9/11 - WTC 1 e 2 (parte 7)

Texto anterior: Parte 6

No texto anterior deixei uma questão no ar. Como foi possível colocar toneladas de explosivos e Nano-Termite sem que os seguranças e trabalhadores do WTC tenham reparado? Mais ainda, sem que os cães dos seguranças, cães peritos em encontrar explosivos, os tenham detectado?

O responsável pela segurança do WTC até ao dia 10 de Setembro de 2001 era Jeff Bush, o irmão mais novo de George W. Bush. Jeff Bush foi o responsável pela instalação de um novo sistema de segurança no WTC, um investimento de 8.3 milhões de dólares. A única pessoa com total acesso ao tal sistema de segurança foi Wirt D. Walker III, director da Securecom e primo de Jeff Bush e de George W. Bush.

Será que os cabos instalados neste projecto foram mesmo cabos telefónicos e informáticos, ou os cabos de ligação dos explosivos usados no 11 de Setembro?

Durante um fim de semana inteiro as torres ficaram sem energia eléctrica enquanto a Securecom realizava trabalhos lá dentro. Isto nunca tinha acontecido. As empresas que funcionavam lá dentro foram avisadas para gravar todos os dados e desligar todos os servidores e durante esse fim de semana, para que quilómetros de cabos fossem instados... às escuras... Quando questionados pelos trabalhadores a empresa afirmou que eram cabos de Internet e o desligar da electricidade era por motivos de segurança.
Que eu saiba nos cabos de Internet não circula electricidade, portanto não existe perigo.
Sem electricidade não havia segurança, as câmaras não filmavam nada e por isso só quem lá estava dentro sabe a verdade. 2 dias depois as torres caíram.

Acontecimentos estranhos anteriores:

- Nas semanas antes do 11 de Setembro, foram feitas diversas evaquações de emergência de todas as pessoas nas torres 1 e 2.

- 3 semanas antes todos os seguranças foram substituídos e os novos seguranças deixaram de poder usar cães, pois os cães que sempre trabalharam com os seguranças no WTC eram peritos em detectar explosivos.

- Vários andares foram fechados e as empresas que lá estavam, foram transferidas para outros pisos. Os elevadores não paravam nesses andares e os funcionários ouviam maquinaria pesada a trabalhar lá. Ninguém poderia lá entrar excepto a Securecom.

Aqui fica um vídeo sobre os acontecimentos descritos e sobre o prejuízo que as torres representavam:




Bush não conseguiu impedir o congresso de investigar, mas conseguiu impedir comissões independentes de serem formadas. Quando o congresso terminou a sua investigação o documento foi tornado secreto, 28 páginas foram censuradas e só depois o relatório foi divulgado.
A comissão 911 foi formada e queria interrogar o presidente e vice-presidente. Ambos recusaram aparecer perante a comissão sozinhos, eles só iriam se fossem ambos interrogados ao mesmo tempo. Seria isto para impedir contradições? Quem não deve não teme e pelos vistos eles temiam!
Muitos dos elementos da comissão 911 foram substituídos e os novos substitutos estiveram ligados à administração de George Bush, pai de George W. Bush. Em pouco tempo o relatório dessa comissão foi apelidado de "Omission Report", devido a terem omitido os factos mais sensíveis e serem centenas de páginas de "palha" centradas na versão governamental.

Como nota importante para reforçar dados de textos anteriores, deixo aqui um vídeo com provas cabais de deslizes sobre o que aconteceu realmente. Aqui Bush afirma ver o impossível, que foi o primeiro embate na TV, que nunca deu na TV. Admite o uso de explosivos no World Trade Centre. Um militar a falar sobre o "bombing" do World Trade Centre. O vice-Presidente a falar do abate do voo 93. Silverstein a falar na decisão de demolição do WTC7. O Senador John Kerry começa por negar a demolição do WTC7 e entra em contradição.



