Ser não é falar!


Ser Português não significa saber falar Português.

A empresa onde trabalho, está a fazer um concurso para modelos. Procuramos uma cara, um corpo, uma voz para ser a imagem de uma nova empresa dentro da nossa empresa. Uma nova área de investimento. A publicidade. Nesta área o primeiro passo é fazer publicidade à publicidade. Como se faz isso? Caras, corpos, vozes. Seduzindo o mercado com inteligência mostrando o que se quer ver. Beleza.

Estamos a receber candidatas de vários países, para serem a nossa imagem nesses países. Portugal é dos mercados a invadir.

As modelos candidatas, receberam um questionário, que devolveram preenchido, juntamente com fotos de cara, meio corpo e corpo inteiro. Enviam também um ficheiro áudio. 


Assim que recebemos as candidaturas, as fotos são separadas dos questionários e do ficheiro de voz, mantendo unicamente um código de identificação numérico que serve de ligação. Não temos maneira de saber que cara corresponde a uma voz ou, a um questionário. Só a responsável por essa codificação sabe.

Eu estive a ver os questionários em Inglês, Francês e Português, fiquei assustado com o Português usado. 


A pergunta era, o porquê de quererem ser a cara da nossa empresa. Passo a transcrever as respostas de duas modelos Portuguesas, uma de Lisboa e outra de Braga:


"...quero ser modelo fotográfica e esta oportunidade é um bom comesso."
"Porque sou modelo fotografico (femenina) já com experiência"
Na verdade a primeira queria dizer, que quer ser modelo fotográfico e esta oportunidade será ou seria um bom começo. A segunda queria dizer que era feminina, mas isso já nós sabíamos, visto que o concurso estava aberto ao sexo feminino.


Devo dizer que não houve uma candidata Portuguesa que não desse erros na escrita. Não falo em um erro aqui, outro ali, falo em mais de 20 erros numa página, três e quatro por frase.

Encontrei palavras como:


Converça, comesso, proficional, ezemplar, Elas serem..., salchixas, tou, viajens, concelho (verbo aconselhar), cazamento (deve ter algo a ver com canzana, mas não é por aí que vai ganhar o concurso), estrema, promenor, inchaqueca (esta gostei, se a queca "incha", deve ser bom...)

Avaliando pelos questionários, chumbei todas as Portuguesas, excepto uma. Claro que a minha opinião contará somente 1/3, a avaliação das fotos e do ficheiro de voz também conta.
No final o que procuramos não é a modelo linda e burra, é a mulher equilibrada.

Tudo isto fez-me pensar, em como estará o ensino da língua Portuguesa na escola. Eu sei que no meu tempo, vi jovens a chegar à faculdade sem saber ler. Pior, encontrei jovens na faculdade de letras, que juntavam as silabas a ler, não respeitavam as pausas, não davam entoação interrogativa, etc


Fiquei assustado, todas as candidatas tinham o décimo segundo ano completo, 3 delas estavam na faculdade e, dessas só uma sabia Português. Incrível. Eu pergunto, depois de morar 2 anos em Londres e estando há dois anos em Hamburgo, falando Português uma vez, de duas em duas semanas na melhor das hipóteses e não indo a Portugal regularmente... Como é que eu ainda falo Português quando alguns Portugueses esquecem a língua que falam todos os dias?


É triste... Anda a língua Portuguesa assim tão em baixo, ou simplesmente apanhei as maiores idiotas nacionais?

O que é que a foto tem a ver com o texto? Foi a única utilidade que encontrei para essas modelos...

90 Comentários:

  Helluah

terça-feira, outubro 02, 2007 9:48:00 da tarde

isso foi pq eu nao enviei a minha candidatura...
mas é verdade, até eu dou erros, nao tanto como dava antes de regressar, mas dou!!

  PsYcHo_MiNd

terça-feira, outubro 02, 2007 10:01:00 da tarde

muitas vezes pura preguiça. não sabem como se diz, escreve ou o que significam certas palavras e claro que não se dão ao trabalho de ir ver como é correctamente. nas escolas também não tem o incentivo para o fazer, até por que muitos dos professores também falam ou escrevem mau português e não é por andarem da faculdade que é diferente, possivelmente até é onde mais se 'mata' a lingua portuguesa.

