O Presidente Europeu

O último obstáculo foi ultrapassado ontem. O último país que não concordava com o tratado acabou por o assinar. O tratado de Lisboa é agora uma realidade e entra em vigor no dia 1 de Dezembro de 2009. No meu texto sobre este tratado eu referi que ele teria de ser aprovado antes do dia 20 de Dezembro, pois é necessário que a Europa tenha uma constituição, que é o Tratado de Lisboa, para impor um Presidente Europeu não eleito pelo povo, que por sua vez possa assinar o tratado de Copenhaga no próximo dia 20 de Dezembro. Este tratado colocará um homem acima do Presidente fascista Europeu que será um homem com mais poder do que o poder da ONU sobre o mundo. Esse homem será o Presidente de um governo mundial que será imposto sob o argumento do aquecimento global, que não passa da maior mentira jamais contada até hoje. Angela Merkel reforçou esta ideia ontem, ao falar na necessidade desse mesmo governo global e que espera que ele possa ser colocado em prática no dia 20 de Dezembro em Copenhaga.

Pois é, dia 20 o tratado que nos irá impor um governo global será assinado e antes do final do ano haverá festa rija nos EUA que irão celebrar este acontecimento com a imposição de uma lei marcial que retirará todos os direitos constitucionais por forma a permitir o desarmamento de todos os civis. O documento que autoriza uma possível lei marcial já existe e as ordens para fechar as fronteiras Americanas dia 31 de Dezembro também já existem. Mas antes é preciso que um estado de catástrofe nacional seja imposto... esperem... esse estado foi imposto por Obama na semana passada!

A segunda emenda da constituição Americana que autoriza e incentiva todos os civis a terem armas, foi escrita sob o pretexto de: "Enquanto os civis estiverem armados, nenhum governo ousará tornar-se tirânico"... o desarmamento serve mesmo para impedir a segunda revolução Americana, algo que um governo global imposto poderia criar.

Após a assinatura do tratado de Copenhaga, o governo global entrará ao serviço em 2010.
Para Presidente Europeu é muito provável que coloquem lá Tony Blair... ele demitiu-se de Primeiro-Ministro Britanico por um motivo. Agora para Presidente mundial nem imagino quem será o escolhido e para ser sincero tenho até medo de imaginar... é que King of the world só me lembra o Leonardo di Caprio no filme Titanic.


Onde vamos votar? Não vamos! Só podemos votar nos lideres nacionais, apesar de passar a haver um Presidente Europeu acima dele e ainda um Mundial acima de todos.

Onde está a contestação? Não há! Estamos muito ocupados com os presentes de Natal e planos para a passagem de ano, sem falar que anda tudo preocupado com a gripe Suína e o campeonato de futebol.

Há esperança? Talvez! Digo talvez pois ainda espero que alguém com algum destaque levante a sua voz em protesto, pois os bloguers são malucos, as vozes discordantes são malucas e se alguém as ouve, a sua atenção é imediatamente desviada por algo giro com muitas cores e gente famosa na TV.

Claro que muitos vão dizer, "É esperar para ver", pois é sempre assim, esperamos, esperamos, esperamos e quando vemos já nada podemos fazer. Busco a Net em Português em busca destes assuntos e parece-me que anda tudo a dormir. Procuro nos jornais que deveriam informar o público e só falam de tretas sem importância, destes salvam-se os jornais Britânicos que parecem ser os únicos ainda acordados.

Eu queria falar hoje da lei marcial Americana mas este assunto é mais importante. Mas, começo a pensar... valerá a pena? Tenho perfeita consciência que o que escrevo aqui é cuspir no prato que como, atacar o poder que me veste e para quem eu trabalho. Eu tenho a minha parte de culpa, mas o que posso fazer? Largar tudo e ir para as ruas sozinho protestar enquanto toda a gente anda às compras para o Natal? Entrar em falência pessoal lutando pelo bem de quem acha que está tudo bem? Penso que nada faço senão perder o meu tempo pois apesar de saber que não será este meu miserável blogue que irá salvar o mundo, sempre acreditei no ser humano como sendo o verdadeiro poder, mas será? Ou será que esse poder está irremediavelmente dominado?

