Os olhos na lua (parte 1/3)

Tal como disse queria iria fazer após recuperar o disco rígido de um velho portátil, aqui fica uma nova série com menos texto e mais imagens. Ou seja, o que vou fazer é mostrar fotos e deixar que sejam vocês a interpretar, quando eu tiver feito algo à foto para reverter a edição, irei dizer o que fiz. Desta forma, pode ser que os leitores não vejam este texto como uma opinião pessoal, mas pelo que ele pretende ser, a exposição de factos.
A importância de recuperar o meu disco rígido é por estas fotos terem sido retiradas do site www.nasa.com que hoje em dia já não é um site mas sim um motor de busca, pois o novo site da NASA é www.nssdc.gsfc.nasa.gov, algo muito mais fácil *inserir ironia* de lembrar ou www.nasa.gov.

A maioria desta fotos gerou tanta discussão que hoje algumas não se encontram no web site ou foram cortadas na zona da fita adesiva. Um corte como os que são feitos actualmente levantam questões, mas não tantas como um bocado de fita-cola não transparente.

A técnica tornada famosa pela NASA da fita adesiva. Nunca ninguém percebeu o motivo de colocar fita adesiva nas fotos. Eu não estou a dizer que é para esconder alguma coisa, estou só a dizer que não faz sentido publicar online estas vergonhas com fita adesiva, em particular quando a fita adesiva transparente já existia:





É normal, fazerem-me perguntas e até estou a adivinhar qual seria a primeira pergunta nos comentários a este texto: "O que achas que fita cola esconde?". Eu não acho nada, eu fiz o texto e eu levanto as questões, e a questão é: Para que é que serve a fita cola? Rasgaram a foto? Possuem o original façam outra e publiquem! Se precisarem eu próprio pago do meu bolso quantos rolos de fita-cola transparente a NASA precisar para evitar isto!

De seguida uma das minha fotos favoritas (pela negativa), do antigo site da NASA:

Como podem ver é gira, elucidativa e uma ofensa a quem pagou impostos que a pagaram mas que não possuem o direito de a ver.

O que se segue deveria ser uma apresentação de diversas fotos individuais que seriam em Terra montadas por forma a criar uma visão global da lua:

Pois... faltam mais fotos do que as que são apresentadas...

Claro que a fita cola levantou questões, causou confusão por isso apareceu o paint. Ora o paint (não estou a dizer que a NASA usou o paint do windows, mas sim algo similar pois o windows nem sequer existia), já foi um dia uma ferramenta fantástica, mas não importa o quanto são cuidadosos que qualquer coisa feita com programas arcaicos, é identificado hoje em dia:

Na foto acima podem ver vária "sombras" artificiais cinzentas sobre a foto e não parte da foto.

Duas "torres" ampliadas para se notar bem o efeito não natural criado sobre elas.

Mais uma "torre".

As 3 "torres" não ampliadas, mas mesmo assim é possível ver que foram "pinceladas".

Agora uma que é um mistério, pois já o era antes do homem ir à lua. Em fotos satélite apareciam umas rochas na cratera "Zeeman" no topo norte da lua a que deram o nome de: O Castelo. Este castelo foi apresentado assim ao público:


Ampliação:

Tudo o que é "pincelado" por programas antigos como o paint do windows, são difíceis de reverter, e o melhor que consegui foi:

O que se vê? Nada, mas dá para ver que há formas escondidas pela edição da foto. pois há relevos e sombras escondidas pelo cinzento da edição. Acredito que um dia consiga reverter totalmente isto, e até lá guardo as fotos.

A NASA foi muito criticada e questionada nesta altura, quer pela fita adesiva quer pelas fotos "pinceladas" a cinzento, por isso tiveram de recorrer a métodos melhores. Estes métodos ficam para o texto de amanhã, mas digo-vos já que passam pela perspectiva e claridade, ou seja, a melhor forma de esconder algo é à vista de todos, pois só assim não será visto.

Próximo texto: Parte 2

26 Comentários:

  Fada

terça-feira, agosto 25, 2009 3:44:00 da manhã

Ok... Depois vejo melhor...
E tento "pintar" alguma coisa!... Posso??? :p

Beijitos

  The one you know

terça-feira, agosto 25, 2009 1:25:00 da tarde

Mas querem melhor software do que fita cola?

  Bruno Fehr

terça-feira, agosto 25, 2009 1:28:00 da tarde

Fada:

Depende do que queres pintar :)

  Bruno Fehr

terça-feira, agosto 25, 2009 1:28:00 da tarde

The one you know:

"Mas querem melhor software do que fita cola?"

