Real ou Blue Beam?

Dia 9 de Dezembro com Obama a chegar a Oslo no dia seguinte para receber o prémio Nobel que lhe deram só porque sim, aconteceu algo de estranho, muito estranho.... ou não assim tão estranho. Sobre a Noruega "abriu-se" um Wormhole, algo visto em filmes mas nunca provado que existe. Neste dia, este acontecimento foi testemunhado por milhares de pessoas, fotografado e filmado de diversos ângulos e ninguém consegue explicar como apareceu.
Os peritos em OVNIS afirmam que é um sinal de primeiro contacto.
Aqui ficam um vídeo:




Um wormhole é teoricamente um buraco criado no espaço que dá acesso a um outro espaço teoricamente paralelo ou a um outro ponto distante no  universo, como exemplificado no seguinte esquema:



Esse buraco segundo os cientistas permite viajar mais rápido que a velocidade da luz... eu não sei pois nunca testei um.

O ponto branco que se vê na filmagem não é a lua, o wormhole é caracterizado como um buraco branco uma espécie de contrapeso do buraco negro. Inicialmente ele é branco e abre-se em espiral tornando visível um outro universo ou um outro ponto no universo.

Verdade? Mentira? Um teste ou Project Blue beam?




Olho para as fotos posso dividir o pensamento em dois campos:

1- Teorista alarmista
Reparo no rasto azul em espiral em direcção do centro do wormhole... um rasto azul... um feixe azul... feixe = beam, blue= azul. Pode ser o Projecto Blue Beam.
Resultado: Ilógico pois carece de fontes.

2- Teorista investigativo
O rasto mostra que foi algo que partiu do solo para o espaço e não o oposto, portanto não seria o primeiro contacto de uma raça extra-terrestre.
O rasto é em espiral o que prova que foi um voo descontrolado. O rasto é azul algo normal em fugas de combustível de foguetões e misseis. O ponto branco é uma marca normal da entrada de um míssil no espaço durante durante a alvorada. O "abrir" do ponto branco não é um abrir mas sim um dissipar. A espiral do ponto branco tem a ver com o voo descontrolado em espiral do objecto.
Resultado: Lógico e pode ser documentado.

A imagem é bonita, mas qualquer lançamento de objectos para o espaço durante a aurora matinal dão resultados belíssimos de luz e cor:




As fotos acima são de um lançamento Americano também durante a aurora matinal. A diferença é que este lançamento não teve qualquer problema logo não largou combustível mas sim fumo por o combustível ter sido devidamente queimado, rodou em si mesmo mas não girou descontroladamente em torno de um eixo e não largou combustível. O ponto branco da foto da direita é o momento em que entrou no espaço, esse ponto branco também se dissipou como o da Noruega. Não criou uma espiral pois teve uma rota de voo sem problemas.

Apesar das diversas noticias em jornais Americanos e Ingleses que diziam que Rússia admitia que tinha sido um teste do seu novo míssil Bulova, não encontrava nada em jornais Russos, mas finalmente eles confirmam que foi mesmo um míssil.

Eu que digo sempre para duvidarem de tudo em particular da imprensa mainstream e para compararem as noticias com as da imprensa livre de modo a retirarem as vossas conclusões. Neste caso há consenso das duas imprensas mas há conspiracionistas a ligar isto a Projecto Blue Beam e é isto que é usado pelos cépticos para atacar a credibilidade a todos os investigadores rotulados de conspiracionistas, pois se um é parvo todos são parvos, é a generalização conveniente por forma a negar algo que nos assusta.

28 Comentários:

  casos reais

terça-feira, dezembro 22, 2009 3:30:00 da tarde

Passei pelo seu blog para lhe desejar a si e aos seus familiares um Feliz Natal e um bom Ano Novo com muita saúde.
Abraço
(casos reais)

  Manula

terça-feira, dezembro 22, 2009 5:39:00 da tarde

Sobre isso, dizem que há uma estação HAARP no local donde parece que a espiral é emitida, por trás de uma montanha.
Com base nisto dizem eles que é project blue beam.
Dizem que rocket russo não é de certeza.
Estou a falar do Richard Hoagland e do David Wilcock.
No meu blog tenho um post sobre isso.
Já agora: e o UFO em forma de pirâmide sobre o Kremlin no mesmo dia também publicitado no mainstream media?
E o anel de luz sobre a Russia? É só por no youtube: ring of light Russia.
Estará a disclosure próxima? Dizem que sim.
Cumprimentos

  Jane Doe

terça-feira, dezembro 22, 2009 6:13:00 da tarde

Ah, eu acho que foram os Reptilianos a tentar dizer, venham venham que chegou a hora!
Lá porque não conseguiram não sei...