O próximo texto: Parte 8
Referências

15 Comentários:

  Fada

terça-feira, julho 07, 2009 11:36:00 da tarde

Ok!

Vejo os videos depois, hoje já não dá!...

Bom post.

NEXT! :D

Beijitos

  Jane Doe

terça-feira, julho 07, 2009 11:58:00 da tarde

Comecei a ver o segundo vídeo, e ou eu sou muito naba, ou o Bush afirma ter visto o embate na tv, mas não clarificou se era o primeiro ou o segundo, e o segundo já deu na tv ou não? Além de que há um corte no vídeo que me deixa dúvidas, ou sou eu que estou a delirar.

Mas não restam duvidas de que foi um inside job. E que gerou o bode expiatório mais rentável de sempre.

Terrorismo.

Que assunto?

  Nandez

quarta-feira, julho 08, 2009 12:34:00 da manhã

isso continua, fico ansioso pelo próximo texto. ah é verdade, acho que é melhor fazer um texto sobre esta gripe A, pois cheira-me assim algo para o mal...embora seja real.

  provocação

quarta-feira, julho 08, 2009 2:52:00 da tarde

Só tenho uma questão, toda a intervenção dentro das torres na colocação de explosivos recorreu à mão-de-obra de umas quantas pessoas, onde quero chegar é, de certeza que há gente a saber disto, como garantir o seu silêncio? Como garantir que de hoje para amanhã não têm um ataque de consciência e revelam tudo? Confiarão assim tanto nos colaboradores? Possivelmente há muito dinheiro em jogo mas por vezes nem isso é suficiente. A ser assim, tenho a sensação que mais dia menos dia alguém vai querer falar. Nunca há segredos assim tão bem guardados, nem que passem décadas, tudo vem à tona.

  AlfmaniaK

quarta-feira, julho 08, 2009 5:51:00 da tarde

Esta parte da história 9/11 é-me completamente nova. Fantástico!
Tive mesmo que ir ver dessas operações misteriosas que ocorreram nas vésperas do ataque. Realmente são suspeitas, porém fica a dúvida: isso é verdade? É que não encontrei factos que confirmem essas coisas, além de uns testemunhos orais. E eu questiono esses testemunhos.
Agora a sério: até que ponto isso é verdade? E quem é que fez esses vídeos?
Claro que estas são perguntas com respostas, não fosse toda esta informação isenta de suspeitas.
(e o torrent com os conteúdos inéditos, já calhava bem)

  André Miguel

quinta-feira, julho 09, 2009 2:27:00 da tarde

O 11 de Setembro, sem dúvida, que cheira mal.
Mas enquanto não surgir um documento assinado pela mão de alguém da administração Bush a provar o seu envolvimento (ou seja a autorizar a operação), tudo isto não passará daquilo que é: uma teoria da conspiração.

  Bruno Fehr

sexta-feira, julho 10, 2009 1:36:00 da tarde

Fada:

Gracias.

  Bruno Fehr

sexta-feira, julho 10, 2009 1:36:00 da tarde

Jane Doe:

"Comecei a ver o segundo vídeo, e ou eu sou muito naba, ou o Bush afirma ter visto o embate na tv, mas não clarificou se era o primeiro ou o segundo, e o segundo já deu na tv ou não?"

Quando o segundo ataque aconteceu o Bush estava DENTRO da sala de aula e foi informado quando o agente da CIA lhe diz isso ao ouvido.
Isso está também no video.

Durante 3 meses Bush afirmou que viu o primeiro ataque na TV. E disse mais quando farto das questões: "Na minha profissão temos de repetir as coisas muitas vezes, para que a propaganda seja entendida"... ele usou a palavra "propaganda" e não "verdade". Ele parece burro mas não é, temos de nos lembrar que ele foi aluno de Yale e Harvard, quando é um sonho entrar numa destas faculdades, ele andou nas duas.

Um homem burro não se consegue fazer passar por inteligente, pois para se parecer burro temos de ser inteligentes. Bush é muito inteligente e sabe usar os seus defeitos pessoais entrando numa brincadeira com o público. Mente dizendo a verdade lá no meio e coloca uma mentira no meio de verdades.