Nisso tenho de concordar, pois não há programa que reverta fita-cola :)

  Vani

terça-feira, agosto 25, 2009 8:45:00 da tarde

E como confiar na autenticidade das fotos?... e se não há nada para esconder mas quiseram fazer parecer que sim?...

A sonda japonesa Kaguya conseguiu imagens tridimensionais da Lua, inclusive do chamado "lado oculto", muito menos denso que o lado virado para a Terra (se é q estou a recordar bem). A alta densidade de outras zonas será devida a uma maior concentração de magma e rochas nesse lado.
Também se descobriram umas zonas cor de laranja, no meio do cinza árido. Zonas essas que corresponderiam a rochas com vapor de àgua aprisionado desde os tempos da formação da lua a partir do choque de um asteróide com a terra primordial. (se é que estou a recordar bem...tenho de confirmar)
Ah, na lua há Hélio3, não H3. He3, portanto. E, urânio. Muito interessante, urânio...
Engraçadamente, também se conseguiu ter ideia de como eram os asteróides que chocaram com a Lua. Blábláblá e surgiu a teoria, elaborada por japoneses, de que no tempo em que júpiter viu a sua órbita alterada, muitos dos asteróides (da cintura de asteróides entre marte e jupiter) foram catapultados na direcção da lua...e da Terra. O choque desses asteroides terá gerado tamanha energia que os átomos de carbono, hidrogénio e oxigenio, bem como outros, se juntaram em aminoácidos... Isto foi comprovado em laboratório. Segundo eles, a evolução molecular começou devido a um impacto profundo... :D
Mas, o que é certo é que agora existem imagens 3D de toda a superficie da Lua...e não parecem muito dispares daquelas que supostamente foram tiradas da primeira vez que o homem foi a lua...
Se estarão editadas, não sei. As que vi,num documentário,não o pareciam. Talvez estejam disponiveis na net, procurando por kaguya? não tive ocasião de aprofundar.

  Vani

terça-feira, agosto 25, 2009 8:47:00 da tarde

Essa sonda parece que também provou que pelo menos a apolo 15 esteve na lua, mostrando imagens do local de aterragem.

  Vani

terça-feira, agosto 25, 2009 8:53:00 da tarde

Ah, tinhas referido que possuias o Google earth pago? Tens o Moon in Google Earth? foi desenvolvido pela agencia espacial japonesa (JAXA) e pela Nasa, em parceria... não tenho acesso.

Mas através do site da JAXA conseguem-se umas imagens interessantes...uma magnifica desolação.

  Bruno Fehr

terça-feira, agosto 25, 2009 11:51:00 da tarde

Vani:

"E como confiar na autenticidade das fotos?..."

Mas esse não é o meu papel, eu não tenho de provar nada. Eu digo que as fotos são da NASA e de onde foram retiradas. Quem lê e não acredita é que pode tentar provar que elas são falsas, mas para isso pode procurar no site da NASA por elas, se não as encontrar pode sempre usar a Wayback Machine.
No máximo o que poderei fazer é dar o numero de referencia delas, pois costumo fazer um .doc com esses dados.

"e se não há nada para esconder mas quiseram fazer parecer que sim?..."

Hmmm, Se eu fosse teu marido e te dissesse que não tenho uma amante... por que motivo iria pintar o meu colarinho com batom?

"Ah, na lua há Hélio3, não H3. He3, portanto. E, urânio. Muito interessante, urânio..."

Sim Helium 3, e não H3, hidrogénio não poderia alimentar um país energeticamente. Se alguma vez escrevi H3, foi erro.

"Mas, o que é certo é que agora existem imagens 3D de toda a superficie da Lua...e não parecem muito dispares daquelas que supostamente foram tiradas da primeira vez que o homem foi a lua..."

Qual das vezes foi a primeira? O que eu quero é ver fotos de Zeeman, Geophone Rock e Obelisk. A agencia espacial Japonesa não publicou qualquer imagem destes 3 locais que são os mais caricatos. Neste texto pode-se ver fotos de Zeeman, os outros aparecerão nos próximos.

"Se estarão editadas, não sei. As que vi,num documentário,não o pareciam. Talvez estejam disponiveis na net, procurando por kaguya? não tive ocasião de aprofundar."

NASA (USA), ESA (EU), ISRO (India), Jaxa (Japao), CNES (Franca), DLR (Alemanha) e CNSA (China), estou atento a estes websites e ainda não encontrei fotos dos 3 locais que procuro.

