Os olhos na lua (parte 2/3)

Depois das fotos tapadas, censuradas e pintadas do texto anterior, vamos à actual técnica usada pela NASA, e que está patente em centenas de imagens da Lua e de Marte, quer seja da NASA ou ESA.

Começamos pela seguinte foto:


O que me despertou a atenção nesta foto, foi o gráfico luminosidade ao ver um slide show das fotos que tinha retirado do site oficial. Reparei que os valores de luminosidade variavam imenso em algumas fotos, em particular nesta, por isso ampliei-a:

O centro da foto nesta ampliação, despertou a minha atenção, e voltei a ampliar:


É claro para mim que há algo luminoso no centro da foto:


Dei luminosidade à fotos como forma de eliminar a sombra:


Retirei um pouco de zoom para melhorar a imagem:


Chegando aqui, devolvi à foto o tamanho original dando-lhe o mesmo valor de negro em toda a foto, e isto daria aproximadamente +1, -1 ponto de negro, e fico com o que a NASA viu na foto original:


O que é? Não sei, só sei que é verde e estava escondido!

Vamos passar a outra foto interessante em que foi usada a técnica acima descrita mas de uma forma inversa aliada a outra técnica mais actual que é a mudança de perspectiva. A melhor forma de esconder algo é, à vista de todos.

Nesta foto dois factores despertaram a minha atenção, o excesso de luminosidade e o facto que não conseguir enquadrar esta foto em nenhuma foto geral da Lua. Por isso resolvi inverter a foto numa tentativa de identificar o local. Depois, retirei luminosidade que o excesso visível na foto foi disfarçada, recortando a Lua e inserindo um fundo negro falso de um valor 0-0-1 (artificial) quando o do espaço é 0-0-0 (natural), um erro comum em diversas fotos NASA, parti do principio que ela poderia ter sido colocada no site, por erro, invertida.


A foto de cima está ao contrário, rodando-a consegui localizar a área da Lua que está representada e comparar com outras fotos mais antigas:


Na foto seguinte, retirei o excesso de luminosidade deixando o gráfico a meio:


Ampliei e dei com isto... Muito do que ao longe parecem ser crateras de embate de meteoros, na verdade não o são, são saliências circulares de um tom ligeiramente mais claro que o solo lunar à sua volta:

O que é, não sei! O que sei é que a teoria de formas perfeitas criadas na natureza aponta para a não perfeição das formas. No entanto a teoria das formas perfeitas está a ser aplicada às descobertas piramidais em Marte, mas podem ser aplicadas à lua.

E pronto, já chega!
...
...
OK, OK, só mais uma.

Quando vi esta foto, perguntei: "Késta merda?", esta foto tem triplo factor, foi cortada, foi exposta a excesso de luminosidade e foi invertida.
Ao ampliar a foto, a posição da câmara não fazia grande sentido, tendo em conta que a foto foi tirada de uma sonda na órbita da Lua:

Por isso retirei o zoom que lhe dei e inverti a foto:

Ela foi cortada deixando só um losango visível mas ainda bem que mesmo assim foi publicada. Devido ao excesso de luminosidade, retirei 40% dela e ficou assim:

Agora foi ampliar ao máximo possível sem perda significativa de qualidade e encontrei isto:

O que é? Não é nada! É só uma rocha com um aspecto que nos dará ideias se deixarmos a imaginação fluir, no entanto é só uma rocha estranha. Foi com a classificação de rocha estranha que esta ampliação foi guardada no meu PC antes de ele falecer, desenterrei-a agora, pois esta rocha estranha tem uma prima em Marte:


Qual é coisa qual é ela, que se esconde sem motivo?

A resposta será dada na parte 3 e última desta série.

Próximo texto: Parte 3

63 Comentários:

  HAZEL

quarta-feira, agosto 26, 2009 12:12:00 da manhã

Eh lá....

Estou a gostar de acompanhar isto...!

  Garrafa na Praia

quarta-feira, agosto 26, 2009 12:33:00 da manhã

ler o teu blog é como acompanhar uma novela... a diferença está na qualidade! estou a gostar

  I.D.Pena

quarta-feira, agosto 26, 2009 12:35:00 da manhã

Altamente :)

  Fairy

quarta-feira, agosto 26, 2009 11:41:00 da manhã

Que mais virá por aí? Tou a gostar, muito bem :)

  Fada

quarta-feira, agosto 26, 2009 11:49:00 da manhã

Wow...

Lolol

Bruno, para já só me espanto, logo, analiso!...

As coisas que tu trazes... :D

Inspiraste-me para te enviar uma foto (que talvez seja postada um dia destes)... E depois, "conversamos"... :)

Beijitos

  Vani

quarta-feira, agosto 26, 2009 3:15:00 da tarde

Bem, eu tenho uma foto semi-parecida tirada num fogo com sardinhas assadas... :DD

Parecem-me crânios. Não serão somente formas estranhas, como a que eu apanhei no fumo das sardinhas?...Serão astronautas abandonados? Não estou a dizer que terrenos.