Em terra de cegos quem tem olho é Rei, mas Rei sem reino pois todos os reinos estão a ser tomados por uma elite, a mesma elite, aqueles que poucos acreditam existir.

E aqueles sapatos lindíssimos que vi ontem na montra? Vamos falar disso! *inserir 60 toneladas de ironia*










Fontes: Seguir os links no texto

36 Comentários:

  Teté

quinta-feira, novembro 05, 2009 9:34:00 da manhã

Não há blogue (ou bloguista) que salve o mundo - o tempo do super-homem já passou! - mas costumo ler os teus posts.

As opiniões não são todas coincidentes, em alguns temas nem tenho opinião formada, mas que há uma elite a governar, sem que seja sequer a mais aparente, também não me restam dúvidas!

Deixar cair os braços é que não... ;)

  I.D.Pena

quinta-feira, novembro 05, 2009 10:43:00 da manhã

Eu acho que o mundo não precisa de ser salvo, o mundo está bem as pessoas é que estão fodidas.

  Bar do Alcides

quinta-feira, novembro 05, 2009 10:57:00 da manhã

vejam aqui o que se passa em Portugal...

http://bardoalcides.blogspot.com/

  HAZEL

quinta-feira, novembro 05, 2009 11:21:00 da manhã

Aceito a tua descasca, Bruno.
Sou das tais pessoas que fecha os olhos a essas coisas porque não quero angustiar-me com algo sobre o qual não tenho qualquer poder.
Não ando entretida com futebol, política, gripes ou telenovelas. Até porque a televisão aqui em casa só se liga uma vez de 15 em 15 dias, e se nos lembrarmos disso. Vivo à margem das lavagens cerebrais televisivas. Sou um ET. ;)
Se isto é verdade (não que esteja a pôr a tua palavra em causa), então pode considerar-se digno de alarme.
Mas sou apenas 1 pessoa. E ando ocupada a tentar ser feliz.
De vez em quando, venho aqui espreitar o teu blog para ver o que se passa no mundo, mas rapidamente volto ao meu percurso, que nunca se sabe se será de alguns centímetros ou de vários quilómetros.
Egoísta, talvez, admito.
E se houvesse mais gente egoísta como eu, o mundo era bem mais simpático. ;)

Um abraço, com amizade e respeito pela tua missão

  13

quinta-feira, novembro 05, 2009 12:14:00 da tarde

Bruno, vinha aqui dar-te o link de um programa que acabou de passar no Odisseia e que está no Youtube, precisamente sobre a questão do aquecimento global. Nem por acaso...

Não digo que estejamos a ser enganados propositadamente (até porque o lado "positivo" disso é sermos mais responsáveis e higiénicos), mas estamos a sê-lo. Pelo menos a avaliar por esta nova teoria, que consta que não conseguem contestá-la...

The Cloud Mystery, já ouviste falar?
http://www.youtube.com/watch?v=dKoUwttE0BA

Creio que serás melhor para "espalhar" esta "notícia".

  Migas-o-Sapo

quinta-feira, novembro 05, 2009 12:23:00 da tarde

Sem sombra de dúvidas que é absolutamente surreal não haver nenhuma voz que se levane. Tal como disse há tempos, as pessoas em Portugal eram capazes de arrasar tudo numa guerra civil se se dissesse que o Benfica ou o Sporting seria extinto por dívidas à Segurança Social mas ficariam impávidas e serenas se a independência do país fosse para o galheto. Havia de ser noutro tempo...
Agora quanto ao Tratado de Copenhaga, se é que vai haver tratado, pois nestas coisas nunca se sabe, não achas, Bruno, que estás a exagerar um bocado? Dei uma vista de olhos ao projecto que vai ser proposto e não me pareceu vir nada em prol de governos mundiais ou coisa parecida. E vendo bem as coisas, que interesse teriam os estados de países da Ex-União Soviética ou da Ex-Checoslováquia de assinar o Tratado/Constituição Europeia para a seguir se irem submeter a um governo mundial tão pouco tempo depois de readquirirem as suas liberdades e independências? E os Amaricanóides da Treta? Nem pó, meu caro. Esses então, se soubessem que algo atentaria contra a sua independência, eram capazes de reduzir o planeta a escombros. Estamos a subestimar os Amaricanos. E, repito, é pouco sensato menosprezar o aquecimento global. As evidências são muitas e não só uma maior actividade cíclica do Sol o pode justificar.