  Musa

terça-feira, outubro 02, 2007 10:22:00 da tarde

Lol, mas isso para mim não é novidade...faltaram os "prontos" e os "montes" no meio das frases...
"Prontos, tenho montes de experiência, porque zou uma modelo altamente calificada...e prontos, é isso...."

  Crestfallen

terça-feira, outubro 02, 2007 10:24:00 da tarde

Helluah:

Isso significa que a questão das medidas está resolvida?

  Crestfallen

terça-feira, outubro 02, 2007 10:26:00 da tarde

PsYcHo_MiNd:

Os bons livros ainda são um papão para muitos. Só se lê merdas, tipo "As conversas com Jesus" da Alexandra Solnado, em que Jesus tem 4 Km e a manda ir acampar sem se esquecer de levar meias quentes. Ou o "Eu Catarina" e o peidos do Pinto da Costa e até o livro do meu texto anterior.

  Crestfallen

terça-feira, outubro 02, 2007 10:28:00 da tarde

Musa:

Eu gosto muito dos "prontos", "portantos", "atão", "tamãe", "auga", "buer" etc.

Bem, ser "calificada" é sinal de trabalhar duro... valho-nos isso!

  Helluah

terça-feira, outubro 02, 2007 10:30:00 da tarde

a questão das medidas está a uns 5 cms de estar resolvida...
posso usar o teu mastercard para ir à persona????

  Teté

terça-feira, outubro 02, 2007 10:32:00 da tarde

Xi, já tens o post de amanhã?

Escreveste 2 livros, foi?

Já leio e já comento, que vou jantar... ontem, eh, eh, eh!

  Musa

terça-feira, outubro 02, 2007 10:33:00 da tarde

Diz lá ao teu amigo que ele não é bom da cabeça, o gajo só te ouve a ti, acho que definitivamente vocês são a alma gémea um do outro...:P

  Crestfallen

terça-feira, outubro 02, 2007 10:36:00 da tarde

Helluah:

Claro que sim, não tens feito outra coisa!

  Crestfallen

terça-feira, outubro 02, 2007 10:38:00 da tarde

Teté:

Ahaha, não isso são rumores do Tav, o que escrevi foram duas longas estórias em que uma está complecta porque desisti de a tornar decente. A outra é alterada sempre que lhe pego. Fica pronta quando desistir.

Pois, amanhã vou estar fechado numa sala de reuniões todo o dia, a falar do dinheiro dos outros :)

  Crestfallen

terça-feira, outubro 02, 2007 10:39:00 da tarde

Musa:

Dass, ofensas não!

Sei lidar com o bicho, mas precisei de 25 anos para saber como... E acredita que não é fácil, só a estalo!

  Anónimo

terça-feira, outubro 02, 2007 10:40:00 da tarde

amori me kirido boliguista na sei poki tas tao irritado kom as conbersas kom jesus as gaijas irritram te memo não comeste nem uma' tasse

  PsYcHo_MiNd

terça-feira, outubro 02, 2007 10:41:00 da tarde

como podemos querer ter gente culta e m portugal quando sai cá para fora livros 'grotescos' como esses que por ai andam e com a forma de ensino que continua a haver. e mesmo na televisão,continua a falar-se muito mal o português e é isso que os jovens ouvem e continuam a usar como sendo o correcto.

  Musa

terça-feira, outubro 02, 2007 10:44:00 da tarde

Qual de vocês o pior...

  Aragana

terça-feira, outubro 02, 2007 10:46:00 da tarde

Isso é como o outro que tinha 3 mulheres e nao sabia qual escolher. Depois deu 5 mil euros a cada uma para ver o que faziam com o dinheiro.

Não interessa nada o que cada uma fez porque ele acabou por ficar com a das mamas maiores!

;-)

  Musa

terça-feira, outubro 02, 2007 10:49:00 da tarde

Estes são os últimos cartuxos...
não gosto do tom de azul das letras que usas...ah, e ainda não sei o que é Crestfallen...
E acho que és um chato...
e ainda não sei o resultado com a menina dos olhos verdes...

