As camisas!

Nunca fui gajo de camisas, durante a minha adolescência, sempre fui gajo de fugir para as alternativas, tudo que não desse muito trabalho a passar a ferro. Eu sou alérgico a essa arte, que, por mais que tente não a consigo dominar, não só nas camisas, mas também nas calças dos fatos. Por algum motivo misterioso, por mais que tente, as calças ficam sempre com vinco duplo e as camisa é passar de um lado e "despassar" do outro.


Na faculdade lá começaram a aparecer as camisas, por causa do traje, entrevistas de emprego e porque as gajas gostam. Na faculdade era a minha companheira de apartamento que me passava a roupa a ferro, ela adorava passar a ferro e odiava aspirar... Lá aspirava eu, para ter as camisas engomandas. Hoje em dia, não vivo sem elas. Durante a semana preciso de 1 ou duas, depende. Uma para o trabalho e uma no período pós trabalho.
Duas vezes por semana uma senhora Polaca, faz-me o favor de limpar a merda que faço e de me passar a roupa. É claro que lhe pago, mas organizar-me não é tão fácil como pensam, que o diga a minha assistente, que tem de se lembrar de tudo, inclusivamente das minhas consultas de dentista, pois eu não me lembro de nada. No caso do dentista, faço-me de esquecido... Esta senhora, a vir duas vezes por semana a minha casa, sabe onde está tudo, eu não sei onde está nada. Fico surpreendido, em conseguir chegar a casa sem usar o GPS. É um problema meu, a rotina aborrece-me e não presto atenção a nada que me aborreça. Se estou a falar com uma pessoa aborrecida, olho para ela, ela pensa que estou com atenção ao que ela diz, quando na verdade estou a imaginar maneiras de torturar esse ser chato.
Esta senhora que me permite parecer uma pessoa normal, informou-me que vai de férias em Dezembro. Quer ir passar o mês todo com a família e só volta em Janeiro. Fiquei feliz por ela, paguei-lhe pelo seu trabalho, dei-lhe um envelope com um presentinho para a ajudar nas férias e desejei-lhe boa viagem. Passado duas horas caí na realidade!



As camisas! Meu Deus, (ou visto que sou agnóstico), Ai mim!
Ai Coiso!
As camisas!
Saí de casa em serviço de emergência e fui comprar camisas. Passar a ferro está fora de questão, portanto nem pensem nisso!
Cheguei ao pronto a vestir e parecia que estava a fazer compras para tempo de guerra, camisas para o saco, brancas, pretas, azuis, lisas, riscas quadrados tudo serve. Umas de padrão mais estranho exigiram algum esforço a comprar uma gravata específica. Não, eu não entro nessas merdas de usar uma gravata com o rato Mickey que combina com todas as camisas. Nem uso riscas com quadrados e, os losângulos nem me aproximo deles, pois faz-me lembrar as bichas do Cricket.

Há que ter um pouco de bom gosto, ou pelo menos tentar. Cheguei a casa, com 2 casacos, 3 pullovers, 4 gravatas e 16 camisas. Sim 16!!
Tirei-as todas do plástico, arranjei espaço em cruzetas para que fiquem esticadas, na esperança de que aqueles vincos desapareçam por si. Normalmente lavo a roupa antes de a vestir, mas neste caso NEM PENSAR!

Depois fiz contas. Somei as camisas que comprei, com as que tenho em casa. A esse total, descontei as que estão no cesto da roupa suja, as que estão no estendal e até a que tinha vestida. A esse novo total, descontei as que não dão para usar com fato ou gravata. Cheguei a um novo total: 46.



Novas contas, faltam 4 dias para acabar o mês, Dezembro tem 31 dias, a senhora só volta dia 3 a Hamburgo que é a uma Quinta-feira e a senhora só vem a minha casa às Quartas e Sábados, ou seja, só a volto a ver dia 5 de Janeiro. Total: 40 dias. 40 dias são 40 camisas, isto se eu usar à noite a que usei todo o dia, o que não faz sentido, por isso vamos supor que deixo de ter vida social por falta de camisas e só irei usar duas por dia em metade dos dias. Isto dá um mínimo de 60 camisas. máximo de 80. Ora bem, vou guiar-me pelo mínimo e visto que, sempre fui mau a matemática, mas pelas minhas contas tenho -14 camisas. Ninguém tem -14 camisas! Só eu!!!
Eu sei o que estão a pensar, mas as lavandarias como há em Portugal aqui são raras, em dois anos conheci uma que fechou. As lavandarias que há são todas self-service quer na lavagem quer na passagem de roupa. Eu sei que posso comprar mais e é o que irei fazer, mas e quando a senhora voltar? Acham que ela se irá despedir após encontrar 300 camisas para passar a ferro?


