctos, como websites cientifícos e que sejam crediveis"

Vindo de quem argumenta com a Wikipédia que até o Sócrates já editou a sua própria página e o Yahoo respostas...

Terei todo o prazer em debater este e os próximos textos contigo, até porque dás algumas respostas que podem parece válidas mas só até que a série esteja completa.

  Stiletto

terça-feira, agosto 11, 2009 4:25:00 da manhã

Fantástico!!! As coisas que tu sabes.. Até parece que és pago por alguma agência de "contra informação americana"
Só acho uma pena que distorças factos com a tuas opiniões radicais. É que até acredito que a maior parte do que escreves tenha um fundo verdadeiro.. mas depois tu radicalizas.. e já há para aí uma série de gente que acredita que os EUA (ou os seus governantes) são Lucifer tornado realidade.
O teu blogue era divertido e bem escrito.. Agora, embora contenha temas actuais e de elevado interesse, perdeu a genialidade. Radicalizas tudo e tentas induzir as conclusões alheias, embora te fartes de afirmar o contrário. Sinceramente, acho uma pena.
Fica bem.

  Bruno Fehr

terça-feira, agosto 11, 2009 5:26:00 da manhã

Stiletto:

"Só acho uma pena que distorças factos com a tuas opiniões radicais."

Mas se há factos distorcidos é porque estavam torcidos e estou a fazer o correcto :)

Agora a sério. É um facto que exprimo opiniões radicais mas isso sempre o fiz independentemente do assunto. Ter um opinião radical pressupõe estar-se convencido do que se diz e é para concordar ou discordar que existem os comentários.

"e já há para aí uma série de gente que acredita que os EUA (ou os seus governantes) são Lucifer tornado realidade."

Não levei o assunto para o campo religioso, e também deixei de falar na actual situação politica Americana, mas para quem está atento, tudo o que disse está a ser confirmado. A ONU está em solo Americano, as tropas estão já nas ruas a fazer trabalho de policia e a vacinação H1N1 é já obrigatória. A minha radicalização estava certa. Mas ainda vou esperar mais uns dias até escrever sobre isso.

"O teu blogue era divertido e bem escrito.. Agora, embora contenha temas actuais e de elevado interesse, perdeu a genialidade."

Concordo que possa ter perdido o interesse para a maioria dos comentadores que tinha, discordo que alguma vez tenha tido algo de parecido com genialidade.

A questão é: Ao fim de 600 textos teria de encontrar outros assuntos, pois não descrevo o meu dia-a-dia e evito falar da minha vida pessoal.

"Radicalizas tudo e tentas induzir as conclusões alheias, embora te fartes de afirmar o contrário."

Aqui, discordo. Eu apresento factos e opiniões, incentivo a confirmarem o que digo. Afirmo que não devem acreditar em ninguém nem sequer em mim e se o assunto interessa devem buscar respostas. Pois é verdade que vivemos num mundo de mentiras bastam conhecimentos mínimos de lei para perceber que até os governos são ilegais.
Em ponto algum eu imponho a minha opinião, eu limito-me a defende-la. É claro que poderão haver pessoas a pensar como tu, mas eu só sou responsável pelo que escrevo e digo e não pelas interpretações de quem lê.

Mas sim, tenho e escrevo textos como antigamente que irão voltar em breve, não por forma a voltar a ter uma centena de comentários mas só para eu "mudar de ares".

Percebo o que estás a querer dizer, mas se não escrever o que me apetece na altura, de que vale ter um blogue? Há quem tenha blogues para editar livros, há quem os tenha para se auto-promover, há quem os tenha para desabafos pessoais, há quem os tenha para conhecer pessoas, há quem os tenha como passatempo ou divertimento. Eu tenho um para abordar assuntos de passível discussão, assuntos nos quais me sinta confortável.

No caso desta série, ela foi feita por um desafio de quem me acompanha, tal como tenho outros desafios em espera.

É só uma fase tal como este blogue teve muitas.

  MIB

terça-feira, agosto 11, 2009 10:37:00 da manhã

Só uma pergunta um bocado parva:

- Se a ida à lua dos americanos é uma fraude porque é que os maiores interessados em demonstrar essa fraude nunca a puseram em questão?

Os russos tinham todo o interesse em mostrar que a ida à lua dos americanos era uma fraude e no entanto de todas as informações que eles puseram em causa a ida à lua nesta precisa data nunca foi questionada, porque?

Se os russos estavam mais adiantados estas a ver o impacto que tinha eles la irem e mostrar que os americas nunca la tinham posto os pés?! contudo nunca o fizeram...

  provocação

terça-feira, agosto 11, 2009 1:12:00 da tarde

Eu não tenho qualquer conhecimento para dizer o porquê, mas sinceramente, também não me acredito que a filmagem seja verídica. Nunca acreditei.

  Bruno Fehr

terça-feira, agosto 11, 2009 3:32:00 da tarde

MIB::

"- Se a ida à lua dos americanos é uma fraude porque é que os maiores interessados em demonstrar essa fraude nunca a puseram em questão?"

Correcção,o KGB só precisou de duas horas para no mesmo dia em 1969 acusar as imagens de serem fabricadas. Lá porque não deu na TV em horário nobre a desconstrução Russa, não quer dizer que ela não tenha sido colocada em causa.

E corrijo também que a ida à lua não foi colocada em causa, só estas idas publicitadas.

"Os russos tinham todo o interesse em mostrar que a ida à lua dos americanos era uma fraude e no entanto de todas as informações que eles puseram em causa a ida à lua nesta precisa data nunca foi questionada"

Por que motivo tinham eles esse interesse? Eles editavam tantas fotos como a NASA, eles libertavam mais informação que os americanos mas também achavam que o povo não tem o direito de saber tudo.

Temos é de nos entender, eu nunca disse que os Americanos não foram à lua, o que disse é que as imagens que temos são fabricadas, não querem que as pessoas vejam como é o espaço, como é a lua e de vez em quando lá escapam uma fotos desviadas da NASA e não possuem nada em comum com a imagem que temos.

"Se os russos estavam mais adiantados estas a ver o impacto que tinha eles la irem e mostrar que os americas nunca la tinham posto os pés?! contudo nunca o fizeram..."

Os Americanos dizem ter ido à lua em 1969 os Russos revelaram que era mentira e até acusaram os Americanos dos assassinatos de um cientista e de um astronauta bem como se abater com um míssil a missão lunar deles.

Sobre isto existem toneladas de informação, o verdadeiro mistério não é a reacção Russa, pois essa existiu, o mistério e a Rússia ter desistido do projecto espacial em 1972 sem apresentar motivos e os EUA não terem lá voltado.

Repito: O homem foi à lua, nós é que não vimos nada dessas idas.