  Amsilva

terça-feira, outubro 02, 2007 10:49:00 da tarde

eu acho que o caso não é esquecer, aliás, não se pode esquecer o que nunca se soube.
pessoalmente acho que até nem dou muitos erros, mas já na escola reparava em pontapés gramaticais dignos do Pélé...

  Physalia physalis

terça-feira, outubro 02, 2007 10:54:00 da tarde

possa pá!eu já tentei ser modelo...mas não deu...não dava suficientes erros ortográficos...peninha :(

  tavguinu

terça-feira, outubro 02, 2007 10:56:00 da tarde

uma gaja loira toda gira e as eskrever axim sou eu !

selexiona-me que te falo chegar ao céu o teu falo !

ps-vê o mail

  tavguinu

terça-feira, outubro 02, 2007 11:04:00 da tarde

o resultado da nossa excelente aprendizagem de português é o seguinte : (epá eu até sou um gajo que nem escreve muito bem, normalmente passo as ideias e em compromissos profissionais alguém me escreve o que quero dizer)

- receber mails de pessoas com os kkk e o raio que os parta;
- leres cartas ou cvs que nem se dão ao trabalho de usar um corrector;
- estares em entrevistas com os putos e eles nem saberem falar.

acima de tudo acho que há uma enorme falta de cultura geral !

 

terça-feira, outubro 02, 2007 11:20:00 da tarde

Curto-te bué Crest..sou leitora assidua do teu blogue e parece-me ser um homem k compreende bem as mulheres assim como a sociedade em geral..parabens!

  Mulheka

terça-feira, outubro 02, 2007 11:24:00 da tarde

O que é que "salchixas" tinha a ver com o questionário???

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:01:00 da manhã

Anónimo:

Não fiques triste por não haver foda online. A vida continua!

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:03:00 da manhã

PsYcHo_MiNd:

Há livro bons temos é de procurar bem e não nos destaques. Todos os livro esxpostos são os sem interesse!

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:05:00 da manhã

Musa;

Acho que é ele, mas isto é só a minha opinião...

  Teté

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:10:00 da manhã

Atão, vamos lá ao texto...

No "teu" tempo? Pertences à brigada do reumático? (ou será melhor escrever "romático"?)

Mas é isso mesmo: não dão oportunidade às meninas que querem ser modelos e elas acabam assim... na faculdade. Pior, um dia ainda vão dar aulas... quando o que elas sabiam mesmo fazer era mostrar os atributos físicos... Não sabem falar ou escrever? Não há nada que uma mordaça não resolva! E para escrever, prontos, arranjavam um assessor!

Suponho que todos damos erros de português. Às vezes por distracção, outras por erros de digitação e claro, numa palavra ou noutra, que pensamos que se escreve de uma maneira... errada!

Quanto aos "livros", fiquei elucidada... Não desistas!

Estou a morrer de inveja de um dia tão bem passado: fechado numa sala de reuniões, a discutir o dinheiro dos outros... Extremamente poético! Até me vieram as lágrimas aos olhos...

Bom dia para ti!

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:13:00 da manhã

Aragana:

Eu acho que tudo o que não consigo agarrar é desperdício...

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:36:00 da manhã

Musa:

hmmm, pode ser que mude a cor.

Crestfallen significa cansado espiritualmente.

"E acho que és um chato..."

Já me disseram!

"e ainda não sei o resultado com a menina dos olhos verdes..."

O que se quer para durar, demora tempo a atingir...

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:39:00 da manhã

Amsilva:

Basta sair à rua, o futebol está em todo o lado :)

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:41:00 da manhã

Physalia physalis:

Pois esse é outro problema :)

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:42:00 da manhã

tavguinu :

Isso é verdade, cheguei a pedir Portugueses licenciados em Almão e chagam aqui sem falar Alemão!

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:44:00 da manhã

Té:

Ui, a sociedade ainda vá... as mulheres é que não me parece.

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:47:00 da manhã

Mulheka:

Foi um referência à comida típica Alemã. Mas em Hamburgo o prato típico é o Hamburger :)

  luafeiticeira

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:53:00 da manhã

Bem esse texto deveria ser lido nas escolas, realmenta a língua portuguesa está tão mal tratada que sendo o que nos resta da nossa pátria... bem nos podemos entregar aos Espanhóis. Já agora e por curiosidade, como era a ortografia das candidatas dos outros países? Gostaria de saber se só os portugueses cometem erros ortográficos, pelo menos, tantos...
Agradeço a força do teu comentário.
Beijos enfeitiçados

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 1:04:00 da manhã

Teté:

No meu tempo pois já lá vão uns anitos de estudos...