77 Comentários:

  Marta

terça-feira, novembro 27, 2007 2:18:00 da tarde

Ehhhhh

E aquelas engomadorias que levas x peças de roupa para passar?

  ipsis verbis

terça-feira, novembro 27, 2007 2:40:00 da tarde

Reza para que a senhora goste muito de passar camisas... ah, pois. És agnóstico! :D

  ipsis verbis

terça-feira, novembro 27, 2007 2:41:00 da tarde

Olha, faz figas então!

  inês ( a outra)

terça-feira, novembro 27, 2007 2:52:00 da tarde

pagas a viagem, eu passo-te a roupinha!

(odeia passar a ferro, aqui uso(usava) e abusava das "engomadeiras"

  Lésbico

terça-feira, novembro 27, 2007 2:54:00 da tarde

Vai trabalhar como o gajo da foto, tronco nu e gravata. Eu sei que aí já deve nevar mas levas casaco!

  Escrever não dói

terça-feira, novembro 27, 2007 2:59:00 da tarde

o_0

Que dilema.. se fosse eu, despedia-me! Assim só precisava des camisas para sair... :p

  Crestfallen

terça-feira, novembro 27, 2007 3:11:00 da tarde

Marta:

Os chineses é que fazem essas merdas e aqui todos têm restaurante. As páginas amarelas fazem-me tanta falta!!!

  Crestfallen

terça-feira, novembro 27, 2007 3:11:00 da tarde

ipsis verbis:

Eu até sei rezar, não gosto é de perder tempo a falar sozinho!

  Crestfallen

terça-feira, novembro 27, 2007 3:14:00 da tarde

inês ( a outra):

Ahaha, é sempre uma opção :P

  Crestfallen

terça-feira, novembro 27, 2007 3:15:00 da tarde

Lésbico:

É atentado ao pudor, acho que chega de problemas por uns tempos!

  Crestfallen

terça-feira, novembro 27, 2007 3:15:00 da tarde

Escrever não dói:

Em breve, em breve. Irei morar para uma ilha tropical onde possa andar nu todo o ano!

  mamie2

terça-feira, novembro 27, 2007 3:27:00 da tarde

LOL! Se morasses aqui em Portugal eu dáva-te o contacto de uma empresa que ensina os homens a fazerem-se essas coisinhas!...

(há cerca de dois anos ofereci um cursinho de culinária ao meu marido!- e olha que depois de ver que não era coisa para bichonas, até não se saiu mal)

  mamie2

terça-feira, novembro 27, 2007 3:27:00 da tarde

LOL! Se morasses aqui em Portugal eu dáva-te o contacto de uma empresa que ensina os homens a fazerem-se essas coisinhas!...

(há cerca de dois anos ofereci um cursinho de culinária ao meu marido!- e olha que depois de ver que não era coisa para bichonas, até não se saiu mal)

  ondas

terça-feira, novembro 27, 2007 3:36:00 da tarde

opa...se pagares bem eu vou passar-te as camisas...por acaso gosto de passar a ferro!!! e como tenho de presente uma viagem a Berlim...sp ganho uns trocos para esbanjar...
contrata-me!!!!eu resolvo esse problema...lol

  Borboleta Endiabrada

terça-feira, novembro 27, 2007 3:36:00 da tarde

epa tu és realmente doido!! 80 camisas??? a senhora que tas passa vai ter de ter muita paciencia..nao gostava nada de estar no lugar dela.... Epa, nao tens nenhuma miuda que te queira passar as camisas???? quem sabe em troca de algo????

;)

beijinhos endiabrados

  Ana

terça-feira, novembro 27, 2007 3:37:00 da tarde

Primeira observação: Não disseste nem um palavrão! Élaaaaa!!! =D
(Qual foi o teu "eu" que escreveu este texto?)

E tens mesmo que usar camisas depois do trabalho? Grande seca!
Eu pessoalmente não aprecio muito homens de camisa... acho que está um pouco out (tirando no trabalho, claro)

  tavguinu

terça-feira, novembro 27, 2007 3:40:00 da tarde

opá se o 40 te tiver bem, mando-te pelo dhl umas !

é que tenho stock para 2 meses !

