Paciência



Verti uma lágrima por saudades tuas, mas ainda consigo sorrir.
Menina, penso em ti todos os dias.
Houve uma altura em que não tinha a certeza, mas tu deste-me confiança,
Sem duvida, que estás no meu coração.
Disse "mulher vai com calma, tudo se vai compor, o que precisamos é de um pouco de paciência".
Disse "querida, vai com calma, que nos iremos unir, tudo o que precisamos é de um pouco de paciência".

Sento-me aqui nas escadas, pois prefiro estar sozinho.
Se não te posso ter agora eu espero, querida.
Por vezes fico tão tenso, mas não posso apressar o tempo.
Mas sabes amor, há mais uma coisa a considerar,

Disse "mulher vai com calma. tudo se vai compor, tu e eu vamos precisar de paciência".
Disse "querida usa o tempo, porque a luzes reluzem brilhantemente".
Tu e eu temos o que é preciso para conseguir, não fingiremos, nunca quebraremos, porque já não aguentaria.

Caminhei nas ruas à noite, tentando compreender. É difícil ver com tanta gente em volta, sabes que eu não gosto de estar preso na multidão e as ruas não mudam, só talvez o nome, eu não tenho tempo para jogar, porque preciso de ti. Sim preciso de ti.
Desta vez...

29 Comentários:

  lontra=)

domingo, dezembro 21, 2008 3:54:00 da manhã

Tão linda...
Um dia li esta frase em qualquer lado: “Para quê pressa, quando se quer construir algo para a eternidade?!”
Veio-me à memória com a letra desta música...
Muito bom gosto =),
(…vá lá ao menos na música).
****

  FATifer

domingo, dezembro 21, 2008 10:35:00 da manhã

Nada a apontar na tradução…

Já não ouvia esta música há muito… obrigado por me relembrares…

Será difícil encontrar alguém que não se identifique com pelo menos uma frase nesta canção, certo?

Abraço,
FATifer

  Mulheka

domingo, dezembro 21, 2008 11:39:00 da manhã

Uma das minhas músicas preferidas!

  maria

domingo, dezembro 21, 2008 1:50:00 da tarde

Adoro a música =)
Bom gosto sim Sr.

  LaveyGirl

domingo, dezembro 21, 2008 2:48:00 da tarde

All we need is just a little patience...

  mf

domingo, dezembro 21, 2008 4:46:00 da tarde

Os meus piores dias são aqueles em que não consigo ter paciência. Diria mesmo que são dias de tortura lenta... Dias em que só canções como esta ajudam a descrever o que não se consegue pôr em palavras...

  afectado

domingo, dezembro 21, 2008 6:34:00 da tarde

uma das melhores músicas já feitas...

  Afrodite

domingo, dezembro 21, 2008 8:23:00 da tarde

Muito bem...agora a pergunta chatita :)...e aplica-se no todo a ti??? Ehehehe conta conta conta!

Abreijinhossssssssss sem paciência

  ines

domingo, dezembro 21, 2008 9:25:00 da tarde

tá melhor?

  Crest©

segunda-feira, dezembro 22, 2008 10:49:00 da manhã

lontra=) disse...

“Para quê pressa, quando se quer construir algo para a eternidade?!”

Calma, uma eternidade é muito tempo, AHAHAHAHAHA

"Muito bom gosto =)"

Tenho bom gosto em tudo, só que nem sempre é compreendido.

  Crest©

segunda-feira, dezembro 22, 2008 10:50:00 da manhã

FATifer disse...

"Será difícil encontrar alguém que não se identifique com pelo menos uma frase nesta canção, certo?"

Eu sempre me identifiquei, primeiro porque sempre fui um adolescente impaciente e agora porque sou um adulto paciente demais.

  Crest©

segunda-feira, dezembro 22, 2008 10:51:00 da manhã

Mulheka disse...

"Uma das minhas músicas preferidas!"

Tem bom gosto a menina :D

  Crest©

segunda-feira, dezembro 22, 2008 10:51:00 da manhã

maria disse...

"Bom gosto sim Sr."

Sempre.

  Crest©

segunda-feira, dezembro 22, 2008 10:52:00 da manhã

LaveyGirl disse...

"All we need is just a little patience..."

...and things will be just fine :)

  Crest©

segunda-feira, dezembro 22, 2008 10:53:00 da manhã

mf disse...

"Os meus piores dias são aqueles em que não consigo ter paciência. Diria mesmo que são dias de tortura lenta... Dias em que só canções como esta ajudam a descrever o que não se consegue pôr em palavras..."

É verdade.

  Crest©

segunda-feira, dezembro 22, 2008 10:53:00 da manhã

afectado disse...

"uma das melhores músicas já feitas..."

Sem dúvida.

  Crest©

segunda-feira, dezembro 22, 2008 10:54:00 da manhã

Afrodite disse...