Claro que aceito erros, mas tem limites

"Quanto aos "livros", fiquei elucidada... Não desistas!"

Quem corre por gosto não cansa e não são livro nem o vão ser :)

"a discutir o dinheiro dos outros... Extremamente poético! Até me vieram as lágrimas aos olhos..."

É não é, até estou deprimido :(

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 1:08:00 da manhã

luafeiticeira:

As candidatas Inglesas e Francesas, tiveram a decência de passar um corrector ortográfico pelo CV. Podia não ser perfeito mas disfarçava!

  bEtA

quarta-feira, outubro 03, 2007 1:52:00 da manhã

Porque não querem. Porque não precisam. Porque não sentem que devem saber falar e escrever bom português. Porque actualmente a imagem vale tudo...
Porque são estúpidas.

Eu frequento a faculdade de letras e já presenciei alguns erros mas nunca tão graves como os que tu indicaste. Mesmo assim não resisto a perguntar: essas 3 modelos andavam numa privada?
(...)

Claro que há pessoas mt bem formadas que tiraram os seus cursos em faculdades privadas. Escusam de atirar pedras...
Por experiência própria sei que tendem a ser desculpados mais facilmente em privadas.
É só uma curiosidade minha.. :)

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 2:37:00 da manhã

bEtA:

"essas 3 modelos andavam numa privada?"

LOL! É preciso responder?

  Inês

quarta-feira, outubro 03, 2007 4:35:00 da manhã

As pessoas não dão erros nem falam mal por esquecimento. Simplesmente não aprenderam. O ensino está péssimo mas não é de agora. Então agora com esta nova "escrita" as coisas ainda pioraram mais.
O mais triste de tudo é não aparecer ninguém capaz de tomar as medidas necessárias para a resolução deste problema.

  PsYcHo_MiNd

quarta-feira, outubro 03, 2007 10:29:00 da manhã

mas ninguem se está para chatear se escreve bem ou mal.o problema já não são as pessoas mais velhas,mas sim quem agora está nos secundários,onde não aprendem minimamente o português por que é uma disciplina que só interessa
passar com a nota minima e depois claro que vão para a universidade sem saberem minimamente falar portuguÊs correcto e claro está,concordo que com esta nova 'lingua de rua' que por ai anda e que todos os jovens falam e pior escrevem,mesmo em testes ou trabalhos, ainda pior é. mas também nesta situação as meninas só queriam mesmo mostrar o corpinho, para elas ser modelo é muito exterior e pouca interior cerebral.

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 11:25:00 da manhã

Inês:

"As pessoas não dão erros nem falam mal por esquecimento. Simplesmente não aprenderam."

Eu julgo que não há desculpa, pois o meu pai que foi obrigado a começar a trabalhar aos 11 anos eu nunca vi aquele homem a dar um erro escrito. Sim lê e lê muito. Mesmo sem estudos podemos saber Português. Não se pode culpar só o ensino. Ler e escrever ajuda.

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 11:30:00 da manhã

PsYcHo_MiNd:

Eu em Portugal falava língua de rua, mas sabia separar as coisas. Eu entrei para esta empresa para falar bem. Foi incrível como eu me via obrigado a baixar o nível para poder comunicar com alguns empresários Portugueses. No entanto esses mesmos empresários, respeitam quem fala um Português que eles não percebem.

Ou seja, levei alguns a assinar protocolos com a minha empresa pelo simples facto de ser mais inteligente que eles, portanto devia saber que negócios eram bons ou não!

No início até tinha piada, depois começou a ser frustrante...

  Vício

quarta-feira, outubro 03, 2007 11:48:00 da manhã

mas para quê saber português se o que conta na sociedade é o corpo?
felizmente sou feio e gordo!