  Bruno Fehr

quinta-feira, novembro 05, 2009 4:01:00 da tarde

Teté:

Não é salvar, é ver o que se passa e não ver nada, nem uma única interrogação.

  Bruno Fehr

quinta-feira, novembro 05, 2009 4:02:00 da tarde

I.D.Pena:

Sem dúvida que estamos fodidos e estamos a foder acima de tudo os nossos filhos que vão crescer a achar que é normal viver assim.

  Bruno Fehr

quinta-feira, novembro 05, 2009 4:02:00 da tarde

Bar do Alcides:

Nada subtil esta publicidade descarada.

  Bruno Fehr

quinta-feira, novembro 05, 2009 4:02:00 da tarde

HAZEL:

Não temos qualquer poder, mas não achas que é estranho ninguém o ter? As pessoas para actuar precisam de liderança, parece que somos incapazes de fazer algo importante sozinho... mas ninguém aparece, o que parece que todas as pessoas com um mínimo de influencia estão na outra equipe.

  Bruno Fehr

quinta-feira, novembro 05, 2009 4:02:00 da tarde

13:

Irei ver o vídeo, cloud mistery faz-me lembrar HAARP, uma das armas para iludir a população.

  Bruno Fehr

quinta-feira, novembro 05, 2009 4:02:00 da tarde

Migas-o-Sapo:

Se um clube de futebol dos 3 grandes fosse fechado, ou despromovido os Tugas iriam causar uma guerra maior e mais perigosa que a tentativa de Hitler controlar o mundo.

"Agora quanto ao Tratado de Copenhaga, se é que vai haver tratado, pois nestas coisas nunca se sabe, não achas, Bruno, que estás a exagerar um bocado?"

Transferência de riquezas e constituição de um governo Internacional, são dois pontos claros desse tratado. Este perigo não é exagero, exagero seria dizer que George Bush iria liderar esse governo.

"Dei uma vista de olhos ao projecto que vai ser proposto e não me pareceu vir nada em prol de governos mundiais ou coisa parecida."

Está lá, é referidos dezenas de vezes, desde a sua constituição até às sua funções e responsabilidades.

"E vendo bem as coisas, que interesse teriam os estados de países da Ex-União Soviética ou da Ex-Checoslováquia de assinar o Tratado/Constituição Europeia para a seguir se irem submeter a um governo mundial tão pouco tempo depois de readquirirem as suas liberdades e independências?"

Todos os países em vias de desenvolvimento irão receber o que precisam, tecnologia ocidental sem terem de dar nada em troca a não ser a sua assinatura. Aos países pobres é oferecida a transferência de riqueza dos países ocidentais para os do terceiro mundo.

"E os Amaricanóides da Treta? Nem pó, meu caro. Esses então, se soubessem que algo atentaria contra a sua independência, eram capazes de reduzir o planeta a escombros."

Eles são os primeiros signatários desse tratado, é do interesse deles assinar. A sua soberania já se perdeu quando formaram a Reserva Federal e foi acentuada no último G20 ao cederem o poder sobre a sua economia ao FMI. O único perigo que poderá ser a salvação é o povo Americano combater este governo e impedir que isto vá para a frente. Após o encerramento das fronteiras iremos ver a reacção e capacidade de reagir do Americano comum.