  Bruno Fehr

terça-feira, agosto 25, 2009 11:52:00 da tarde

Vani:

"Essa sonda parece que também provou que pelo menos a apolo 15 esteve na lua, mostrando imagens do local de aterragem."

Eu não disse que as missões Apollo não estiveram lá, pois eu referi que há provas em que estiveram, o que eu disse é que não vimos imagens da lua na TV, os vídeos são obviamente um trabalho de estúdio.
Tenho imagens satélite de 5 das missões Apollo e dos espelhos colocados pelo Apollo 12.

  Bruno Fehr

terça-feira, agosto 25, 2009 11:52:00 da tarde

Vani:

"Ah, tinhas referido que possuias o Google earth pago? Tens o Moon in Google Earth? foi desenvolvido pela agencia espacial japonesa (JAXA) e pela Nasa, em parceria... não tenho acesso."

Não tenho o Google Moon, pois desisti dele a qualidade é miserável, é de uma pobreza vergonhosa, mas o Google Mars é perfeito... irónico haver mais qualidade a ver Marte do que a ver a Lua, mas suspeito que em breve haverá problemas e Marte não será tão visível.

  Vani

quarta-feira, agosto 26, 2009 3:01:00 da tarde

eu não disse que tinhas dito que a apollo 15 não tinha ido à lua. Comentei apenas que a sonda kaguya tinha conseguido encontrar a zona de aterragem.

mmmm...será que há pitrol na lua?...ahahahahahah (para isso era preciso ter existido matéria orgânica) ?

ás vezes, se quiseres esconder uma conspiração, manipulas as pessoas para acreditarem numa outra conspiração, que mascare a primeira. POr exemplo, se tu fosses meu marido e quisesses o divorcio, bastava-te pintar o colarinho com baton. Capice?

  Vani

quarta-feira, agosto 26, 2009 3:04:00 da tarde

Mas, na verdade confesso que não estou a perceber o que pretendes. As fotos não me dizem nada, apenas que há informação que está propositadamente "desaparecida" ou vedada ao público. Não tenho bakground de análise de imagens nem do assunto em questão para poder chegar a alguma conclusão, para além dessa.

Agora, esconder o que e porque? E se não estão a esconder nada, mas sim a fingir que estão a esconder algo para suscitar a curiosidade e os financiamentos? sei lá!

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 26, 2009 3:22:00 da tarde

Vani:

"mmmm...será que há pitrol na lua?...ahahahahahah (para isso era preciso ter existido matéria orgânica) ?"

Que se saiba não há, as primeiras missões Apollo procuravam petróleo... só gostava de saber como o esperavam trazer para terra...

"ás vezes, se quiseres esconder uma conspiração, manipulas as pessoas para acreditarem numa outra conspiração, que mascare a primeira. POr exemplo, se tu fosses meu marido e quisesses o divorcio, bastava-te pintar o colarinho com baton. Capice?"

Desculpa, mas bastava dizer-te na cara sim, que tinha uma amante quando o questionaste. A última coisa que um homem quer é uma mulher que se traíu e ainda por cima mentiu de pois de mentiu novamente para conseguir o que já se iria conseguir, ou seja o divórcio. Qualquer homem sabe, que uma mulher enganada dessa forma, conseguirá em tribunal fazer com que um homem rico acabe a pedir no metro. Não a tua teoria não funciona :)

  Bruno Fehr

quarta-feira, agosto 26, 2009 3:34:00 da tarde

Vani:

"Mas, na verdade confesso que não estou a perceber o que pretendes."

9 em cada 10 textos polémicos que faço, as pessoas não se agarram à mensagem, abordam o texto pela forma mais fácil que é atacar as minha conclusões e opiniões, por vezes de forma agressiva sem terem recolhido o mínimo de informação.

Muita gente sente uma necessidade tremenda em dizer que os outros estão errados, ou a inventar ou a mentir, só para negar aquilo que colocará em causa os seus conhecimentos ou aquilo que os assusta.

Nesta série não faço grandes comentários sobre o que penso, e assim podem vocês pensar e retirar conclusões pessoais.

A prova do que digo é que se dou a minha opinião os texto geram uma discussão sem fim nos comentários, onde a minha opinião é atacada como se fosse uma verdade absoluta, tendo em que argumentar por forma a defende-la de todos os lados... Agora repara bem nos comentários desta série... NÃO COMENTAM.

Isto leva-me a pensar que a maioria das pessoas só consegue construir uma opinião com base na opinião de terceiros, sem eu exprimir uma ideia, parece que os que gostam de se me opor, nao possuem ideias...

