Bastidores da música


Nunca se perguntaram o motivo de pessoas jovens, bonitas e ricas se auto-destruírem? Esta minha nova série de textos tentará explicar isso, mostrando um pouco do mundo da musica, da pressão e controlo exercido pelas grandes companhias em "mudar" os artistas, em pegar neles e torná-los em máquinas de propaganda. Umas vezes eles sabem que são ferramentas pagas, outras eles nem fazem ideia mas todos sabem que estão sob controlo. Está série será a mais longa de sempre deste blogue mas irei intercalar com outros textos.




Toda esta investigação usará estudos de mais duas pessoas cujas diferenças pessoais sobre o rumo a seguir acabaram por fazer com que tomássemos caminhos diferentes:

Uma parte dos artistas que Lenon Honor investigou estando hoje a dedicar-se ao seu documentário, que recomendo vivamente, The Borg Agenda.
O estudo de Bill K. chamado The Industry que dá demasiado ênfase aos aspectos religiosos deixando os políticos de parte. Eu irei reunir numa só série os aspectos destes dois estudos integrados no meu, focando o aspecto cultural, politico e religioso atribuindo-lhes o mesmo valor.



Gostaria de não ver aqui crianças sensíveis por eu atacar de uma ou outra forma o vosso ídolo, pois ter ídolos é que o faz de nós primitivos. Falarei de uma imensidão de músicos, muitos deles que ouço, portanto não é um ataque pessoal a ninguém apontar detalhes nos artistas de que gostam.


Na barra lateral do blogue está a imagem que ilustra esta série, clicando nela irão directamente para os textos desta série. Amanha será publicado o primeiro.


Direitos de autor:

1- O uso de algumas teorias e investigação de Lenon Honor e Bill K. possuem a devida autorização.
2- Os vídeo-clips de música são apresentados por via de links para websites que os difundem publicamente, não sendo portanto de minha responsabilidade qualquer violação de direitos de autor, visto que não hospedo nesta página qualquer vídeo.
3- As fotos são retiradas do Google Images.
4- Os print-screens de vídeo-clips ou shows ao vivo, são usados nos termos da lei.
5- As letras de musicas transcritas, são usadas nos termos da lei, com vista à informação e esclarecimento.
6- A referencia a nomes e marcas também está prevista na lei, sendo esta série informativa e sem fins lucrativos.
7- Esta série respeita a lei Americana e lei Alemã de direitos de autor, não tendo eu de me submeter a mais nenhuma lei nacional.
8- A imagem de título da série é da autoria de Jane Doe.


Próximo texto: Parte 1 - Madonna

13 Comentários:

  Mulheka

segunda-feira, março 15, 2010 11:43:00 da tarde

Fico à espera...

  Lily

terça-feira, março 16, 2010 8:24:00 da tarde

Uma série à muito esperada por mim, pois lembro-me de teres referido noutra qualquer série há uns meses atrás (penso...) que irias abordar este assunto. Por isso vou seguir atentamente :)

  Nuno Guerreiro

terça-feira, março 16, 2010 10:53:00 da tarde

Boas Bruno.

Da parte que me toca e que te possa ajudar para a causa, tens no Youtube, o user "" forrunner777 "" que efectuou uma belissima investigação por trás do artista Jayz que recomendo.

Eu já sabia disto e nem imaginas o choque que eu apanhei, por saber que 1 dos meus idolos e responsaveis por eu hoje tocar guitarra electrica,o Sr Alex Skolnick dos Testament,também eles foram manipulados por esta mesma industria tendo que alinhar.
Quando eu tomei conhecimento desta matéria, lembrei-me obviamente do album deles que os empurrou para a ribalta chamado "New Order",fiz a relação,investiguei letras e a ascenção da banda,inclusivel troquei umas palavras com o próprio Alex Skolnick via e-mail de quem sou subescritor do seu Blog acerca do assunto e qual não foi o meu espanto quando obtive dele a resposta ...live is what it is...
Enfim...mais uma pancada na minha caixinha pessoal de emoções.

1 abraço e sabes onde me encontrar caso precises de algo ou trocar algumas infos.

Nuno Guerreiro

  Bruno Fehr

quarta-feira, março 17, 2010 1:06:00 da manhã

Mulheka:

:)

  Bruno Fehr

quarta-feira, março 17, 2010 1:07:00 da manhã

Lily:

Pensei em não publicar devido ao tamanho dela, e por ser impossível abordar 1 artista de cada vez, é preciso encadear a investigação numa ordem lógica e não dá para ser artista a artista.

  Bruno Fehr

quarta-feira, março 17, 2010 1:07:00 da manhã

Nuno Guerreiro:

"tens no Youtube, o user "" forrunner777 "" que efectuou uma belissima investigação por trás do artista Jayz que recomendo."

Conheço esse trabalho e por acaso tem lá detalhes que me escaparam. Caso necessite de algo do trabalho dele irei solicitar autorização para usar.

"o Sr Alex Skolnick dos Testament,também eles foram manipulados por esta mesma industria tendo que alinhar."

É preciso alinhar, até os mais polémicos no meio, os System of a Down dizem verdades alinhando no esquema o que levou ao fim da banda e ao trabalho a solo do vocalista.