  Bruno Fehr

sexta-feira, julho 10, 2009 1:36:00 da tarde

Nandez:

"ah é verdade, acho que é melhor fazer um texto sobre esta gripe A, pois cheira-me assim algo para o mal...embora seja real."

Já escrevi sobre ela e está para breve um Update.

  Bruno Fehr

sexta-feira, julho 10, 2009 1:37:00 da tarde

provocação:

"toda a intervenção dentro das torres na colocação de explosivos recorreu à mão-de-obra de umas quantas pessoas, onde quero chegar é, de certeza que há gente a saber disto, como garantir o seu silêncio?"

Não é preciso muito, se eu pagar a uns trolhas para espalharem cabos no meu prédio por locais específicos e sendo eu a fornecer os cabos, ele fazem-no porque eu lhes pago e acreditam no que eu lhes disser. Além disso não fazem perguntas pois estão a ser pagos e se as fizerem, eu não tenho de responder.
Esta é a explicação para os elementos mais baixos na tabela.

Os médios que já possuem informação, estão numa posição confortável, cooperam e continuam com empregos e ordenados. Deixam de cooperar e mundo deles é destruído.

"Como garantir que de hoje para amanhã não têm um ataque de consciência e revelam tudo?"

E quantos não o fizeram já?
Cooper andava a falar disto desde 98 e foi morto pela policia dias depois do 9/11.
Jennings - membro da câmara de Nova Iorque e sobreviveu à demolição do WTC7, morreu de forma suspeita dias depois enquanto expunha os acontecimentos.
Muitos outros nomes, de pessoas que deram entrevistas e morreram, pessoas que dias depois deixaram de falar com a imprensa, pessoas que de um momento para o outro mudaram o seu discurso, etc, etc, etc.

Enquanto existir a CIA, toda a gente está sob controlo. Uma agência com a capacidade de fazer actualizações diárias no seu site sobre todos os dados de todos os países do mundo (ver site oficial da CIA), consegue manter um milhar de potenciais "traidores" debaixo de olho.

"A ser assim, tenho a sensação que mais dia menos dia alguém vai querer falar. Nunca há segredos assim tão bem guardados, nem que passem décadas, tudo vem à tona."

Aparece muita gente a expor e muita gente é silenciada. Uns morrem, outros são presos, outros são despedidos por corrupção ou burlas ficando com a sua palavra desacreditada.
Anda a circular um vídeo na Net de um politico que se suicidou durante um conferencia de imprensa. Ele foi acusado de burlar o seu departamento em 15.000 dólares, quando há políticos a burlar dezenas de milhões, no entanto ele como homem honesto, preferiu matar-se publicamente do que ter o seu nome manchado e só pediu para que a sua família fosse respeitada. Ele afirmava que o 9/11 foi um trabalho interno.

Quem consegue manter 6 biliões de pessoas desinformadas, consegue desacreditar quem dos 700 milhões de informadas queira falar e com imensa facilidade consegue dominar os 1.000 ou 2.000 que poderão fornecer dados concretos.

  Bruno Fehr

sexta-feira, julho 10, 2009 1:37:00 da tarde

AlfmaniaK:

"Tive mesmo que ir ver dessas operações misteriosas que ocorreram nas vésperas do ataque."

Não são misteriosos. A Vigilant Guardian foi uma operação oficial assumida pelo governo Americano e exposta no site da NORAD um mês antes.
O novo sistema de segurança instalado nas torres também foi publicitado. Simplesmente as pessoas sabem disso e por saberem não poderia fazer parte de uma conspiração.

"Realmente são suspeitas, porém fica a dúvida: isso é verdade? É que não encontrei factos que confirmem essas coisas, além de uns testemunhos orais. E eu questiono esses testemunhos."

