Confessa!


Numa caixa de 12 preservativos, faltam 5:



Ela: Hmmm, só usámos quatro, onde está o quinto?
Ele: Sei lá, se faltam cinco, é porque usámos cinco!
Ela: Não! Só usámos quatro. Onde está o quinto?
Ele: Mas tu andas a contar as fodas?
Ela: Ando! Diz-me onde está o quinto!
Ele: Eu sei lá...
Ela: Andas a trair-me, admite!
Ele: Não sejas parva!
Ela: Sê homem, admite!
Ele: (...silêncio...)
Ela: Eu SEI que me andas a trair. Admite!
Ele: Sabes?
Ela: Sei! Vais admitir ou não?
Ele: Não, não vou!
Ela: Mas eu sei que me andas a trair!
Ele: Como é que sabes?
Ela: Já me tinham dito.
Ele: Então se sabes, para que raio queres que eu admita.
Ela: Se não admites, não te posso perdoar.
Ele: Perdoavas-me?
Ela: Se fores honesto e admitires, sim. Sou mulher para te perdoar.


A mulher é como a Policia Judiciária, pode ter todas as provas do mundo, mas querem sempre uma confissão. Depois usam psicologia, uma pequena lavagem cerebral em que nos fazem acreditar que fica tudo bem se admitirmos.


O homem por mais culpado que seja, prefere morrer a admitir que traiu a sua mulher. Ela pode ter as fotos ou um vídeo do homem com outra e ele continua a negar. Mas quando ela o faz acreditar que o perdoa, ele acredita. E admite, nem que seja para acabar com a conversa.


Ela: Pronto, pronto, é verdade.
Ele: Cabrão! Filho da mãe, odeio-te!
Ela: Tu disseste que sabias...
Ele: Eu só soube, porque tu me disseste!
Ele: Foda-se!


E assim um gajo é enganado. A mulher perdoa, pelo menos é mais vulgar uma mulher perdoar uma traição do que o homem. A beleza da outra mulher contribui para o perdão. Se o homem trai a sua mulher com uma mulher que ela ache mais bonita, isso ajuda-a a perdoar.




Continuando. O que é hipócrita no homem quando trai e é perdoado, é que deixa de confiar na mulher! É verdade, um gajo trai a sua mulher e deixa de confiar nela!
Nós sabemos perfeitamente que quando ela nos perdoou, foi como se lhe tivéssemos dado uma "carta verde para pila alheia". É tipo aquela carta no monopólio para sair da prisão. A partir deste momento, apesar de ela ter perdoado, ela não esquece. Começa a fazer um controlo bem mais apertado dos nossos movimentos. Nós próprios começamos a dar satisfações voluntárias de tudo aquilo que fazemos. Porquê? Não é por nos sentirmos culpados ou em divida, é sim o medo de que ela use a "carta verde para pila alheia".


A partir do momento que és perdoado, ficas sem sexo durante uns tempos e aguentas, sempre com medo que ela use a carta.
Tudo isto pode acontecer, por causa de um simples preservativo, que não se sabe bem o que lhe aconteceu... ou sabe, não importa. Uma coisa aparentemente tão simples, pode causar o caos.


"It has been said that something as small as the flutter of a butterfly's wing can ultimately cause a typhoon halfway around the world"
- Chaos Theory

105 Comentários:

  Borboleta Endiabrada

sexta-feira, outubro 12, 2007 2:12:00 da tarde

Adorei o post..;) tá lá!

Beijinhos endiabrados

  sextrip

sexta-feira, outubro 12, 2007 2:13:00 da tarde

por isso é que é sempre bom ter um gato em casa !

- falta aqui um preservativo.
- ó querida... deve ter sido o gato.
- tu andas a trair-me.
- a sério... vi-o engasgado anteontem.
- quem é ela? confessa salafrário.
- acho até... que vi restos de latex na caixa da areia...

  NiNa

sexta-feira, outubro 12, 2007 2:20:00 da tarde

Lindo!! lol
É verdade, acho que é uma espécie de ritual feminino e msm q efectivamente ela saiba, precisa de o ouvir admitir...
Só n consigo perceber pk é que os perdoam tanto e mais...q raio de sentimento (posse?) é esse q leva os homens a n conseguirem perdoar uma traição da mulher (tu és minha n podes...as dos outros não são por isso, tb marcham; :/

  2 gajas super mega ri idiotas

sexta-feira, outubro 12, 2007 2:42:00 da tarde

É bom voltar de férias e ver que continuas com assuntos interessantes.
Realmente, a mulher perdoa mas não esquece e é bom que se marque aquele que traiu porque de repente pode ter na cabeça uma fantasia antecipada para o próximo Carnaval. Se todas fizessem assim, as traições acabavam! lol (foi um devaneio meu)
Borboleta Azul

  Plim!

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:00:00 da tarde

É por isso que eu sempre digo: Posso até perdoar, mas esquecer nunca.