"E, repito, é pouco sensato menosprezar o aquecimento global."

É muito sensato visto que está mais do que provado que nada tem a ver com o Co2, é um processo natural. Os mares não estão a subir, nem a aquecer. Os mares não sobem há 40 anos, o mar está a arrefecer, a população de ursos polares não está a diminuir e quando os vemos a nadar é porque querem nadar e não porque não há gelo, os pólos estão a recuperar e não a derreter. As imagens mostradas são falsas As evidências são muitas e não só uma maior actividade cíclica do Sol o pode justificar.
Imagens são comparadas entre o inverno de hoje e os Invernos de há 60 anos que eram mais frios, mas esses Invernos irão voltar após o sol cumprir o seu ciclo que culmina em 2012.
Vemos cientistas a dizer isto, o oposto é dito por políticos que mencionam a comunidade cientifica sem aparecer 1 a defender essa tese politica.

  lunatiK

quinta-feira, novembro 05, 2009 4:57:00 da tarde

Pois eu acho que não perdes o teu tempo, desde que descobri o teu espaço que todos os dias cá venho, és talvez a minha melhor fonte noticiosa.
Quanto aos Tratados, acho que o poder será sempre do Povo, e claro que anda adormecido, mas penso que não será por lhes tirarem as armas que lhe retiram o poder, penso é que a informação chega a muito pouca gente, e a verdade é que muitos amigos com quem tento abordar muitos dos temas que aqui leio vêm logo com o selo de Teoria da Conspiração, acima de tudo hoje não se discutem ideias nem ideiais. Espero sinceramente que se mude radicalmente a maneira de pensar.
Cumps.

  shark

quinta-feira, novembro 05, 2009 5:30:00 da tarde

Concordo tanto contigo na questão do fim dos bustos em termos de nova ordem mundial quanto discordo na questão climática.
Ainda assim, prevalece a primeira impressão. Gosto da forma como expões o raciocínio.

  shaun

quinta-feira, novembro 05, 2009 5:51:00 da tarde

Bom se nos referirmos a Portugal sim é um facto, mas penso que se deve à fraca visibilidade política e económica que temos lá fora. O ponto alto deste país deve ter sido os descobrimentos! lol

Não somos um país de líder, somos um país liderado. A iliteracia e a ociosidade são dois males muito grandes neste país. As conversas de café são sempre em torno das manchetes da TV e dos jornais, e se não passa em nenhum dos dois é porque não interessa. Esquecemo-nos que a nossa liberdade termina onde começa a dos outros... mas parece a "dos outros" parece cada vez maior... Cada vez há mais gente que diz que não vê tv... (só as séries da fox e do axn), não lê jornais... (só a bola e a nova gente) e quanto à internet só para trabalho e umas horas de lazer (entenda-se jogos e porno lol), portanto vão questionar o quê??? :) E... “se os outros não fazem, não vou ser diferente, pois parece mal, e se fizer sou ridicularizado”. Enfim…

Quanto a "lá fora", até se nota que há gente que se mexe, se não havia tantos vídeos no youtube :)
Se formos a ver há também muitas manifestações sobretudo quando há aquelas reuniões importantes como foi caso do G20 em St Pittersburg, mas são ridicularizadas e minimizadas.

-------

«Ser governado é ser espiolhado, inspeccionado, vigiado, dirigido, legislado, regulado, certificado, doutrinado, influenciado, controlado, tributado, pesado, censurado, ordenado por homens que não têm nem o direito, nem o conhecimento, nem a virtude para o fazer. Ser governado significa ser, em cada operação, em cada transacção, em cada movimento, anotado, registado, controlado, taxado, selado, medido, avaliado, tributado, patenteado, licenciado, autorizado, endossado, admoestado, impedido, reformado, indeferido, detido. É ser, sob pretexto do interesse geral, taxado, manobrado, enganado, roubado; depois, à menor resistência, à menor palavra de queixa, reprimido, multado, abusado, molestado, seguido, intimidado, batido, desarmado, garrotado, esfolado, vendido, traído e, finalmente, escarnecido, ridicularizado, insultado, desonrado. É isto o governo, é esta a sua justiça, é esta a sua moral!» (Proudhon)

abraço

  HAZEL

quinta-feira, novembro 05, 2009 6:50:00 da tarde

Somos meia dúzia de líricos que não se movimentam pelo dinheiro ou pelo poder, Bruno.
O resto está todo do outro lado.

