Lei Tuga!

Ora bem, por altura em que escrevi os dois textos sobre algumas das leis mais ridículas Americanas, que levou um senhor, xenófobicamente a acusar-me de xenofobia no seu blogue...

Será que pensa mesmo isso; ou pensou que o meu sex-appeal lhe iria dar popularidade? Não importa, nessa altura, perguntaram-me, "e leis Portuguesas realmente estúpidas?". Na verdade eu sabia que as havia, mas não encontrava documentos de prova, pois eu não gosto de atirar merdas para o ar sem me informar um pouco, pois leio alminhas a escrever cada coisa, que até me dá arrepios. Há pessoal que escreve por escrever e que nem usa o google para confirmar o que diz.




A "lei" que vou falar, é chamada de lei, muita gente fala dela, mas na verdade não é nem nunca foi uma lei, foi sim uma Portaria, para ser mais concrecto a numero 69.035 da Câmara Municipal de Lisboa, datada de 1953. Esta portaria destinava-se a aumentar o policiamento das zonas designadas como "quentes". E diz:





"Verificando-se o aumento de actos atentatórios à moral e aos bons costumes, que dia a dia se vêm verificando nos logradouros e jardins e, em especial, nas zonas florestais Montes Claros, Parque Silva Porto, Mata da Trafaria, Jardim Botânico, Tapada da Ajuda e outros, determina-se à Policia e Guardas florestais uma permanente vigilância sobre as pessoas que procurem frondosas vegetações para a prática de actos que atentem contra a moral e os bons costumes. Assim, e em aditamento àquela Postura numero 69.035, estabelece-se e determina-se que o Artigo 48 tenha o cumprimento seguinte:
1°- Mão na mão (2,50 Escudos)



2°- Mão naquilo (15 Escudos)


3°- Aquilo na mão (30 Escudos)


4°- Aquilo naquilo (50 Escudos)


5°- Aquilo atrás daquilo (100 Escudos)




Parágrafo único - Com a língua naquilo - 150 Escudos de multa, preso e fotografado"



Eu acho esta portaria deliciosa, começando com a frase "que procurem frondosas vegetações para a prática de actos". Como é bom praticar actos, principalmente quando temos frondosas vegetações.





É engraçado, não podem andar de mão na mão, mas pelos visto podem se beijar, dar suculentos linguados com exageradas trocas saliva mesmo em frente ao posto da policia, pois a lei não fala de bocas. Esta portaria só se refere a "mãos", "aquilo" e a "naquilo".


Qual seria o Juiz que iria impor a um cidadão, pagar uma multa por uma portaria que não define o que é aquilo, é que nem destinge bem "aquilo" de "naquilo".




Cuidado Lisboetas, esta portaria está esquecida mas ainda existe, pois nunca foi actualizada.
Eu proponho uma actualização.




"Mão na mão (0,05 Euros)


Mão naquilo por trás (0,10 Euros)


Boca na boca (0,15 Euros )


Mão naquilo pela frente (0,20 Euros)


Língua na língua (0,25 Euros)


Aquilo na mão (0,50 Euros)


Língua naquilo pela frente (1 Euro)


Boca naquilo pela frente (1,50 Euros)


Língua naquilo por trás (2 Euros)


Aquilo naquilo pela frente (2,10 Euros)


Aquilo naquilo por trás (2,15 Euros)


Aquilo de plástico naquilo pela frente (2,50 Euros)


Aquilo que faz "Bzzzzz" naquilo pela frente (2,55 Euros)


Aquilo de plástico naquilo por trás (3.980 Euros)


Aquilo que faz "Bzzzzz" naquilo por trás (3.985 Euros)





Qualquer artigo que não seja aquilo, naquilo por trás, quer seja de vidro, plástico ou qualquer outro material ainda não inventado (4.355 Euros)





Aquilo naquilo da Teresa Guilherme (2.567.459 Euros)




Nota: agravante de 50 Euros quando "aquilo por trás" é aquilo que caga, pois pode ser aquilo que mija, se assim for aplica-se a tabela acima descrita.