A partir do momento em que o homem trai a mulher e esta o perdoa, ele vira um escravo nas mãos dela.
Se assim não for, ele corre o sério risco que ela lhe "pague na mesma moeda"- "carta verde para pila alheia".
A partir deste momento, a mulher fica com o poder da relação.
É ela quem manda!

Cada movimento, cada palavra, cada saida, cada atitude que ele tenha, são explicadas até ao ínfimo pormenor.

  ipsis verbis

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:05:00 da tarde

plim!:
E isso é horrível! Para ambos. Uma relação baseada nesses trâmites é uma não-relação. É impossível que dure. (Espero não ser a única a pensar assim) Mais vale acabar logo tudo. Assim perdoa-se, esquece-se e parte-se para outro, sem necessidade de mais mentiras e traições.

  Vício

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:07:00 da tarde

a culpa é toda dela que ainda nã oarranjou meios de evitarem os preservativos!
se nã oos usassem, não havia maneira deela os contar!

podes mandar a policia passar em minha casa? pode ser com as algemas...

  Maya Gaarder

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:10:00 da tarde

"Carta verde para pila alheia" Hahahaha adorei o conceito....
So uma coisinha...Agora és tu k tens passado por minha casa??
Butterfly effect...
Isto ta cada vez mais assutador...

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:26:00 da tarde

Borboleta Endiabrada:

Danke

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:26:00 da tarde

sextrip:

Essa era capaz de "colar".

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:32:00 da tarde

NiNa:

O homem como ser "dominante e primitivo", prefere perder o objecto do seu amor a perdoar e mostrar-se fraco perante os outros machos!

  sextrip

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:34:00 da tarde

--> Plim

«Cada movimento, cada palavra, cada saida, cada atitude que ele tenha, são explicadas até ao ínfimo pormenor.»

até que... a determinada altura, ultrapassado determinado limite... ele deverá perguntar a si próprio : mas vale a pena isto ?!

porque conforme diz a Ipsis Verbis: isso passa a ser "nada".
para quê investir? para quê querer ser "fiel"? para quê a preocupação se nos são fiéis?

- minha querida... tens razão... fui um sacana, encornei-te, nada pode apagar isso... portanto, vamos refazer as vidas e trocamos postais no natal.

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:35:00 da tarde

2 gajas super mega ri idiotas:

Bem vinda Borboleta.

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:39:00 da tarde

Plim!:

Pessoalmente eu prefiro não ser perdoado e se o for, sei que a relação acaba em breve. A confiança ße a base de qualquer relação, ao perder a confiança, nem vale a pena tentar salvar o relacionamento, pois irá sofrer uma morte lenta.

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:40:00 da tarde

ipsis verbis:

Eu não perdoo e não espero ser perdoado. Na minha vida traí uma mulher e também a acabei essa relação, pois se a traí algo estava mal, pois nunca o tinha feito antes nem voltei a fazer!

  PsYcHo_MiNd

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:41:00 da tarde

pode perdoar mais que o homem,mas não sei se será assim tanto. a sua 'resposta'ao acto de uma traição é que pode ser bem pior, ainda que no na altura perdoem o homem, pois sabem ferir bem mais os sentimentos do homem quando querem. o homem tem uma noção de posse diferente da mulher, tem que defender o que é seu,e quando alguem entra no seu territorio é o seu ego que é atingido. é algo que já está nos genes.
mas depois de qualquer uma das partes cometer traição ainda que haja perdão, a relação nunca voltará a ser o que era, pois as relações tem uma base na confiança.

  Joana

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:41:00 da tarde

Perdoar traição? Agora não...
Fiz uma vez e ainda por cima fiquei pior depois...
Não há amor por homem algum que seja mais forte que o nosso amor próprio.

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:41:00 da tarde

Vício:

Eu ainda estou a resistir à prisão, assim que elas me conseguirem deter, eu mando-as aí!

  miss bradshaw

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:42:00 da tarde

uii traiçao tema perigoooooso! lol
realmente um gajo quando trai nunca admite e se admite a culpa nao foi dele: foi a gaja que pos a pila dele no meio das pernas dela! malvadaaa!

a traiçao é para mim a unica coisa que me faz mandar aquela pessoa ir por os corninhos á tia! e mesmo que a gaja seja mais bonita,ainda ficava mais estragada! trair por uma mais feia é pk é estupido mas por uma mais bonita
e porque ja me acha uma merda a mim!

enfim.....gostei da carta verde! =P***

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:43:00 da tarde

Maya Gaarder:

Será que somos capazes de projecção astral?

Butterfly effect, gostei dos 2 filmes mas o primeiro é imbatível.
Nesse filme gostei mais do final alternativo e não do final da versão de cinema!

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:44:00 da tarde

sextrip:

"- minha querida... tens razão... fui um sacana, encornei-te, nada pode apagar isso... portanto, vamos refazer as vidas e trocamos postais no natal."