Navega o site da NORAD, se bem que se buscares no Google por "Vigilant Guardian", tenho a certeza absoluta que encontrarás informação em sites oficiais do governo Americano. Eles sempre assumiram estarem em treinos de simulação de defesas nacional a ataques feitos por aviões desviadas a edificios governamentais.

A própria FEMA escreveu e publicou um manual: "Emergency to terrorismo self-study" em 1997 e a capa é um desenho das torres gémeas com um alvo. Foi em 1997 que foi feita a primeira simulação de um ataque com um avião ao Pentágono, depois treinos no WTC e finalmente o ataque bomba do WTC que foi ligado ao FBI e houve "despedimentos".

Poderia continuar, mas sei que isto são factos confirmáveis quer em sites das autoridades Americanas, quer das noticias da altura.

"E quem é que fez esses vídeos?"

Esistem 3 grupos de destaque a fazerem videos destes:
1 - grupo de pilotos comerciais que querem este assunto investigado, apresentaram provas da impossibilidade destes desvios.

2 - grupo de engenheiros Americanos que expõe a impossibilidade da queda dos edificios.

3 - A comissão das famílias da vitimas.

Estes 3 grupos tentaram desde cedo criar comissões não governamentais de investigação, comissões essas impedidas pelo governo. Hoje recorrem a vídeos e a sites.

Existem hoje mais grupos a fazerem destes vídeos. Os que o governo Americano apelida de "terroristas radicais de direita" que expõem informação na net, onde eu estou incluído. E os "fear mongers" que é o nome dado à imprensa livre e que fazem o mesmo mas dão a cara, pessoas como Alex Jones. Se bem que Alex Jones é o pior exemplo possível.

"(e o torrent com os conteúdos inéditos, já calhava bem)"

Conteúdos inéditos? Por que haveria eu de ter conteúdos inéditos?
No ultimo comentário dei-te os links onde podes obter centenas de horas de vídeo e centenas de páginas informativas... mais do que isso, só se tivesse documentação da CIA. Tudo o que tenho é público nada inédito.

Haverá um texto final de créditos com vários links.

  Bruno Fehr

sexta-feira, julho 10, 2009 1:37:00 da tarde

André Miguel:

"Mas enquanto não surgir um documento assinado pela mão de alguém da administração Bush a provar o seu envolvimento (ou seja a autorizar a operação), tudo isto não passará daquilo que é: uma teoria da conspiração."

Hein?
Quer dizer, apesar de quem acusa o governo apresentarem factos e o Governo suspeitas. Isso faz com que até aparecer um documentos assinado pelo governo seja tudo mentira?
Desde quando a suspeita de sobrepõe a um facto?

Stanley Hilton tentou mas foi desacreditado e está na ruína.
Jesse Ventura um ex-governador continua a expor este caso, recebendo inúmeros ataques descredibilizadores do governo.
Barry Jennings, responsável pela conservação dos edificios de Nova Iorque e sobrevivente do WTC7, tentou expor o caso, faleceu de forma suspeita.
William Cooper, ex agente de investigação militar Americano ligado à Area 51 e mais tarde à CIA, passou anos a expor mentiras como: A ida à lua, os OVNIS, o vírus HIV, Vietnam, etc, etc sempre com dados internos. Avisou de uma falso ataque em território nacional e foi assassinado por um policia por "resistir à prisão".
Steinmeier, depois de anos a expor as ligações Illuminati e dos Free Masons no governo Americano e a sua agenda mundial, foi preso "por evasão fiscal" e por ter armas "ilegais" em casa, ninguém sabe que armas são essas, pois não EUA em casa podes ter até armas de guerra, apanhou 9 anos de prisão e a sua mulher foi colocada na TV a desacreditar o marido e a pedir para as pessoas que ouviam as suas palestras e liam os seus livros, confiassem no governo.

Estes são alguns exemplos de pessoas ligadas ao governo Americano que tentaram informar o público. O que é preciso mais? Que o Presidente assuma? Bolas, já apareceram documentos assinados a autorizar o falso ataque que justificou a guerra do Vietnam (Já é um facto provado que foi tudo uma mentira), e mesmo assim ninguém no Governo admite o crime.