  Cat

quinta-feira, novembro 05, 2009 8:07:00 da tarde

Ola, recebi há pouco um mail a falar num concurso para inventar uma conspiraçao para tu poderes explorar no teu blog. Mandei-te um pequeno texto sobre a invenção da sida feita por judeus em Portugal durante a 2a.guerra, espero que gostes e publiques. Fico a espera, beijinhos.

  Vani

quinta-feira, novembro 05, 2009 8:37:00 da tarde

Estou tão farta de interrogações e de não poder fazer nada a não ser aquilo que está ao meu alcance...estou tão farta de idiotas que perdem o seu tempo a prejudicar os outros, só porque si...estou tão cheia de trabalho porque nesta merda de sociedade capitalista tem de se trabalhar para ganhar dinheiro para a bica...que, no meio disto tudo, levantei a cabeça, li Face Oculta, disse, hãn, o que?...abro o jornal...noticia de ultima hora, linda de suza daz strip tease em discoteca (ou lá o que era)...jornal voa, televisão desliga-se e a fantasia é que está a dar. E uma grande revolta contra a estupidez humana fica. Anos e anos de permanencia no planeta e continuamos os mesmos da idade média, a tal idade das trevas que de trevas não teve nem menos nem mais do que as que temos agora...

  Vani

quinta-feira, novembro 05, 2009 8:38:00 da tarde

Já agora, os sapatos eram melissas??? ahahahah!

  Bruno Fehr

quinta-feira, novembro 05, 2009 11:30:00 da tarde

lunatiK:

"e a verdade é que muitos amigos com quem tento abordar muitos dos temas que aqui leio vêm logo com o selo de Teoria da Conspiração, acima de tudo hoje não se discutem ideias nem ideiais."

O selo teoria da conspiração é melhor forma de negar algo que de outro modo não conseguem.
O incrível é que a teoria se torna realidade e voltamos a avisar para o que se segue e volta tudo a ser teoria novamente.

  Bruno Fehr

quinta-feira, novembro 05, 2009 11:30:00 da tarde

shark:

Continuo à espera de um documento cientifico que ligue directamente o consumo de carbono com o aquecimento global. Um único documento que seja cientifico e não politico que prove que a acção do homem está a afectar o aquecimento do planeta, ou um que diga que o sol não tem qualquer influencia nisso.

  Bruno Fehr

quinta-feira, novembro 05, 2009 11:30:00 da tarde

shaun:

É verdade, em Portugal via imensa gente com a Maria e a Bola e muito pouca gente com um livro, e muitos dos que via com livros nem os liam é só para dar estilo. Por aqui vejo mais pessoas no metro com um livro na mão do que com um jornal e nem sequer há jornais dedicados ao futebol... Portugal tem pelo menos 3.

"Quanto a "lá fora", até se nota que há gente que se mexe, se não havia tantos vídeos no youtube :)"

É verdade, mas só este ano 35 contas sérias de YouTube foram encerradas e os vídeos importantes são regra geral banidos na Europa. Para os ver tenho de usar IP's americanos. Há um controlo de informação livre que nos chega.

  Bruno Fehr

quinta-feira, novembro 05, 2009 11:30:00 da tarde

HAZEL:

"Somos meia dúzia de líricos que não se movimentam pelo dinheiro ou pelo poder, Bruno.
O resto está todo do outro lado."

Infelizmente é assim.

  Bruno Fehr

quinta-feira, novembro 05, 2009 11:31:00 da tarde

Cat:

"Ola, recebi há pouco um mail a falar num concurso para inventar uma conspiraçao para tu poderes explorar no teu blog."