Eu gosto de provar os meus pontos de vista, e este texto é um desafio a opiniões, com as quais posso concordar ou atacar... resta saber que aceita o desafio!

"As fotos não me dizem nada, apenas que há informação que está propositadamente "desaparecida" ou vedada ao público."

E isso não te diz nada?

"Não tenho bakground de análise de imagens nem do assunto em questão para poder chegar a alguma conclusão, para além dessa."

Mas tens olhos, não há lá nada de invulgar mesmo sendo fora da Terra?

"Agora, esconder o que e porque?"

Não entendo a pergunta, parece que vivemos num mundo onde os governos nos dizem a verdade...

"E se não estão a esconder nada, mas sim a fingir que estão a esconder algo para suscitar a curiosidade e os financiamentos?"

Achas? A NASA necessitou de apoio para por um homem na Lua, agora tem um orçamento maior do que o exercito Americano que já tem o maior orçamento de estado do mundo, isto sem falar nos apoios dos fabricantes de armas em troca de novas tecnologias. sei lá!
Que lógica tem esconder uma mancha verde para que alguém a ache? E depois quando a acham não comentam e ignoram. O povo pensa que são pessoas como eu que andam a pintar as fotos da NASA. Em que é isso beneficia a NASA ou aumenta o financiamento? Além disso quantas pessoas iriam aceitar mais dinheiro desviado do seu sistema educativo e de saúde para investigar uma mancha verde numa rocha?

  Vani

quarta-feira, agosto 26, 2009 5:43:00 da tarde

#Que se saiba não há, as primeiras missões Apollo procuravam petróleo... só gostava de saber como o esperavam trazer para terra...#

LOOOOOOOOOL! deviam 'tar à espera do teletransporte...claro que não há petroleo na Lua, como?, se o petróleo é o resultado da decomposição de seres vivos feitos de carbono?

#"Agora, esconder o que e porque?"#
Eu estava a divagar, a tentar perceber o que poderia lá haver que eles escondessem e o que os leva a esconder. Não estava a dizer que o governo não mente...basta ver o nosso PM ahahaha.

Quando eu disse que as fotos não me diziam nada, era no sentido de que não estão a conversar comigo, e que a única conclusao que consigo tirar é que andam a omitir informação (quiçá deturpar) ao público em geral.

Mas, já percebi o que querias com os postes ihihihi. Só que, acho que estás a ver isso de uma perspectiva que me está a escapar. Não te esqueças que não sou geóloga :-p :D

  Fada

quarta-feira, agosto 26, 2009 8:02:00 da tarde

BACK!!!

:D

Ora... Pegando nos meus lápis de cor...
Eu diria (isto são conjecturas!!!) que, sendo estas fotos mesmo da Lua, escondem:

1) Infra-estruturas humanas, como tentativas de criação de base lunar (Espaço 1999, Vani!), construídas por um (ou vários) dos países na corrida ao Espaço.

2) Infra-estruturas alienígenas.
a) Antigas
b) Recentes
a1,b1) Habitadas
a2,b2) Desabitadas


Continuando a pintar, que o Bruno deixa-me usar os lápis todos desde que eu não fale em Deus (ehehe):

O Castelo seria isso mesmo, um edifício habitacional, um centro de investigação, uma estrutura militar de vigia e defesa (tipo posto avançado).

As "torres" são torres de telecomunicações. Ou armas, direccionadas para diferentes partes do Espaço. Ou estruturas de mineração, ou de captação de energia (eólicas?). Ou isto tudo.
Ou, porque não consigo aperceber-me do tamanho das mesmas, ETs a fazerem um picnic. :D

Além de não fazer sentido publicarem fotos com fita-cola opaca, a fita cola não está ordenada, como se tivesse resultado duma colagem de diferentes partes (e saio das pinturas para as colagens :p ). Ou seja, se estas fotos tivessem sido juntas a elaborar um mapa (eu já fiz destas coisas, sei do que falo), a fita nunca seria colocada a fazer "x" e colocada quase "ao calhas".
Portanto, também acredito que estejam a esconder algumas (muitas) coisas!

Agora vou pintar para o próximo!!! :D

kiss kiss

  Vani

quarta-feira, agosto 26, 2009 11:01:00 da tarde

iiiiiiiiiiih, o espaço 1999!!!! :))))

  Vani

quarta-feira, agosto 26, 2009 11:04:00 da tarde

Fada, tens cá uma imaginação, rapariga!!! :D e porque não, e porque não...
Mas pensava que só em 2020 é que o homem ia assentar tijolo na lua...

