Bastidores da musica (Parte 7) Jay-Z & K. West

Acho que de todos o que me mete mais nojo é o Jay-Z, pois conheço imensos casos de artistas que sofrem com o controlo, que se destroem devido a ele ou são destruídos como: Janis Joplin, Jimi Hendrix, Elvis Presley, Jim Morrison, Kurt Cobain, Michael Hutchence, Michael Jackson, etc, mas Jay-Z gosta, acha-se superior mesmo a todos os humanos e pior, ele recruta, influencia e controla. A própria Rihanna afirmou que qualquer homem depois de Chris Brown que se queira aproximar dela, terá se passar pela supervisão de Jay-Z. Este homem é mais do que um fantoche dos Illuminati, ele é um soldado, um recrutador e só isto explica que ele apesar de nunca tendo sido dos cantores que mais vendia, em pouco tempo tornou-se o rapper mais rico do mundo.

Este pedaço de esterco dá concertos numa pirâmide:


Gosta muito de fazer este sinal:



Ele diz que este é o símbolo da pedra ou do diamante. Só se for para os tolos, pois ainda andava ele a vender droga lá no bairro dele, já eu andava a investigar e a escrever sobre os monte de merda dos quais ele pensa fazer parte. Este sinal com a mão é a pirâmide illuminati pela qual ele espreita com um só olho, fazendo-se de Hórus:


Este gajo acha que tem valor e que é parte da elite. Não é! É um soldado fantoche que quando perder a utilidade acabará na ruína.
Este gajo canta coisas como: "I'm so illuminated, I'm a glow in the dark", este gajo pensa que é elite, que é illuminati, ele na verdade quando foi recrutado como fantoche foi iniciado na Maçonaria, ele é Free Mason e um Free Mason de topo pois tem subido de escalão e isso ele não esconde. O anel:


O aperto de mão maçónico, onde dá para ver que o Jay-Z pela forma como aperta a mão é o que detém o grau mais alto e K. West é aprendiz:


O que estes fantoches não sabem é que os Free Mason que são actores, cantores, políticos, possuem um valor ZERO, são uma espécie de soldados de propaganda com validade. A validade deles termina quando deixam de ser úteis e aí, eles desaparecem. Eles são unicamente manipulados a pensar que podem chegar ao topo da pirâmide e ser parte da elite. Como free masons e se mantiverem a sua utilidade podem subir até ao 33° grau dentro da ordem e esse é o grau máximo oficial para fantoches, acima do 33° grau há mais 13 graus e esses são a verdadeira elite.

A elite não é composta por famílias com fortunas Jay-Z ou fortunas Angelina/Pitt que são milionários, são fortunas a sério tipo Disney, Ford, Trump, Oprah, Gates, que são bilionários.
Jay-Z, o auto-proclamado "Black Jesus" é o menos discreto, até deu um aperto de mão maçónico a Nelson Mandela. Mandela é maçon de 33° grau e toda a politica Sul Africana e dominada pela maçonaria, tal como a portuguesa que a muito custo tentam esconder:


(Nelson Mandela dá aperto de mão maçónico ao líder da oposição da África do Sul, Oliver Tambo.)

Jay-Z quer dizer ao mundo que é Free Mason ao passo que a sociedade é secreta e gosta de segredo. No entanto deixam-no andar pois ele é um bom escravo recrutador e K. West é a nova aquisição, pouco tempo depois de se juntar a Jay-Z iniciou a sua tournée de ritual de iniciação interessantemente chamada de "glow in the dark" que é obviamente retirado do verso da canção de Jay-Z que mencionei no inicio do texto.


Próximo texto: Parte 8 - Kylie Minoge & Daft Punk

32 Comentários:

  Jane Doe

quinta-feira, março 25, 2010 1:56:00 da manhã

Eu até tenho medo de ler o resto, se bem que, até aqui tens falado de artistas que apenas conheço de nome, ou nem conheço de todo pois não ouço as músicas.

  Pedro Almeida

quinta-feira, março 25, 2010 1:59:00 da manhã

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
  Bruno Fehr

quinta-feira, março 25, 2010 2:49:00 da manhã

Jane Doe:

Também não ouço Jay-Z nem Hip-hop, mas tenho a MTV ligada sem som e lá vou vendo as misérias.

  Bruno Fehr

quinta-feira, março 25, 2010 2:50:00 da manhã

Pedro Almeida:

Menino do blogue furaconinhas, aqui já não comenta mais. Cresça e pode ser que em vez de nome de blogue, possa furar a sua primeira sem ser de plástico.

  Jane Doe

quinta-feira, março 25, 2010 3:43:00 da manhã

Bruno Fehr:

Isso é poluição visual...

  I.D.Pena

quinta-feira, março 25, 2010 4:20:00 da manhã

ahahahahah

Não é o texto que tem piada, é o estilo provocador ahah, eles são doidos mas também acho que é preciso ser doido para escrever em português as coisas que escreveste àcerca desses recrutadores de escravos.