"Muito bem...agora a pergunta chatita :)...e aplica-se no todo a ti??? Ehehehe conta conta conta!"

Um vídeo, uma tradução e nem uma palavra minha. Acho que se pode chamar de uma tradução e não de sentimentos.

  Crest©

segunda-feira, dezembro 22, 2008 10:54:00 da manhã

ines disse...

"tá melhor?"

Estou pronto para o que vier :)

  Afrodite

segunda-feira, dezembro 22, 2008 11:55:00 da manhã

Ok!

  Crest©

segunda-feira, dezembro 22, 2008 2:29:00 da tarde

Afrodite disse...

"Ok!"

Hmmm, o que esperavas? Um filme, um rio de sentimentos? ehehehe

  Minhoca

segunda-feira, dezembro 22, 2008 10:01:00 da tarde

Esta musica é linda, e so para ouvir de novo terei que por aqui ficar mais um bocado.

Aproveitar para ler, pois neste pc consigo ver os textos, sim já descobri que o problema de não os conseguir ler era msm do pc, mas pronto a Pax lá me disse para abrir nos comentarios o texto e assim realmente tb resulta, :) sim sim sou loira não percebo nada destas coisas :)

  lontra=)

terça-feira, dezembro 23, 2008 1:40:00 da manhã

Eu tenho toda a calma do mundo…=D mas sempre gostei de ser a favor que um amor deve durar para sempre, nem que seja na eternidade de um momento.

  Crest©

quinta-feira, dezembro 25, 2008 8:25:00 da tarde

Minhoca disse...

"Aproveitar para ler, pois neste pc consigo ver os textos, sim já descobri que o problema de não os conseguir ler era msm do pc, mas pronto a Pax lá me disse para abrir nos comentarios o texto e assim realmente tb resulta, :)"

É esperta a miúda, ehehehe

  Crest©

quinta-feira, dezembro 25, 2008 8:26:00 da tarde

lontra=) disse...

"Eu tenho toda a calma do mundo…=D mas sempre gostei de ser a favor que um amor deve durar para sempre, nem que seja na eternidade de um momento."

Se tens calma irás alcançar o que procuras, quem não sabe esperar é que parte a cara em todas as relações desde amorosas a amizades.

  crazy_girl

segunda-feira, dezembro 29, 2008 2:22:00 da manhã

Voltei ao mundo virtual e voltei a vir-te visitar e qual não foi o meu espanto quando encontrei esta tradução.
Quando era mais miúda passava grande parte do meu tempo a traduzir músicas ás quais achava alguma piada, mas quando terminava, as letras pareciam me sempre ridículas. Não é o caso desta , que mesmo em Português continua a ser linda. A magia desta letra transporta me sempre para os tempos da minha adolescência, em que me fechava no quarto a ouvir esta e outras melodias melancólicas. Obrigado por este momento a reviver algo que não foi assim à tanto tempo mas que parece que foi à séculos...

;)

  Crest©

segunda-feira, dezembro 29, 2008 6:01:00 da tarde

crazy_girl disse...

"Quando era mais miúda passava grande parte do meu tempo a traduzir músicas ás quais achava alguma piada, mas quando terminava, as letras pareciam me sempre ridículas."

Também me acontecia, hoje ao ler muitas das minhas traduções é que percebi que eram traduções directas e automáticas, sem muitas vezes perceber o era cantado.

"A magia desta letra transporta me sempre para os tempos da minha adolescência, em que me fechava no quarto a ouvir esta e outras melodias melancólicas. Obrigado por este momento a reviver algo que não foi assim à tanto tempo mas que parece que foi à séculos..."

Parece que foi noutra vida :)

  Fada

segunda-feira, março 02, 2009 1:33:00 da manhã

E assim, de repente, num momento, tenho 15 anos de novo e o meu 1º Grande Amor chora na guitarra esta música para mim, num canto perdido algures no Liceu...

E agora, tantos anos volvidos, relembro que a minha grande aprendizagem prende-se sempre com ter um pouco mais de paciência...

Beijito, Brunito...

  Bruno Fehr

segunda-feira, março 02, 2009 9:01:00 da manhã

Fada disse...

"E agora, tantos anos volvidos, relembro que a minha grande aprendizagem prende-se sempre com ter um pouco mais de paciência..."

É isso tudo, na altura em que ouvi esta música também estava prestes a evolver-me com a minha primeira namorada a sério, mas nessa altura paciência era algo que nao tinha :)

  I.D.Pena

sábado, setembro 05, 2009 1:30:00 da tarde

Bolas esta tradução tocou-me fundo. Identifiquei-me imenso, acho que ja me aconteceu algo parecido , pelo menos no dialogo.

Sempre tive um pouco aversão a guns and roses e por birra n ouvia, todos gostavam todos cantavam todos queriam ser iguais a ele, e todas queriam um gajo como ele, era assim por qualquer sitio que passasse. Mas pronto grande musica, obrigada, uma redescoberta para mim.