Parágrafo primeiro - Aquilo naquilo por trás, quando aquilo é de um homem e aquilo por trás é aquilo que caga de outro homem - 1.500 Euros de multa, presos e fotografados.




Parágrafo segundo - Língua ou aquilo naquilo, quando quer "aquilo" quer o "naquilo" sejam de mulheres - Fotografadas e filmadas durante o acto, o agente deverá ter o cuidado de se certificar que as senhoras não serão perturbadas."




Eu devia ter seguido os conselhos de certos professores e ter ido para direito, hoje estaria a escrever leis lindas e seria adorado por qualquer prevaricador em busca de frondosas vegetações...

59 Comentários:

  inês

segunda-feira, dezembro 03, 2007 4:16:00 da tarde

aquilo, naquilo????

então o que é aquilo?

é aquilo que eu penso que é aquilo?

  Vanadis

segunda-feira, dezembro 03, 2007 4:21:00 da tarde

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL!!!!!!!!!!!!! fartei-me de rir com aquilo naquilo, fosse por trás, fosse pela frente!!!!!!! E ainda havia bzzzzzzzzzzzzs pelo meio!! Já agora, bzzzzzzzzzz é o quê, concretamente??? há tantos...até vespa podia ser...

Conheço algumas histórias tipo gaijos no hospital com um aspirador enfiado naquilo, pela frente...verídicas, que tenho os meus espiões...
Pessoal colado, com aquilo metido naquilo pela frente, por trás...é costume!!...

Acho que se tu fosses pra fazedor de leis podiamos dormior todos mais descansados...será?????

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 4:29:00 da tarde

inês:

Aquilo é aquilo que se mete naquilo. O naquilo é sempre penetrado por um aquilo.

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 4:30:00 da tarde

Vanadis:

"Acho que se tu fosses pra fazedor de leis podiamos dormior todos mais descansados...será?????"

Ou talvez não...

  iFrancisca

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:11:00 da tarde

Lembro-me de um caso maravilhoso que chegou ao Supremo Tribunal. Consistia no seguinte:
Uma senhora que levava coças de meia-noite recusava-se a ter relações sexuais com o marido (um dos deveres conjugais, justa de causa de divórcio). Mediante isto o marido pedia o divórcio litigioso e o STJ deu-lhe razão.
Isto foi uma situação pós 25 de Abril! Bjs

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:15:00 da tarde

iFrancisca:

Isso é um caso raro em tribunal mas previsto na lei. Se dentro do matrimónio o homem não obtém sexo, isso é justa causa para divórcio.

O sexo na casamento passa de prazer a dever. Ninguém deve ser obrigado a dar sexo, por outro lado numa sociedade que espera a monogamia, não se pode obrigar a pessoa com quem casamos à abstinência.

  Vanadis

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:17:00 da tarde

Ah é??? e ao contrário, tb é válido?? gaija que não leva sexo, pode pedir o divórcio e obte-lo??? ou é válido só prós machus?

  iFrancisca

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:21:00 da tarde

Crest:

Ela antes apanhava! Como querias que ela estivesse disponivel para manter relações sexuais com o marido?
(Se calhar não me expliquei bem...)
Bjs

  mamie2

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:23:00 da tarde

Já conhecia esta "lei"! Mas devo dizer-te que gostei dos acrescentos!

Principalmente do Bzzzzz!LOL

  iFrancisca

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:23:00 da tarde

Vanadis:

sim é! Ambos estão obrigados a manter os deveres conjugais entre eles manter relações sexuais! A não ser que seja uma abstinência de mútuo acordo. Para além de este existem outros deveres conjugais...

Crest:

Desculpa a intromissão Lol

  Ana

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:24:00 da tarde

HAHAHAHAHA!!!