  Bruno Fehr

terça-feira, agosto 11, 2009 3:34:00 da tarde

provocação:

"Eu não tenho qualquer conhecimento para dizer o porquê, mas sinceramente, também não me acredito que a filmagem seja verídica. Nunca acreditei."

Não são, existem algumas fotos verídicas que foram "pintadas" em certas zonas, todas foram escurecidas e os vídeos são fantochadas fácil de comprovar e é isso que irei fazer.

  Inconstante

terça-feira, agosto 11, 2009 4:45:00 da tarde

boas!
então pelo que percebi, desculpa mas os textos são longos + os comentários (!!!) e para quem não percebe nada do assunto chega ao fim e já não sabe muito bem tudo o que leu, tu acreditas que eles foram à lua, mas que não foram os primeiros, ou que foram à lua mas só que com "robots" e não seres humanos, ou o quê? numa frase, please!
e vais desvendar o porquê de não nos quererem mostrar as imagens reais?

bjs

  Inconstante

terça-feira, agosto 11, 2009 4:45:00 da tarde

boas!
então pelo que percebi, desculpa mas os textos são longos + os comentários (!!!) e para quem não percebe nada do assunto chega ao fim e já não sabe muito bem tudo o que leu, tu acreditas que eles foram à lua, mas que não foram os primeiros, ou que foram à lua mas só que com "robots" e não seres humanos, ou o quê? numa frase, please!
e vais desvendar o porquê de não nos quererem mostrar as imagens reais?

bjs

  Vani

terça-feira, agosto 11, 2009 5:27:00 da tarde

Bem, como fui uma das que te deu pica pra escrever este texto (muahahahahahahah! :D), era injusto agora ficar caladinha e não dar a minha opiniãozinha. Que não passa disso mesmo. Não tenho a pesquisa que tu tens, nem tempo para a fazer. Nem legendas nos videos para perceber que raio é dito.
Na verdade, vou esperar pela 3a parte, apesar de já ter questões a assomarem-se-me. Não estou é com muito poder de concentração ou lá o que é para poder grafonolar coerentemente...mas vamos lá a ver...

  Vani

terça-feira, agosto 11, 2009 5:27:00 da tarde

Primeiro, não gostei do tom argumentativo do primeiro comentador...apesar de até concordar com ele em alguns pontos (logo se vê quais), a falta de assertividade retirou-lhe imediatamente a razão. Não estamos na assembleia da republica, nem no parlamento, ou estamos???? :-p (eu queria era dizer circo, ou recreio do jardim escola, mas vai dar ao mesmo).

E com isto tudo já consegui não ir ter com o assunto principal ahahahaha!

Bem, reafirmo que, não percebo o que é dito nos videos, por isso não posso fiar-me neles.

  Vani

terça-feira, agosto 11, 2009 5:28:00 da tarde

Questão 1 - pode ter sido uma sonda ou um robot com dispositivo fotográfico a sair primeiro...ou então, foi o próprio neil armstrong quem montou o tripé e a máquina...ou então, é apenas uma questão de semântica e de, cagando pró gajo da câmara.

Questão 2 - a bandeira não estava a ondular. A bandeira era suportada por duas varas, uma horizontal e uma vertical. Os astronautas não conseguiram esticar completamente a vara horizontal, pelo que a bandeira ficou enrugada (como os cortinados ficam, quando não os esticamos completamente...), dando a impressão -na foto- de estar a ondular. Esta é a explicação oficial e pode ser lida no último exemplar da National Geographic. Se é verdade, ou não, não sei. Mas faz sentido...
Os defensores da não-ida à Lua tb dizem muitas asneiras...num video que recebi, a propósito da questão da bandeira, diziam que na lua não podia haver vento porque a lua não tem atmosfera...ora, a lua TEM atmosfera...e TEM pressão atmosférica e TEM gravidade, apesar de ténues e rarefeitas. Se tem vento ou não, não sei, nunca lá estive...mas se acumular diferenças de pressão num e noutro lado, pode ser suficiente para um ventinho?...não sei, era uma questão de se experimentar simular as condições da Lua. Porque é que os defensores das teorias da conspiração nunca o fizeram, já que afirmam não haver vento na lua? Como sabem? Estiveram lá?...portanto, aqui, ou alhos ou bugalhos...se pode haver ondulação no próprio vácuo (e está provado que o vácuo não está completamente isento de partículas...não existe tal coisa, no fundo)...se a própria gravidade é uma onda (segundo a teoria das cordas)...porque não haveria a bandeira de ondular na lua? Especialmente quando está enrugada e quando lhe andaram a mexer...
Quanto à Física Newtoniana...isso é coisa do passado :-p. No passado tb achavam que um monte de roupa suja carregado de carne podre, possuía um elemento vital desconhecido que criava vida a partir do nada...
Mais uma vez...como é que pessoas que nunca puseram os pés na lua podem afirmar que não há vento na lua?...ok, há quem afirme isso. Com base em quê?...em astronautas que, afinal, nunca lá estiveram?...mmm...isso é um contra-senso da parte dos conspiradores! :D (atenção, não te estou a chamar conspirador).

  Vani

terça-feira, agosto 11, 2009 5:28:00 da tarde

Questão 3 - em plena guerra fria, havia muita espionagem e muitos gajos que passavam pela cortina de ferro. Não poderá ter acontecido os americanos terem deitado a mão a planos russos para módulos, já testados?...Não podemos esquecer que estavam cheios de pressa em enfiar um homem americano na Lua. Não acho inverosímel que tenham mandado os astronautas para a lua num calhambeque não testado...afinal, as caravelas que descobriram o mundo tb não passavam de calhambeques, qd comparados com a tecnologia actual...
E, na verdade, eles quase que não voltavam...esta missão teve vários problemas, que na altura não foram divulgados...

Questão 4 - de certeza que eles não foram para a lua sem levar uma lanternazinha que fosse...com isto quero dizer que, podem ter levado eles outras fontes de luz,holofotes, luzes de sinalização, sei lá, daí originarem-se diversas sombras e reflexos. Não acho provável que a única fonte de luz fosse o sol; além disso, a lua reflecte enormemente a maioria dos raios solares que recebe, cada um a incidir com o seu angulo, cada um a reflectir-se com o seu angulo...

Questão 5 - Não acho inverosímel que as pernas fiquem arqueadas, por forma a que o astronauta consiga andar por ali sem acabar disparado para o espaço profundo. O efeito pode ser igual ao de um corpo suspenso por cabos, mas isso não significa que...e, se significasse? E se eles estavam mesmo suspensos por cabos,por seu turno ligados ao módulo, de modo a não sairem disparados por ali fora?...óbvio que isto está no plano da especulação, porque eu não estive na Lua para saber como seria andar na Lua...nem os conspiradores...