Sinceramente não percebo o que é que as pessoas querem? Uma confissão? Se fossem precisas confissões para se saber a verdade, as prisões estavam vazias. O que são precisos são factos e neste caso só há factos que dizem que isto é tudo uma mentira.

A conspiração é uma exposição que não tem nada de teoria, é assente em factos. A única teoria nisto tudo é a teoria do terrorismo em que desde as armas do Saddam até ao recente ataques informático aos EUA em que a Coreia do Norte foi acusada, não existe um único facto comprovável.

  André Miguel

sábado, julho 11, 2009 11:11:00 da tarde

"Isso faz com que até aparecer um documentos assinado pelo governo seja tudo mentira?"
Não. Mas faz com que tudo não passe de suspeitas, logo uma teoria.
Faltam provas definitivas.

  Bruno Fehr

domingo, julho 12, 2009 1:40:00 da manhã

André Miguel:

"Não. Mas faz com que tudo não passe de suspeitas, logo uma teoria.
Faltam provas definitivas."

Então:
- O buraco do Pentágono é impossível ter sido feito por um avião.
- A queda do avião na Pensilvânia, não é uma queda, ou há abate, ou não houve nunca um avião.
- Combustível não atinge 2700°F para derreter aço.
- Um edifício não cai à velocidade de queda livre, sem explosivos.
- Ejecçoes horizontais são sinais de explosivos.
- Nada aconteceu aos andares inferiores, hall de entrada e cave, no entanto eles explodiram.
- Há centenas de testemunhas a serem ridicularizadas ou silenciadas.
- O segundo avião era militar.
- Nunca na história dos EUA houve tanta censura a uma investigação, nem nunca houve tanta pressão para haver uma.

A sério, provas definitivas é o que não falta. O que falta é que as pessoas que os Americanos não esperem uma confissão governamental pois ela nunca irá existir, ele precisam de a exigir, pois irá haver outro 11 de Setembro, já houve antes e haverá depois.

Não tem de haver um documento como dizes

John O'Neil - morto
Barry Jennings - morto
William Cooper - morto
Beverly Eckert - morta

Como poderá alguma vez haver provas, se quem as tem morre? A lista é maior, posso fornecer toda. Estes são os nomes mais sonantes e com mais poder.

O que resta? Restam os processos privados contra o Estado, o problema é que quando o Estado ofereceu 1.8 milhões de dólares a cada família que estava a processar o Estado, 95% das 2.976 famílias Americanas e 24 famílias Canadianas, aceitaram.

Não faltam provas, o que falta é pressão sobre o Governo e a nós falta estarmos acordados, pois o mesmo aconteceu em Londres e amanha poderá ser à nossa porta com a nossa famílias.

Não falta nada de concreto, pois mais concreto que isto, só quando a família for a nossa. Aí, como ou sem provas toda a gente irá gritar, chorar, protestar, acreditar. Mas enquanto é com os outros, mesmo com os mais cruéis factos, o passo mais seguro é duvidar.

Neste caso é-me impossível sequer imaginar-me a concordar contigo.

  tulio

quarta-feira, junho 16, 2010 3:50:00 da manhã

olha nao é querendo me gabar mas qndo eu vi essas torres caindo em 2001 qndo eu tinha 10 anos eu achei mto estranho a forma q os dois predios cairam !!! pq se no momento do impacto os predios nao se moveram pq so depois de um tempo cairam se o aviao destrui as estruturas do predio ia destruir no momento do impacto nao é?? e me lembro mto vagamente de q na globo no fantastico falando sobre o "ataque" mostrava q depois de algum dias ainda havia metal derretido e eu fiquei mais surpreso ainda!!! bom mas uma coisa q ainda me incomoda é o motivo dessa conspiraçao era so o petroleo ou tem algo a mais???