  Inês

terça-feira, novembro 27, 2007 4:05:00 da tarde

Ora aqui está uma coisa boa que nós por cá temos! Isso aqui nunca seria um problema...

  blackstar

terça-feira, novembro 27, 2007 4:15:00 da tarde

E não te ocorreu perguntar à senhora o nome de uma amiga para que a substituísse na sua ausência? Ou, antes de esgotar a loja, arranjar outra pessoa, ainda que por um curto espaço de tempo?

  Noivo

terça-feira, novembro 27, 2007 5:32:00 da tarde

acho que vais ter mesmo de contratar outra empregada:) aproveita e escolhe bem;)

  Skynet

terça-feira, novembro 27, 2007 5:44:00 da tarde

"Ai mim"! lol

Acho que seria mais fácil e mais barato contratares alguém para te passar as camisas durante as férias da senhora.

  Francis

terça-feira, novembro 27, 2007 6:02:00 da tarde

Este post eu nem sequer me atrevo a comentar.

  iFrancisca

terça-feira, novembro 27, 2007 6:15:00 da tarde

Pelo menos vai precisar de uma horas de fisioterapia... tantas horas de pé! Quando lhe mostrares as camisas dá-lhe um voucher para um spa senão ela despede-se!!! Bjs

  miss bradshaw

terça-feira, novembro 27, 2007 6:22:00 da tarde

LOOOL és a comedia! xD

eu, modestia aparte,sou deus a passar camisas! lol se pagares bem,salvo-te a vida ate a senhora voltar! x)

beijinhos

  PsYcHo_MiNd

terça-feira, novembro 27, 2007 6:25:00 da tarde

Enquanto continuar a viver com a mamã estou descansado, mas também como não uso camisas não tinha esse problema. Mas se contratasses outra pessoa tinhas o problema resolvido, não tinhas precisado de comprar a loja quase toda.

  DUVIDAS COR DE ROSA

terça-feira, novembro 27, 2007 6:53:00 da tarde

Homens, homens, homens!!!!
Quando a sra voltar apresenta-lhe as camisas, a uma média de 10 por visita, dá 20 por semana´, num instante dá conta do recado...
Da-se...
Cá as camisas, quando se compram, n me perguntem como conseguem fazê-lo, vêm todas dobradinhas, ou seja, depois de abertas, além dos buracos dos alfinetes, ficam com rugas e pregas. Se não tirares o casaco, aí está uma boa idéia para os solteiros ou alérgicos à tábua e ferro de engomar...

  Afrika

terça-feira, novembro 27, 2007 8:23:00 da tarde

Passa la no blogue tens la uma prenda... Oh homem complicado LOL

  Innocent dreams

terça-feira, novembro 27, 2007 9:03:00 da tarde

Compras mais camisas para chegar até a senhora voltar... e depois, escolhes as que mais gostas e dás as camisas a mais a quem mais precisar!

(acho que utilizei demais a palavra mais, lol... talvez porque tens camisas a mais!) :P

  Foi Bom

terça-feira, novembro 27, 2007 9:11:00 da tarde

Tu es uma pessoa estranha...tenho medo de ti!!!

  Helluah

terça-feira, novembro 27, 2007 9:14:00 da tarde

mas a postar fotos tuas, homem???
ai ai ai...

  mjf

terça-feira, novembro 27, 2007 10:10:00 da tarde

Olá!
Realmente um homem sem uma mulher...não se safa...
ohohohoh
( estou a falar de uma mulher/empregada...claro )
Beijos
Boa sorte!!!!!!!!!!!!!!!!!!1

  Vício

terça-feira, novembro 27, 2007 11:29:00 da tarde

mais vale faltar uma camias dessas que uma camisa sem mangas!

  Mulheka

terça-feira, novembro 27, 2007 11:35:00 da tarde

Haja dinheiro!!!
Se o tivesse fazia o mesmo!

Olha, eu tb tenho alergia ao ferro, sou um completo desastre!!! Medo, muito medo!

  Teté

quarta-feira, novembro 28, 2007 1:41:00 da manhã

O mais fácil é arranjares alguém que te dê uma mão a engomar, entretanto.

Até porque as camisas quando vêm da loja só estão engomadas dos peitorais ao colarinho, as mangas e as fraldas estão numa ruga só... Quer dizer, resolve-se se NUNCA abrires ou tirares o casaco, eh, eh, eh!