E essa coisa verde, não me vais dizer que é uma plantinha a nascer num local de parca atmosfera?...mas enfim, se descobriram zonas laranja!...

A lua tem pontos mais claros e mais escuros em toda a sua superficie pq o material rochoso que a forma é mais denso numas zonas e menos denso noutras. Esse material foi assim estranhamente distribuido devido ao efeito que a gravidade da terra tem na lua, fazendo a massa interna desta deslocar-se mais para uns lados que para outros.
Daí que umas zonas apareçam mais claras e outras mais escuras.

Também não podemos esquecer que a quase inexistente atmosfera da lua implica uma diferente difusão, difracção, reflexão, etc, dos raios luminosos, qd comparado com o que se passa na terra...é normal que a luminosidade captada por camaras seja diferente, não há gases para reflectir, desviar, a luz, que incide em força na superficie e é reflectida em força por esta, talvez como acontece numa praia terrestre?...

Bem, eu não percebo nada de fotografia...

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 26, 2009 3:49:00 da tarde

HAZEL:

Obrigado.

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 26, 2009 3:49:00 da tarde

Garrafa na Praia:

Não consigo imaginar uma novela com qualidade. Obrigado... acho eu :)

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 26, 2009 3:49:00 da tarde

I.D.Pena:

:)

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 26, 2009 3:49:00 da tarde

Fairy:

Há mais qualquer coisa, o melhor na minha opinião fica para o fim.

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 26, 2009 3:49:00 da tarde

Fada:

Manda e depois vejo isso.

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 26, 2009 3:50:00 da tarde

Vani:

"Bem, eu tenho uma foto semi-parecida tirada num fogo com sardinhas assadas... :DD"

Eu sei, mas nessa foto há uma forma gira criada pelo fumo, não há nada escondido.

"Parecem-me crânios. Não serão somente formas estranhas, como a que eu apanhei no fumo das sardinhas?...Serão astronautas abandonados? Não estou a dizer que terrenos."

Por que motivo haveriam de ser crânios ou astronautas mortos? Será que não chegas a uma conclusão menos negra?

"E essa coisa verde, não me vais dizer que é uma plantinha a nascer num local de parca atmosfera?"

Eu não disse nada, mas gosto da tua forma de pensar.

Além disso, quem é que nos garante que vegetação fora da Terra teria de ser verde?

"A lua tem pontos mais claros e mais escuros em toda a sua superficie pq o material rochoso que a forma é mais denso numas zonas e menos denso noutras."

Correcto mas o que intrigante não é a cor, são as formas geométricas perfeitas. Não há montes redondos, havia sim montes piramidais em vários locais na Terra, mas acabámos por descobrir que não eram montes mas sim pirâmides cobertas de terra e vegetação, e assim se desfez a teoria que alguns defendiam sobre a existência de formas perfeitas na natureza. O ultimo exemplo disso é a descoberta que um monte com formas perfeitas na Bósnia, afinal é a maior pirâmide do mundo e a mais antiga.

"Também não podemos esquecer que a quase inexistente atmosfera da lua implica uma diferente difusão, difracção, reflexão, etc, dos raios luminosos, qd comparado com o que se passa na terra...é normal que a luminosidade captada por camaras seja diferente, não há gases para reflectir, desviar, a luz, que incide em força na superficie e é reflectida em força por esta, talvez como acontece numa praia terrestre?..."

Se assim fosse haveriam vários níveis de luminosidade e não sempre o normal, ou o exagerado. A luminosidade destas fotos é como se o sol do meio dia estivesse sobre a lua e não é o caso e visto que os satélites não possuem holofotes, é iluminação dada em terra. Quanto às zonas escuras aí é mais fácil pois o espaço é o espaço, uma sombra é uma sombra e não podem ter níveis de negro diferentes de pixel a pixel se tens um quadrado de 9 pixels, os 8 de fora podem ser mais claros ou mais escuros que o do centro, os de cima podem ser mais claros ou mais escuros que os de baixo, mas eles NUNCA podem ser claro/escuro alternadamente, pois isso é coloração digital, é prova de "remendos" em fotografia.

"Bem, eu não percebo nada de fotografia..."

Não é pedido que se perceba, é pedido só que se vejam as fotos e se pense num pouco.
Estão a esconder algo?

  Fada

quarta-feira, agosto 26, 2009 4:10:00 da tarde

Só um esvoaçar breve:

"Além disso, quem é que nos garante que vegetação fora da Terra teria de ser verde?"

Ninguém!!! Pois até na terra temos diferentes pigmentos que se revelam nas diferentes fases de crescimento das plantas (as lindas cores de Outono...), para não mencionar todas as outras cores das flores, frutos, caules, etc.

E partindo do princípio que a classificação seria a nossa, e as plantas ETs seriam os seres vivos que realizariam fotossíntese, o processo poderia ser diferente e com diferentes estruturas orgânicas.