É a melhor opção!

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:45:00 da tarde

PsYcHo_MiNd:

Sim, concordo. A relação morre, pois acabou a confiaça, no entanto a mulher ainda tenta salvar algo ao perdoar, mas algo que não pode ser salvo.

  Ana

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:47:00 da tarde

Exactamente!
Eu já tive um namorado que não quis ser perdoado.

Tenho noção que quando existe uma segunda oportunidade, a relação deixa de ser o que era. Existem raras excepções em que a relação fica mais apimentada. Conheço casais assim.

Mas na maioria dos casos, se houve traição, deixa de haver confiança e de ambas as partes. Ela porque sabe que ele o pode fazer novamente (neste caso sendo o homem o traidor) e ele, porque fica desconfiado que da parte dela possa haver algo mais por detrás de um perdão. Já conheci um caso em que o gajo, por a gaja o ter perdoado, começou a plantar na cabeça dele que ela só o perdoou porque provavelmente já lhe teria feito o mesmo!

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:47:00 da tarde

Joana:

Eu acho que a mulher não deve perdoar. Pode de facto haver o homem que realmente se arrepende e não o voltará a fazer, mas são tão raros que a mulher mais vale afastar-se e esperar para ver que tipo de homem ele é, do que arriscar a magoar-se ainda mais e acabar odiando-o!

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:49:00 da tarde

miss bradshaw:

"foi a gaja que pos a pila dele no meio das pernas dela! malvadaaa!"

Lol, ou então ele escorregou a acidentalmente caiu em cima dela penetrando-a. O porquê de estarmos nus? A reposta para essa ainda tenho de a imaginar :)

  Maya Gaarder

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:51:00 da tarde

Eu tb gostei dos filmes! Mas o k é (mais uma vez) estranho, é k minutos antes de te visitar estava a debater com uma amiga o referido efeito borboleta!!
Projecção astral...se calhar!
UI!!
K meedoooo

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:53:00 da tarde

Ana:

"...só o perdoou porque provavelmente já lhe teria feito o mesmo!"

Ou porque se tenciona vingar. A questão é mesmo essa, sem confiança a relação não tem futuro.

É preferível acabar tudo, colocar a cabeça em ordem. Se ele for dos homens raros que aprende com os erros e descobre que a ama realmente, poderá começar tudo de novo. Esquecendo todas as datas e aniversários anteriores e iniciar uma nova relação, não é fácil, é raro, mas possível!

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:54:00 da tarde

Maya Gaarder:

Realmente se há coisas estranhas, isto ultimamente anda estranhissimo!

  Miss Bradshaw

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:54:00 da tarde

talvez tivessem os dois apanhado uma molha e tiraram a roupa para nao ficarem "resfriados" =)

axo credivel LOOOOL***

  sextrip

sexta-feira, outubro 12, 2007 3:54:00 da tarde

(e lá andamos "nós" a discutir as traições ótra vez... buga)

há uma máxima, muito aplaudida pela bancada feminina, que oiço desde a minha juventude :

"os homens traem porque se acabou o sexo, as mulheres traem porque se acabou o amor"

nunca achei "piada" nenhuma a máximas destas, mas enfim... já vi muito boa gente dizer que "sim senhor, é assim mesmo".
que as mulheres traem por uma razão "maior", com maior justificação (quiçá, desagravante)e etc.
okay, pronto, não vou tentar rebater esta coisa.

apenas não compreendo portanto, onde está o espanto em que seja mais fácil uma mulher perdoar uma coisa "menor" e pelo oposto seja difícil a um homem perdoar uma coisa "maior".

acho tudo isto muito redutor, mas... há que perceber a pertinência das coisas (parece-me).

  o segredo da lua

sexta-feira, outubro 12, 2007 4:01:00 da tarde

Claro que este so podia ser nomeado um blog 5 estrelas!

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 4:15:00 da tarde

Miss Bradshaw:

Boa :)

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 4:18:00 da tarde

sextrip:

"os homens traem porque se acabou o sexo, as mulheres traem porque se acabou o amor"

Mesmo com sexo, o homem traí. Talvez a palavra sexo poderia ser substituida por "interesse".

No fundo o homem traí por motivos idênticos aos que o levam a mentir, ou seja "Porque sim".

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 4:19:00 da tarde

o segredo da lua:

Muito obrigado. Mas isto dos prémios é uma batata quente na minha mão, pois no meio de tantos blogues que gosto, tenho de escolher alguns :(

  PsYcHo_MiNd

sexta-feira, outubro 12, 2007 4:26:00 da tarde

De facto depois de uma traição as relações em alguns casais tornam-se mais intensas e ai a relação pode-se tornar muito melhor, dai o facto de muitos recorrerem a clubes de swing à procura de coisas novas para que a traição 'em si' não aocnteça, mas sim havendo o consentimento de ambos. ou seja, é ser-se corno às claras.

  tavguinu

sexta-feira, outubro 12, 2007 4:30:00 da tarde

mais simples era admitires a tua relação homosexual com o padeiro !

tens logo sexo num instante !