"Aquilo de plástico naquilo pela frente (2,50 Euros)


Aquilo que faz "Bzzzzz" naquilo pela frente (2,55 Euros)"

Opa até da Teresa Guilherme te foste lembrar. Nessa ninguém corre risco de levar multa... a não ser o marido, ai coitado! E talvez, mas quero acreditar que não, o fofinho do Jorge Corrula com quem a senhora contracena. É o papel da vida dela!

Mas Crest, ainda bem que não seguiste direito... eras a infelicidade de muita gente =P

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:29:00 da tarde

Vanadis:

É válido para ambos.

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:30:00 da tarde

iFrancisca:

A lei que temos vê isso como dois caso separados, dois casos de violência doméstica, uma fisica e uma psicológica. Quem ganha é quem apresenta queixa primeiro.

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:31:00 da tarde

mamie2:

Já lá vão mais de 50 anos, temos de inovar!

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:32:00 da tarde

iFrancisca:

Ó Pompota intromete, isto é a casa do povo!

  mamie2

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:33:00 da tarde

Concordo!

Eu cá faço a minha parte!

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:33:00 da tarde

Ana:

"Mas Crest, ainda bem que não seguiste direito... eras a infelicidade de muita gente =P"

Quem nasce torto jamais se endireita!

  Miss bradshaw

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:41:00 da tarde

LOOOOOL


definitivamente,o melhor é o "bzzzzzzzzzzzzzz" xD ahah

tu na altura do salazar tinhas dado um pide f****

  Vício

segunda-feira, dezembro 03, 2007 5:54:00 da tarde

onde é que é esse bordel que tem preços tão baratos?

  Vanadis

segunda-feira, dezembro 03, 2007 8:26:00 da tarde

Looooool!! Mui agradecida pelo esclarecimento. Hehehehe.

  ipsis verbis

segunda-feira, dezembro 03, 2007 8:31:00 da tarde

"Mão naquilo" e "Aquilo na mão" não é a mesma coisa? E se sim, qual o porquê de mais 15 escudos se forem apanhados com "Aquilo na mão"?

Aquilo naquilo daquela e aquele atrás daquela com aquilo na mão e aquela com aquilo daquele atrás daquilo à frente daqueles e atrás daquilo do polícia, exactamente naquilo daquela à frente.

Isto fez-me lembrar a pintura do Bosch "jardim das delícias"

  Amsilva

segunda-feira, dezembro 03, 2007 9:00:00 da tarde

o que vale é que essa portaria (ou putaria) apenas se aplica a locais determinados na capital
se fosse no país todo estavamos danados, se bem que até fica barato!!
os preços deles não os teus...
por sorte tambem não ha policiamento suficiente para controlar todos os arbustos do país, sinceramente, senão apanham incendiários iam apanhar o pessoal com aquilo , naquilo, na mão, na boca... se nem os politicos apanham com a boa naquilo (leia-se botija)
leis e porcarias, quer dizer portarias!!!!!

  SílviA

segunda-feira, dezembro 03, 2007 9:31:00 da tarde

Muito engraçado...tens jeito sim senhor :)

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 10:02:00 da tarde

Miss bradshaw:

Já sou pós Salazar, se eu fosse do tempo dele, certamente sabia onde o gajo escondeu o ouro!

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 10:03:00 da tarde

Vício:

Barato se ignorares a Teresa Guilherme...

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 10:04:00 da tarde

Vanadis:

Lei é lei! Aquilo naquilo em frondosas vegetações, não é legal!

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 10:09:00 da tarde

ipsis verbis:

""Mão naquilo" e "Aquilo na mão" não é a mesma coisa? E se sim, qual o porquê de mais 15 escudos se forem apanhados com "Aquilo na mão"?"

A mão naquilo é unicamente a mão na zona sexual que pode ser uma apalpação (palavra bonita) do sexo. Aquilo na mão pressupõe que a mão está a agarrar realmente aquilo.

Tal como o miúdo que falei num texto anterior, ele estava com a mão naquilo e não com aquilo na mão.