Mas pronto, não deve ser difícil encontrares uma portuguesa ou uma fulana do leste, para te fazer umas horinhas de ferro. A pagar, é claro, mas também pagavas à outra, não é?

As engomadorias e as casas de arranjos de costura estão a aumentar em Lisboa (as lavandarias são mais caras), suponho que devido ao aumento de desemprego... Quem sabe se não era um bom negócio para montar aí em Hamburgo?

Fizeste mal as contas: se a polaca vai estar fora em Dezembro, a duas camisas por dia, dá 62! Mais estes dias de Novembro e os de Janeiro, dá cerca de 80! Mais algumas que estejam por passar ou para lavar, serão umas 100 ou pouco mais. Como é que falas em 300 (que para já, era preciso que as tivesses)? Ai essa matemática...

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:34:00 da manhã

mamie2:

O meu problema em passar a ferro é não gostar e não faço nada que não goste. O meu problema em cozinhar é achar uma perda de tempo. Mas até me saio bem, com diversas senhoras que podem atestar isso.

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:37:00 da manhã

ondas:

Berlim, como posso dizer o que penso de Berlim... "Ah e tal é giro e tem um muro em ruínas". LOL, não gosto de Berlim é a Turquia 2 :P

Vais gostar pelo tamanho impressionante, mas é cidade de se visitar uma só vez. Para a próxima viagem vai a Munique, Frankfurt, Hamburg, essas sim, são cidades onde queremos voltar.

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:39:00 da manhã

Borboleta Endiabrada:

Ainda não tenho 80, mas corro sérios riscos. Conheço gajas com bem mais sapatos do que eu tenho camisas e os sapatos são mais fáceis de limpar :)

Esta senhora, tem uma paciência de santa :P

"Epa, nao tens nenhuma miuda que te queira passar as camisas???? quem sabe em troca de algo????"

Estas miúdas são todas muito finas e mimadas, se me passassem uma camisa, queria logo casar!

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:43:00 da manhã

Ana:

"Primeira observação: Não disseste nem um palavrão! Élaaaaa!!! =D
(Qual foi o teu "eu" que escreveu este texto?)"

Foi o eu que manda, o eu de sempre. Só não disse palavrões para contrariar!

"E tens mesmo que usar camisas depois do trabalho?"

Não tenho de usar camisas, mas em muitos sitios não se entra de qualquer maneira. Como os gajos se vestem em Portugal, desportivamente, aqui não entravam em mais de metade dos restaurantes e em ZERO discotecas.

"acho que está um pouco out"

E a alternativa a camisa é? Não me digas T-Shirt, pois estão -5 graus!

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:44:00 da manhã

tavguinu:

O 40 não serve, tem ser 38 de gola.

Tenho de contruir um stock maior!

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:45:00 da manhã

Inês:

É verdade, em Portugal dá para mandar fazer tudo fora, a questão é que aqui a empregada doméstica ou AuPair é tão vulgar que acaba com esses negócios!

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:48:00 da manhã

blackstar:

Existe um risco enorme em contractar empregadas para casa. Existe muitas ofertas, 99% estrangeiras, o problema é que não existe confiança.

Já muito boa gente encontrou as suas casas vazias, após contractarem empregadas. A minha empregada tem chave mas também tem a minha confiança.

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:49:00 da manhã

Noivo:

Teria de ser muito bem recomendada, eu procuro mas não é fácil, a confiança é um factor muito importante.

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:50:00 da manhã

Skynet:

Quantas pessoas colocam um estranho em casa, enquanto estão a trabalhar? Esse é o problema!

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:50:00 da manhã

Francis:

Dizes isso porque, tens quem te passe as camisas, de certeza :)

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:52:00 da manhã

iFrancisca:

Não propriamente para um SPA, mas dou-lhe vouchers regularmente para a Sauna/Massagens. Mas este será um caso especial :P

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:53:00 da manhã

miss bradshaw:

Incrível como é fácil encontrar voluntárias para este serviço, é pena estar a 3,000Km de distância... tenho de voltar para Portugal!!!

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:55:00 da manhã

PsYcHo_MiNd:

Gosto demais de como a minha casa está decorada e mobilada, não estou desposto a contractar alguém que limpará a casa toda, de pó, mobilia e electrodomésticos.

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:57:00 da manhã

DUVIDAS COR DE ROSA:

Passar o ferro por esses vincos, ainda me safo, pois os colorinhos já estão imaculados.

"os solteiros ou alérgicos à tábua e ferro de engomar"

Esta alergia tem tratamento?