Questão 6: porque a tecnologia da época podia não conseguir alcançar essas estrelas, cometas e etc, de modo a aparecerem na foto...já me aconteceu muitas vezes tirar fotos e as estrelas não aparecerem...

Questão 7 - Como sabem que não há? Como sabem que não levou com um meteorito nas trombas e se esmigalhou? Não há erosão natural na Lua que se veja, e que se saiba, mas, a Lua é constantemente bombardeada por asteróides e meteoritos e sei lá que mais. Não é possivel que esses vestigios tenham desaparecido debaixo de um pedregulho? Não é possível que, por azar, o telescópio não dê com o sítio? As especulações são muitas, tanto para um lado como para outro...só sabe quem lá esteve.

Questão 8 - bolas! não tenho argumentos. :-p

Questão 9 - Bem, isso já é um pouco subjectivo, não? Aos teus ouvidos pode-te soar assim...mas, não poderia ser que o gajo fosse mesmo assim, inexpressivo? Ou que tenha ficado desolado com o que encontrou? Anda-se a sonhar com a ida à lua, a mágica lua, e depara-se com um pedregulho cheio de pó...eu cá acho que desatava a chorar de raiva lol, mas o que interpretas como falta de emoção pode ser por isso mesmo, pelo desalento?...está tudo no campo da especulação...

Não descarto a hipótese de as imagens que nos chegaram à tv, na altura, e que são tidas como as primeiras do homem na lua, serem falsas. Pela razão que apontas: meter um americano na lua a todo o custo. Mas a maioria das razões que são dadas também não me convencem...
Claro que uma vez iniciado o embuste, teriam de usar sempre as mesmas imagens para perpetuar a fraude e podia-se sempre introduzir imagens reais mais tarde, com uma desculpa qualquer. É possível, não digo que não seja. Mas ainda não me convenceram.

De uma coisa tenho a certeza: o fascinio pela Lua parece ter-se perdido ao se constatar o deserto de pó e rocha que é... daí que nunca mais se tenham interessado por ela, ou em gastar milhões de dólares e/ou vidas com um pedregulho do qual já sabiam o que interessava.
A lua parece servir mais como campo de treinos, ou como possivel base para o salto para marte, o verdadeiro objectivo desde sempre...

  AlfmaniaK

terça-feira, agosto 11, 2009 5:51:00 da tarde

Bom, até me custa.. mas dado a insistência na falta de coerência, relativamente à câmara e em quem montou a câmara para fotografar os 1ºs passos: já vos ocorreu que a camara estivesse instalada no módulo desde que saiu do planeta terra?
Não vos ocorreu?... bom isso explica porque estou farto de me rir com isto!
Força com isso... venha a NWO e... bah, vou esperar para ver o que acontece! :)))

  Vani

terça-feira, agosto 11, 2009 6:13:00 da tarde

#já vos ocorreu#...??? mau mau mau...

  Vani

terça-feira, agosto 11, 2009 6:15:00 da tarde

Se é vos, deduzo que fale também para os comentadores. Do que deduzo que não leu os comentários.

Se a mim já me ocorreu? Já, sim. Não coloquei isso como hipótese? Peço desculpa, estava ocupada com todas as outras...

Mas, ok, pois sim, Bruno, lá vai mais essa hipótese sim. Assertivamente, contudo.

  Gingerbread Girl

terça-feira, agosto 11, 2009 10:04:00 da tarde

Eish!
O que para aqui vai...
É a primeira vez que venho a este blog, logo não sei que passado genial tiveste ou não. Isso a mim não me interessa. Interessa-me o que vejo agora, tanto que nem sou pessoa com pachorra suficiente para andar a ler o que foi escrito para trás sabe-se lá há quanto tempo.
Posto isto, o que tenho a dizer sobre este post, é que adoro este género de teorias da conspiração.
E é por isso que vejo todos os documentários do Michael Moore.
Não quer dizer com isto que acredite em tudo o que é dito... ou no que quer que seja do que é dito... mas ter a oportunidade de conhecer assim outros pontos de vista... oh... acho isso PRICELESS!
Acho importante que se duvide das coisas e não comer tudo o que nos metem à frente como suínos estúpidos.
Se tens razão ou não, não sei.
Se acredito que há a possibilidade (nem que seja mínima) de teres razão? Acredito. Este tema já é explorado desde que o evento aconteceu... logo não és o único a pensar assim.

p.szito... não trabalhes nunca para os 100 coments... esse tipo de pressão é castradora. Trabalha até que te dê prazer e no que te der prazer.

Até breve*

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 12, 2009 1:14:00 da manhã

Inconstante:

"tu acreditas que eles foram à lua, mas que não foram os primeiros, ou que foram à lua mas só que com "robots" e não seres humanos, ou o quê? numa frase, please!"

O homem foi à lua, mas não foi em 1969 e sim em missões posteriores, no entanto não foi tornada pública uma única filmagem da lua que seja real, nem uma única foto não editada.

"e vais desvendar o porquê de não nos quererem mostrar as imagens reais?"

Esta série serve para provar que as imagens das missões Apollo 11, 12, 14, 15, 16 e 17 são falsas. Assim que recuperar o disco do meu laptop velho (que ardeu), irei mostrar imagens e fotos dos possíveis motivos.

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 12, 2009 1:14:00 da manhã

Vani:

"Nem legendas nos videos para perceber que raio é dito."

Pois, infelizmente não encontrei esses vídeos com legendas, mas o terceiro vídeo é legendado e o quarto não tem comentários, as imagens valem por 1.000 palavras.

"Primeiro, não gostei do tom argumentativo do primeiro comentador...apesar de até concordar com ele em alguns pontos (logo se vê quais), a falta de assertividade retirou-lhe imediatamente a razão."

Isso porque ele se esqueceu de argumentar, só dissertou umas informações de Wikipédia que é a desinformação do povo. Se eu for à wikipédia escrever que o primeiro homem na lua foi o Rato Mickey, aquilo ficará lá dias e dias até que alguém repare. Até o Sócrates editou o seu curriculum...

"Questão 1 - pode ter sido uma sonda ou um robot com dispositivo fotográfico a sair primeiro..."

O LEM não tinha nenhuma sonda nem robot, isso poder ser confirmado no site da NASA.

"ou então, foi o próprio neil armstrong quem montou o tripé e a máquina..."

As imagens do primeiro vídeo passaram em directo na TV, aqueles foram os primeiros passos.

"ou então, é apenas uma questão de semântica e de, cagando pró gajo da câmara."

O módulo só levada 2 homens, o terceiro ficou no espaço.

"Questão 2 - a bandeira não estava a ondular. A bandeira era suportada por duas varas, uma horizontal e uma vertical."