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 4:38:00 da tarde

PsYcHo_MiNd:

O Swing é uma maneira de manter a chama acesa, tal como o realizar de fantasias. Se a relação cai na rotina, a traição de parte a parte aparece!

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 4:39:00 da tarde

tavguinu:

Isso também é verdade. Trair uma mulher com um homem ela certamente que nos tenta recuperar para a equipa delas :)

  Su

sexta-feira, outubro 12, 2007 4:46:00 da tarde

"do it once, shame on you! do it twice, shame on me!"

se descobrisse que tinha sido traída, ele não levava um perdão, mas sim uma prenda... os belos dos patins =P é que ia logo à sportzone mais próxima!

  Timeless

sexta-feira, outubro 12, 2007 4:47:00 da tarde

Podem dizer que não, mas a mulher trai tanto como o homem, tem os mesmos apetites. É menos vezes apanhada, é certo, pois não fala nas suas traições como o homem, tal como o homem não é tão desconfiado e mesmo que sinta que algo se passa, ele no fundo prefere não saber.

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 4:49:00 da tarde

Su:

Apesar de ser homem, eu partinho do teu ponto de vista. Aliás, o próprio homem, deveria ser homem suficiente e abrir o jogo, sem ela ter de vir a saber por terceiros.

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 4:50:00 da tarde

Timeless:

É verdade, a mulher chega por vezes a perdoar enquanto o homem como não perdoa, finge não saber.

Isso é um assunto que espero abordar nos próximos dias.

  Francis

sexta-feira, outubro 12, 2007 5:07:00 da tarde

o drama o horro a tragédia...ás vezes bem mereciam que um gajo lhes fodesse os cornos...ao menos levávamos com razão...daç.

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 5:15:00 da tarde

Francis:

Eheh, está bem visto :)

  Su

sexta-feira, outubro 12, 2007 5:46:00 da tarde

Exacto! mas é preciso coragem para o assumir, visto estar uma relação em jogo.

Agora a minha questão é:

- Se ele/ela trai perante tamanha atracção física e encara o namorado/marido/mulher no dia seguinte sem o menor peso de consciência (e aqui acredito que talvez o sentimento dessa relação não seja tão forte assim, e se não é.. para quê continuar? Acho que devemos procurar sempre a nossa felicidade e, estar ao lado de quem não se gosta... é uma gigante perca de tempo)

- Ou tem medo de perder o seu par, mas se tem medo é porque gosta e, se gosta porque é que traiu?

Isto das traições sempre me fez pensar muito nos porquês.

Eu tb já traí, não uma, mas algumas vezes, mas porque na altura sei lá, namorava por namorar, e porque não gostava a sério de nng, tinha talvez um carinho especial apenas. Agora apaixonei-me a sério e já lá vão 5 anos e meio e confesso que já conheci homens mt interessantes que se fosse solteira... mas como não sou... mantive-me firme e fiel aos meus sentimentos.

Afinal de contas porque se constrói uma relação para a trair tempos depois??

  inês

sexta-feira, outubro 12, 2007 5:48:00 da tarde

o melhor é não ter os ditos em casa!

(nós mulheres de facto somos muito complicadas! dizia-me um amigo, em conversa, quando ao fim de tudo, ainda pergunta-mos..."e gostas dela?")

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 5:52:00 da tarde

inês:

"...e gostas dela?"

Essa pergunta é feita, pois a mulher já sabe que o homem não precisa de sentir nada para estar com uma mulher.

  deusaminervae

sexta-feira, outubro 12, 2007 5:56:00 da tarde

È a chamada psicologia invertida... Não há dúvida que a mulher é uma "psicóloga" ;)

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 6:05:00 da tarde

Su:

"- Se ele/ela trai perante tamanha atracção física e encara o namorado/marido/mulher no dia seguinte sem o menor peso de consciência (e aqui acredito que talvez o sentimento dessa relação não seja tão forte assim, e se não é.. para quê continuar?"

Mas eu concordo que não vale a pena continuar, mesmo havendo sentimentos envolvidos. Já não há confiança e sem confiança a relação passa a ser uma mentira.


"- Ou tem medo de perder o seu par, mas se tem medo é porque gosta e, se gosta porque é que traiu?"

Aqui já há muitos motivo e não há motivos nenhuns. Quem traí outra pessoa, trai-se a si próprio também.


"Afinal de contas porque se constrói uma relação para a trair tempos depois??"

Por vezes contruimos coisas que vimos a decobrir que não queremos.

  Su

sexta-feira, outubro 12, 2007 6:06:00 da tarde

essa é que é uma grande verdade... nem mais!!

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 6:07:00 da tarde

deusaminervae:

É sim senhor, mas em relação aos outros, porque conheço muita que precisa de uma psicologa diplomada :)

  mau feitio

sexta-feira, outubro 12, 2007 7:01:00 da tarde

Este post reflecte muito bem a personalidade do homem e da mulher.