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:57:00 da manhã

Afrika:

Deixa-me adivinhar... É um ferro de engomar?

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 10:00:00 da manhã

Innocent dreams:

Felizmente as camisas brancas não duram muito tempo nas minhas mão, meia duzia de lavangens e consigo transformar a sua cor :P

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 10:00:00 da manhã

Foi Bom:

E és correspondida por mim nesse sentimento :P

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 10:01:00 da manhã

Helluah:

A foto não é minha! Foi retirada de um site de venda de camisas, é uma campanha publicitária.

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 10:02:00 da manhã

mjf:

Quer seja a mãe, avó ou empregada, tem de haver uma mulher por perto :)

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 10:03:00 da manhã

Vício:

Ahahah, felizmente essas não precisam de ser engomadas :)

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 10:04:00 da manhã

Mulheka:

Felizmente as camisas são baratas, se fossem casacos. Aliás por aqui os boxers chegam a ser mais caros que as camisas!

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 10:07:00 da manhã

Teté:

"resolve-se se NUNCA abrires ou tirares o casaco, eh, eh, eh!"

Lá terá de ser :)

"Mas pronto, não deve ser difícil encontrares uma portuguesa ou uma fulana do leste, para te fazer umas horinhas de ferro."

Não contracto Portuguesas, pois 3 dias depois o mundo já sabe tudo o que tenho e que não tenho. As de leste ou são bem recomendadas, ou tens a casa limpa por doze gajos!

"Quem sabe se não era um bom negócio para montar aí em Hamburgo?"

Toda a gente com filhos tem AuPairs, ou empregadas, não há negócio para essas casa!

"Como é que falas em 300"

Se é para exagerar, faço-o em grande!

  Allie

quarta-feira, novembro 28, 2007 10:26:00 da manhã

Pensei que eras um tipo self-made man. Custa passar uma camisinha???

  sextrip

quarta-feira, novembro 28, 2007 11:51:00 da manhã

ahahahahah...

ia perguntar o mesmo que a Marta : não há aí engomadorias ?!

- camisas -
a minha "costela consumista feminina", lol lol.
são elas com os sapatos e eu com as camisas - tenho "carradas" delas.
é a minha peça de vestuário preferida e que me dá verdadeiro prazer a comprar.
no resto do vestuário sou muito mais frugal.

- passar a ferro -
dá-me urticaria e enrolam-se-me as unhas dos pés... completamente "fora" !!!
lavo a roupa (ou melhor, a máquina)
seco a roupa (ou melhor, o secador)
levo os saquinhos à engomadoria.

- curiosidade -
estava eu a levantar o pacotão de roupa engomada, diz uma madama que não me conhecia de lado nenhum:

- lol, lol (com aquele sorrisinho parôlo que muitas têm) pobres homens, que têm de mandar tudo para a lavandaria... + lol's

olhei a bimba e fiz scroll rápido na base de dados mental - não, não a conhecia, de certeza !!!...

- oh minha senhora... como não gasto fortunas em cremes para a cara, posso dar-me a esse luxo.

(ela devia usar cremes desses, pois não arrotou mais nenhum "lol")

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 11:54:00 da manhã

Allie:

Custar não custa, mas sou um self made man que não passa a ferro. Aliás eu compro tudo feito, fazer, fazer, só sexo, pois não é (na maioria das vezes) uma perda de tempo!

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 11:55:00 da manhã

sextrip:

Nós mandamos para a lavandaria, elas chamam um reboque por causa de um furo!

  sextrip

quarta-feira, novembro 28, 2007 11:58:00 da manhã

--> Allie

não é questão de "custar".
é uma doença masculina descoberta recentemente por cientista Cijordanezes.
chama-se gomadofobia crónica.
assim que se liga o ferro... surgem suores frios acompanhados de flatulência violenta - em casos extremos dão-se ataques de urticaria e enrolamento queratinoso.
é grave e não há cura conhecida.

  sextrip

quarta-feira, novembro 28, 2007 12:02:00 da tarde

--> Crestfallen

mas isso é compreensível.
é para não estragarem o cremes das mãos e não arriscarem a partir as unhas de gel que custam uma fortuna.

nós é por uma questão de saúde, não comparticipada pelo estado ainda por cima...

bom dia !

  Dr.Phil

quarta-feira, novembro 28, 2007 1:11:00 da tarde

Escolhe camisas que não precisam de ser passadas a ferro...;-)

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 1:19:00 da tarde

sextrip:

É verdade, é uma doença fodida, a maneira mias rápida de recuperar e pagar numa cerveja, dizer uns palavrões e dar uma sova na esposa!