"Isto fez-me lembrar a pintura do Bosch "jardim das delícias""

Pois, o Jardim das delícias iria encher os cofres do estado :), só faltam as frondosas vegetações e os polícias mirones!

  ipsis verbis

segunda-feira, dezembro 03, 2007 10:10:00 da tarde

Esclareceste-me. Obrigada :]

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 10:12:00 da tarde

Amsilva:

E eu que tão bem conheci os prazeres daquilo naquilo nas fronsas vegetações do pinhal de Leiria e mata nacional... dentro do carro, mas com as frondosas vegetações em volta. Aí as saudades da adolescência e o contacto com a natureza...

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 10:13:00 da tarde

SílviA:

Já me disseram que tenho jeito p´ráquilo, até me deram o prémio BNC :)

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 10:13:00 da tarde

ipsis verbis:

Bolas és rápida!

  afectado

segunda-feira, dezembro 03, 2007 10:27:00 da tarde

Espectacular! Já não me ria assim há uns tempos... obrigado!

  Crestfallen

segunda-feira, dezembro 03, 2007 10:49:00 da tarde

afectado:

Lol, eu também sou afectado!

  Noivo

segunda-feira, dezembro 03, 2007 11:25:00 da tarde

não consigo deixar de sorrir sempre que (re)vejo estas leis ditas (duras) :)

  Foi Bom

segunda-feira, dezembro 03, 2007 11:26:00 da tarde

"que levou um senhor, xenófobicamente a acusar-me de xenofobia no seu blogue..." Oh shor Crest, da proxima vez que o tratarem mal, diga-me, porque eu vou la e explico a essa pessoa que e' feio falar mal das pessoas, principalmente quando nao as conhecemos! E poderei ainda falar-lhe num dos fasciculos do novo testamento, que eu nao faço ideia qual e', onde se refere que a inveja e' uma coisa feia! Sempre que necessitar de mim, estarei ao seu dispor! Um bem haja!

  blackstar

segunda-feira, dezembro 03, 2007 11:58:00 da tarde

Adoro indefinidos! Razão tinham os nossos antepassados que usavam a palavra "res" para tudo! É palavrinha que tem mais de uma página de definições no dicionário...

  Crestfallen

terça-feira, dezembro 04, 2007 12:18:00 da manhã

Noivo:

E nós aguetámos com a dita dura imenso tempo, é só poder sexual em PT!

  Crestfallen

terça-feira, dezembro 04, 2007 12:19:00 da manhã

Foi Bom:

Estás bem?

Mas quem é que escreveu esse comentário com a conta da Foi Bom?

  Crestfallen

terça-feira, dezembro 04, 2007 12:20:00 da manhã

blackstar:

"Res"peitinho é muito bonito!

  Foi Bom

terça-feira, dezembro 04, 2007 12:27:00 da manhã

Nao amigo Crestfallen, fui mesmo eu, a "nova" eu. Bons sonhos e que amanha desperte cheio de energia para um novo dia!

  Crestfallen

terça-feira, dezembro 04, 2007 12:33:00 da manhã

Foi Bom:

Passou-se...

  Foi Bom

terça-feira, dezembro 04, 2007 12:35:00 da manhã

Desculpe?

  Crestfallen

terça-feira, dezembro 04, 2007 12:39:00 da manhã

Foi Bom:

Nada, não é nada, acho que necessita de uma noite bem dormida e amanhã tudo voltará ao normal.

  SílviA

terça-feira, dezembro 04, 2007 12:43:00 da manhã

Jeito e auto-estima ;)

Tens razao quanto ao garantir o sustento, vamos fazendo o que podemos :)

Estou inserida também num programa chamado "Apadrinhamento à distancia" dou o sustento escolar a uma menina. Tenho o link no meu blog.

Beijoca

  Crestfallen

terça-feira, dezembro 04, 2007 12:46:00 da manhã

SílviA:

Eu acredito no vosso projecto, tanto que trabalhei como voluntário nele. Acho uma boa iniciativa.

