Check-Up!


Chegou aquela altura do ano em vou fazer um check-up, saber se a saúde física está melhor que a mental. Sei perfeitamente que a minha saúde mental, só irá piorar com o tempo, mas pelo menos que se salve o corpo, que ainda é a primeira coisa que se vê.

Chego ao médico, sou recebido pela secretária, uma adorável senhora Polaca que tem um sorriso na cara que é constante. Uma pessoa que transpira boa disposição. Sou recebido pelo médico 10 minutos depois. Um Alemão fora do vulgar, baixo por volta de 1,60 metros, moreno e muito simpático (o que o torna tão diferente é o ser símpático).

Começa com as perguntas do costume, se ainda não fumo, se tenho bebido demais, se me alimento correctamente, se tenho consumido drogas.
Duh! Acabo de chegar de férias, excepto as drogas abusei de tudo.

Verifica-me a tensão, parece que está invulgarmente baixa, mas pode ser do cansaço de ter estado de férias. O ritmo cardíaco está bom. Soprei naquela máquina e os meus pulmões estão a 100%, os olhos ainda vêm. Passamos à ecografia, está tudo em ordem, até o fígado, o que me deixou impressionado e pedi para ele ver melhor.
É giro, eu olhei para o ecrã e vi, os meus órgãos. Porra ainda dizem que o que conta é a beleza interior. Nós por dentro somos mesmo feios!

Agora chegou a parte chata. As análises.
A da saliva não custa nada é só colocar uma fita na boca e observar a mudança de cor.
O sangue, tirando a parte de eu odiar agulhas, corre bem. É por não gostar de agulhas que não percebo os agarrados à heroína. Agora vem o fodido.
A urina... É pá temos sempre saliva, temos sempre sangue, mas o mijo está sempre em falta. Assim que nos dão um copo, não temos vontade. Um gajo faz força, imaginamos água a correr, abrimos um torneira, enchemos um recipiente de águas e despejamos, fazemos aquele som que os nossos pais faziam, para nos ajudar a fazer xi-xi antes de ir para a cama, aquele "schhhhhh". Quando era puto resultava e urinava logo. Agora não resulta.
15 minutos depois lá começam a sair uma tímidas gotas para dentro do copo. O problema é que assim que se começa a mijar aquilo já não pára, o copo está cheio e sentimos que ainda temos 3 litros de urina a expulsar!

Quando forem fazer análises, levem sempre urina de casa, pois vão precisar e não ter!

18 Comentários:

  Amsilva

sexta-feira, outubro 05, 2007 3:12:00 da tarde

resumindo e concluindo
a unica coisa que está em decadencia por aí é somente o cerebro...
não te preocupes, é norma europeia, ou mundial...

  mymind

sexta-feira, outubro 05, 2007 4:05:00 da tarde

tb andei a fazer analises, parece k o meu unico disturbio é mental lool
bm f-d-s!

  sextrip

sexta-feira, outubro 05, 2007 4:12:00 da tarde

só oiço falar em polacas...
(adoro polacas)

se o copo de urina é bera, então espera pela amostra de sémen...

pormenor curioso:
se uma enfermeira polaca nos der o copito para as unhas e nos pedir uma amostra de sémen, aquilo é uma carga de trabalhos... mesmo que na salinha haja um vídeo de um bacanal com enfermeiras (polacas ou não).
mas... se há noite nos encontrarmos com a enfermeira polaca no apartamento dela, vêm as amostras que forem necessárias e mais algumas.

não entendo porque não alteram de uma vez por todas o método de recolha.

  PsYcHo_MiNd

sexta-feira, outubro 05, 2007 4:15:00 da tarde

deviam de ser como nos bancos de esperma em que dão a revistinha porno para se fazer o 'servicinho', para mijar deviam de arranjar uma merda qualquer assim pa ver se conseguiamos logo encher a porra do frasco.

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 05, 2007 4:39:00 da tarde

Amsilva:

E ainda bem, que assim é!

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 05, 2007 4:40:00 da tarde

mymind:

Já somos dois :)

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 05, 2007 4:41:00 da tarde

sextrip:

Aqui em Hamburgo uma em cada 5 mulheres é Polaca.