****

Nota-se, numa das fotos que vi na net, uma luz amarela vinda de uma montanha. Penso que seja esse o foco de projecção do espectáculo de luz.

*****

Eu acho que foi uma cerimónia em código para receber o Obama.

*****

É bem mais credível que seja um "teste" do projecto blue beam, talvez para testar reacções, talvez a aquecer motores de arranque. Quanto a coincidir com a ida de Obama à Noruega para receber o prémio Nobel, também tenho teoria.

Mas não digo.

  shaun

terça-feira, dezembro 22, 2009 7:13:00 da tarde

E este no dia 16 de dezembro no chile???

http://www.youtube.com/watch?v=3fn2xAs8ZnI

Qual é o propósito de todas estas "aparições" se não houver uma resposta oficial por parte das autoridades "credíveis"? Se não forem publicadas pela imprensa com alguma "credibilidade" nunca serão encaradas com seriedade por parte do povo, logo serão remetidas sempre para segundo plano...

Será que se pretende criar algum tipo de sociedade paralela que siga religiosamente este tipo de eventos como meio de distracção? Ou será que a agenda das elites já tem data marcada para esse não falado "disclosure"??? (adicionar aqui uma boa dose de cepticismo). :-)

Eu acredito que exista vida lá fora, e que até possamos ser frequentemente visitados. Mas daí que o passatempo favorito deles seja raptar humanos para os sudomizar, como conta a maioria.... lol

abraço!

  LauraBow

terça-feira, dezembro 22, 2009 8:54:00 da tarde

desinformação mais uma vez.
obejctivo: como o bruno diz, descredebilizar e rotular todos os conspiracionistas de conspiracionistas!
tenho a mesma opinião que david wilcock, isto são ensaios! é óbvio! para prepararem a falsa invasão alenígena (parte integrante do plano para a concretização da nova ordem mundial) eu sei eu sei, é algo discutível! bom, mas para mim não é, pois sei internamente do que falo!

  Teté

quarta-feira, dezembro 23, 2009 2:00:00 da manhã

Pois é, Bruno, o homem nunca gostou de novidades nem de fenómenos para os quais não tem explicação lógica. Resumindo, velhos do Restelo há muitos, mas não é com eles que o mundo pula e avança... :)

Beijocas e Feliz Natal para ti!

  Bruno Fehr

quarta-feira, dezembro 23, 2009 4:12:00 da manhã

casos reais:

Obrigado e igualmente.

  Bruno Fehr

quarta-feira, dezembro 23, 2009 4:12:00 da manhã

Manula:

"Sobre isso, dizem que há uma estação HAARP no local donde parece que a espiral é emitida, por trás de uma montanha."

Não existe estação HAARP naquele local, as que existem estão na Rússia e Alasca (EUA). Para lá da montanha de Trondelag existe mar.

"Com base nisto dizem eles que é project blue beam."

Eu sei que o projecto bluebeam existe, mas sendo isto parte dele não faz qualquer sentido.

"Dizem que rocket russo não é de certeza."

Só os Russos poderão dizer isso, pois o Bulova é um míssil intercontinental Russo com tecnologia nova que os Americanos e Europeus desconhecem. Os russos gabam-se de não haver sistema anti-míssil que possa parar um Bulova. Admitem a existência desta tecnologia mas admitem que ainda não está funcional e este teste foi um fracasso.

Irei ler o que escreveste sobre o assunto.

"Já agora: e o UFO em forma de pirâmide sobre o Kremlin no mesmo dia também publicitado no mainstream media?
E o anel de luz sobre a Russia?"

O primeiro caso é possível ser criado por hologramas, já foram feitos shows em Londres e Tokyo com projecções no céu durante o dia (Londres) e durante a noite (Tokyo) com monstros, naves e até uma Death Star holográfica.
Estou a investigar alguns casos, uns facilmente desmentidos, outros extremamente convincentes.

A ideia do BlueBeam Project é lançar a suspeita e para que ela exista não pode ser tão facilmente e rapidamente desmentida. Aqui é fácil demais pois após analisar alguns vídeos, parte dos efeitos são reflexos de lentes em máquinas de má qualidade. A foto no meu texto é exemplo disso, foi tirada com uma má maquina e com uma exagerada luminosidade que na minha opinião foi adicionada de forma artificial de forma a destacar o que é suposto ver-se, mas ao faze-lo, exagera.