Quando o LEM levanta a bandeira ondula e isso aconteceria com vento ou no vácuo.

"Esta é a explicação oficial e pode ser lida no último exemplar da National Geographic."

Pois...

"Porque é que os defensores das teorias da conspiração nunca o fizeram, já que afirmam não haver vento na lua? Como sabem? Estiveram lá?"

As nossas bases são em afirmações da NASA, portanto se tem lógica para a NASA e aí que pegamos.

"se pode haver ondulação no próprio vácuo"

Pode e será constante mas tem de haver uma acção externa. Neste caso acção foi a manipulação do astronauta e ela ondular significaria vácuo, a lua não está em vácuo.

"Quanto à Física Newtoniana...isso é coisa do passado :-p. No passado tb achavam que um monte de roupa suja carregado de carne podre, possuía um elemento vital desconhecido que criava vida a partir do nada..."

Newton era muito à frente no tempo dele, mas já não estamos no tempo dele. Estudar Newton é estudar erros do passado que já foram verdades e hoje nem por isso.

"Mais uma vez...como é que pessoas que nunca puseram os pés na lua podem afirmar que não há vento na lua?"

Não sou eu que afirmo, é a NASA toda a minha analise é retirada do website da NASA, se eles dizem, eu duvido e desconstruo o que dizem. Ou mentem e há vento, ou mentem e aquilo não é a lua. O que eu quero provar? Quero provar que mentem, portanto de qualquer das maneiras chego ao meu objectivo.

"...ok, há quem afirme isso. Com base em quê?...em astronautas que, afinal, nunca lá estiveram?...mmm...isso é um contra-senso da parte dos conspiradores!"

Nao, é uma falha da NASA, os conspiradores é a NASA, quem critica nao conspira, expoe a conspiracao. Acho que está mais do que provado que os conspiradores estao mal catalogados.
Se eu sou conspirador, parte-se do principio que os Governos são as vitimas... ora isto soa a piada.

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 12, 2009 1:21:00 da manhã

Vani:

"Não poderá ter acontecido os americanos terem deitado a mão a planos russos para módulos, já testados?"

Poderá sim, mas há riscos na duplicação, até porque os desenhos Russos e Americanos são completamente diferentes. Os Russo usavam cápsulas ovais e os americanos cónicas, a tecnologia pode ser a mesma mas forma teria de ser testada.


"de certeza que eles não foram para a lua sem levar uma lanternazinha que fosse...com isto quero dizer que, podem ter levado eles outras fontes de luz,holofotes, luzes de sinalização, sei lá, daí originarem-se diversas sombras e reflexos."

Estás a dizer-me que levaram material de iluminação ao saberem que iriam aterrar no lado iluminado da lua?
Não existe qualquer holofote, ou iluminação com base fixa na lista de material dos astronautas, de iluminação móvel havia uma lanterna no módulo... Um lanterna não tem a capacidade de iluminar um astronauta à distancia a que foi fotografado.

"a lua reflecte enormemente a maioria dos raios solares"

A reflexão de lua não é selectiva, não iria reflectir sobre o astronauta ignorando o módulo e afectaria a sua sombra. A lua reflecte mas a iluminação artificial que causou estas imagens estranhas vem de cima. Com a experiência que tenho de fotografia, de maneira a iluminar um corpo a 5 metros de distancia mantendo a sua sombra intacta sem criar uma nova sombra, terei de ter dois holofotes a incidir sobre o modelo sem incidir no solo e terão de estar pelo menos a 2m de altura em diagonais frontais ao modelo. Desta maneira um elimina a sobra criada pelo outro mantendo a original.

Observa o ultimo vídeo que não tem comentários é só imagens feita por uma equipe que testou tudo em ambientes idênticos de forma a provar a facilidade com daria para falsificar uma ida à lua.

"E se eles estavam mesmo suspensos por cabos,por seu turno ligados ao módulo"

Não faria sentido visto que o suporte do peso viria de cima e o módulo está ao nível do solo. Além disso não haveria motivo para esconder os cabos.


"porque a tecnologia da época podia não conseguir alcançar essas estrelas(...)já me aconteceu muitas vezes tirar fotos e as estrelas não aparecerem..."

A tua câmara não custou 50 milhões de dólares. As fotos Russas possuem estrelas. Além disso fica óbvio pelo teu comentário que não viste o vídeo numero 2. Nesse vídeo, sem comentários mostram o "crop" e "filter" da imagens da NASA e prova que foram editadas. Qualquer pessoa pode ir ao site da NASA fazer download das fotos que lá estão e testar.

"Como sabem que não há? Como sabem que não levou com um meteorito nas trombas e se esmigalhou?"

Pois existem centenas de fotos do mar onde a sonda aterrou e não foi atingido por qualquer meteorito, além disso existem fotos de pecas das sondas Russas no mesmo local, pecas muito mais pequenas do que um módulo de 9 metros.
Além disso teria de haver o pedregulho.

"Não é possível que, por azar, o telescópio não dê com o sítio?"

Não, isso não é possível. Então todos falham um objecto de 9 metros, mas conseguem fotografar parafusos de 20 cm das sondas Luna Russas?

"Não descarto a hipótese de as imagens que nos chegaram à tv, na altura, e que são tidas como as primeiras do homem na lua, serem falsas"

Mas felizmente existem actualmente factos que apoiam o que eu digo, pois é facto que houve uma filmagem em terra da missão Apollo filmada em Londres. É um facto de que todos os intervenientes foram mandados assinar por Nixon, e que o diz é Kissinger e Rummsfeld membros do governo Nixon, do governo Bush e do governo Obama. Acho que são pessoas credíveis, verás isso no próximo texto.

Foi isso mesmo, eles usaram imagens falsas em 1969 e todas as imagens das missões posteriores teriam de mostrar o mesmo.

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 12, 2009 1:21:00 da manhã

AlfmaniaK:

"mas dado a insistência na falta de coerência, relativamente à câmara e em quem montou a câmara para fotografar os 1ºs passos: já vos ocorreu que a camara estivesse instalada no módulo desde que saiu do planeta terra?"

Estás a brincar, certo? 4.500Kg de pressão de motor, o LEM estava fechado em si mesmo dentro de uma cápsula que estava dentro de uma outra e foi libertado em orbita lunar... e aterrou com câmara na sua base?

Isso não faz qualquer sentido até porque se estivesse lá uma câmara, estaria no desenho do LEM e o projecto não tem qualquer câmara externa ou interna, só uma câmara e uma máquina fotográfica portáteis.

"Não vos ocorreu?... bom isso explica porque estou farto de me rir com isto!"

