Droga legal!


Existe uma nova droga que é 100% legal e que está a causar controvérsia na Alemanha. O seu nome é Spice e esgotou por completo na cidade de Hamburgo apenas em poucas horas após o seu lançamento no mercado. Os estabelecimentos comerciais que vendem este produto, dizem que têm já todas as suas importações dos próximos 3 meses vendidas e que recebem diariamente 20 a 30 encomendas, que são obrigados a recusar, pois a empresa criadora do produto, não consegue responder às exigências do mercado.

A Spice é suposto actuar como a Marijuana, mas é legal pois não contém nenhum produto que tenha alguma vez sido declarado como ilegal. Mas na verdade causa alucinações equivalentes ao LSD.

Uma dose de 6 gramas (50 Euros), causa alucinações terríveis e dificuldade em respirar. O governo de Hamburgo ainda não arranjou maneira de proibir a droga, pois não há um único elemento na sua composição que seja ilegal, é composto por uma mistura de ervas e plantas e com um cheiro activo a flores.
Além de alucinações, qualquer quantidade fumada acima das 5 gramas, torna os fumadores agressivos e os conflitos constantes.

Ora, 5 gramas, é uma quantidade fácil de atingir,visto que os jovens, acreditando que terá os efeitos da Marijuana, fazem os charros da mesma forma, quando na verdade, deve ser usada uma quantidade menor, misturada com tabaco, tal como no caso do Haxixe.

Empresas Alemãs, ameaçam despedir funcionários que consumam esta droga legal. Tribunais respondem que a não há base legal para despedimento. A policia detém condutores sob o efeito desta droga, no entanto não há base legal para detenção, nem sequer para uma multa (excepto por condução perigosa), mesmo já se sabendo que afecta psicologicamente o fumador, tornando-o agressivo, irresponsável e passivo de alucinações.

O sucesso da Spice em Hamburgo, fez com que a empresa criadora, triplicasse a sua produção, querendo abrir mais laboratórios. A spice foi criada em Inglaterra e de acordo com a empresa que a criou, servia para ser queimada de forma a dar um cheiro agradável ao ambiente, um efeito idêntico ao do incenso. Mas quando fumada causa efeitos devastadores.

A spice, por um lado afectou o tráfico de droga em Hamburgo e veio substituir o xtasy e a Cocaína, as duas drogas mais consumidas nesta cidade, dando os mesmo efeitos, mas sem necessidade de esconder o consumo e sem o perigo de serem responsabilizados.

A Spice é composta por ervas 100% legais, na sua composição consta:
* Feijao do mar (Canavalia maritima)
* Lotus Azul (Nymphaea caerulea)
* Cauda de leao (Leonurus cardiaca)
* Lousewort (Pedicularis)
* Guerreiro Indiano (Pedicularis densiflora)
* Chapeu de anao (Scuttelaria nana)
* Maconha Brava (Zornia latifolia)
* Lotus Rosa (Nelumbo nucifera)
* Marshmallow ( Althaea officinalis)
* Trevo Vermelho (Trifolium pratense)
* Rosas
* Siberian Motherwort ( Leonorus sibiricus)
* Baunilha
* Mel

Esta droga legal não é detectável por testes ao sangue é vendida nas versões Prata, Ouro e Diamante, que variam na concentração, preço e efeitos secundários.
Médicos alertam para os perigos e exigem, estudos aprofundados. Os estudos realizados pelo estado basearam-se na sua composição e não nos seus efeitos, sendo por isso, considerados insuficientes.



Pessoalmente não acredito na boa fé da empresa criadora. Não acho possível que uma composição tão complexa e um preço tão elevado tenha como intenção, ser queimada de modo a ser usada como incenso. Ainda por cima, vindo de uma empresa com o nome "The Psyche Deli", obviamente se constata que o objectivo é afectar o psíquico e nao aromatizar o ambiente.

59 Comentários:

  yargo

domingo, novembro 16, 2008 4:02:00 da manhã

Posso aqui deixar a minha reclamação?! Acompanhei o Amar é Perder e esperei ansiosamente para ler o que ías escrever hoje... Tento lá entrar e não fui convidada?! :( Porquê?
Estou desiludida pah!

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 4:06:00 da manhã

yargo disse...