Pronto, vim cá porque me cheirou a flores... :D

Até loguito! :)

  Valquíria Vasconcelos

quarta-feira, agosto 26, 2009 4:58:00 da tarde

E ando eu a decorar a "Fórmula de Deus"... Oh cristo!!!

:)

Bjinhos

  Vani

quarta-feira, agosto 26, 2009 5:35:00 da tarde

Bem, dada a tua insistencia na cena das formas geométricas...é um montinho redondinho qd devia ser piramidal?... :D

  Vani

quarta-feira, agosto 26, 2009 5:36:00 da tarde

ps - a minha inteligencia visual não é lá muito grande... :D

  Fada

quarta-feira, agosto 26, 2009 9:08:00 da tarde

:D

Ora...
Por partes (conjecturando, ok????)!

Fotos 1 da coisa verde:
É Luz. (Eu bem digo que somos todos feitos de Luz... :p )
É uma radiação luminosa, que advém duma fissura, fissura essa natural ou artificial, em jeito de respiradouro.
Faz-me lembrar aqueles templos escondidos e escavados em rochas.

OU

É líquido. Um líquido estilo magma, cuja composição originaria o tom verde. Que cai como uma cascata, para um qualquer buraco, daí não lhe vermos continuidade (mas parece-me que está lá uma fissura que seria o leito desse líquido, oculto, logo na base da cascata, estilo grand canyon).

Pedido: a foto a6 tem umas letrinhas perto do cimo da cascata e parece-me alemão... Consegues perceber o que está lá escrito?

Fotos 2 - as cúpulas.
Na foto f3, parecem-me cúpulas. Sendo que a que está mais perto do cantinho e que tu sobressaiste na foto f4, me parece ter um halo de luminosidade. Ou porque seria uma origem de luz, ou porque seria feita de material/estaria num ângulo diferente que reflectiria a luz de forma diferente da outra.

Pedido: no cantinho inferior esquerdo da foto f3, parece-me uma cúpula com um piquinho, inserida numa cratera. Podes ampliar?...

Fotos 3- coisas da Lua igual a coisas de Marte.
Aqui parece-me um bocado a brincadeira de ver formas nas nuvens (e eu até faço isso com regularidade).
Poderá ser coincidência... Ou não.

Portanto, sacando dos lápis de novo:
Se realmente é uma cabeça, poderá ser:
1) artificial
2) restos mortais (resistentes...)

1a) ser um totem, ou um qualquer objecto representativo. E lembrei-me das cabeças da ilha de Páscoa. E dos BUDAS gigantes.
1b) ser um edifício de ligação interplanetário (Stargate, Vani!!!)
1c) ser um aviso, como uma bandeira deixada por um determinado povo, ou um marco, a marcar que o planeta é de interesse.
1d) Ser um edificio, habitável, abandonado ou não...

E pronto, gostaste das minhas pinturas?? :D

Beijos :)

PS - se os teus amigos quiserem fazer um filme de FC, avisem! Eu escrevo o guião. ;)

  Vani

quarta-feira, agosto 26, 2009 9:35:00 da tarde

Aiiiiiiiiii o stargateee! mas op james spader agora tá tão gordo, Fada... :D

vês, vês, Bruno, não sou a única a ver cabeças decepadas... :D

  Jane Doe

quarta-feira, agosto 26, 2009 9:59:00 da tarde

Antes demais, quero salientar que tenho noçao de caio aqui de paraquedas, i.e. de que posso estar a cometer algum "erro" ao comentar este texto sem ler os outros. De qualquer forma eu deixo as perguntas:

Com que programa limpaste as fotos?
Eu posso fazer isso com qualquer programa de ediçao e tratamento de fotografia?
(Como poderás imaginar amanha vou fazer os mesmos passinhos que tu provavelmente para ficar boquiaberta...)

O que te chamou à atençao na primeira imagem?

Quando falas dos valores 0 0 0 e 0 0 1 para a cor negro, queres dizer que a nasa coloca o 0 0 1 como cor de fundo? E o 0 0 0 nao é reproduzível?

A teoria das formas perfeitas criadas na natureza aponta para a nao perfeiçao das formas? Que teoria é essa?

A teoria das formas perfeitas (desculpa mas nunca tinha ouvido falar, o google nao esta a ajudar e eu tenho pouco tempo...) estaria a ser usada para a descoberta das piramides em marte como essas piramides sendo obra de uma natureza capaz dessa perfeiçao, afastando assim - intencionalmente - qualquer acçao extra-terrestre, é isso? Porque se é uma acçao extraterrestre, entao a foto na lua, que foi encoberta por excesso de luminosidade, também terá essa mesma acçao, e isso nao é o que a Nasa quer admitir.(?)

Quanto à última foto, eu nao consigo... parece uma espécie de craneo, mas sem dúvida (na de marte) nao me parece ser humano.

E é isto.

Vou voltar à minha ausência prolongada, até o meu pc decidir voltar.

  Vani

quarta-feira, agosto 26, 2009 10:11:00 da tarde

I mai duas a achar que parece um craneo!!!! Tasaver, nao sou só eu!! ihihihi.