  Cold_cold_Bitch

quarta-feira, outubro 03, 2007 11:57:00 da manhã

Qualquer dia estás a dizer que as pessoas não lêem livros!


p.s._ passei um corretor ortográfico pela frase e deu: "KK dia tas a dizer q o ppl na le" :)

  Lésbico

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:04:00 da tarde

Os livros andam cada vez com mais letras e menos desenhos. A malta usa-os debaixo do braço para engatar gajas. Para enfeitar a sala, mesinha de cabeçeira e como reserva no WC em caso de emergências.

Uma coisa é certa. Se não escolas os putos não fossem obrigados a ler certos livros de merda, não ganhavam alergia aos livros.

Agora vou ler a bola e depois o record!

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:05:00 da tarde

Vício:

Isso é verdade. Uma bonita cara e um bom corpo compensa a falta de talento.

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:06:00 da tarde

Cold_cold_Bitch:

Dizem que os Portugueses estão a ler mais. Eu acho que há Portugueses que estão a ler mais, mas esses são os que sempre leram.

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:08:00 da tarde

Lésbico:

Por acaso isso mete-me confusão. Usar o livro como sonífero ou como laxante.

Concordo que ao ser forçado a ler a Aparição, perdi qualquer prazer que a literatura já me tivesse dado. Apesar de querer parar na quinta página, tive de o ler todos. Lembro-me que estive mais de dois anos sem pegar num livro sem que fosse obrigado!

  Maya Gaarder

quarta-feira, outubro 03, 2007 12:42:00 da tarde

Infelizmente tenho que concordar com o crest, cada vez se fala e escreve pior português!
Uma coisa é as parvalheiras que falamos com os amigos e os erros às vezes propositados, outra bastante diferente é falar e escrever assim porque não se sabe fazer melhor!
Acredito e sempre defendi que, no ensino da lingua portuguesa, muito mais importante do que ler poemas e textos que não interessam um caralho e que toda a gente faz por obrigação, se devia ensinar de facto a ler, escrever e falar!!
A conjugar verbos e a construir frases! Isso é o mais importante! Estou, também, envolvida num processo de recutamento de pessoal aqui para a empresa onde trabalho, exigências: falar fluentemente português, francês e inglês!! Um pouco exigente concordo, mas de pois de todos os candidatos que entrevistei, ja me contentava com um que pelo menos soubesse escrever uma carta de apresentação, não desse erros de matar no curriculo e falasse correctamente português!!
Desculpa o comentario longo, mas tocaste num ponto fraco! Sou a unica portuguesa na empresa e custa-me ver a nossa lingua rebaixada por gente que supostamente a devia saber falar!
:)

  Musa

quarta-feira, outubro 03, 2007 1:08:00 da tarde

Lol, e alteraste a cor...:D
Posso pedir mais coisas, posso?
(o meu telemóvel, mas acho que consigo chular outro...:P)

  Musa

quarta-feira, outubro 03, 2007 1:19:00 da tarde

Olha...agora apararece-me a mesma cor...:S
Acho que preciso de férias!

  Francis

quarta-feira, outubro 03, 2007 1:29:00 da tarde

no post do livro sobre a joana,

"Uma súmula... Uma súmula mercias tu pela cabeça abaixo"

espero que sejas do juri, assim passam todos pá...

já cá venho com mais tempo.

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 1:31:00 da tarde

Maya Gaarder:

Estás à vontade. Durante muito tempo tempo fui o único Português na empresa, agora tenho um apoio relativo de um Alemão licenciado em Português (só pode ser doido o gajo). Claro que o apoio é relativo, se em 30 anos ainda dou erros, ele com 8 anos de Português não é grande ajuda.

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 1:33:00 da tarde

Musa:

Já esgotas-te os pedidos até ao Natal.

A cor das letra é branca, se vês azul, limpa os "cookies" e ficas com o problema resolvido :)

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 1:34:00 da tarde

Francis:

Acho que se deve falar bem, mas não é preciso usar palavras, só para levar as pessoas a ir ao dicionário ver o seu significado. Ainda por cima um PJ!

  Francis

quarta-feira, outubro 03, 2007 1:42:00 da tarde

crest pá, não te enerves, ainda por cima vives no estrangeiro...era a palavra "mercias" que eu estava a meter-me contigo.

publicidade ?
agencia ?
produção ?