"Estará a disclosure próxima? Dizem que sim."

Essa disclosure não me convence, pois o projecto BlueBeam tem o objectivo de dizer ao mundo que há extra-terrestres e que não são amigáveis.
Irão falar disso até aos Jogos Olímpicos de XXX de 2012, mas não será toda a verdade.

  Bruno Fehr

quarta-feira, dezembro 23, 2009 4:12:00 da manhã

Jane Doe:

"Nota-se, numa das fotos que vi na net, uma luz amarela vinda de uma montanha. Penso que seja esse o foco de projecção do espectáculo de luz."

Luz amarela junto à montanha poderá também ser o rasto de queimar eficiente do combustível, pois foi só já bem alto que o motor parece ter tido problemas e começou a lançar fuel entrando em espiral.

"Eu acho que foi uma cerimónia em código para receber o Obama."

Trondelag fica no centro-norte do país, Oslo fica no sul. Poderiam ter feito algo em Oslo.

"É bem mais credível que seja um "teste" do projecto blue beam, talvez para testar reacções, talvez a aquecer motores de arranque."

Isso está a ser feito nas nossas trombas, tal como um espectáculo de efeitos especiais em Londres e Tokyo com naves e monstros projectados nos céus e águas. Bem como testes no cinema em que há projecções e pensamos serem efeitos criados em computador.

  Bruno Fehr

quarta-feira, dezembro 23, 2009 4:12:00 da manhã

shaun:

"E este no dia 16 de dezembro no chile???"

Esse sim, é bem mais convincente, pois são círculos brancos que já são vistos regularmente há décadas.

"Qual é o propósito de todas estas "aparições" se não houver uma resposta oficial por parte das autoridades "credíveis"? Se não forem publicadas pela imprensa com alguma "credibilidade" nunca serão encaradas com seriedade por parte do povo, logo serão remetidas sempre para segundo plano..."

Nestes casos os governos e NASA ficam em silencio pois não existe forma de justificar. No caso da Noruega isso não acontece pois é fácil de justificar e desmantelar.

"Ou será que a agenda das elites já tem data marcada para esse não falado "disclosure"??? (adicionar aqui uma boa dose de cepticismo). :-)"

Disclosure real, não acredito mas irão até aos Jogos Olímpicos XXX de Londres falar nisso, será graças a isso que irão apresentar... Jesus.

A existência de vida fora da Terra é quase um facto, mas esse disclosure será uma ilusão por forma a justificar poder.
Temos sido visitados mas nunca atacados mas o projecto BlueBeam fala em simular uma invasão, algo que eles poderiam ter feito à muito tempo antes de termos tecnologia.

  Bruno Fehr

quarta-feira, dezembro 23, 2009 4:13:00 da manhã

LauraBow:

"desinformação mais uma vez.
obejctivo: como o bruno diz, descredebilizar e rotular todos os conspiracionistas de conspiracionistas!"

Se os teoristas abordarem este assunto como sendo o Projecto BlueBeam, eu próprio irei descredibilizar que o fizer. Isto não faz qualquer sentido.
Sei que o projecto BlueBeam é real, mas tomar isto como parte dele é cair numa falácia que só irá descredibilizar que aborda estes assuntos.

Este acontecimento deve ser ignorado por quem busca a verdade pois tem a intenção de descredibilizar os teorista. É como algumas fotos do gigantes pré-históricos onde foi usado photoshop, que serviu para deixarem os teoristas teorizar e depois serem inequivocamente destruídas a apresentadas como as falsidades que eram. Hoje poucos acreditam nesses gigantes, apesar de a bíblia também os referir. Bastou uma falsidade para destruir a investigação de décadas.

Se pegarmos nisto, isto será desmascarado e toda a documentação do projecto BlueBeam será tomada como falsa, só por abordarem este acontecimento como sendo parte do projecto.

  Bruno Fehr

quarta-feira, dezembro 23, 2009 4:13:00 da manhã

Teté:

"Pois é, Bruno, o homem nunca gostou de novidades nem de fenómenos para os quais não tem explicação lógica."

Para este não fenómeno existe explicação facilmente encontrada. O que se passou na Noruega está a ser tomado pelo que não é.

"Resumindo, velhos do Restelo há muitos, mas não é com eles que o mundo pula e avança... :)"

Certamente que não.

feliz Natal para ti também.

  lunatiK

quarta-feira, dezembro 23, 2009 12:05:00 da tarde

Viva Bruno
também já ouvi falar do projecto, aliás acho que também já escreveste alguma coisa sobre isso, agora aguardo para ver o que nos reservam.
Um bom Natal para ti e para a tua familia.
Cumps.