A Jane Doe tirou-me muitas teclas dos dedos. :) Concordo com o que diz. E tb nunca ouvi falar dessa teoria das formas perfeitas/imperfeitas/redondo/piramide, como já disse, mas tirei a mesma conclusão que a Jane (isto, a acreditar nessa teoria que não conheço, portanto, irónicamente as conclusões que se tiram baseiam-se em algo que disseste ahahahahah,que era precisamente o que não querias LOOOOL).

  Vani

quarta-feira, agosto 26, 2009 10:16:00 da tarde

Ah, deixa-me tornar clara uma cena, se é que ainda não está clara. Não tenho opinião formada acerca do assunto, a não ser na medida em que considero que há muitas perguntas sem resposta e que, logicamente, há muito que não vem a público. Nunca pensei é que fosse tão descaradamente encoberto, como com essa cena da fitacola...dizem-nos chapadinho que nos estão a esconder informação?...se bem que ache isso estranho...então, são senhores da NASA, tecnologia avançada, patatipatata e vão usar fitacola?...certo...

Portanto, não tenho propriamente uma opinião, só questões. É por isso que questiono tudo, seja de um lado ou doutro, desta "história". Não estou a querer provar nada, nem contradizer nada, só a questionar.

E, para já, tenho demasiadas perguntas sem resposta para poder formular uma opinião concisa. Mas, sem dúvida que há omissão e falsificação de informação. Mas isso já existia desde que o elo perdido apareceu ahahahah!

  Vani

quarta-feira, agosto 26, 2009 10:17:00 da tarde

Já agora, por falar em omissão de informação, experimenta ler O Guardião de Memórias (uma mistura de Admirável Mundo Novo com 1984). Lê-se rápido. :)

  Fada

quarta-feira, agosto 26, 2009 10:41:00 da tarde

Vani, eu não digo que pareça uma cabeça decepada. Tanto quanto sei, se é uma cabeça, pode ter o resto do corpo enterrado, em jeito de castigo que se dava aos piratas... :D

E também me lembra o mistério do crânio de cristal.

Vou ver das tais fotos.
Beijitos

  Jane Doe

quarta-feira, agosto 26, 2009 10:43:00 da tarde

Vani:

"A Jane Doe tirou-me muitas teclas dos dedos. :) "

Tendo em conta a tua aventura com o R é só para nao correres riscos desnecessários...

Ao que parece é uma teoria que assenta no pressuposto de que a natureza nao consegue criar formas perfeitas, tais como as piramides de que falava o Bruno Fehr na bósnia. Melhor, essa teoria assentava na capacidade da natureza de criar formas perfeitas mas foi rebatida. E pronto, o resto eu já disse. Nao encontrei no google nenhuma referencia, mas nao consigo pesquisar como deve ser. De qualquer forma... puxando um pedacinho pelo meu disco rigido, eu já ouvi falar dessa teoria sim senhor, apenas nao me lembro de detalhes e nao nao estamos a falar da teoria de Platao.

:)

"são senhores da NASA, tecnologia avançada, patatipatata e vão usar fitacola?...certo..."

Usar fitacola? Uiii... conta lá isso!

  Vani

quarta-feira, agosto 26, 2009 11:00:00 da tarde

Janedoe, LOOOOOOOOOOOOOOOOL, quanto à fitacola, sorry, eu queria dizer fita adesiva. Bem, não conheço essa teoria. Só a dos fractais, e é por alto, e implica a perfeita simetria das coisas criadas pela natureza...

Fada, mistério do cranio de cristal? isso não foi o ultimo indiana jones? :D

  Vani

quarta-feira, agosto 26, 2009 11:03:00 da tarde

Mas espera aí, eu estou lélé como tudo...fita-cola, fita-adesiva, não é a mesma merda?? pffff, cabecinha pensadora a minha...
Jane Doe, a fitacola/fita-adesiva está no post abaixo deste :).

  Fada

quarta-feira, agosto 26, 2009 11:19:00 da tarde

Vani, o mistério do crâneo de cristal é anterior ao filme... :p

A minha mãe tinha um livro interessante sobre mistérios, creio que era o "Fronteiras do desconhecido", das Sel. Readers Digest ou do Circulo de leitores, mas como eu lia aquilo em garota, à noite, ela achou que eu ia ter pesadelos e deu-lhe sumiço. Creio que foi aí que li sobre o assunto a 1ª vez.
Há cerca de 20 anos atrás... Xiiii...

E os meus pesadelos nunca estiveram relacionados com isso.

A teoria das formas perfeitas, também já ouvi um lamiré sobre isso, mas não tenho fontes... No entanto, tendo em conta todas as variáveis na Natureza, existem coisas que não me parecem "naturais", que mais não seja, devido à erosão. Por outro lado, temos coisas na natureza perfeitas, como a simetria e o radialismo de alguns corpos...