  Aragana

sexta-feira, outubro 12, 2007 7:14:00 da tarde

Tu precisavas era de uma mulher às direitas.

Perdoar? Nunca! Apenas uma vingançazinha com direito a algemas e strap on.

Depois? Bom, depois é bom que nunca mais apareças.

;-)

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 7:17:00 da tarde

Mau Feitio:

Eles mentirosos e elas com mau feitio?

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 12, 2007 7:17:00 da tarde

Aragana:

Felizmente ísto não se passou comigo, pois eu nem estaria a justificar-me, muito menos aceitaria qulaquer tipo de perdão.

  Madeirense Marafada

sexta-feira, outubro 12, 2007 7:48:00 da tarde

ehehehehhhehehhe....para póxima vou reparar nisso...bela táctica:)beijos

  Vanadis

sexta-feira, outubro 12, 2007 9:16:00 da tarde

He lá, altas psicologias que vão para aqui...sim senhor, a perspectiva masculina é deveras interessante. Ainda por cima bem (d)escrita, ;-). Já o conhecia do quiproquo, mas a censura da rede onde tou não me deixava entrar...essa nem "canal" deixa entrar. Whatever.
Quanto ao tema do post... bem, traição...não perdoo. Acho eu. Nunca passei por isso (acho eu...). Não traio nem permito ser traída, para mim a confiança e lealdade são indispensáveis.
Mas, pensando melhor no que realmente é mais suportavel ou passivel de ser perdoado: a traição emocional? ou a traição sexual...?
Penso que uma coisa é o lado puramente físico das traições. Trair só por uma queca, devido a uma noite de bebedeira a seguir a uma discussão...secalhar não enterra tão fundo a faca (a faca!!!! etas mentes pecaminosas páh!) como uma traição em que há enamoramento por outro(a).
Quando uma relação não vai bem, é mais do que natural começarem a surgir interesses motivados por carencias, seja emocionais, seja fisicas. Surgem balanços, entusiasmos com alguém que dá o que a relação não está a dar. Não significando isto que haja uma traição fisica, não sei se não passa por uma traição emocional.
Mas, sou firmemente apologista de que enquanto há amor, pode-se com tudo. Ok, amor e uma cabana não chega. Mas havendo amor, pode haver vontade de lutar, por muito mal que esteja uma relação.
E se houver vontade de lutar e de melhorar as coisas...para que desistir da relação?

Essa de deixar uma gaija porque a gaija fez o favor de perdoar...não entendo. A serio. Lá porque perdoa a escapadela, isso não quer dizer que vá fazer o mesmo! Pode querer dizer que quer salvar a relação. Acho eu...

  Teté

sexta-feira, outubro 12, 2007 9:32:00 da tarde

Pois o post está muito engraçado -achei piada a essa da carta verde, para além dos diálogos - mas todos os casos que conheci, na prática, não se passaram nada assim. Elas vão intuindo, que há outra ou outras e um dia chateiam-se! Nesse dia já não há mais conversas, é malinha à porta e "ala que se faz tarde!"

Nos entrementes, elas fingem não ver ou perceber... Não me perguntes porquê, mas suponho que muitas vezes se prende com filhos ainda pequenos, com a casa que é paga a meias, etc. e tal. Ou talvez com aquela ideia feita que "eles são todos iguais"!

Bom fim-de-semana!

  mymind

sexta-feira, outubro 12, 2007 10:45:00 da tarde

ai ai eu n sei se perdoaria uma traiçao, ou se perdoasse n continuaria a relaçao.
"Se o homem trai a sua mulher com uma mulher que ela ache mais bonita, isso ajuda-a a perdoar." - so se a mulher for uma tonta ora essa. coitadinhos dos homens n conseguem resisitr, isso sao tretas! LOL

  maria

sábado, outubro 13, 2007 1:24:00 da manhã

Estou estupefacta. Sinceramente, esclareceste uma das minhas mais sérias dúvidas.
obrigada
e .... pareces-me um homem para levar a sério. (não tem nada a ver com compromissos... rs)
beijinho

  Shadows in Love

sábado, outubro 13, 2007 1:38:00 da manhã

Achas que a mulher perdoa sempre? Será que não diz que perdoa e depois também ela por vingança procura por fora? Olha que se há coisa que a milher não têm é memória curta bem pelo contrário... depois não te esqueças que além da memória ela vinga-se de uma forma ou de outra... olha que as mulheres mudam...