Sim, quando tiramos conclusões, sem verificar se é possível haver lá uma câmara, por forma a justificar as nossas crenças, achamos piada a qualquer coisa, tal como achei piada à tua teoria da câmara.

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 12, 2009 1:22:00 da manhã

Vani:

"Se é vos, deduzo que fale também para os comentadores. Do que deduzo que não leu os comentários."

O Alf lê o que lhe interessa e comenta o que lhe interessa, nunca apresenta factos mas tenta desconstruir o que é dito sem a mínima investigação.

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 12, 2009 1:23:00 da manhã

Gingerbread Girl:

"Posto isto, o que tenho a dizer sobre este post, é que adoro este género de teorias da conspiração."

De teoria tem pouco.

"Não quer dizer com isto que acredite em tudo o que é dito... ou no que quer que seja do que é dito... mas ter a oportunidade de conhecer assim outros pontos de vista... oh... acho isso PRICELESS!"

O que digo em todos os textos deste tipo, é que devemos prestar atenção aos dois lados da história e tirar as nossas próprias conclusões.

"não trabalhes nunca para os 100 coments... esse tipo de pressão é castradora."

Nunca trabalhei para eles, esse comentário refere-se ao passado deste blogue, quando escrevia textos sobre homem/mulher chegava aos 100 comentários, quando escrevia criticas passava dos 200, mas não escrevo para receber centenas de comentários, escrevo o que me apetece. Quem gosta, gosta, quem não gosta tem mais 600.000 blogues em Português para ler.

  Vani

quarta-feira, agosto 12, 2009 2:06:00 da manhã

Pronto, ok, eu vejo os videos com atenção, amanhã... parti do principio que não teriam legendas. My mistake.
Quer dizer, então, que há a hipótese de a Lua ser mais do que um pedregulho deserto e inerte?... :D Duvido. Tal como duvido que nunca um homem tenha estado na Lua. Mas, ok, não digo que a tua reflexão esteja incorrecta.
Mas, o facto de ser fácil forjar em Terra uma ida à Lua, não significa que não tenha acontecido mesmo.

Quanto à bandeira, qualquer das explicações é válida...quanto às sombras, não sei como é o raio de incidência e de reflexão dos raios solares na Lua, por isso, só posso especular. Mas, naquela atmosfera rarefeita, decerto que a as regras de iluminação e de fotografia não são as mesmas que as que se encontram na Terra.

Até pode nem ter havido homem algum na Lua e, sim, apenas sondas...não descarto essa hipótese. Mas, não sei, continua a não chegar...

Vou continuar a ler. :)

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 12, 2009 2:17:00 da manhã

Vani:

"Quer dizer, então, que há a hipótese de a Lua ser mais do que um pedregulho deserto e inerte?... :D Duvido. Tal como duvido que nunca um homem tenha estado na Lua."

Repito, o homem esteve na lua mas não sabemos o que viu pois não nos foi mostrado. As imagens são falsas e em 1969 não esteve.
A lua tem gelo, o gelo é água e em H3, logo não é assim tão inerte.

"Mas, o facto de ser fácil forjar em Terra uma ida à Lua, não significa que não tenha acontecido mesmo."

De uma vez por todas, o homem FOI à lua, mas o que nos foi mostrado É falso.

"Mas, naquela atmosfera rarefeita, decerto que a as regras de iluminação e de fotografia não são as mesmas que as que se encontram na Terra."

O factor luz sombra não varia de planeta para planeta, pois é basicamente física.

  Stiletto

quarta-feira, agosto 12, 2009 2:42:00 da manhã

Desculpa lá, mas qual é o interesse? Porque raio é que os governos haveriam de fabricar uma série de mentiras que podem ser facilmente apanhadas com alguma investigação? Eu não estou aqui a dizer que não há mentiras ou adulterações. Mas não é demais? Ninguém mente sem ter um objectivo a atingir. Porque raio é que não se podem mostrar as imagens (ditas) reais da lua?
Sinceramente não tenho tempo para ir verificar nem um décimo do que tu dizes.. seriam horas e horas de investigação sobre assuntos, muitos dos quais pouco percebo.
Mas bolas! A vacina obrigatória do H1N1 nem seuqer existe. Está neste momento a ser testada. E que raio imeginas tu que conterá? Alguma droga para nos pôr tipo robots?
O video que foste buscar ao UTube, sobre as escolas ou academias (não me lembro do que lhes chamaste) do Obama é surreal... um bando de miudos gordos a fazerem uma dança parva. São estas as brigadas perigosas que o Obama anda a formar? Não me parece.

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 12, 2009 3:08:00 da manhã

Stiletto:

"Porque raio é que os governos haveriam de fabricar uma série de mentiras que podem ser facilmente apanhadas com alguma investigação?"

Porque existe uma agenda, objectivos a cumprir que precisam do apoio da população que de outra forma não apoiaria.

"Porque raio é que não se podem mostrar as imagens (ditas) reais da lua?"

Pelo mesmo motivo que supostas imagens de objectos voadores não identificados são classificados como top secret ou rotulados como balões meteorológicos mesmo não sendo redondos e deslocando-se a velocidades anormais.
Imagens que nos poderiam dizer que o ser humano não foi a primeira forma de vida na lua. Imagens que mostrariam mais agua do que a que sabemos existir no pólo sul da lua. Imagens que tirariam as dúvidas pelas quais o povo apoiou com biliões de dólares um projecto e sabendo a verdade não haveria necessidade de gastar mais biliões podendo exigir melhores sistemas de saúde.

Os Americanos motivaram o povo na suposta ida à lua, pois o Russos já tinha colocado um homem no espaço e os motores desse foguetão era o que os Americanos precisavam para criar os misseis nucleares intercontinentais nucleares evitando ter de voar sobre um país para o aniquilar como fez no Japão.

A tecnologia para explorar o espaço era o que Russos e Americanos precisavam para construir o projecto V3 Nazi. Nunca o Congresso Americano iria autorizar o governo a gastar o que gastou se fosse para fins militares. Os Russos era uma tirania comunista e não precisavam do apoio do povo.

"Mas bolas! A vacina obrigatória do H1N1 nem seuqer existe."

A vacina H1N1 está pronta, existe. A vacina H1N1 existe desde 1979 no ano em que 48 milhões de Americanos foram vacinados e a qual matou mais pessoas que a gripe. Basta buscares no google por "h1n1 vaccine 1979". O que se está a fazer é um upgrade a essa vacina, teoricamente para não matar.

"Está neste momento a ser testada."

Sim, está a ser testada em humanos, matou 23 sem abrigo na Polónia e a vacinação começou nos EUA há 7 dias em crianças em idade escolar.

"E que raio imeginas tu que conterá? Alguma droga para nos pôr tipo robots?"