E para mim, fita-cola e fita-adesiva são "quase" a mesma coisa...lol (porque eu considero apenas fita-cola a de papelaria, e a outra, as de embrulhos grandes...lol).

Kisses

Ps - Agora é que vou procurar a bendita foto! :p

  Fada

quinta-feira, agosto 27, 2009 12:02:00 da manhã

Bem, a pedido de muitas famílias (3 pelo menos :p ), postei as tais fotos que me lembrei à bocado:
http://ummundodecoreseletras.blogspot.com/2009/08/e-daqui.html

Quem quiser, que adivinhe de onde são estas imagens... A primeira até foi censurada com uma espécie de fita-cola-adesiva-opaca... lol

;)


Beijitos :)

  Vani

quinta-feira, agosto 27, 2009 12:51:00 da manhã

Curiosidade, Bruno: o que pesnas de Hubert Reeves? :)

  Vani

quinta-feira, agosto 27, 2009 2:17:00 da tarde

Fada, mmm, lá terei de pesquisar esse craneo de cristal...nunca tal ouvi, a não ser no Indiana Jones ahahahah.

  Fada

quinta-feira, agosto 27, 2009 3:26:00 da tarde

Vani:
Sem ter segurança nesta fonte, aqui fica um lamiré:

http://pt.shvoong.com/exact-sciences/engineering/1650852-mist%C3%A9rio-dos-cr%C3%A2nios-cristal/

Creio que também há um documentário do National Geographic, mas não sei se em português.
http://www.nationalgeographic.com/history/ancient/crystal-skulls.html

Desculpa, não tenho tempo para procurar mais.

Beijitos

Ps - E a s minhas fotos?... São de Marte? :P

  Vani

quinta-feira, agosto 27, 2009 3:44:00 da tarde

Fada, és uma kida, brigada :) vou usar as fontes pra cuscar. Marte, onde, onde? :D oh pah, dadaa quantidade de vermelhidão...LOOOL. Ou isso, ou são extremófilos cá na terra?...ou algum fóssil numa pedra do espaço? :D as hipóteses sao imensas...e, como já disse, tenho uma inteligencia visual péssima. :)

  Vani

quinta-feira, agosto 27, 2009 4:29:00 da tarde

Já dei uma olhada. São os mesmos retratados no indiana jones ahahahahah. Ou pretendem ser. Obra extra-terrena? Ou os antigos eram muito mais espertos do que aquilo que gostamos de admitir?...mmmm?

  Fada

quinta-feira, agosto 27, 2009 5:02:00 da tarde

Vani:
Na minha opinião, ambas as hipóteses.

Os Antigos poderiam ter conhecimentos que se perderam, vindos de ETs simpáticos... ;)

E se pensarmos na Atlântida... :D

beijitos

PS - nas fotos, enalteci a cor, mas não foge muito ao original... :D

PS2 - Gostava de ter um crânio de cristal nas mão.
Até porque, além de todos os feelings que poderia ter com um deles, hoje sinto que o MEU crânio parece granito com uma bomba dentro a fazer tictac, quase a explodir... :(

  Vani

quinta-feira, agosto 27, 2009 6:35:00 da tarde

Fada, sabes, sempre achei que a atlantida é o exemplo de uma história contada de boca em boca ao longo dos tempos e que acabou por se tornar num mito. Pode muito bem ser a história da primeira aldeia neolítica, por ex,que para a época seria avançada aos olhos de outras mais atrasadas? E que um desastre natural fez desaparecer? Mas cuja história foi sempre contada de boca em boca? Claro que, chegando aos dias de hoje, começamos logo a pensar em mil e uma coisas fantásticas, mas se calhar era só isso, uma aldeia neolítica cujos habitantes tiveram de fugir devido a um cataclismo natural.

Ui, tás de enxaqueca? :/

  Fada

quinta-feira, agosto 27, 2009 6:59:00 da tarde

Vani:
Eu gosto de mitos e lendas, até porque muitas vezes têm um fundo de verdade.
Claro que, quem conta um conto acrescenta-lhe um ponto... eheheh

Quanto ao resto...
Não sei se é excesso de "enxa" ou falta de..... :p
Lol

;)

Beijinhos

  Vani

quinta-feira, agosto 27, 2009 8:10:00 da tarde

Fada, LOOOOOOOOOOOOOOOOOL! agora fizeste-me lembrar um "nós por cá" onde se mostrava uma tabuleta com o aviso de "Cuidado! Perigo de quecas!" AHAHAHA!