  Afrika

terça-feira, dezembro 04, 2007 1:03:00 da manhã

Tavamos no ano de... ok pronto andava na escola secundaria e na altura circulava uma fotocopia pelos estudantes que referia a mesma se bem que actualizada... no fundo so descobri ser uma lei verdadeira se bem que nunca rectificada e honestamente graças a Deus! por que caso contrario os preços não seriam meros cêntimos que tu actualizaste LOL

  Teté

terça-feira, dezembro 04, 2007 1:26:00 da manhã

Querias escrever direito por linhas tortas? Parece-me que o cargo já está ocupado...

Já conhecia o texto original, mas a tua nova redacção dá-lhe um outro Tcharannnn! Ainda por cima a actualização era fundamental, porque os senhores de 1953 não faziam a mínima ideia sobre AQUILO que ainda estava para vir!!!

  Crestfallen

terça-feira, dezembro 04, 2007 1:50:00 da manhã

Afrika:

Eu pagava as mutas só por causa das frondosas vegetações.

  Crestfallen

terça-feira, dezembro 04, 2007 1:52:00 da manhã

Teté:

O cargo está ocupado porque eu ainda sou muito novo para me candidatar, deixa-me ganhar uns cabelos brancos e comprar um diploma de engenharia de estupidez e já me vais ver no poder :P

  Alf.

terça-feira, dezembro 04, 2007 1:52:00 da manhã

ADOREI! De facto no nosso país temos certas pérolas temos...

  sextrip

terça-feira, dezembro 04, 2007 2:10:00 da manhã

tens um desafio no meu blog. abraços

  Crestfallen

terça-feira, dezembro 04, 2007 2:28:00 da manhã

Alf.:

é verdade, existiu uma lei que praibia galheteiros, mas ainda não consegui encontrar informação nenhuma!

  Crestfallen

terça-feira, dezembro 04, 2007 2:29:00 da manhã

sextrip:

É um desafio diferente, neste sou gajo para fazer um texto

  Alf.

terça-feira, dezembro 04, 2007 2:31:00 da manhã

Proibição dos Galheteiros?! OMG!
Eu gostei mesmo foi
"4°- Aquilo naquilo (50 Escudos)
5°- Aquilo atrás daquilo (100 Escudos)"
Simplesmente fantástico!

  Crestfallen

terça-feira, dezembro 04, 2007 2:45:00 da manhã

Alf.:

Os nossos politicos sempre tiveram uma veia poética!

  turbolenta

terça-feira, dezembro 04, 2007 11:08:00 da tarde

Só tu!
Ri até mais não!
A verdade é que continuamos a ter leis obsoletas , que se regem pelo Código do não sei quantos, escritas no ano de 1900 troca o passo!
E as últimas alterações ao novo Código Penal tem sido impecavelmente bem feitas.... (?)
Assim sendo.... o processo Casa Pia vai passar à história.

Mas....
com leis como essa que publicaste, será que alguém conseguiu saber a que diziam respeito?

V~e lá se descobres outras "leis" como essa.
Urgentemente!
Ando a precisar de me rir a bandeiras despregadas!
boa semana!

  Flor

quarta-feira, dezembro 05, 2007 2:40:00 da manhã

Sem bzzzz? Não pode ser...
Já não incomodarem as senhoras, acho muito bem...

  Crestfallen

quarta-feira, dezembro 05, 2007 10:17:00 da manhã

turbolenta:

Há leis de que a minha avó me falou, mas não encontro informações que as confirmem.

Como 2,50 escudos por atravessar a estrada fora da passadeira, que foi actualizada para 50 escudos nos anos 90 (já era o preço de um café). Bem como uma que proibia a utilização de galheteiros... mas não encontro provas da sua existência!

  Crestfallen

quarta-feira, dezembro 05, 2007 10:18:00 da manhã

Flor:

Eu sou um defensor do Bzzz, mas não acho adequado o seu uso em frondosas vegetações! Tadinhas das vegetações!