"Posso aqui deixar a minha reclamação?! Acompanhei o Amar é Perder e esperei ansiosamente para ler o que ías escrever hoje... Tento lá entrar e não fui convidada?! :( Porquê?
Estou desiludida pah!"

O blogue nao tem convidados, o meu ultimo texto dizia que o encerrava dia 15. Aquele blogue acabou!

  yargo

domingo, novembro 16, 2008 4:28:00 da manhã

Ah!!! Pensava que ainda ías escrever mas qualquer coisa hoje... lol

  Pax

domingo, novembro 16, 2008 9:38:00 da manhã

Eu acho que vai ser facilimo proibir esse novo pózinho de cheiros:
Basta alguém morrer ou matar por causa dele. Tardio para os envolvidos mas eficaz para os futuros.

(Mel?!?!?!)

:)

  A Grafonola

domingo, novembro 16, 2008 1:24:00 da tarde

Olha, sabes que mais? é uma questão de difundir informação acerca do produto e dos seus efeitos.Se mesmo assim houver malta a consumi-lo e a bater a bota, olha: selecção natural. :p

  Van

domingo, novembro 16, 2008 1:59:00 da tarde

ps - vivemos na era da informação; não desculpa para desinformações desse género...não se tomam drogas sem conhecer os seus efeitos (positivos e negativos), e se o fazem é porque devem ser mesmo muito espertos...por outro lado, se conhecem os seus efeitos e mesmo assim se arriscam a bater a bota...são suicidas. :-p

oh pah, sorry lá mas sou preconceituosa com drogas, ou melhor, com toxicodependentes... :-p

  I.D.Pena

domingo, novembro 16, 2008 2:34:00 da tarde

Crest, as propriedades mais conhecidas dessas espécies vegetais são:

Siberian Motherwort ( Leonurus sibiricus)- espécié com propriedades diuréticas que estimula a circulação e o útero, baixa a pressão sanguínea, regula a menstruação e elimina toxinas. Também é eficaz contra infecções bacterianas e fungais.

Trevo Vermelho (Trifolium pratense) espécie usada actualmente pela medicina para aliviar atosse, problemas de pele e para prevenir os sintomas causados pela menopausa, os possiveis efeitos secundários conhecidos são : indisposição gástrica, cefaleias, dor mamária, fraqueza, dor perna, dor no peito

* Feijao do mar (Canavalia maritima)- Também denominada por Canavalia rosea (SW.),óptima para atrasar a erosão em zonas costeiras, muito resistente, e ainda hoje estudada, não sendo conhecidas os seus efeitos a médio prazo, mas está provado que previne ulceras e a prisão de ventre.

* Lotus Azul (Nymphaea caerulea) esta espécie para os antigos egípcios era venerada, usada em perfumaria e aromaterapia, os efeitos mais conhecidos são: anti-espasmódicos, sedativos, purificação e possui propriedades calmantes.

* Cauda de leao (Leonurus cardiaca)nome vulgar, também "Motherwort" assim como a leonorus sibirica, as suas propriedades dirigem-se maioritariamente à mulher, e os seus efeitos mais conhecidos e até agora estudados são : aumento do fluxo sanguíneo na menstrução, regulação do ciclo menstrual, anti-espasmódica, restabelece o tônus muscular do útero após a gravidez, previne caimbras, alivia sintomas como inchaço e dores, e melhora os sintomas emocionais, do síndrome pré-menstrual e a menopausa.

* Lousewort (Pedicularis) aqui era preciso especificar o nome científico completo, por isso posso estar errada, a espécie Pedicularis canadensis era usada pelos nativos americanos, um potente afrodísiaco, também reduz inchaços problemas digestivos, melhora a tosse e a espectoração, considerada adstringente e calmante, existe outra espécie a Pedicularis lanceolata, diferente no aspecto mas semelhante nos seus efeitos.

* Guerreiro Indiano (Pedicularis densiflora) assim como a espécie anterior, os primeiros a usar esta espécie foram os nativos americanos, tem uma característica curiosa, é infestante(ou parasita) e "rouba" ou capta a água das plantas à sua volta, os seus usos e efeitos são relaxamento muscular, tranquilizantes, e é um óptimo sedativo, pessoalmente, acho que em demasia pode levar a estados psicóticos, mas a FDA ainda não considerou todos os estudos que foram feitos.