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 1:49:00 da tarde

Francis:

Lol "mercias" é "typo" não erro, mas será corrigido.

Será a expansão natural do gabinete criativo de publicidade que tinhamos para consumo interno do grupo, que passará agora a ser uma empresa parte do grupo.

  Maya Gaarder

quarta-feira, outubro 03, 2007 1:50:00 da tarde

Crest, tou triste contigo, foste vomitar no meu blog!! não se faz, depois dizem k o blog é badalhoco, claro!!

  Francis

quarta-feira, outubro 03, 2007 1:52:00 da tarde

muito bem.

é pena estares longe, ia já vender-te serviços pá...tambem cá ando.

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 2:06:00 da tarde

Maya Gaarder:

Desculpa, eu só voltei aqui para pegar numa esfregona, vou já limpar!

  NiNa

quarta-feira, outubro 03, 2007 2:06:00 da tarde

Todos os dias me espanto com um ou outro erro ortográfico daqueles mais fortes. Lembro-me de a minha professora mandar escrever para casa 50 vezes ou mais a palavra que errávamos e lol se não a memorizassemos era bem pior o proximo castigo :( a nossa língua é mto bonita mas mto agredida :) E è bom termos portugueses fora do País que se orgulhem da sua língua e a tratem com o devido carinho/respeito :P
Qto à utilidade das modelos...n comento :P
bjinho

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 2:07:00 da tarde

Francis:

Não é a minha área, estou só a dar um empurrão. A minha criatividade não me parece compatível com a publicidade.

Eu não consigo passar a menssagem desejada de uma forma curta e clara...

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 2:11:00 da tarde

NiNa:

"Lembro-me de a minha professora mandar escrever para casa 50 vezes ou mais"

Ui, eu lembro-me disso. Quando era em casa tudo bem, agora quando era na sala de aula, no quandro em frente a toda a turma...

"Qto à utilidade das modelos...n comento"

Eu gostava de entrevistar uma ou duas pessoalmente. Só para testar as suas qualidades expressivo-linguísticas, claro!!!

  NiNa

quarta-feira, outubro 03, 2007 2:45:00 da tarde

lol :) sim claro

  Inês

quarta-feira, outubro 03, 2007 2:57:00 da tarde

Eu não estou a desculpar, estou a constatar.
Acho que o exemplo do teu pai não é comparável. Num caso as pessoas anda a estudar apenas porque sim, no outro uma pessoa foi obrigada a deixar de estudar. A motivação para aprender a partir daí é completamente diferente.
É como as pessoas que têm tudo de bandeja e as que têm de lutar por aquilo que querem... dá-se outro valor às coisas...

  Babe

quarta-feira, outubro 03, 2007 7:22:00 da tarde

As modelos não passam de cabides, já dizia um top model nos anos 90! (Tradução: não precisam de pensar!)

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 8:25:00 da tarde

Inês:

É verdade, mas é impressionante como o aprender a nossa própria língua é visto como um sacrifício.

  Crestfallen

quarta-feira, outubro 03, 2007 8:26:00 da tarde

Babe:

Cabides de luxo, pois no meu armário são todos de plástico :(

  Musa

quarta-feira, outubro 03, 2007 9:01:00 da tarde

"Já esgotas-te os pedidos até ao Natal"
Eu pedir até pedi, mas a única pessoa que prometeu um teclado novo fui eu, de resto ainda não vi nada!

  Timeless

quarta-feira, outubro 03, 2007 9:31:00 da tarde

Musa:

Estive a arrumar a casa, pintei todas as paredes, só para te agradar...

  Musa

quarta-feira, outubro 03, 2007 9:35:00 da tarde

Timeless, não consigo aceder ao teu blog...:S
Só os convidados é que podem, muda lá isso!

  Inês

quarta-feira, outubro 03, 2007 10:20:00 da tarde

"É verdade, mas é impressionante como o aprender a nossa própria língua é visto como um sacrifício."

Mais impressionante ainda por ser um sacrifício simplesmente aprender. O português é mais visível por causa dos erros, porque mesmo que não se escreva fala-se, mas a ignorância está bem presente a todos os níveis.