  Anaïs

sábado, outubro 13, 2007 2:55:00 da manhã

ai o que eu já me ri com este texto! 5 estrelas... é de facto assim.

sextrip, ainda sobre a "bengala"... tu vê-lá se não te dou com ela lolllll

*

  Cold_cold_Bitch

sábado, outubro 13, 2007 10:17:00 da manhã

Não vale a pena trair o homem por vingança e perdoá-lo parece-me algo muito complicado. O melhor é descobrir e sair da vida dele sem grandes explicações.

  sexy hot

sábado, outubro 13, 2007 12:01:00 da tarde

Conheço um casal (amigo dos meus pais) que o marido da tal andou a encorna-la sabe-se lá durante quanto tempo até que ela apanhou-os... tiveram um tempo separados, ele deixou a amante e a mulher perdoou-o! Muito sinceramente acho que foi a partir daí que dei por mim a retirar a seguinte conclusão "quem ama perdoa e não vai ser uma traição que vai colocar fim a tudo aquilo que sentem um pelo outro" eu não consegui perdoar quando o meu ex namorado confessou que me tinha traído, ainda bem que não o fiz!

  Babe Certificada

sábado, outubro 13, 2007 12:46:00 da tarde

Há pouco ouvi uma história de uma rapariga que ligou para o namorado e este demorou a atender. Ela suspeitou que ele não estava onde disse que ia estar e afirmou com toda a certeza isso. Ele ainda negou mas ela inventou que tinha visto o carro dele e o palerma admitiu que estava no café com os amigos. Levou nas orelhas por ser tótó, porque ela nem sequer tinha saído de casa!

  MalucaResponsavel

sábado, outubro 13, 2007 2:01:00 da tarde

Olá... ri-me a ler este post. tem q ver c aquilo q eu tb axo q acontece. bj

  Rafeiro Perfumado

sábado, outubro 13, 2007 2:19:00 da tarde

Mas se o homem não sabe onde foi parar o preservativo, porque raio admitiu? É porque é verdade? Se assim é, acho bem que receba o troco, e contra mim falo. Uma relação basei-ase na confiança, uma vez destruida, não se pode remediar. Não me venham com perdões e vinganças, é altura de partir para outra!

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 3:48:00 da tarde

Madeirense Marafada:

É bom reparar mas nem sempre ele tem culpa!

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 3:54:00 da tarde

Vanadis:

"Essa de deixar uma gaija porque a gaija fez o favor de perdoar...não entendo. A serio. Lá porque perdoa a escapadela, isso não quer dizer que vá fazer o mesmo! Pode querer dizer que quer salvar a relação. Acho eu..."

O meu texto é sobre o que pensa o homem. O homem que trai tem medo de ser traído. O perdoar pode acontecer mas não irá haver confiança na relação.

O seu ponto de vista é interessante, mas dá-me a entender que você vê os homens todos como básicos que traem a mulher e não sabem porquê.

Se traí eu sei porquê! Posso gostar da minha mulher, mas não o suficiente para ser fiel.

Se o homem não é fiel e é perdoado, o que há para salvar, além da definição de relação para manter as aparências.

Sim, se trá uma mulher é porque não a amor o suficiente e sim, prefiro acabar a relação a dar-lhe a oportunidade de que me querer perdoar, pois aí sim a relação vai decair.

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 3:56:00 da tarde

Teté:

Podem não ser todas assim, mas há mulheres que entram logo tipo PJ.

A mulher finge não ver a traição tal como o homem traído opta por não querer ver. São maneira de lidar com as coisas.

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 3:58:00 da tarde

mymind:

"Se o homem trai a sua mulher com uma mulher que ela ache mais bonita, isso ajuda-a a perdoar."

Atenção que não fui eu que inventei esta frase, esta frase está comprovada em como a mulher aceita melhor a traição com uma mulher mais bonita.

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 3:59:00 da tarde

maria:

Eu escrevo simplesmente da maneira como vejo as coisas.

"pareces-me um homem para levar a sério"

...mas não muito a sério :)

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 4:02:00 da tarde

Shadows in Love:

Ela não perdoa sempre eu não disse isso. E sim, ela pode querer vingar-se, por isso é que a relação não vai a lado nenhum, pois ela fica como ele pelos motivos errados e ele deixa de confiar.

O meu texto simplesmente diz aos homens, para terem cuidado, pois quando elas querem perdoar e resolver os problemas, há merda. Grandes probabilidades de acordar com o nosso pénis a boiar num copo de água!

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 4:02:00 da tarde

Anaïs:

Se achaste graça, percebeste o objectivo do texto.

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 4:03:00 da tarde

Cold_cold_Bitch:

E vice-versa. Com a traição, acabou. Porquê viver uma ilusão?

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 4:05:00 da tarde

sexy hot:

Há quem perdoe, mas pelos motivo errados e não por amor.

Um casal junto à 30 anos já estão habituados um ao outro, já não é tanto amor é amizade e habituação.

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 4:06:00 da tarde

Babe Certificada:

É o uso da psicologia.

No caso que descreves ele foi parvo. Se eu vou sair com os meus amigos, porque raio tenho de mentir? Se ela quer controlar a minha vida é bom que aprende durante o namoro que não o vai fazer durante muito tempo!