* Chapeu de anão (Scuttellaria nana) esta espécie tem propriedades fortíssimas, nana quer dizer anã, mas não se julgue pelo tamanho uma pequena quantidade basta para alterar o estado psicológico e físico de um ser vivo, usada no passado na América do Norte para curar a raiva, hoje em dia os seus efeitos são comparados aos da espécie Cannabis, usado para curar distúrbios de sono,um poderoso sonífero e sedativo.

* Maconha Brava (Zornia latifolia) os primeiros registos indicam que foi usada por indios no Brazil, é a planta com os ofeitos mais parecidos com a Cannabis só que de uma forma muito mais descontrolada. Muito alucinogénica e sonífera.

Como é óbvio é uma irresponsabilidade para não dizer hipócrisia da parte do governo deixar que a Spice seja comercializada.

Disseste...

"Além de alucinações, qualquer quantidade fumada acima das 5 gramas, torna os fumadores agressivos e os conflitos constantes."

Isso acontece porque as doses que são fumadas são altíssimas e exageradas, como qualquer medicamento em demasia faz mal, se bem que legal, o Estado pode controlar as doses.

Felizmente não têm outras espécies, às quais nem refiro porque são alucinogénicas e até mortais.

  Afrodite

domingo, novembro 16, 2008 3:36:00 da tarde

Eu qualquer dia vendo peidos em pó, digo que dá uma grande moca e fico milionária AHAHHHAHAHA. Este pessoal mama tudo, nem pensam! Ohhh valha-nos qualquer coisa :)!

Abreijossss Crest

  vita

domingo, novembro 16, 2008 6:12:00 da tarde

Se não fosse um assunto demasiado sério e perigoso até pensava que era anedota.

Como todos sabemos a droga mata, e alem dos traficantes, ilegais, existir empresas legais que fornecem a morte é arrepiante, certo que compra quem quer, mas como bem sabemos é um flagelo mundial, e sendo ilegal é o que é, parece-me que facilitando não vai melhorar.

Enfim, uma nota final, van preconceituosa com drogas ou drogados?

Eu convivi muito de perto com "drogados" e com a morte de pessoas que amava, acredita que não eram fracos, nem tão pouco eram burros, a vida apresenta-nos algumas opções, seguimos por vezes as que achamos ideais na altura, o que algumas vezes são as erradas, mas optar mal, não faz de nós mal formados, desumanos, ou pessoas a afastar, pelo contrário, amei e cuidei até à morte quem a droga me levou e posso garantir-me que era humana, rica em inteligència e merecia o meu amor alem de ser uma irma muito querida e desculpa o discurso, mas magoa-me ler coisas dessas, a droga tal como muitas doenças, estão agora bem divulgadas, há uns anos atrás nem tanto, mas mesmo agora, pode acontecer a qualquer um, boas e más familias, não é só na classe baixa acredita, e existe muito boa gente, bem formada que cai.

Enfim, já vai longo o comentário, só queria deixar claro que alem de ser um assunto muito sério, choca-me certos comentários,por toda a experiéncia que vivi.
Mas aceito que este é um daqueles assuntos que só sentindo na "pele" se entende.

Desejava que nunca o sentissem, era sinal que as coisas mudam, mas aparecer empresas legais com drogas que matam, vejo o meu desejo cada vez mais dificil.

  AP

domingo, novembro 16, 2008 6:26:00 da tarde

Estás a fazer publicidade? Eheheh!

  Anónimo

domingo, novembro 16, 2008 6:33:00 da tarde

Já experimentas-te?
(não se pode opinar convenientemente sobre uma coisa que nunca se experimentou...)


chii

  Van

domingo, novembro 16, 2008 6:34:00 da tarde

Olá vita,desculpa se te choquei ou ofendi. Tens razão. Acontece que eu nunca tive uma experiencia boa no que respeita a esse vicio, foi uma tortura que incluiu ameaças de morte e tudo...também vi como a droga destruiu uma familia inteira. E também vejo o vicio a quase matar alguém que amo, que supostamente é inteligente e optima pessoa...desculpa se te ofendi.