Pois ainda não testei o esperma, mas se o tiver de fazer tenho de negociar com a enfermeira...

  Crestfallen

sexta-feira, outubro 05, 2007 4:42:00 da tarde

PsYcHo_MiNd:

É isso mesmo, que mania a deles. O que é que o meu mijo lhes pode dizer que o sangue não diga?

Pelo menos não me pedem para cagar num saco de plástico!

  Teté

sexta-feira, outubro 05, 2007 9:26:00 da tarde

Aquelas duas jeitosas lá de cima também são polacas? E porque é que se estão a auscultar uma à outra?Deve ser para demonstrarem os seus conhecimentos de medicina...

Garanto-te que nunca na minha vida me pediram para fazer xixi para dentro de um copinho, num consultório médico. Quando marco as análises dão-me o recipiente e pedem sempre para usar a primeira urina da manhã...

Difícil são as ecografias, em que é o contrário, mandam-nos beber litradas de água, para ficar com a bexiga cheia até andarmos a torcer as pernas... e impedem-nos de urinar! Chega a doer...

Nice weekend!

  tavguinu

sexta-feira, outubro 05, 2007 9:36:00 da tarde

e o toque rectal, não contas ?

  Plim!

sexta-feira, outubro 05, 2007 10:18:00 da tarde

Eu fiz mais analises nestas ultimas semanas do que na minha vida toda.
Sou como tu em relação às agulhas, tenho medo, ou melhor: TINHA! Porque parece que ultimamente as gajas nem comixão me fazem.
Ela é análises ao sangue, ela é injecções disto e daquilo, ela é TAC aos rins e consequentemente uma injecção na veia com um liquido manhoso que mais parece sangue, para, segundo o especialista: "os rins dilatarem!"

E houve uma das vezes que cheguei ao hospital cheia de dores e já irritada e sem paciencia de estar à espera, que disse ao médico enquanto este me fazia as perguntas da praxe, para me POR A SORO!

Eu NUNCA pensei dizer isto na minha vida. Eu a pedir pra me espetarem uma agulha!
Fiquei orgulhosa da minha valentia!

  Crestfallen

sábado, outubro 06, 2007 9:42:00 da manhã

Teté:

Não faço ideia quem são, mas podiam auscultar-me a noite toda!

Tens sorte, aqui as análises são in loco, tal como os testes de despistagem nas empresas.

As ecografias que me fazem, não bebo nada. Passam-me um gel, um aparelho frio como gelo e aparecem as minhas entranhas num ecrã à minha frente.

  Crestfallen

sábado, outubro 06, 2007 9:43:00 da manhã

tavguinu:

Por acaso não sei a que idade se deve fazer o exame à próstata... espero que ele evolua, pois se for para me meter merdas no cu, acho que sou gajo para enfrentar o risco e morrer de cancro!

  Crestfallen

sábado, outubro 06, 2007 9:46:00 da manhã

Plim!:

A agulha não dói, mas aquela sensação da picada tira-me do sério, a tesão baixa logo para niveis bem baixos.

"Eu NUNCA pensei dizer isto na minha vida. Eu a pedir pra me espetarem uma agulha!
Fiquei orgulhosa da minha valentia!"

Sempre que me oferecem merdas que envolvem agulhas eu peço comprimidos. "olhe que o efeito é mais lento". Que se foda :)

  Skynet

domingo, outubro 07, 2007 1:32:00 da manhã

As análises à urina já são más, mas as análises às fezes ainda são piores, eu odeio penicos lolol

  Crestfallen

domingo, outubro 07, 2007 8:05:00 da tarde

Skynet:

Já as fiz quando era criança. O pior é que precisava de amostras da semana inteira. Perdia sempre o apetite ao abrir o frigorifico e ver lá os frasquinhos com as amostras...

  inês (a anja)

segunda-feira, outubro 08, 2007 9:18:00 da tarde

se precisares de uma consulta de "estomatologia", a minha, é assim do género das meninas da imagem!

mas uma querida!

  Crestfallen

terça-feira, outubro 09, 2007 1:02:00 da tarde

Inês (a anja).

Eheh, até dá vontade de ir ao médico :)