Mercúrio como é habitual nas vacina Baxter. O que contém não se sabe pois a Baxter não deixa analisar a vacina nem revela a composição. Mas o governo Americano deu protecção jurídica à Baxter.

"O video que foste buscar ao UTube, sobre as escolas ou academias (não me lembro do que lhes chamaste) do Obama é surreal... um bando de miudos gordos a fazerem uma dança parva. São estas as brigadas perigosas que o Obama anda a formar? Não me parece."

Brigadas perigosas? O que era a juventude Hitleriana e a mocidade Portuguesa? Crianças educadas para servir o Estado e não o país. Os soldados juram defender o país mas se as crianças são educadas a defender o estado e o seu líder, entra-se num estado tirânico, temos exemplos disso na Europa.
A lei aprovada para a Obama's youth que hoje tem 10% da população estudantil, contempla o treino militar e serviços de informação. A mocidade Portuguesa era isso mesmo, putos militarizados que denunciavam vizinhos e pessoas na rua, seguindo ordens cegamente.

Qualquer pessoa que se lembro como os regime totalitarista fascistas nasceram, conseguem ver semelhanças.

Se a vacina H1N1 não fosse perigosa, não haveriam mais 32.000 processos crime para parar a vacina. 32.000 processos só na Áustria e Alemanha que acusam a Baxter e bioterrorismo, se fosse mentira a Baxter processaria toda essa gente por difamação e por manchar a imagem da empresa.

Mas é esperar. Os documentos sobre a Vacina H1N1 foram disponibilizados nos meus textos, que gosta de saber o que lhe é injectado no corpo deve ler e depois decidir, quem toma medicamentos sem ler a bula, que arrisque.

Eu nunca disse para não se vacinarem, eu digo para não acreditarem em tudo e investigarem o motivo de milhões estarem a colocar a vacina em causa. É a vossa saúde.

  AlfmaniaK

quarta-feira, agosto 12, 2009 4:51:00 da manhã

@Bruno
"Estás a brincar, certo?"
Completamente.

"estaria no desenho do LEM e o projecto não tem qualquer câmara externa ou interna, só uma câmara e uma máquina fotográfica portáteis."
Desenho do LEM que não tem cameras
Claro que são do treino... mas, epá, não encontrei nenhum vídeo no youtube, só no site da Nasa, porém prometo rever as fontes da minha pseudo-investigação.
Para os mais incautos, reparem nas folhas 2-2 à 2-12. Para interpretar clique aqui! Acompanhem o registo a partir dos 109:21:09... até ao epíteto nos 109:24:48!

"tal como achei piada à tua teoria da câmara."
Bom, eu não quero tirar os créditos ao Claymore, mas confesso que fiquei surpreendido por ninguém o ter percebido. Vou estar mais atento aos fóruns e DVDs sobre estas investigações. (e ao youtube também)

@Vani
"Do que deduzo que não leu os comentários."
Infelizmente li...

@Bruno
"nunca apresenta factos mas tenta desconstruir o que é dito sem a mínima investigação"´
Juro que ía escrever isso quando deixei de debater a série 9/11...
Hey! it takes one to know one.

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 12, 2009 5:24:00 da manhã

AlfmaniaK:

"Claro que são do treino... mas, epá, não encontrei nenhum vídeo no youtube, só no site da Nasa, porém prometo rever as fontes da minha pseudo-investigação."

Sim convém.
Qual é o mal do Youtube? Tenho de fazer upload de vídeos noutra plataforma pois os vídeos são alterados no Youtube?
O que vês nos vídeos da NASA para além de uma mancha cinzenta? Nada, não se vê um cu, pois não é para veres nada. Os vídeos são retirados do site da NASA e são melhorados para que seja possível ver alguma coisa.

"reparem nas folhas 2-2 à 2-12. Para interpretar clique aqui! Acompanhem o registo a partir dos 109:21:09... até ao epíteto nos 109:24:48!"

Estás a chamar a atenção para o MESA? O site da NASA não explica como ele foi activado, e isso deve-se ao facto de o MESA ser manual, ou seja ou o Niel ou o Buzz tiveram de sair do módulo entrar e sair novamente para o primeiro "passo na lua", que seria o primeiro... filmado...
Algo que se pode com facilidade confirmar:
http://www.myspacemuseum.com/mesa.htm
Podes ver todas as tiras de cabedal que a prendem e tiveram de ser libertadas manualmente. No próprio desenho do MESA a alavanca manual para a sua retirada do LEM.
Sim, a tua teoria continua furada.

"Bom, eu não quero tirar os créditos ao Claymore, mas confesso que fiquei surpreendido por ninguém o ter percebido."

Não havia muito para perceber, basta ter frequentando o 12° ano (come ele diz) para perceber os erros no seu discurso.


"Juro que ía escrever isso quando deixei de debater a série 9/11..."

Deixaste de escrever no 9/11 pois a cada comentário te enterravas mais, por mais que gostes de ser do contra, defendias uma teoria para a qual não tinhas bases de defesa devido à impossibilidade do que defendes ter acontecido.

"Hey! it takes one to know one."

Frase feita sem sentido, não tens de ser mulher para reconhecer uma mulher.
Conheço pessoas tapadas sem ter de o ser.
Se essa frase tivesse realmente algum sentido, terias de estar completamente errado para reconheceres o meu erro.

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 12, 2009 5:32:00 da manhã

AlfmaniaK:

No PDF que lincas, observa com atenção o "MESA deployment procedure", verás que é manual e que o astronauta tem de estar FORA do LEM para o fazer!
Há que ler antes de lincar como argumento.

  AlfmaniaK

quarta-feira, agosto 12, 2009 6:36:00 da manhã

Bruno:

"Qual é o mal do Youtube?"
Nenhum!

"Estás a chamar a atenção para o MESA?"
Não! Estou a chamar a atenção para as camaras que não existem no desenho!

"ou seja ou o Niel ou o Buzz tiveram de sair do módulo entrar e sair"
heeerr... juro que li que o Niel estava cá fora quando executou essas manobras. Devo ter um defeito na vista, ou então só leio o que me interessa!

"defendias uma teoria para a qual não tinhas bases de defesa"
Eu apenas dei as respostas que estão escancaradas na web por quem não acredita. Aliás, se bem recordo, não cheguei a responder à tua questão sobre o que acredito que tenha acontecido!

"verás que é manual e que o astronauta tem de estar FORA do LEM para o fazer"
Dejá vu!

  MIB

quarta-feira, agosto 12, 2009 10:11:00 da manhã

Bruno, só uma questão, se tens uma tão profusa colecção de documentos a provar que é uma fraude, de certeza que tens um artigozinho que seja, pode ser em jornal velho ou em fotos leica dos russos "oficiais" a contradizerem a ida dos americas a lua, podes coloca-los? ;)

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 12, 2009 12:13:00 da tarde

AlfmaniaK:

A ironia é uma boa arma para quem a sabe usar e não é o teu caso.