  Van

domingo, novembro 16, 2008 6:39:00 da tarde

ps - pode-se dizer que reagi de forma inversa à tua; não consigo entender como é que alguém se deixa destruir dessa forma, e o que não entendo mesmo é que arraste outros atrás e lhes infernize e estrague as vidas. Num dos casos foi um inferno autentico, que incluiu ameaças de morte e tudo, muitas mentiras, roubos, medo, prejuízo (uma novela, enfim)...uma pessoa fecha-se. Noutro caso, a intervenção directa tem estado a resultar, mas não sei por quanto tempo...ao fim de um tempo a esperança vai-se e o que resta são vidas que se transformam em prisões.
Infelizmente a minha experiencia tornou-me fechada no que respeita a este assunto que, como dizes, é sério. Desculpa se te choquei, a sério, não tinha qualquer intenção de ofender ninguém, é apenas o que sinto. Sorry, a sério.

  ceptic

domingo, novembro 16, 2008 6:50:00 da tarde

Apartir do momento em que os possíveis efeitos são divulgados, cada um é responsável por si!
Só toma quem quer!
Em caso de danos a terceiros, devem ser responsabilizados, porque ninguém obrigou á toma de nada!

Mas acho piada, ao pessoal andar a consumir o conteúdo de aromatizadores! :D (ja tinha ouvido dos sprays para as dores, esta é mais original)

  Anónimo

domingo, novembro 16, 2008 8:24:00 da tarde

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
  vita

domingo, novembro 16, 2008 10:25:00 da tarde

Van, não me ofendeste, fiquei supresa, tenho-te lido imenso, e confesso que achei estranho, não te conheço, mas sempre posso dizer que não esperava ler isso de ti.
Pode parecer esquisito, mas "aprendemos" a conhecer um pouco as pessoas e esssa reação não "combina" contigo, mas com a tua resposta entendi o porquê.

E sim, tens razão, pode-se reagir de várias maneiras, ou se quiseres, aceitar de maneiras diferentes, eu reagi como uma grande perda que tive, e uma grande lição de vida, foi de facto muito complicado, mas elucidou-me sobre tanta coisa que desconhecia e não compreendia.

Sério que não fiquei ofendida, mas sou sensivel a este assunto, por tudo atrás discrito, melindra-me, e possivelmente exagero na reação que tenho perante este assunto, mas hoje passados 14 anos, ainda se torna dificil para mim, acreditar.

Respeito a tua opinião é claro, e agora entendo, apenas fiquei "supresa".;)

Beijo

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 10:43:00 da tarde

yargo disse...

"Ah!!! Pensava que ainda ías escrever mas qualquer coisa hoje... lol"

Nao, os últimos 3 textos, já foram publicados com menos intervalo, pois precisava de terminar aquilo de uma vez por todas.

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 10:44:00 da tarde

Pax disse...

"Eu acho que vai ser facilimo proibir esse novo pózinho de cheiros:
Basta alguém morrer ou matar por causa dele. Tardio para os envolvidos mas eficaz para os futuros."

Só o tempo o dirá.

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 10:45:00 da tarde

A Grafonola disse...

"Olha, sabes que mais? é uma questão de difundir informação acerca do produto e dos seus efeitos.Se mesmo assim houver malta a consumi-lo e a bater a bota, olha: selecção natural. :p"

Pois, mas os efeitos, estão a ser minimizados ao comparar este produto à Marijuana.

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 10:46:00 da tarde

Van disse...

"vivemos na era da informação; não desculpa para desinformações desse género...não se tomam drogas sem conhecer os seus efeitos (positivos e negativos), e se o fazem é porque devem ser mesmo muito espertos..."

O uso de drogas, nao é seguido de informacao sobre elas. É uma escolha por estupidez ou moda!

"oh pah, sorry lá mas sou preconceituosa com drogas, ou melhor, com toxicodependentes... :-p"

E com toda a razao!

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 10:47:00 da tarde

I.D.Pena disse...

Obrigado pela investigação sobre os efeitos dessas plantas, mais uma prova que não foram misturadas pelos seus efeitos aromáticos.

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 10:48:00 da tarde

Afrodite disse...