Cara Cat, não sei se está a falar a sério ou a brincar. Eu não abordo conspirações inventadas. Eu não envio mails a ninguém. Na barra lateral do meu blogue estão descritos os mails falsos que estão a usar fazendo-se passar por mim. Se for confirmar com atenção verá que NÃO é o meu E-mail e deverá marcar todos esses mails como Spam.

O meu mail é fehrbruno@googlemail.com e um dos mails falsos é ferhbruno outro é fehrismo, outro é someapetececobrir outro é bruninhomrg todos estes são falsos.

  Bruno Fehr

quinta-feira, novembro 05, 2009 11:31:00 da tarde

Vani:

"li Face Oculta, disse, hãn, o que?...abro o jornal...noticia de ultima hora, linda de suza daz strip tease em discoteca (ou lá o que era)...jornal voa, televisão desliga-se e a fantasia é que está a dar."

É isso mesmo, hipnotismo televisivo e ilusão jornalística.

"Já agora, os sapatos eram melissas??? ahahahah!"

Se calhar eram...

  ceptic

sexta-feira, novembro 06, 2009 12:37:00 da manhã

Acho que não é bem, o estarmos a dormir, é só que o conceito de "um governo mundial", que detenha tal poder, mais parece uma coisa de filme, não acho que seja concretizável, nao nestes termos.

No entanto não acho que andes a perder o teu tempo, nem que te devas dedicar ao consumismo, só porque sim, muito menos baixar braços. Toda a informação tem a sua utilidade, é preferível a qualquer tipo de ignorância...

Mas tens de entender que esse conceito, pelo menos para mim é um pouco "hollywoodesco".

  Bruno Fehr

sexta-feira, novembro 06, 2009 12:58:00 da manhã

ceptic:

"Mas tens de entender que esse conceito, pelo menos para mim é um pouco "hollywoodesco"."

Mas o que há de hollywoodesco no que já é um facto, que vai mesmo ser escolhido até dia 20 um Presidente Europeu ao abrigo do Tratado de Lisboa? É facto não é teoria.
Se por hollywoodesco te referes ao governo mundial, o que há de teoria no documento da ONU que vai ser assinado dia 20?:

http://www.globalclimatescam.com/documents/un-fccc-copenhagen-2009.pdf

Não podemos decidir o que acreditar baseado no que nos dizem na TV nem no que eu digo, mas sim nos documentos emitidos por quem o pretende fazer. Por que motivo diria a Merkel que quer um governo mundial aprovado dia 20 de Dezembro se não fosse essa a agenda para esse dia?

  Jane Doe

sexta-feira, novembro 06, 2009 1:55:00 da manhã

Quando vi o título do post no meu blog - ontem - nem me deu vontade de abrir a janela. E acho que não abri mesmo.

Pronto, e agora li, assim umas linhas soltas, acho que nem vou querer ler nada.

Não que não queira saber, quero, melhor dizendo, acho necessário estar informada, mas tudo isto começa a gerar uma sensação de desanimo e impotência.

Porque por muito que faça as coisas não vão mudar.

  Anónimo

sexta-feira, novembro 06, 2009 5:35:00 da tarde

Mas é isso mesmo que "eles" estão a escoar das suas fábricas de dominação global: medo, impotência e frustação. O indivíduo, com este peso às costas, entra numa espiral depressiva que só pode ser remendado com entretenimento colorido e consumismo guloso (placebos que saem das linhas de montagen das suas fábricas). Toda a "conjuntura internacional", que tanto abala a actualidade, tem o objectivo de oprimir física e mentalmente o ser humano comum, para este se resignar à servidão das elites abastadas... que não passam de porcos a comer bacon :). A nossa única defesa, como indivíduos sem influência ou poder, é alcançar a felicidade (ou pelo menos uma saudável auto-estima), e continuar de olhos abertos e boca escancarada. Tudo é cíclico (como a própria natureza) e nunca o deixará de ser...