  Vani

quinta-feira, agosto 27, 2009 8:10:00 da tarde

Daqui a pouco o Bruno manda-nos ir conversar para outro lado...é que,conversas no tasco dele, só em bikini e dentro de lama, não é?... :-p :D

  Fada

quinta-feira, agosto 27, 2009 8:19:00 da tarde

Vani:

;)

Tendo em conta que ainda estou no trabalho, estar agora de biquini não dava muito jeito... :p

Quanto à lama, neste momento, não era o banho que me apetecia... :(
Uma massagem do loiro é que vinha a calhar, mas ainda falta uma semanita... :s

Creio que o Bruno já está habituado a que tomemos conta do estaminé quando ele não está...
Desde que não nos mande fazer a lida, está tudo bem!!! :p

Além disso... Tenho a "certeza absoluta sintética e analítica" que ele ADORA que estejamos por aqui... Mesmo que vestidas decentemente! :D
No fundo, apesar de ser "intolerante", ele até tem uma paciência de santo... ehehehe :D

Kiss kiss

  Vani

quinta-feira, agosto 27, 2009 9:00:00 da tarde

Fada, quem é que diz que eu estou vestida decentemente?? :D :D

  Fada

quinta-feira, agosto 27, 2009 9:03:00 da tarde

Vani, eu não fui, eu disse "mesmo que"... ;)

E eu estou...

Mas assim que chegar a casa, acho que nem vestida, quanto mais decentemente!!! :p

  Jane Doe

quinta-feira, agosto 27, 2009 9:09:00 da tarde

Mas o que aqui vai...

Eu nem me meto na conversa!

Já vi a cena da fita adesiva, acho que vou aproveitar para ler alguns dos textos que nao tenho lido.

Realmente...

Demasiado degradande e flagrande fita adesiva com tao bons editores de imagem. As fotos eram de quando mesmo?

Paciencia...

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:23:00 da tarde

Fada:

"E partindo do princípio que a classificação seria a nossa, e as plantas ETs seriam os seres vivos que realizariam fotossíntese, o processo poderia ser diferente e com diferentes estruturas orgânicas."

Claro, a vegetação noutro planeta poderá realizar um outro processo usando o principio da fotossíntese mas não necessariamente igual.

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:23:00 da tarde

Anónimo Valquíria Vasconcelos:

"E ando eu a decorar a "Fórmula de Deus"... Oh cristo!!!"

Os livros desse senhor irritam-me um pouco, pois são uma colagem de trabalhos e ideias de outras pessoas com um enredo original para fazer a obra parecer 100% fruto da mente do autor. Não é, e seria de respeitar só se ele desse crédito a quem o tem.

Apesar de nesse livro concordar com a teoria de um "Deus não antropomórfico, como afirma a Igreja, mas sim como uma inteligência superior e com uma determinada intenção na criação do Universo e no surgimento da Humanidade." No final o resultado é um Deus seja ele antropomórfico ou não e por se chegar a um Deus, o erro mantém-se, só muda o ser.

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:23:00 da tarde

Vani:

"Bem, dada a tua insistencia na cena das formas geométricas...é um montinho redondinho qd devia ser piramidal?... :D"

Redondos, pirâmides, alinhamentos perfeitos, formas complexas, não são na maioria dos casos obra do acaso e digo maioria para não dizer nunca.

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:24:00 da tarde

Fada:

"É uma radiação luminosa, que advém duma fissura, fissura essa natural ou artificial, em jeito de respiradouro."

Poderá ser uma fissura, sem dúvida o que desperta a curiosidade sobre a real composição da pedra.

"É líquido. Um líquido estilo magma, cuja composição originaria o tom verde. Que cai como uma cascata, para um qualquer buraco, daí não lhe vermos continuidade"

Poderá até evaporar.

"Pedido: a foto a6 tem umas letrinhas perto do cimo da cascata e parece-me alemão... Consegues perceber o que está lá escrito?"

Consigo, aquilo é uma marca de água que por erro ficou naquela imagem, simplesmente tem o nome do programa usado seguido da frase "imagem de ecrã inteiro".

"Pedido: no cantinho inferior esquerdo da foto f3, parece-me uma cúpula com um piquinho, inserida numa cratera. Podes ampliar?..."

Apresenta o mesmo formato da que destaco, mas nota-se melhor o topo do cone.

"Portanto, sacando dos lápis de novo:
Se realmente é uma cabeça, poderá ser:
1) artificial
2) restos mortais (resistentes...)"

1) provável
2) nada provável

"1a) ser um totem, ou um qualquer objecto representativo."

provas que restam de uma civilização que vivem, ou passou por ali e deixou marcas.

"1b) ser um edifício de ligação interplanetário (Stargate, Vani!!!)"

Nada provável.

"1c) ser um aviso, como uma bandeira deixada por um determinado povo, ou um marco, a marcar que o planeta é de interesse."

É de interesse ou foi de interesse ou ponto de passagem.

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:24:00 da tarde

Vani:

"vês, vês, Bruno, não sou a única a ver cabeças decepadas... :D"

Eu vejo com mais facilidade a possibilidade de serem artefactos do que cabeças decepadas :)

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:24:00 da tarde

Jane Doe:

"Com que programa limpaste as fotos?"

Uso principalmente:
- Paint (para encontrar aurélolas de pixelizacao que revelam edições)
- Digimizer
- WipFrag
- Corel Studio 12
- Photoshop CS4
- Foto-Mosaik 4.1.0.0
- Reshade Image Enlarger

"Eu posso fazer isso com qualquer programa de ediçao e tratamento de fotografia?"