"Eu qualquer dia vendo peidos em pó, digo que dá uma grande moca e fico milionária AHAHHHAHAHA. Este pessoal mama tudo, nem pensam!"

O processo de tornar um gás em pó, é capaz de ser dispendioso, sem falar em complicado :D

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 10:59:00 da tarde

vita disse...

"Enfim, uma nota final, van preconceituosa com drogas ou drogados?"

Com todo o direito de o ser. Eu acho mais criminoso um estudante comprar 5 gramas de haxixe para fumar, do que o agricultor que o produz!

É o estudante que está a financiar as armas e equipamentos dos traficantes.

O consumidor é o maior criminoso, no que toca a drogas!

Respeito quem fica ao lado de quem escolhe matar-se com droga, mas nao tenho pena se quem se suicida. É uma escolha!

"choca-me certos comentários,por toda a experiéncia que vivi."

Compreendo. Mas já visitaste uma favela Brasileira? A Policia mata criancas, criancas matam policias, mas que é o responsável pelas armas dos traficantes? É a classe média que compra as drogas!

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 11:00:00 da tarde

AP disse...

"Estás a fazer publicidade? Eheheh!"

Sim, estou. Se optarem por ler e tomar isto. é uma escolha, mas pelo menos estao informados!

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 11:02:00 da tarde

Anónimo disse...

"Já experimentas-te?
(não se pode opinar convenientemente sobre uma coisa que nunca se experimentou...)"

Claro que pode. A informação existe. Nao preciso de morrer para falar da morte. Nao preciso de casar para ser contra o casamento. Nao preciso levar no cu, para saber que nao quero. Nao preciso de me drogar, para saber que é uma má escolha!

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 11:03:00 da tarde

Van disse...

"Olá vita,desculpa se te choquei ou ofendi. Tens razão. Acontece que eu nunca tive uma experiencia boa no que respeita a esse vicio, foi uma tortura que incluiu ameaças de morte e tudo...também vi como a droga destruiu uma familia inteira. E também vejo o vicio a quase matar alguém que amo, que supostamente é inteligente e optima pessoa...desculpa se te ofendi."

Eu concordo com os teus comentários. Por mais que nos custe nao podemos ver quem consome drogas como inocentes, apesar de poderem ser pessoas amadas. Quem consome é que financia a maior e mais perigosa rede criminosa do mundo!

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 11:05:00 da tarde

Van disse...

"Infelizmente a minha experiencia tornou-me fechada no que respeita a este assunto que, como dizes, é sério. Desculpa se te choquei, a sério, não tinha qualquer intenção de ofender ninguém, é apenas o que sinto. Sorry, a sério."

Tanto, tu como a vita, estao a ver o mesmo assunto de pontos de vista diferentes. O meu ponto de vista é diferente do de ambas.

Mas nunca, nunca o toxicodependente é inocente!

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 11:06:00 da tarde

ceptic disse...

"Apartir do momento em que os possíveis efeitos são divulgados, cada um é responsável por si!"

Mas os efeitos sao erradamente divulgados, os verdadeiros efeitos, só o tempo dirá. A legalidade deste produto, leva as pessoas a confiar nos governos. Pois, se é legal, nao deve ser tao perigoso!

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 11:07:00 da tarde

Anónimo Otário:

Tu aqui não comentas, volta lá para o teu canto!

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 11:08:00 da tarde

vita disse...

"Respeito a tua opinião é claro, e agora entendo, apenas fiquei "supresa".;)"

A mim surpreendem-me todas as opinioes sobre este assunto, pois os dedos sao sempre apontados às pessoas erradas!