  Rui Oliveira

quinta-feira, março 25, 2010 11:58:00 da manhã

Em relação aos daft punk fico expectante, se bem que, tendo-os visto ao vivo já imagino o que possas falar deles (não as vou dizer para não ser spoiler lol).. Já agora uma pergunta: há artistas anti-maçonaria/illuminati?

  Pedro Almeida

quinta-feira, março 25, 2010 12:32:00 da tarde

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
  Kohinoor

quinta-feira, março 25, 2010 1:01:00 da tarde

Mandela maçon?! O aclamado Herói humanitário e lutador pela liberdade?
Porra!

Isto só me faz lembrar o George Carlin neste clip
http://www.youtube.com/watch?v=jGPdZCzBqrY

  Sérgio Marques

quinta-feira, março 25, 2010 1:39:00 da tarde

À dois postes atrás alguém referiu um link de uma banda

http://www.youtube.com/watch?v=w8KQmps-Sog&feature=fvw
(Muse - Uprising)

E agora falaram em artistas anti-maçonaria:

Será que que esta música fala disso?
E como maçonaria (supostamente) "controla a industria" será que lhe poderá 'acontecer algo' aos Muse? (espero que não)

  I.D.Pena

quinta-feira, março 25, 2010 1:39:00 da tarde

Kohinoor Tb fiquei impressionada gostava dele e agora tá morto na minha consideração .
Esse video só consegui ver, mas não ouvir, felizmente tenho bastante material de George Carlin desde quando ele fazia programas de rádio com trinta e poucos a espectaculos no saturday night live, George Carlin Rules !

  Fly

quinta-feira, março 25, 2010 1:52:00 da tarde

Acho piada como alguns leitores deste blog ficam surpreendidos com o facto de a maior parte dos lideres politicos pertencerem à maçonaria.

Se estivessem atentos à linguagem dos simbolos veriam que a maior parte (para não dizer todas) das bandeiras nacionais dos países do mundo têm algum simbolo maçonico a adornar.


Compreendo que grande parte das pessoas não estejam viradas para a mensagem oculta(ou melhor, bem visível)que os simbolos das bandeiras transmitem. Assim como toda a simbologia que é transmitida nos videos musicais, filmes de hollywood e outros.

Só vê quem quer ver, ou quem está preparado para isso. Quem não está preparado ou continua em negação para as evidências pode continuar na caverna e viver a realidade deturpada que as sombras lhe transmitem como na alegoria da caverna de Platão.

Abraço Bruno é sempre com grande satisfação que leio os teus textos e aprendo sempre mais qualquer coisa contigo.

  b.barbosa

quinta-feira, março 25, 2010 2:23:00 da tarde

Será que Jay-Z influênciou os Linkin park????



cumps

  Anónimo

quinta-feira, março 25, 2010 4:00:00 da tarde

Uhm, a julgar pelo aperto de mao, entao, o joaquim jose letria tb é, pois aperta desta forma

  Pedro

quinta-feira, março 25, 2010 5:54:00 da tarde

Esta série vai abordar também os actores? Li uma referência a Angelina e Pitt. Estão tb integrados?

  Anónimo

quinta-feira, março 25, 2010 9:59:00 da tarde

Eu só ainda não percebi o que tem a música a ver com recrutamento. Maior parte das pessoas nem liga à letra do que ouve, muito menos assiste aos videoclips. Sinceramente não entendo o motivo dos videos terem uma interpretação illuminati ou seja lá o que for. Não vejo que perigo possa vir daí. Dá pra explicar?

  Osga

quinta-feira, março 25, 2010 10:04:00 da tarde

existe uma das partes do wakeupproject que fala disto!

  Bruno Fehr

terça-feira, março 30, 2010 1:59:00 da manhã

Jane Doe:

"Isso é poluição visual..."

É a verdade sobre este vermezinho irritante.

  Bruno Fehr

terça-feira, março 30, 2010 1:59:00 da manhã

I.D.Pena:

"Não é o texto que tem piada, é o estilo provocador ahah, eles são doidos mas também acho que é preciso ser doido para escrever em português as coisas que escreveste àcerca desses recrutadores de escravos."

Todos tempos um pouco de génio e louco, uns mais loucos que outros.

  Bruno Fehr

terça-feira, março 30, 2010 2:00:00 da manhã

Rui Oliveira:

"Já agora uma pergunta: há artistas anti-maçonaria/illuminati?"

Claro que há, há sempre dois lados, duas opiniões. Mas é difícil saber ao certo quem é quem.

Por exemplo contra temos os extintos System of a Down, a favor temos todo o mundo Pop e Hip-hop, no campo dos jogam dos dois lados temos Muse, Gammaray, etc, este que jogam dos dois lados são os que mandam farpas mas não se percebe se é por serem contra ou propaganda.

  Bruno Fehr

terça-feira, março 30, 2010 2:00:00 da manhã

Kohinoor:

"Mandela maçon?! O aclamado Herói humanitário e lutador pela liberdade?
Porra!"

Se não fosse teria estado numa prisão comum e não numa prisão domiciliária numa casa de luxo onde até poderia mandar vir pizzas. Preso assim também eu queria estar.