Podes fazer tudo isto com a maioria dos programas, excepto um zoom decente.

"O que te chamou à atençao na primeira imagem?"

Depende de que texto te referes, se for deste em particular, o que me chamou a atenção foi ver a foto em ecrã inteiro depois de ter feito o download, basta clicares nela, aqui no blogue e verás em ecrã inteiro, não a dimensionei.

"Quando falas dos valores 0 0 0 e 0 0 1 para a cor negro, queres dizer que a nasa coloca o 0 0 1 como cor de fundo? E o 0 0 0 nao é reproduzível?"

quando cortas parte do espaço, e colocas um remendo negro, nunca será igual, daí o 0 0 0 1 ser o mais próximo mas não perfeito. Não conheço um programa que reproduza o negro 0 0 0.

"A teoria das formas perfeitas criadas na natureza aponta para a nao perfeiçao das formas? Que teoria é essa?"

A teoria seguida pelos arqueólogos para distinguir entre o que é natural e o que é feito pelo homem, que nos levaram em simples montes de areia a encontrar edificios de civilizações antigas, tal como as pirâmides da bósnia.

"estaria a ser usada para a descoberta das piramides em marte como essas piramides sendo obra de uma natureza capaz dessa perfeiçao, afastando assim - intencionalmente - qualquer acçao extra-terrestre, é isso? Porque se é uma acçao extraterrestre, entao a foto na lua, que foi encoberta por excesso de luminosidade, também terá essa mesma acçao, e isso nao é o que a Nasa quer admitir.(?)"

A teoria é usada no sentido oposto, os arqueólogos ao verem certas imagens de Marte comparam com as descobertas na Terra quando ainda cobertas de material após milhares de anos e suspeitam que o mesmo se poderá passar em Marte. Na Lua como não há tempestades, os vestígios não estão cobertos de material e por isso são ocultados.

"Quanto à última foto, eu nao consigo... parece uma espécie de craneo, mas sem dúvida (na de marte) nao me parece ser humano."

Uma Esfinge... por exemplo.

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:25:00 da tarde

Vani:

"E tb nunca ouvi falar dessa teoria das formas perfeitas/imperfeitas/redondo/piramide"

É um principio arqueológico, nada mais, se parece ser natural mas a forma é perfeita demais, vamos escavar.

"Nunca pensei é que fosse tão descaradamente encoberto"

Há pior, mas tendo em conta que a maioria das pessoas ainda sente necessidade de combater ideias diferentes, em vez de ponderar a sua possibilidade, ainda não revelo coisas bem mais descaradas... projectos em que estou a trabalhar neste momento. Mas a seu tempo verão a luz do dia.

"fitacola...dizem-nos chapadinho que nos estão a esconder informação?...se bem que ache isso estranho...então, são senhores da NASA, tecnologia avançada, patatipatata e vão usar fitacola?...certo..."

Nos anos 50 e 60 a fita-cola era tecnologia.

"O Guardião de Memórias (uma mistura de Admirável Mundo Novo com 1984)"

Só pela mistura parece ser interessante.

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:25:00 da tarde

Fada:

"E também me lembra o mistério do crânio de cristal."

Ahahahaha, bem pescado :)

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:25:00 da tarde

Jane Doe:

"Ao que parece é uma teoria que assenta no pressuposto de que a natureza nao consegue criar formas perfeitas, tais como as piramides de que falava o Bruno Fehr na bósnia. Melhor, essa teoria assentava na capacidade da natureza de criar formas perfeitas mas foi rebatida. E pronto, o resto eu já disse."

Muda a língua de busca.


"Usar fitacola? Uiii... conta lá isso!"

O primeiro texto desta série.

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:25:00 da tarde

Vani:

"Só a dos fractais, e é por alto, e implica a perfeita simetria das coisas criadas pela natureza..."

É isto que dá falar com uma mulher de ciências... para quem é de ciências todas as teorias precisam de ser cientificas :S Os Indiana Jones deste mundo também criam teorias :)

"Fada, mistério do cranio de cristal? isso não foi o ultimo indiana jones? :D"

O crânio de cristal é tão mitológico como a arca da aliança ou o santo graal, teoricamente existe.

"Mas espera aí, eu estou lélé como tudo...fita-cola, fita-adesiva, não é a mesma merda?? pffff, cabecinha pensadora a minha..."

Tecnicamente é, ainda não percebi a confusão.

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:25:00 da tarde

Fada:

"A minha mãe tinha um livro interessante sobre mistérios, creio que era o "Fronteiras do desconhecido", das Sel. Readers Digest ou do Circulo de leitores"

Acho que era Readers Digest pois também o tenho :)

"Por outro lado, temos coisas na natureza perfeitas, como a simetria e o radialismo de alguns corpos..."

Mas não formas geométricas alinhamento cósmico e simétrico.