  Manula

quarta-feira, dezembro 23, 2009 3:30:00 da tarde

Em tromso existe uma estrutura que interage com a ionosfera: EISCAT.

Visitem a seguinte pagina: http://e7.eiscat.se/

  Manula

quarta-feira, dezembro 23, 2009 3:39:00 da tarde

É uma estrutura que aquece a ionosfera e está situada em Tromso.

HAARP?

Vejam aqui: http://www.eiscat.se:8080/heating/heatsite.jpg

E aqui:
http://www.eiscat.se:8080/heating/

Reparem no logótipo da entidade que gere esta estrutura.

  Manula

quarta-feira, dezembro 23, 2009 3:49:00 da tarde

Bruno:

Afinal parece que existe qualquer coisa para lá da montanha de Trondelag :) e era de lá que parecia que a espiral estava a ser emitida.

Penso que isto é incontestavel e vê-se bem nas fotos.

Não percebo bem essa tese de que não devemos relacionar isto com HAARP ou Blue Beam.

Acho que devemos interpretar o que vai acontecendo e não nos fixarmos a teorias e planos.
Os planos mudam. As teorias têm que ser validadas na prática.

Que a espiral é demasiado perfeita para ser um rocket desgovernado é (na minha desqualificada opinião).
Que existe um estrutura tipo HAARP no local donde ela parece ser emitida existe.

Daqui para a frente acreditamos no que quisermos.

  Gatapininha

quarta-feira, dezembro 23, 2009 9:11:00 da tarde

Votos de um bom feriado.
joaks

  LauraBow

quarta-feira, dezembro 23, 2009 11:07:00 da tarde

e porque é que a rússia demorou tanto tempo (vários dias) a revelar que foi um projéctil? isto é para as pessoas associarem este tipo de efeito (azul) com o blue beam project, sim percebo perfeitamente o que disses-te bruno. esse exemplo dos gigantes bíblicos que foram desacreditados com provas falsas, é exactamente o que está a acontecer com o blue beam! sem dúvida, faz todo o sentido!

  Bruno Fehr

quinta-feira, dezembro 24, 2009 12:24:00 da manhã

lunatiK:

Igualmente.

  Bruno Fehr

quinta-feira, dezembro 24, 2009 12:26:00 da manhã

Manula:

"Em tromso existe uma estrutura que interage com a ionosfera: EISCAT."

Correcto, mas Tromso fica no topo Norte da Noruega e muito longe de Trondelang. O EISCAT envia um raio para aquecimento a ionosfera que nao é nem azul nem amarelo é um raio avermelhado:

http://www.ion.le.ac.uk/~yxo/TRICEweb/DSC_0366.jpg

Após o disparo a ionosfera aquece e cria uma aurora de cor verde:

http://www.polarfoto.com/aktuell/EISCAT.jpg

http://polaris.nipr.ac.jp/~kstdev/EISCAT_SP/200901_DELTA2/s-EISCAT_UHFradar12.jpg

http://www.sp.ph.ic.ac.uk/~mgaland/eiscat_spirals_Jouni.jpg


No que toca ao HAARP, isso não passa de uma poderosíssima central eléctrica para controlo do tempo, graças ao HAARP o Presidente da Câmara de Moscovo prometeu um inverno sem neve. O HAARP é usado em cidades como Hamburgo também para prevenir nevões, causando grandes nevões em torno da cidade.

"Reparem no logótipo da entidade que gere esta estrutura."

Eu reparei, mas não encontro ligação lógica entre os acontecimentos do dia 9 e algo de mais secreto que um míssil Bulova.

"Afinal parece que existe qualquer coisa para lá da montanha de Trondelag :) e era de lá que parecia que a espiral estava a ser emitida."

Para lá da montanha teoricamente existe o que parece ser uma estação HAARP que não poderia criar algo não geométrico. As emissões HAARP são eléctricas e não uniformes, podem atrair e afastar nuvens mas não fazer desenhos nos céus. O EISCAT poderia mas está muito longe.

"Não percebo bem essa tese de que não devemos relacionar isto com HAARP ou Blue Beam."

Porque não faz sentido, e porque me parece óbvio que foi causado por um míssil. Ao ligarmos isto a algo como a investigação BlueBeam, acontecerá como a investigação sobre os gigantes, cairá no ridículo após algo de semelhante a isto ter sido provado não ser verdadeiro.