  Crestfallen

quarta-feira, novembro 28, 2007 1:21:00 da tarde

Dr.Phil:

Boa, de facto caí diversas vezes nesse engano. Comprei imensas camisas que dispensam ferro, mas as únicas que se safam, são as que já são engelhadas de origem.

As outras de maneira a dispensarem ferro de engomar, não podem ser lavadas numa máquina cheia e mesmo assim nunca ficam impecáveis, em especial no colarinho.

  blackstar

quarta-feira, novembro 28, 2007 3:52:00 da tarde

Por isso, disse perguntar à senhora como primeira opção1 eu também não me dou muito bem com a ideia de estranhos em casa, principalmente na minha ausencia!

  Yashmeen

quarta-feira, novembro 28, 2007 4:30:00 da tarde

Podes sempre arranjar uma namorada prendada durante um mês... depois dizes que a relação não funcionou porque não havia química e essas coisas. ;)

  turbolenta

quarta-feira, novembro 28, 2007 5:01:00 da tarde

Se visses aqui a TV tinhas o problema resolvido.

Carregar no botão da máquina para as lavar, deves ser capaz...
E AGORA há uns aparelhómetros em que a roupa se pendura nas cruzetas, enfia-se dentro dessas maquinetas, (mesma a pingar)e....milagre dos milagres.... não é que a menina tirar-a de lá direitinha, tal qual se tivesse sido passada a ferro( ! ! ? ? )
Se soubesse que era a solução para o teu problema mandava uma pelo Pai Natal.
bom resto de semana

  alguém+ neste mar de gente

quarta-feira, novembro 28, 2007 9:26:00 da tarde

LOLOLOL que engraçado! e arranjar outra polaca ou afim?

  Inês

quarta-feira, novembro 28, 2007 10:19:00 da tarde

Chama-se dr iron e é a solução para esse problema. É da Fagor (www.fagor.pt) e dizem que o preço anda entre os 1600 e os 1800 €. Parece um frigorifico.
Aqui está uma coisa que dava jeito em qualquer casa.

  Crestfallen

sexta-feira, novembro 30, 2007 12:09:00 da tarde

blackstar:

Sim mas mesmo as recomendadas dão merda, muita gente de leste anda por aqui sem papéis e até são boas pessoas... até um dia.

Poderia arranjar uma Portuguesa, mas nos últimos anos a malta já não quer Portuguesas, esta última geração de empregadas domésticas, arrasta-se e não faz nada!

  Crestfallen

sexta-feira, novembro 30, 2007 12:10:00 da tarde

Yashmeen:

As prendadas são as mais perigosas, parece que nasceram para serem donas de casa e só pensam em casar.

Por outro lado seria usar a miúda e eu não faria isso, excepto sexualmente onde se usa e se é usado!

  Crestfallen

sexta-feira, novembro 30, 2007 12:12:00 da tarde

turbolenta:

Se é daquelas coisas da TV Shop... nãn quero :), a minha empresa faz créditos para desenvolver muitas dessas ideias, 1 em cada 10 é boa :) mas todas dão lucro!

  Crestfallen

sexta-feira, novembro 30, 2007 12:13:00 da tarde

alguém+ neste mar de gente:

é um risco que não quero correr, comprar camisas fica muito mais barato, do que comprar, mobilia, electrodomesticos e decoração nova.

  Crestfallen

sexta-feira, novembro 30, 2007 12:17:00 da tarde

Inês:

Esse produtos faz o mesmo que a minha máquina de secar, ao secar a roupa tira os vincos, jeans, t-shirts etc, estãp prontos a vestir, mas os vincos das calças os colarinhos e punhos das camisas presisam de ser retocados.

  Inês

sábado, dezembro 01, 2007 1:45:00 da manhã

Pois... colarinhos e punhos irrepreensíveis e um (UM) vinco decente nas calças não há máquina que faça sozinha... talvez um dia...

Não haveria aí mercado para estas empresas que veem buscar a roupa a casa para passar a ferro?

  Crestfallen

sábado, dezembro 01, 2007 9:28:00 da manhã

Inês:

Aqui há mercado para tudo, mas em Hamburgo, Frankfurt e Munique há dinheiro demais, por isso casa sim, casa não tem empregada ou AuPair. Em Berlim, Colónia, etc, já se encontram esses negócios.