  Van

domingo, novembro 16, 2008 11:10:00 da tarde

Olá Vita, ainda bem que não te magoei ou ofendi, não tinha intenção de magoar ninguém :(.Pois, um blogue não dá para conhecer totalmente as pessoas, :), apenas uma parte delas, no fundo adoptamos uma personagem. Por ex, eu armo-me muito em gozona e brincalhona :) não quer dizer que não seja brincalhona, mas não sou sempre assim, tal como não sou sempre correcta. Não consigo evitar ter este preconceito porque já vi muitas vidas destruídas por quem se decidiu meter na droga (mas falo de drogas pesadas) e levar todos os que o rodeavam atrás. Já vi varias familias destruidas, vejo-os a eles totalmente destruídos e penso, não têm o direito de fazer os outros sofrerem assim. É verdade que o vicio é uma doença, sei muito bem pq tenho um familiar próximo nessa situação (não é droga, é alcool...) e tem sido muito dificil lidar com as mentiras, com a transformação da personalidade, com a vergonha, com a prisão (porque é preciso estar sempre de olho nele, sempre atrás dele, sempre a vigià-lo...é desgastante)...e pensar como seria a vida se ele não a tivesse desperdiçado naquela merda, desculpa a expressão. E já por várias vezes se colocou em situações em que se podia ter matado. Quem sofria, não era ele. Enfim, mas na verdade a vigilancia cerrada e o cerco que lhe fizémos tem estado a resultar. Só que, na verdade, é dificil ter esperança depois de tantos anos de mentiras.
Digo-te que foste muito corajosa. É preciso muita coragem para suportar uma auto-destruição assim e evitar que nos afunde com ela.
E depois, quando tive a infelicidade de ter de privar com um toxicodependente e quando isso nos trouxe dois anos de inferno, mentiras, perseguições, ameaças de morte, calúnias, etc, etc...eh pah...não há quem aguente...

  Van

domingo, novembro 16, 2008 11:14:00 da tarde

Crest, eu abomino quem consome, quem vende e quem cultiva. Mas tb sei chamar as coisas pelo nome, por exemplo, chamar ilegal à cannabis?...quando o condensado que as tabaqueiras colocam no tabaco é mais tóxico? a cannabis é ilegal, mas o alcool pode-se consumir?...

  ceptic

domingo, novembro 16, 2008 11:24:00 da tarde

Em principio se ja ha tanta evidencia de maleficios, o governo ira intervir! Ou deve... :P
pelo menos esclarecer atraves de meios de comunicação, os efeitos secundarios.

No entanto, cada um sabe de si! Têm o direito a optar e depois têm é que aguentar com as consequências dos actos, sejam elas agradaveis ou não!

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 11:29:00 da tarde

Van disse...

"Mas tb sei chamar as coisas pelo nome, por exemplo, chamar ilegal à cannabis?...quando o condensado que as tabaqueiras colocam no tabaco é mais tóxico? a cannabis é ilegal, mas o alcool pode-se consumir?..."

A cannabis não é ilegal, não prisões por quantidades de consumo, só por quantidades de tráfico. A cannabis está despenalizada.

No entanto é hoje em dia o maior financiador dos cartéis de droga, por esse facto.

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 11:30:00 da tarde

Van:

Se compras tabaco ou alcool, por mais que consumas nao estás a financiar um crime maior.

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 11:31:00 da tarde

ceptic disse...

"Em principio se ja ha tanta evidencia de maleficios, o governo ira intervir! Ou deve... :P
pelo menos esclarecer atraves de meios de comunicação, os efeitos secundarios."

Acredito que sim, mas nao acredito que todos os governos europeus o façam, em particular Portugal!

  Van

domingo, novembro 16, 2008 11:32:00 da tarde

Ok, entendi o que querias dizer. Certo, não estarás a beneficiar um crime maior, é verdade, mas continua a ser um crime a destruição de familias.

Pera aí, mas despenalizada e legalizada não é o mesmo. A cannabis continua a ser ilegal, apenas já não vais pá cadeia por consumires. Acho eu...

  Crest©

domingo, novembro 16, 2008 11:42:00 da tarde

Van disse...

"mas continua a ser um crime a destruição de familias."

Sim, mas nao aos olhos da lei. A lei sao a regras que temos de respeitar em sociedade, sem elas temos anarquia e chaos. Nao posso concordar com esses ideias anarquistas!

"Pera aí, mas despenalizada e legalizada não é o mesmo. A cannabis continua a ser ilegal, apenas já não vais pá cadeia por consumires. Acho eu..."

Exacto, por isso mesmo o consumo é motivado e o negócio cresce!

  Van

segunda-feira, novembro 17, 2008 12:01:00 da manhã

Ok,então, continua a ser ilegal, apenas foi discriminalizada. :)

  Crest©

segunda-feira, novembro 17, 2008 12:03:00 da manhã

Van disse...