PS: Perdoem as metáforas foleiras; não há nada a fazer, sou mesmo assim :). Para ouvirem porcos a comer bacon nada melhor que a canção "Piggies", dos Beatles, "White Album".

  Jane Doe

sábado, novembro 07, 2009 11:22:00 da manhã

Este comentário foi removido pelo autor.
  Jane Doe

sábado, novembro 07, 2009 11:22:00 da manhã

Anónimo:

Eu gostei das tuas metáforas dos porcos a comer bacon, sem dúvida.

E tens razão no que dizes, realmente.

A autoestima é super importante para não nos deixarmos subjugar por esta gente, e a felicidade... bem, temos que descobrir o que é isso afinal da felicidade, e aprender a aproveitar os pequenos momentos felizes. Eu diria que mais que felicidade é a consciencia, os objectivos pessoais, e a não estagnação como seres humanos. Enfim, um crescimento livre, em direcção a melhores seres humanos, e mais fortes.

Eles são vencíveis, mas as pessoas têm de se aperceber do que se está a passar, e não se apercebem. É esse o grande problema.

  Migas-o-Sapo

domingo, novembro 08, 2009 10:51:00 da manhã

Acerca da descrença nas alterações climáticas, das teorias de conspiração e coisas de novas ordens mundiais, estou tão saturado de comentar isso sem ver algo em concreto que faço minhas as palavras do vídeo que, se não me engano, pode encontrar-se aqui:

http://www.youtube.com/watch?v=S-msE33erCs

Boas teorias... com juizinho!
Saúde a todos!

  Bruno Fehr

domingo, novembro 08, 2009 1:01:00 da tarde

Jane Doe:

"mas tudo isto começa a gerar uma sensação de desanimo e impotência."

É a reacção inicial, e é isso que eles querem.

  Bruno Fehr

domingo, novembro 08, 2009 1:01:00 da tarde

Anónimo:

Eheh, boas metáforas.

  Bruno Fehr

domingo, novembro 08, 2009 1:01:00 da tarde

Migas-o-Sapo:

"Acerca da descrença nas alterações climáticas"

Consegues provar que existe? Nem tu nem ninguém, mas é possível provar que não existe.

"estou tão saturado de comentar isso sem ver algo em concreto"

Mas dizes ter lido o documento do tratado de Copenhaga e não leste nada de significativo, o que se torna óbvio que não leste o documento. Como podes ter factos esperando quer te caiam no colo? E onde está a conspiração?

O tratado de Lisboa é conspiração? A nomeação do Presidente Europeu até 1 de Dezembro é conspiração? A lei que permite anular a ler Passe Comitatus é conspiração? A ordem de retirada de todos os guarda fronteiriços das fronteiras Americanas é conspiração?

A tua definição de conspiração não se adequa à definição da palavra, é um definição manipulada onde tudo o que é contra o estado é conspiração.
Mas estou cansado de explicar que a teoria da conspiração é algo que se refere a quem fala do assunto como teoria e ao alvo como conspiração e não ao contrário. No entanto quando a teoria passa a facto, o termo não pode ser usado.

Quanto ao vídeo, li o título e fechei a janela, nada com tuti-fruti no titulo poder ser significativo nem minimamente adequado ao assunto.

"Boas teorias... com juizinho!"

Aponta a teoria! É que por mais que busque o texto não a encontro!

  Atento

quarta-feira, novembro 11, 2009 3:41:00 da tarde

Apesar do meu ingles ser bom o texto do tratado eta escrito com tal ambiguidade que não consigo encontrar referências desse tal inter-governement podias indicar paginas sespecificas se faz favor??

PS-como ja referi anteriormente acho que seria pertinete apontar algumas personalidades ligadas a este esquema ( david rockefeller, familia rothschild, familia real britânica..entre outros) ha tembém uma serie de videos no youtube com o titulto "the bloodlines of power" acho que devias por os links desses videos aqui.

Cumprimentos