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:26:00 da tarde

Vani:

"Curiosidade, Bruno: o que pesnas de Hubert Reeves? :)"

Um coleccionador de medalhas manipulado, dominado e completamente envolvido no sistema. Alguém por quem não nutro o mínimo de simpatia ou respeito, quer como fantoche quer pela sua obra devidamente seleccionada com dados politicamente correctos que lhe valeram a sua colecção de medalhas de Estado e tornar-se amigo "anal" dos Governos de 3 países.
Acho também que deveria de cortar o cabelo pois assusta crianças e adultos!

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:26:00 da tarde

Vani:

"Daqui a pouco o Bruno manda-nos ir conversar para outro lado...é que,conversas no tasco dele, só em bikini e dentro de lama, não é?..."

Vês, tu até conheces as regras. Vá aproveita enquanto é verão, no inverno custa mais :)

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:26:00 da tarde

Fada:

"Quanto à lama, neste momento, não era o banho que me apetecia... :("

Podem ser óleos aromáticos, não me faz diferença.

"Desde que não nos mande fazer a lida, está tudo bem!!!"

Hmmmmm, ideias, ideias...

"Além disso... Tenho a "certeza absoluta sintética e analítica" que ele ADORA que estejamos por aqui... Mesmo que vestidas decentemente!"

O que não me impede de ter preferências por menos roupas e mais pele.

"No fundo, apesar de ser "intolerante", ele até tem uma paciência de santo... ehehehe :D"

Isso é verdade e nem fui eu que criei essa teoria.

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:26:00 da tarde

Vani:

"Fada, quem é que diz que eu estou vestida decentemente??"

Ahahahahahaha

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:26:00 da tarde

Fada:

"Mas assim que chegar a casa, acho que nem vestida, quanto mais decentemente!!!"

Nessa altura comentar é fixe :) :p

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 8:27:00 da tarde

Jane Doe:

"Mas o que aqui vai..."

É não é...

"Eu nem me meto na conversa!"

Isso porque estás sem laptop :)

"Demasiado degradande e flagrande fita adesiva com tao bons editores de imagem. As fotos eram de quando mesmo?"

Anos 50 - 60 e algumas de 70.

  Jane Doe

terça-feira, setembro 01, 2009 7:39:00 da tarde

Bruno Fehr:

"Muda a língua de busca."

Eu sei que era esse o problema, mas nao estando no meu pc nao poderia fazer alguma coisa mais extensa...

  O Trinco da Luz

terça-feira, setembro 01, 2009 11:17:00 da tarde

Falaram da Esfinge e eu lembrei-me das cabeças da Ilha de Páscoa. Será que estarei geograficamente errado?

Quanto aos Crânios de Cristal, mais me faz pensar em quanto os Pizarros foram um atentado à nossa civilização. Tudo o que se perdeu pela cala ao ouro, não é que nos dias de hoje seja diferente... Mas hoje sempre temos a TV para nos entreter e não fazer pensar nisso.

  Fada

quinta-feira, setembro 03, 2009 1:19:00 da tarde

Bruno, disseste:
"Podem ser óleos aromáticos, não me faz diferença."
Óleo de amêndoas doces com alfazema, se faz favor, e podes começar a massajar! :D

"Hmmmmm, ideias, ideias..."
Põe-te com muitas ideias que dou-te com a frigideira na carola! :p

"O que não me impede de ter preferências por menos roupas e mais pele."
Massaja, massaja!...

"Isso é verdade e nem fui eu que criei essa teoria."
Pois não, fui eu!!! Sou uma inventora nata!!! :D

"Nessa altura comentar é fixe :) :p"
Também... Mas não só! :p

(Daqui nada aparece um ressabiado a dizer que andamos a "fazer coisas"...ahahahaha)

Kiss kiss :)

  CarlAnFoto CarlAn

terça-feira, agosto 28, 2012 5:37:00 da tarde

Olá Bruno,
excelente o trabalho de pesquisa sobre a pseuda-alunagem da Apollo 11 e seguintes. É pena q as pessoas não se questionem mais e que seja mais fácil comprar "tudo feito".

A razão deste comentário são as fotos disponibilizadas aqui e que porventura já não estarão disponíveis na Nasa. A minha pergunta é: as imagens que publicas-te estão na maior resolução, ou tens em arquivo as imagens com resolução maior? Isto porque gostaria de analisar algumas usando o photoshop.

Apenas referir ainda que neste post a imagem a1.jpg (a que deu origem ao tratamento gráfico) não ser a mesma que a a7, onde apresentas o trabalho final. a identificação da Nasa no canto superior esq. é diferente. Gostaria q explicasses isto.

De resto tudo óptimo, não consegui seguir o concelho de "dar uma" antes de comentar pois não tinha ninguém há mão...lol.

No caso de teres alguma foto das antigas da Nasa em resolução maior que queiras partilhar para eu ver o que posso fazer, eu agradecia, deves receber ai quando da aprovação do com. o meu mail.

Com a morte do Neil Armstrong este assunto das possíveis alunagens voltou a estar na berra, e eu voltei a ele novamente.

Um abraço,
Carlos