"Isto só me faz lembrar o George Carlin neste clip
http://www.youtube.com/watch?v=jGPdZCzBqrY"

Sem dúvida que nos dizem quem devemos gostar, como a corrupta com ambições a santa (Madre Teresa de Calcutá), o mercenário terrorista (Che Guevara), que por acaso ainda não escrevi sobre ele mas tenho imensa documentação, entre outros.

  Bruno Fehr

terça-feira, março 30, 2010 2:00:00 da manhã

Sérgio Marques:

"À dois postes atrás alguém referiu um link de uma banda

http://www.youtube.com/watch?v=w8KQmps-Sog&feature=fvw
(Muse - Uprising)

E agora falaram em artistas anti-maçonaria:

Será que que esta música fala disso?"

Falar disso fala, mas não quer dizer que seja uma exposição. Já analisei esse vídeo e tem lá partes que não batem certo, preciso de investigar mais antes de falar deles.

  Bruno Fehr

terça-feira, março 30, 2010 2:00:00 da manhã

I.D.Pena:

É o excerto sobre os ídolos que nos dizem para adorar.

  Bruno Fehr

terça-feira, março 30, 2010 2:01:00 da manhã

Fly:

"Acho piada como alguns leitores deste blog ficam surpreendidos com o facto de a maior parte dos lideres politicos pertencerem à maçonaria."

Eu ficaria surpreendido por 1 não pertencer.

  Bruno Fehr

terça-feira, março 30, 2010 2:01:00 da manhã

b.barbosa:

"Será que Jay-Z influênciou os Linkin park????"

Jay-Z apadrinhou Linkin Park após eles terem atingido o sucesso o álbum que gravou com eles é sinal disso mesmo.

  Bruno Fehr

terça-feira, março 30, 2010 2:01:00 da manhã

Anónimo:

"Uhm, a julgar pelo aperto de mao, entao, o joaquim jose letria tb é, pois aperta desta forma"

A forma como Mandela aperta a mão é rara de se ver, pois quem atinge o 33° grau raramente é líder politico, ficam em jogos de bastidores escolhendo os lideres.

Não me lembro de ver um aperto de mão do Letria.

  Bruno Fehr

terça-feira, março 30, 2010 2:01:00 da manhã

Pedro:

"Esta série vai abordar também os actores? Li uma referência a Angelina e Pitt. Estão tb integrados?"

Angelina e Pitt sao escolhidos para filmes que passam mensagens de controlo, sempre foram. Outros também como. Mel Gibson, Tom Cruise, etc.

Poderei mais tarde fazer uma série sobre o cinema, lá as mensagem não são de simples propaganda são mais directas.

  Bruno Fehr

terça-feira, março 30, 2010 2:02:00 da manhã

Anónimo:

"Eu só ainda não percebi o que tem a música a ver com recrutamento."

Isso é porque não percebeu o que quero dizer com recrutamento. Eles não são recrutados para a maçonaria nem para os Illuminati, simplesmente recrutados à forca para o grupo de artistas que passa a propaganda deles, e nada mais.

"Maior parte das pessoas nem liga à letra do que ouve, muito menos assiste aos videoclips."

Não sei em que estatísticas se baseia para dizer isso. Sem prestar atenção à letra como se pode gostar ou não? Sem prestar atenção à letra como é que milhões de pessoas cantam ao mesmo tempo que ouvem a música?
E se ninguém vê vídeo clips como é que a MTV é uma empresa que gera biliões? Como é que os canais oficiais de vídeos atingem em poucos dias 1 milhão de visitas por vídeo?

"Sinceramente não entendo o motivo dos videos terem uma interpretação illuminati ou seja lá o que for."

Toda a TV é propaganda, há dúvidas disso? Publicidade diz-te o que precisas. As noticias dizem-te para onde olhar. Os programas culturais o que te deve interessar. Os filmes são a mensagens que te querem passar, etc, etc, etc.

"Não vejo que perigo possa vir daí. Dá pra explicar?"

O facto de achares normal o que vês. É esse o perigo que as pessoas correm. Primeiro acham normal por verem muitas vezes e depois acham normal nas ruas porque já viram na Tv.

  Bruno Fehr

terça-feira, março 30, 2010 2:02:00 da manhã

Osga:

"existe uma das partes do wakeupproject que fala disto!"

Há muito que me afastei desse projecto e não estou dentro do assunto.

  Rute Macedo

quarta-feira, abril 14, 2010 2:09:00 da manhã

Até agora não tinha percebido do que tratava a letra da música "Run this town" que é cantada pelo Jay-Z, pela Rihanna e pelo kanye. Faz sentido, segundo o que escreveste.

  Anónimo

sábado, junho 11, 2011 2:49:00 da manhã

olha sinceramente tem pessoas q nao se contentam com o sucesso das outras !e inventam um monte de barbares contra elas!esse é o seu caso !meus assim quero q deus te abençoe!

  Anónimo

sábado, junho 11, 2011 2:53:00 da manhã

vejamos vc nao tem o minino de deus no seu coraçao por que a pessoa naosiga a deus a gente nunca deve desejar o mau pra ela mt menos a morte e quando desejamos como é o seu caso isso volta 10 vezes pior pra gente