"Ok,então, continua a ser ilegal, apenas foi discriminalizada. :)"

Correcto, mas o principal problema é o consumo, portanto a despenalização é erro!

  ceptic

segunda-feira, novembro 17, 2008 12:31:00 da manhã

:)

" Crest© disse...
mas nao acredito que todos os governos europeus o façam, em particular Portugal!"

talvez, mas se realmente for prejudicial e for comercializada em PT esse tipo de informação vai ser devidamente divulgada. Poderá não ser através de meios estatais, mas não acredito que todos ignorem!

E para quem gosta de "trips" sabe que há riscos.

  vita

segunda-feira, novembro 17, 2008 1:40:00 da manhã

Crest em lado nenhum eu disse que os toxicodependentes são inocentes.

Respeito opiniões, mas tenho a minha, e deves compreender que o meu ponto de vista será diferente do teu, o que é até normal.

Mas não me quero alongar, acho até que nem devia ter comentado, depois de ler isto tudo, é a unica conclusão que cheguei, lamento se incomodei, mas é uma opinião, que vale o que vale, no caso, muito!

  vita

segunda-feira, novembro 17, 2008 1:41:00 da manhã

Van já percebi o teu ponto de vista, e tens razão, são maneiras diferentes de encarar o mesmo problema, somos todos diferentes também.;)

Um beijinho e que corra tudo como desejas.;)

  vita

segunda-feira, novembro 17, 2008 2:27:00 da manhã

Ah e acho que não devia ter comentado pelo facto de ser um assunto melindroso para mim, não por ter ficado ofendida com qualquer das opiniões.;)

  Vivacity

segunda-feira, novembro 17, 2008 2:52:00 da manhã

Ainda bem que não acreditas na boa fé da empresa promotora porque BOA FÉ é coisa que não existe nestes negócios...

beijo

  Crest©

segunda-feira, novembro 17, 2008 4:49:00 da manhã

ceptic disse...

"talvez, mas se realmente for prejudicial e for comercializada em PT esse tipo de informação vai ser devidamente divulgada. Poderá não ser através de meios estatais, mas não acredito que todos ignorem!"

Provavelmente já está à venda em Portugal. Está em toda a Europa!

"E para quem gosta de "trips" sabe que há riscos."

Adoro trips e o inverno está próximo para fazer um snow trip :D

  Crest©

segunda-feira, novembro 17, 2008 4:53:00 da manhã

vita disse...

"Mas não me quero alongar, acho até que nem devia ter comentado, depois de ler isto tudo, é a unica conclusão que cheguei, lamento se incomodei, mas é uma opinião, que vale o que vale, no caso, muito!"

Claro que sim. Eu percebo o que queres dizer. Eu perdi amigos para a droga, custa, mas não culpo nada nem ninguém senão eles. Eles fizeram a certa altura das suas vidas uma escolha. Nós somos responsáveis pelas nossas escolhas. Por isso mais do que culpar um objecto como a droga, só os posso culpar eles.

A droga não procura as pessoas, as pessoas procuram a droga.

  Crest©

segunda-feira, novembro 17, 2008 4:53:00 da manhã

Vivacity disse...

"Ainda bem que não acreditas na boa fé da empresa promotora porque BOA FÉ é coisa que não existe nestes negócios..."

De acordo!

  I.D.Pena

segunda-feira, novembro 17, 2008 10:27:00 da manhã

Esqueci-me de comentar o nome, Spice, muito inocente para o produto que é, mais uma jogada de marketing muito bem conseguida.

Cada vez que comento certas atitudes da geração um pouco abaixo da minha ,e tendo eu 27 de idade, não consigo deixar de me sentir velha por reprovar certas inconsciências, mesmo assim acho que o erro não é meu, cresci ou amadureci, se é rápido de mais ou não é problema meu, só sei e só posso falar do que conheço, é que cada vez há mais adolescentes tardios, e a vida à noite está contaminada por essa gentinha pouco evoluida, com pouco assunto e pouca cabeça ou opiniões, dá-me a sensação que os pais estão fartos deles e, por isso até-lhes financiam as saídas à noite.

Disseste...

"Obrigado pela investigação sobre os efeitos dessas plantas, mais uma prova que não foram misturadas pelos seus efeitos aromáticos."