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 12, 2009 12:13:00 da tarde

MIB:

"Bruno, só uma questão, se tens uma tão profusa colecção de documentos a provar que é uma fraude, de certeza que tens um artigozinho que seja, pode ser em jornal velho ou em fotos leica dos russos "oficiais" a contradizerem a ida dos americas a lua, podes coloca-los? ;)"

Terás de esperar até à altura, irei publicar entrevistas ao director da CIA, a Rummsfeld e Kissingir a admitir a filmagem em terra, a admitir a ordem de assassinato dos intervenientes nessa filmagem, bem como um representante do KGB a afirmar isso mesmo que as imagens são falsas e que só precisaram de duas horas.

Se estou a publicar uma série de textos que está pronta, as pessoas precisam de esperar por todos os textos antes de pedir o que quer que seja. No final, se achares que não chega podes perguntar por detalhes, desde que não seja uma confissão do Presidente ou do governo Americano, como era o que alguns queriam como prova do 9/11 ter sido uma fraude.

  Vani

quarta-feira, agosto 12, 2009 5:03:00 da tarde

Eu não disse que tu disseste que o homem não foi à Lua. Eu estava a divagar e a afirmar que acredito que o homem tenha ido à Lua, sem dúvida. O que eu queria dizer é que, o facto de se ter conseguido imitar/forjar em Terra uma ida à Lua, para provar que aquilo foi tudo feito em terra em 1969, não prova nem mostra nada. Só prova que se conseguiu imitar aquelas imagens, não prova se elas foram feitas na Terra ou na Lua...

Os angulos de reflexão dos raios solares na lua não são como na Terra. Isso poderá alterar a fotografia.

O facto de haver água não quer dizer nada. Há água, sim. Congelada. Nem lá há temperaturas ou pressão que permitam que exista água liquida. Sob o ponto de vista de astrobiologia, isso não implica necessariamente que possa ter havido, ou haja vida. Água é vida, sim, mas só sob determinadas condições. A lua não as tem. Mas, logicamente que essa água, algum fim se lhe há-de inventar...
Quanto ao H3, nada sei sobre isso, não me pronuncio.
E quanto a Marte, duvido muito que alguma vez tenha lá havido vida...eu apostaria mais em IO ou EUROPA. E, sim, acredito que é possível tornar Marte habitável. Só não sei a que custo...enfim, para já isso é ficção científica...

Honestamente, e apesar de gostar sempre de ter informação extra, acho que temos demasiados problemas na Terra para estarmos a pensar no espaço. Claro que é bonito, romantico e o catano...mas...resolvamos os problemas terrestres primeiro...

Bem,logo cá volto a ler o resto com atenção, que estou com conectividade limitada (isto é, só tenho net num banco do segundo andar do edificio...ahahaha, que figurinha...).

  AlfmaniaK

quarta-feira, agosto 12, 2009 10:56:00 da tarde

Bruno:

"A ironia é uma boa arma para quem a sabe usar e não é o teu caso!"
Lamento que não a saiba usar correctamente, e lamento que tenhas interpretado como uma arma... mas vindo de ti, não esperava outra coisa! :)

Colocando ironias de lado (porque chateia desviar o assunto):
"e aterrou com câmara na sua base?"
Fiquei sem saber se respondi à tua pergunta... afinal a camara estava ou não presente na aterragem?

"Isso não faz qualquer sentido até porque se estivesse lá uma câmara, estaria no desenho do LEM e o projecto não tem qualquer câmara(...)"
Fiquei sem saber se ainda manténs esta posição... afinal estava ou não no projecto?

"quando tiramos conclusões, sem verificar se é possível haver lá uma câmara"
Esclarece-me como é que se utiliza ironia como arma... de forma correcta!

Obrigado.

  Bruno Fehr

quinta-feira, agosto 13, 2009 7:37:00 da manhã

Vani:

"o facto de se ter conseguido imitar/forjar em Terra uma ida à Lua, para provar que aquilo foi tudo feito em terra em 1969, não prova nem mostra nada."

Mas os factos e erros nas fotos dão poder a teoria de estúdio, nenhum motos poderia aterrar em areia sem deixar cratera ou levantar pó quando um simples passo de um astronauta o faz.

Vai à praia, leva uma carica e deixa-a cair na areia... aí tens um pé de LEM simulado. Depois deixar que ela caia da atura da tua cabeça e verás que fica suja de areia.
Nota que:
1- Tu não tens 3m de altura que é a altura em que dizem ter desligado os motores (Apesar de do vídeo eles os desligarem após o contacto no solo).
2- a tua carica é só a simulação de uma pá e não tem peso como o LEM.
3- a areia da praia é mais pesada.

Não podemos usar a física com uma constante universal e ignorá-la só porque queremos acreditar num filme.

"Os angulos de reflexão dos raios solares na lua não são como na Terra. Isso poderá alterar a fotografia."

Sem dúvida o ângulo de reflexão será totalmente diferente pois os raios solares atingem a lua de uma posição completamente diferente por ela estar protegida pela terra. Podes usar 3 bolas, uma de ténis a representar a lua, uma de football a representar a Terra e uma de Basket a representar o sol e verás como a lua é abordada pelo sol. Quanto à reflexão de luminosidade essa é dada pelo solo. Uma coisa é certa pelo ângulo que os raios solares atingem o sol, as sombras deveria ser mais longas, com o são durante um por do sol na terra, a não ser que o solo lua absorva luminosidade em vez de a reflectir (o que não faz sentido), e assim daria lógica às sombras que observamos.

"O facto de haver água não quer dizer nada."

Quer pois. Se há água congelada por que motivo procuram água? Duh gelo é água.

"Nem lá há temperaturas ou pressão que permitam que exista água liquida."

A busca é por água, se é liquida, sólida ou gasosa isso não importa, o homem precisa de água e tem tecnologia para a liquidificar. Se está congelada hoje, nem sempre esteve pois a água congela não surge congelada.

"Sob o ponto de vista de astrobiologia, isso não implica necessariamente que possa ter havido, ou haja vida. Água é vida, sim, mas só sob determinadas condições."

Nos pólos de terra é encontrada vida no gelo, nem quem seja microscópica, os pólos não surgiram do nada em forma de gelo pois o gelo é uma transformação de água e se está em estado sólido, já esteve em estado liquido e se teve vida, essa vida estará lá fossilizada.

"E quanto a Marte, duvido muito que alguma vez tenha lá havido vida...eu apostaria mais em IO ou EUROPA."