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 4:07:00 da tarde

MalucaResponsavel:

Não há discussões entre homem e mulher que não sejam uma comédia para quem está de fora.

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 4:09:00 da tarde

Rafeiro Perfumado:

Neste caso ele sabia o que tinha acontecido ao preservativo.

Mas muitas vezes o homem assume ter estado aqui ou alí, só para acabar com a discussão, pois o castigo é melhor que o seremão!

"Não me venham com perdões e vinganças, é altura de partir para outra!"

Concordo, mas a mulher tem mais tendência que o homem para tentar remendar o que não pode ser remendado!

  ipsis verbis

sábado, outubro 13, 2007 4:20:00 da tarde

crestfallen:
A maior parte das mulheres já se está a borrifar para os remendos... Se descoseu, vai para o lixo. Logo se arranjam mais, e melhores. :]

  NiNa

sábado, outubro 13, 2007 4:39:00 da tarde

Uiii! parabéns isto são só "cobrições" :)))))))))))
BOm fds!!!

  inês

sábado, outubro 13, 2007 4:41:00 da tarde

"quem não arrisca não petisca" é certo!

(mas ás vezes...)

  sexy hot

sábado, outubro 13, 2007 4:46:00 da tarde

"Há quem perdoe, mas pelos motivo errados e não por amor." Que motivos?! Por vingança?! Não concrodo, mas sei que muita boa gente o faz, mas se o faz que valor tem o seu perdão?! Pura e simplesmente NENHUM!

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 4:57:00 da tarde

ipsis verbis:

Concordo a 100%. A malta trabalha, tem um ordenado, para quê remendar quando se pode ter novo?

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 4:57:00 da tarde

NiNa:

Quando abordo estes assunto do ponto de vista do homem, as mulheres caem-me todas em cima!

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 4:58:00 da tarde

inês:

Às vezes falha, eu sei. Bati muita vez com a cara na porta, mas pelo menos tentei.

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 4:59:00 da tarde

sexy hot:

Que motivos? As aparências. Muita familia vive infeliz para manter as aparências perante a sociededa, passando um falsa imagem de familia feliz!

  Vanadis

sábado, outubro 13, 2007 5:50:00 da tarde

Crestfallen, continuo a achar interessante a perspectiva masculina. Não, não acho os homens todos básicos. Acho sim que as hormonas e a atracção são básicas. Seja de um ponto de vista masculino ou feminino.
Concordo que se alguém trai é porque não está bem na relação. Não concordo que seja por não gostar o suficiente da pessoa. Pois pode-se gostar imenso, muito, de uma pessoa, mas numa altura em que as coisas não estão nada bem (e não falo de os sentimentos não estarem bem, mas de não haver convergencia de vontades ou caminhos de vida) há a tendencia para olhar à volta e questionar a relação (não os sentimentos), e inevitavelmente as hormonas começam a andar aos pulos. Ora, isso não será já uma especie de traição?...considerar sequer a hipotese de trair?
Não estou a dizer que a traição é basica, muito pelo contrário. Acho que quem trai é humano. E como é humano, é uma rede de complicações. A razão pode ser básica, se a pessoa for basica, claro. Mas tb pode não ser.
Só acho que trair fisicamente alguem não é sinonimo de não amar essa pessoa. Amar é uma coisa. Sexo e atracção é outra. Uma é uma conjunto de sentimentos. Outra é hormonal.

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 6:11:00 da tarde

Vanadis:

"não gostar o suficiente da pessoa. Pois pode-se gostar imenso, muito, de uma pessoa, mas numa altura em que as coisas não estão nada bem (e não falo de os sentimentos não estarem bem, mas de não haver convergencia de vontades ou caminhos de vida) há a tendencia para olhar à volta e questionar a relação (não os sentimentos), e inevitavelmente as hormonas começam a andar aos pulos. Ora, isso não será já uma especie de traição?...considerar sequer a hipotese de trair?"

Mas o que não percebo é o que o questionar de uma relação tem a ver com o ir para a cama com outra pessoa. Eu questiono as minhas relações e olho em volta para ver quem passa... mas daí a ir porcurar respostas nas cuecas de outra pessoa, vai um longo caminho.

Pessoalmente pensar e fantasiar não é trair a pessoa amada é trair-se a si próprio. A verdadeira traição está nas acções e não nos pensamentos.

Eu vi o Oceans 11, 12 e 13 e imaginei como seria ser uma ladrão de alto nível. Imaginar-me a roubar um banco não faz me mim um criminoso, estou simplesmente a enganar-me a mim próprio.

O pensar em trair, só o é quando o fizermos. Para isso a mulher na posição de missionário a olhar para o této e a pensar de que cor vai pintar o quarto, também estaria a trair.

O pesamento só trai e engana quem pensa e nunca a pessoa que amamos ou pensamos amar.