Basta ter os livros certos, ou prestar atenção aos professores certos.

Gosto de perceber o que me rodeia, por isso é que resumi os efeitos conhecidos dessas plantas, até por interesse pessoal, existe tanta planta medicinal que não é usada por causa de certas marcas de empresas que fabricam medicamentos, é impressionante.

  Vício

segunda-feira, novembro 17, 2008 11:05:00 da manhã

e que quantidade é que provoca morte?
era uma boa opção por parte dessas "amostras de gente" que consome essas coisas!

  Van

segunda-feira, novembro 17, 2008 12:24:00 da tarde

Vita, espero que contigo também corra tudo bem. :)

  ceptic

segunda-feira, novembro 17, 2008 12:55:00 da tarde

"Crest© disse...
Adoro trips e o inverno está próximo para fazer um snow trip :D"

:D sempre é mais saudável!

Isso é para meter inveja?! Não é pois nao! Nada de de gozar com os pobres... :P

  Sol

segunda-feira, novembro 17, 2008 1:56:00 da tarde

Ola, já não vinha cá á uns dias, pois o pc do trabalho não abre o teu blog desde k mudas-te, e em casa nem sempre há tempo.

Qt ao post, para mim é tudo droga, legal ou nao, faz mal na memsa , e tá dito,


hehehehe!!!!!!!!!!


jokas.

  Crest©

segunda-feira, novembro 17, 2008 6:22:00 da tarde

I.D.Pena disse...

"Esqueci-me de comentar o nome, Spice, muito inocente para o produto que é, mais uma jogada de marketing muito bem conseguida."

Sem dúvida, pois mesmo que o produto seja proibido um dia, os lucros da empresa já foram justificados.

  Crest©

segunda-feira, novembro 17, 2008 6:23:00 da tarde

Vício disse...

"e que quantidade é que provoca morte?
era uma boa opção por parte dessas "amostras de gente" que consome essas coisas!"

Pelos vistos 5 gramas podem causar a morte a terceiros, sem consumirem esta droga! A violência na noite de Hamburgo disparou depois da droga ter esgotado.

  Crest©

segunda-feira, novembro 17, 2008 6:24:00 da tarde

ceptic disse...

"Isso é para meter inveja?! Não é pois nao! Nada de de gozar com os pobres... :P"

Nada disso, trocaria um snow trip aqui, por uma boa surf trip na minha zona em Portugal!

  Crest©

segunda-feira, novembro 17, 2008 6:25:00 da tarde

Sol disse...

"Ola, já não vinha cá á uns dias, pois o pc do trabalho não abre o teu blog desde k mudas-te, e em casa nem sempre há tempo."

Nao será certamente devido à mudança, possivelmente a tua empresa colocou um filtro de palavras e o nome do meu blogue tem a palavra "cobrir", que é filtrada em muitas empresas.

  Anónimo

terça-feira, setembro 01, 2015 4:20:00 da tarde

QUERO FUMAR ISSO!!!
SE FOSSE DE CHEIRAR EU CHEIRAVA KKKKKKKK
SE FOSSE DE COMER EU COMIA!

JA QUE EH DE FUMAR, ENTAO EU FUMO!!!!


NINGUEM TEM NADA COM MY LIFE!
BEIJOS

  Anónimo

quarta-feira, novembro 18, 2015 12:45:00 da manhã

Desculpem mas n e gente estupida eu tive um primo meu que chegou a consumir drogas devido as mas influências dos amigos e chegou a morrer a pala disso tomou anfetaminas ou o que era e suicidou-se por causa de pensamentos causados pela droga n falem do que n sabem ele morreu quando tinha 14 e era uma pessoa bastante inteligente bem comportado com grandes notas e devido as mas influencias aqui esta um motivo que foi o do meu primo agora imaginem se os vossos acontecesse o mesmo a uma pessoa que amam acham que ficava se sentiriam bem entao imaginem o que eu sofri quando a minha mae entra no meu quarto e me conta que ele morreu tendo eu nessa altura seis anos e melhor imaginem o sofrimento quando oiço acidentalmente os meus pais a falarem como ele tinha morrido tendo eu seis anos mas o que