IO e Europa não nos mostram nada. A NASA em Marte só esconde com técnicas para enganar parvos. Agora a ESA... o que a ESA descobriu nem a NASA quer falar disso... Até hoje a vida em Marte num passado distante começa a ser uma forte possibilidade e essa possibilidade deve-se ao estudos da ESA que partilha a informação com todos nós.

"Honestamente, e apesar de gostar sempre de ter informação extra, acho que temos demasiados problemas na Terra para estarmos a pensar no espaço."

É 100% aceitável, só lá poderemos encontrar materiais e tecnologias que nos podem ajudar.
Bastaria o dinheiro que os EUA gastam por ano em material militar para alimentar e vestir todas as pessoas do mundo sem excluir uma e ainda dava para explorar o espaço. Se juntarmos o orçamento militar Chinês, Russo, Japonês e Israelita, terias 4x's esse capital e já estaríamos em Marte e explorado todo o sistema solar.

  Bruno Fehr

quinta-feira, agosto 13, 2009 7:38:00 da manhã

AlfmaniaK:

"mas vindo de ti, não esperava outra coisa! :)"

Falas como se me conhecesses de algum lado, eu lido bem com ironia mal aplicada, com arrogância catalogável e com tentativas de sarcasmo.

"Fiquei sem saber se respondi à tua pergunta... afinal a camara estava ou não presente na aterragem?"

Não, a câmara estava presente no MESA que foi activado manualmente APÓS a aterragem.
A tua justificação está ao nível de todas as que já ouvi sobre a imagem do solo que filma a aterrarem do LEM no Apollo 16... aí devem ter atirado a câmara pela janela só para serem filmados.
No Apollo 11 o MESA era manual, teve de ser aberta a escortilha, retirada a capa que o protegia do pó que afinal não existiu, retirados os cabos que o prendem, puxar a alavanca externa e só aí Buzz a poderia activar do interior do LEM.

"Esclarece-me como é que se utiliza ironia como arma... de forma correcta!"

É assim: Antes de se comentar usando links é aconselhável ler a informação desses links.

  Vani

quinta-feira, agosto 13, 2009 3:44:00 da tarde

Eu sei que água é gelo, duh, tu é que não percebeste o que eu queria dizer, porque escrevo a correr e sem pensar muito (MUITO) porque tb não tenho muito tempo :(. O que eu queria dizer era, há gelo nos pólos da Lua, and so what? Não quer dizer nada. E o facto de se ter encontrado vida no gelo da Terra não implica que se vá encontrar no gelo da Lua...as condições da Terra são completamente diferentes. A temperatua, a pressão, presença de outros gases, presença de alimento...etc, etc, etc, fora as variaveis que não conhecemos nem controlamos. Não acredito que exista vida na Lua ou que alguma vez tenha existido. Aquilo é um pedregulho levitante :-p.
Marte, Marte é outra conversa! E acredito que já lá tenha existido vida, acredito.
IO e Europa reunem algumas condições que podem/poderiam levar à existencia de vida. Têm água, liquida. Têm uma atmosfera semelhante à q foi a atmosfera redutora da terra. Têm actividade vulcanica. Ora, pensa-se q a vida terá surgido numa especie de geisers/fumarolas/chaminés quentes submersas...

Mesmo havendo água liquida, isso só significa que a temperatura está acima de zero e abaixo de 100...só por si, a água não faz milagres, né...a lua não tem actividade vulcanica, não tem os elementos quimicos necessarios (que se saiba), não tem a pressao necessaria, não tem a atmosfera adequada...
Quanto muito serve pra se instalar por lá uma base lunar...

E agora da-me licença que o meu R saltou outra vez...

  Bruno Fehr

quinta-feira, agosto 13, 2009 3:55:00 da tarde

Vani:

"O que eu queria dizer era, há gelo nos pólos da Lua, and so what?"

Soooo, se há gelo há água e se há água não há necessidade de rebentar um bomba de duas toneladas para achar o que já se sabe que há.

"E o facto de se ter encontrado vida no gelo da Terra não implica que se vá encontrar no gelo da Lua..."

Mas a possibilidade não fica de parte.

"as condições da Terra são completamente diferentes. A temperatua, a pressão, presença de outros gases, presença de alimento..."

As condições actuais, mas o universo é muito antigo e nós somos os New Kids on the Block (no bom sentido). No que toca a vida extra terrestre essas condições podem não ser essenciais.

"Não acredito que exista vida na Lua ou que alguma vez tenha existido. Aquilo é um pedregulho levitante :-p."

A Lua é tanto um pedregulho como a Terra o será depois de darmos cabo disto. A terra já foi um pedregulho, a Lua poderá nem sempre ter sido. Além disso a possibilidade de vida fossilizada poderá até nem ser de origem lunar, aquilo é um íman de meteoritos.

"Marte, Marte é outra conversa! E acredito que já lá tenha existido vida, acredito.
IO e Europa reunem algumas condições que podem/poderiam levar à existencia de vida. Têm água, liquida. Têm uma atmosfera semelhante à q foi a atmosfera redutora da terra."

Sólida sim, liquida é só uma suspeita lógica.

"Têm actividade vulcanica. Ora, pensa-se q a vida terá surgido numa especie de geisers/fumarolas/chaminés quentes submersas..."

Mas essa é a falácia humana que toda a vida tem de ser como a nossa, carbono, água e as mesmas condições mas não verdade não tem de ser assim. Existe possibilidade de vida para além da nossa imaginação ou compreensão.

"a lua não tem actividade vulcanica, não tem os elementos quimicos necessarios (que se saiba), não tem a pressao necessaria, não tem a atmosfera adequada..."

Para que tipo de vida?

"Quanto muito serve pra se instalar por lá uma base lunar..."

Humana ou não.

  Vani

sexta-feira, agosto 14, 2009 9:52:00 da tarde

Sim, é verdade que quando pensamos em vida, pensamos em carbono. O silicio pode muito bem ser o "carbono" de outros seres, pois tem propriedades semelhantes às do carbono.
O facto de o carbono ser a base da vida, como a conhecemos, não é mera coincidencia nem é ao calhas nem é só porque sim. Há razões claras e propriedades que mais nenhum elemento, conhecido na terra,tem. E era fácil prever que outros elementos poderiam existir...era só tirar aqui um electrao, por ali um electrão, tira protão, poe protão...etc...e esperar que o átomo resultante seja estável, nas condições de teste.

Segundo os astrónomos, a lua é um pedaço da terra. Terá surgido quando um enorme pedregulho chocou com a terra ainda em formação e libertado fragmentos. Um desses fragmentos é a lua.
Sim, não dúvido que possa existir vida fossilizada proveniente de meteoritos. Agora, vida viva... não. Sinceramente, não acredito. Isso já se saberia...