"lembrei-me obviamente do album deles que os empurrou para a ribalta chamado "New Order",fiz a relação,investiguei letras e a ascenção da banda,inclusivel troquei umas palavras com o próprio Alex Skolnick via e-mail de quem sou subescritor do seu Blog acerca do assunto e qual não foi o meu espanto quando obtive dele a resposta ...live is what it is..."

Julgo que não tenho nada ainda escrito sobre os Testament, mas é impossível abordar todas as bandas.

  Anónimo

quarta-feira, março 17, 2010 1:46:00 da manhã

U2, gostaria de saber a opinião quer do Fehr quer dos leitores, sobre esta banda uma vez que vão ter concerto novamente em portugal a 2 de outubro no estádio de coimbra. relembro que além de terem feito homenagem ao 11 de setembro, num espectáculo de grande produção de efeitos especiais e de cenário, num dos shows que tiveram logo após o 9-11, o vocalista Bono tem ligações com a Onu, não é ele embaixador? e penso que o pobreza zero é também suportado por eles.

gostava de saber a vossa opinião pois sou fã mais do que oficial dos U2 desde pequena.
obrigada!

  Bruno Fehr

quarta-feira, março 17, 2010 2:01:00 da manhã

Anónimo:

"U2, gostaria de saber a opinião quer do Fehr quer dos leitores, sobre esta banda uma vez que vão ter concerto novamente em portugal a 2 de outubro no estádio de coimbra. relembro que além de terem feito homenagem ao 11 de setembro, num espectáculo de grande produção de efeitos especiais e de cenário, num dos shows que tiveram logo após o 9-11, o vocalista Bono tem ligações com a Onu, não é ele embaixador? e penso que o pobreza zero é também suportado por eles."

No caso dos U2 temos de ter em consideração não as acções mas sim o resultado delas. O Bono nunca lutou para encontrar uma solução para a fome mas sim para alimentar. Ou seja se alimentas África hoje, todos comem hoje mas não comem amanha. É impossível sustentar um continente que pode ser autosuficiente.

Outra coisa são os concertos de beneficência onde uma ínfima percentagem é realmente para caridade. Estiveram também no Festival Live Aid que abriu em todos os países com uma cerimónia Illuminati de adoração ao Deus Sol.

Mas só recentemente ele demonstrou de que lado está, colocando-se na Onu ao lado das elites e chegou a dizer que acredita no aquecimento global, a forma como ele o disse não convenceu pois tentou evitar responder, pareceu falso e forcado a concordar.

Um vídeo recente em cartoon está a gerar uma grande discussão religiosa no Youtube, pois fala de coexistência. Os católicos são contra a coexistência de religiões, mas o problema do vídeo é a quantidade de simbologia maçónica e Illuminati nele contida.

Eles percorreram um estranho caminho politico desde o belíssimo tema One.

Não há mal em ser fã, há é que separar a arte da agenda nela disfarçada, uma vezes em letras mas na maioria dos casos nos vídeos que são o que de mais perigoso há na música.
Eu sou fã de várias bandas que se submetem ao sistema, mas sem se submeterem desapareceriam.

O recente caso de Jos Stone, uma voz fantástica que se recusou a gravar o que a Sony queria que ela cantasse, e recusou-se a gravar os vídeos que lhe escreveram. Ela esteve anos sem editar. O seu novo álbum onde gravou o que quis não terá vídeos nem promoção e ela está e ficará sem editora, pois não se submeteu ao sistema, disse não admitir que lhe digam o que deve cantar nem que alteram o que ela escreve.

  Nuno Guerreiro

quarta-feira, março 17, 2010 2:05:00 da manhã

Boas Anónimo, em relação ao Bono, posso te assegurar que ele é 1 fantoche illuminaty.
Repara, ele é 1 dos grandes impulsionadores de ajuda médica,através da fundação do Sr Bill Gates.
Ora sabendo que o Objetivo desta ONG´s é infiltrarem-se após o Caos,servindo depois os mesmos "cobertores envenenados " que mataram a comunidade indigena Norte Americana,penso que nao é preciso dizer-te mais nada.
Aliás, basta veres as Homenagens que o Gov Português e outros lhes atribuiem e a quantidade de Medalhas de "ordens" que t~em um profundo simbolismo oculto por detrás.

Por outras palavras....just another puppet.

  I.D.Pena

quinta-feira, março 18, 2010 1:42:00 da tarde

É ousado este estudo e espero que sirva para desmascarar toda a hipocrisia que o meio artista infelizmente e injustamente tantos talentos negam.

  Bruno Fehr

segunda-feira, março 22, 2010 4:34:00 da manhã

Nuno Guerreiro:

"Por outras palavras....just another puppet."

Um Puppet que tem um Master, mas que é como que um Master of puppets menor (alusão aos Metallica) tendo em conta o numero de fãs.

  Bruno Fehr

segunda-feira, março 22, 2010 4:34:00 da manhã

I.D.Pena:

Desmascarar não irá, mas poderá ser uma luzinha para muita gente.

  onequalreason

sexta-feira, julho 23, 2010 1:14:00 da tarde

De Bruno para Bruno :>
È muito bom ver que existe muita vontade e esforço de partilha em relação a toda uma panóplia de assuntos aos quais muitos dos que dormem e acordam nesta sociadade desconhecem.

Parabéns se um dia quiseres passa pelo meu canal do youtube basta procurares por onequalreason tenho feito alguns videos teria muito gosto em que os visses.

http://onequalreason.blogspot.com

Que o AMOR seja sempre a razão