"Só acho que trair fisicamente alguem não é sinonimo de não amar essa pessoa. Amar é uma coisa. Sexo e atracção é outra. Uma é uma conjunto de sentimentos. Outra é hormonal."

Acho que ninguém cosegue separar melhor o sexo de sentimentos que o homem. Como homem posso garatir que nós podemos controlar as nossas hormonas e não fazer merda. A questão é que muitos não se dão ao trabalho.

No dia em que um homem deseja monogamia da parte de uma mulher, deve respeitá-la da mesma forma e manter a braguilha fechada.

Nós não somos assim tão fracos em relação ao sexo. Isso é um estéreotipo que o homem gosta de ter, para ser usado como desculpa. Nós temos a perfeita consciência da merda que fazemos. Qunado nos fazemos de inocentes é só para despertar o insticto maternal em todas as mulher, que instinctivamente protegem o lar, familia e os mais fracos.

  Vanadis

sábado, outubro 13, 2007 6:22:00 da tarde

Eu separo muito bem sexo de sentimentos. Ou não fosse bioquímica...
Não são só os homens que têm de controlar as hormonas e não fazer merda...
Quando se questiona uma relação, normalmente é porque algo não vai bem, certo? E se não vai bem, há carências, e nem falo de carências sexuais. E quando digo começar a olhar à volta, não falo propriamente em termos sexuais. Falo de reparar em outras pessoas com quem uma relação poderia preencher essas carencias.
Pensar e fantasiar não é trair. Mas pensar sequer na hipotese de trair é meio caminho andado para uma traição efectiva. E a traição não precisa de ser sexual.
Por mim, mais facilmente perdoava uma traição sexual do que uma traição emocional.

  Vanadis

sábado, outubro 13, 2007 6:23:00 da tarde

Ah fazem-se de inocentes? Essa na sabia. Vai para o bloco de apontamentos... :-p

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 6:28:00 da tarde

Vanadis:

Tenho sérias dificuldade em concordar. Quando nos imaginamos em situações de traição, não estamos a imaginar que estamos a trair, isso nem sequer passou pela nossa cabeça. Se ponderamos trair é mais grave, mas se não o fazemos não há mal nisso.

Quantas pessoas enquanto na cama com A ou B não imagináram estar com C ou D? Não acho que seja trair, são fantasias.

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 6:37:00 da tarde

Vanadis:

Claro que sim, é o ponto fraco das mulheres. Uma necessidade de não ser muito dura e de proteger seres inocentes e indefesos. Enquanto o homem for uma criança grande, terá sempre uma mulher para o proteger!

  Skynet

sábado, outubro 13, 2007 7:53:00 da tarde

Podia ter ocorrido um erro na fábrica e a caixa ter menos 1 preservativo :)

  sexy hot

sábado, outubro 13, 2007 8:14:00 da tarde

Meu querido essas são o tipo de pessoas que cresceram e não criaram os valores certos! Que adianta mostrar aos outros que somos felizes se na realidade não o somos?! Muito sinceramente não seria capaz de viver assim, antes só e feliz do que acompanhada e estar literalmente na merda.

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 8:42:00 da tarde

Skynet:

Boa, boa, sim erros acontecem e não dá para provar :)

  Crestfallen

sábado, outubro 13, 2007 8:43:00 da tarde

sexy hot:

Concordo mas todos nós conhecemos casais que estão juntos pelas aparências. Aqui onde moro ainda é mais evidente, pois até o sexo extra-conjugal é aceite de maneira a manter o casal a viver sob o mesmo tecto!

  Topo de Gama

segunda-feira, outubro 15, 2007 2:56:00 da tarde

Nunca tinha imaginado isso dessa forma :D Mas adapta-se á realidade... Gajo tem medo quando encorna... E qd nao encorna tem medo q pensem q sim!! É uma situaçao de perda-perda... Enfim..

Gostei mt

  Patrícia

segunda-feira, outubro 15, 2007 2:58:00 da tarde

eu não conto preservativos....

  Vanadis

segunda-feira, outubro 15, 2007 7:34:00 da tarde

Ok, concordamos em discordar, então. =)

  SUPREME

segunda-feira, outubro 15, 2007 9:13:00 da tarde

loooooooooool
Onde é que eu já ouvi essa ultima frase lol
"Such minor changes, such huge consequences. [Butterfly Effect]"

Muito bom artigo!

  Crestfallen

terça-feira, outubro 16, 2007 10:50:00 da manhã

Topo de Gama:

Isto passa-se, pois quer encorne ou não, para a mulher o homem está sempre a mentir.

  Crestfallen

terça-feira, outubro 16, 2007 10:51:00 da manhã

Patrícia:

Acho que contar preservativos é uma coisa muita maluca :)

  Crestfallen

terça-feira, outubro 16, 2007 10:51:00 da manhã

Vanadis:

Concordar em discordar é a minha especialidade:)

  Crestfallen

terça-feira, outubro 16, 2007 10:52:00 da manhã

SUPREME:

Gracias