E depois há aquilo a que eu chamo "ignorância atrevida", que são os ignorantes que gostam de falar sobre tudo e têm opiniões formadas em relação a tudo... mas sem bases nenhumas...

  Crestfallen

quinta-feira, outubro 04, 2007 10:44:00 da manhã

Timeless:

Então mas vens ao meu barraco agradar à Musa?

  Crestfallen

quinta-feira, outubro 04, 2007 10:45:00 da manhã

Musa:

Já viste, até no meu blogue te procuram. Deves ter mel!

  Crestfallen

quinta-feira, outubro 04, 2007 10:48:00 da manhã

Inês:

Pois, mas isso é típico Português. Basta andar de taxi em Lisboa e depois do taxista saber a tua profissão, passa a saber mais que tu dessa área e fala do filho de um primo afastado que é melhor que tu!

Os Portugueses são mestres em tudo, os chamados "treinadores de bancada". Após ouvir as respostas no "quero ser milionário" dizem, "eu sabia, só não me lembrava"!

  Inês

quinta-feira, outubro 04, 2007 1:21:00 da tarde

Tal e qual!

  Crestfallen

quinta-feira, outubro 04, 2007 1:51:00 da tarde

Acho que o programa se chama, "quem quer ser milionário".

Quando estava em Londres ainda via isso. Houve uma pergunta a uma mulher que era:

O que é maior?

Havia quatro opções e ela escolheu "O Elefante", a resposta correcta era "A Lua".

Foi giro :)

  Musa

quinta-feira, outubro 04, 2007 4:13:00 da tarde

Lol, não é do mel que não tenho, é da simpatia...:P

  Anónimo

quinta-feira, outubro 04, 2007 5:20:00 da tarde

Finalmente... eu sei que venho tarde alguns dias... mas o gozo de ler este texto foi tão grande que não me consegui conter... tive de comentar.
Não fosse eu uma gaja dada a muitas experiências e teria ficado imediata e irremediavelmente apaixonada. Então não é que encontrei alguém que pensa exactamente coma mim! (perdoa o mau português, às vezes também acontece! nah!)
indomável

  Crestfallen

quinta-feira, outubro 04, 2007 5:26:00 da tarde

Musa:

Da quê? Se a tens é bem guardada :)

  Crestfallen

quinta-feira, outubro 04, 2007 5:28:00 da tarde

Anónima:

Não percas tempo com paixonetas online que isso são merdas de gente "muita" maluca mesmo!

  Musa

quinta-feira, outubro 04, 2007 7:30:00 da tarde

Deixa quê te digo...

  Crestfallen

quinta-feira, outubro 04, 2007 7:31:00 da tarde

Musa:

Ui, o sotaque está a dar de si. Já me calei!!!!

  Musa

quinta-feira, outubro 04, 2007 8:15:00 da tarde

Opá, o pessoal já conseguiu arranjar o meu mail do msn e o meu nr de tel...acho que uma Plim vai voar...
São tão queridos...***

  Crestfallen

quinta-feira, outubro 04, 2007 9:43:00 da tarde

Musa:

Não tenho nada a ver com isso. Não tenho qualquer dado pessoal teu a não ser o nome e a tua cidade. Aliás, só tenho contacto fora da blogósfera com 4 bloguers e todos fritos!

  Musa

quinta-feira, outubro 04, 2007 11:44:00 da tarde

Nem estava a dizer que eras tu...

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 05, 2007 2:30:00 da tarde

Musa:

É só para não haver confusões. Eu de ti só uma açorda!

  Skynet

domingo, outubro 07, 2007 1:28:00 da manhã

Na minha escola secundária eu lembro-me que haviam duas professoras estagiárias de filosofia que foram chumbadas pelo professor encarregado de as avaliar porque elas nem sabiam escrever como deve ser. No entanto elas eram as melhores alunas de uma universidade privada de Lisboa, dá que pensar se as universidades privadas realmente funcionam, ou se existem algumas que apenas querem fazer dinheiro.

  Crestfallen

domingo, outubro 07, 2007 8:15:00 da tarde

Skynet:

No meu tempo de estudante numa pública, rebentou o escândalo de um professor que passava as alunas de contabilidade em troca de favores sexuais. Esse professor nunca foi castigado e é o hoje reitor dessa mesma faculdade!