  Fada

quarta-feira, agosto 26, 2009 11:27:00 da tarde

Não, Vani, lembra-te que em 2012............
Cabuuuuuuum!!!!!!!!...

Vamos todos um bocadito mais acima da lua... eheheh
(Juntamo-nos a Deus e... ouch! Bruno. não me atires com os lápis!!! Ahahahahaa)

Joking... :D

E sim, tenho uma imaginação fértil e vocês não me conhecem no meu dia-a-dia, senão "passavam-se"... ;)

kiss kiss

  Vani

quinta-feira, agosto 27, 2009 2:18:00 da tarde

LOOOL, eu cá vou fugir para a mina do sal gema das redondezas! é um abrigo anti-nuclear, anti-sismico e anti cabooooms!!! ao menos não faltará sal para a sopa!:D

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 6:58:00 da tarde

Vani:

"LOOOOOOOOOL! deviam 'tar à espera do teletransporte...claro que não há petroleo na Lua, como?, se o petróleo é o resultado da decomposição de seres vivos feitos de carbono?"

Sim, mas nos anos 60 existia essa possibilidade teórica.

"Mas, já percebi o que querias com os postes ihihihi. Só que, acho que estás a ver isso de uma perspectiva que me está a escapar."

porque não é perspectiva alguma, estou a só a mostrar exemplos de coisas estranhas.

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 6:59:00 da tarde

Fada:

"1) Infra-estruturas humanas, como tentativas de criação de base lunar (Espaço 1999, Vani!), construídas por um (ou vários) dos países na corrida ao Espaço."

Possível.

"2) Infra-estruturas alienígenas.
a) Antigas
b) Recentes
a1,b1) Habitadas
a2,b2) Desabitadas"

Possível.

"O Castelo seria isso mesmo, um edifício habitacional, um centro de investigação, uma estrutura militar de vigia e defesa (tipo posto avançado)."

Ou uma ruína.

"As "torres" são torres de telecomunicações. Ou armas, direccionadas para diferentes partes do Espaço. Ou estruturas de mineração, ou de captação de energia (eólicas?). Ou isto tudo."

Ou ruínas.

"porque não consigo aperceber-me do tamanho das mesmas, ETs a fazerem um picnic. :D"

Pouco provável :)

"Além de não fazer sentido publicarem fotos com fita-cola opaca, a fita cola não está ordenada, como se tivesse resultado duma colagem de diferentes partes (e saio das pinturas para as colagens :p ). Ou seja, se estas fotos tivessem sido juntas a elaborar um mapa (eu já fiz destas coisas, sei do que falo), a fita nunca seria colocada a fazer "x" e colocada quase "ao calhas"."

Correcto, hoje já não usam este método eles simplesmente cortam a foto.

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 6:59:00 da tarde

Vani:

"Mas pensava que só em 2020 é que o homem ia assentar tijolo na lua..."

A China fala agora em 2015, ou 2012 se conseguirem fabricar o motor impossível... um projecto Inglês que quer Ingleses e Americanos afirmam ser impossível pois violaria as leis da física e os chineses dizem que é possível, as leis da física foram mal interpretadas.

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 6:59:00 da tarde

Fada:

"Não, Vani, lembra-te que em 2012............
Cabuuuuuuum!!!!!!!!..."

Não haverá cabummmm!

  Bruno Fehr

segunda-feira, agosto 31, 2009 6:59:00 da tarde

Vani:

"LOOOL, eu cá vou fugir para a mina do sal gema das redondezas! é um abrigo anti-nuclear, anti-sismico e anti cabooooms!!! ao menos não faltará sal para a sopa!:D"

Mas... não faltará a sopa?

  Vani

terça-feira, setembro 01, 2009 2:04:00 da tarde

Ora aí está! Sempre me revoltei contra essa frase "violará as leis da física"...mas quais leis da física porra!!! as leis que o ser humano tomou como certas, e postulou, baseado nos seus 5 fracos e limitados sentidos???

Tá bem q determinadas coisas se comportam de determinada maneira e q seguem uma regra. Mas essa regra pode estar mal interpretada. Se há coisa q a história da ciência nos ensina é que as teorias estão sempre a ser desmanchadas por novas possibilidades e que nada é impossivel.

O documentário que eu vi focava o programa espacial japones. Eles é q mandaram a sonda kaguya. Têm parceria com a Nasa. E falaram em 2020 para assentar arraiais na lua.