Ao relacionarmos isto com o BlueBeam sem dados convincentes, isto ao ser desmascarado irá afectar toda a investigação BlueBeam desde 1994, quando Serge Monast deu a sua vida e a vida da sua filha para expor a verdade. É por respeito a ele ao seu sacrifício que temos de manter a investigação forte e não adicionar este acontecimento que acho ser desinformação para afectar toda uma investigação que é já vista como verdade incontestada.

  Bruno Fehr

quinta-feira, dezembro 24, 2009 12:26:00 da manhã

Manula:

"Os planos mudam. As teorias têm que ser validadas na prática."

Mas isto antes de as relacionarmos com algo como o BlueBeam, o que está a acontecer é que é já uma teoria BlueBeam quando nada aponta nesse sentido.

"Que a espiral é demasiado perfeita para ser um rocket desgovernado é (na minha desqualificada opinião)."

Um rocket nunca fica desgovernado. Imagina uma broca num brebequim, se estiver bem apertada roda em torno de si mesma, se estiver mal apertada gira em espiral, mas numa espiral perfeita. Vi imensos misseis com defeito a serem disparados e disparei alguns (Stinger)

Pode ser parte do projecto BlueBeam? Pode. Temos algo de palpável para fazer essa associação? Não!

  Bruno Fehr

quinta-feira, dezembro 24, 2009 12:26:00 da manhã

Gatapininha:

Obrigado e igualmente.

  Bruno Fehr

quinta-feira, dezembro 24, 2009 12:26:00 da manhã

LauraBow:

"e porque é que a rússia demorou tanto tempo (vários dias) a revelar que foi um projéctil?"

Não demorou, o Ministro da Defesa Russo admitiu o lançamento na manha seguinte, e a noticia saiu nos jornais no mesmo dia:

http://english.pravda.ru/russia/politics/10-12-2009/111033-bulava_spiral-0

As pessoas que querem expor o BlueBeam estão a tentar fazer ligações sem lógica, só por o raio em espiral ser azul. Isso não faz qualquer sentido quando tanto argumentamos com factos.
Eu insisto que isto é uma tentativa de implantar falsa informação que facilitará a descredibilização dos teoristas quando os governos se sentirem apertados. Para o público em geral não será preciso mais do que um erro nosso para que acreditem cegamente nos governos.

Serge Monast e um outro jornalista morreram para expor o projecto BlueBeam, a filha de Monast ainda hoje está desaparecida. Acho que o sacrifico destas pessoas deve ser respeitado com o nosso cuidado ao incluir novos dados numa excelente investigação.

  Manula

sexta-feira, dezembro 25, 2009 4:25:00 da manhã

Continuando esta estória da espiral, vejam este post no forum do site abovetopsecret:

http://www.abovetopsecret.com/forum/thread526637/pg1

É bastante convincente em relação à origem da coisa.
Continuo a achar legitimo que outros pensem em rockets mas eu compro muito melhor a versão da EISCAT.

Cumprimentos a todos

  Bruno Fehr

sexta-feira, dezembro 25, 2009 4:50:00 da manhã

Manula:

"Continuando esta estória da espiral, vejam este post no forum do site abovetopsecret:

http://www.abovetopsecret.com/forum/thread526637/pg1"

Antes de mais nada, esse fórum não tem qualquer validade. É um grupo de gajos que acham que há um elemento da CIA debaixo da cama deles. Já derrubei algumas dezenas de teorias deles até me terem expulso do site. Gosto de quem apresenta dados mas que está pronto a receber dados contrários. Este fórum é composto por pessoas que procuram, criam e tentam incutir conspirações em vez de as analisar, investigar e cruzar dados.

Com isto não digo que eles não tenham alguns dados correctos, o problema é que fazem filmes em torno de nada. Mas irei analisar o texto melhor. Até porque falam numa rota especifica do míssil em direcção a um local especifico, num sentido oposto, que não é confirmada pelas declarações do ministro da defesa Russo.

Por outro lado não apresentam quaisquer fontes e termina com a pergunta de 1 milhão de dólares: Por que motivo a Rússia iria admitir ser responsável? Tendo em conta que estariam a proteger os EUA que só buscam uma desculpa para destruir Rússia e China?

Este assunto precisa de mais estudo e em particular documentação. Irei brevemente voltar a este tema, após concluir a minha investigação.

  Manula

sexta-feira, dezembro 25, 2009 5:15:00 da manhã

Eu admiro a tua capacidade de investigação. Vou buscar o que os outros investigam e tenho os meus palpites e intuições mas não consigo investigar muito dados e factos sobre coisas e matérias que não domino.

Seja míssil ou HAARP, project blue beam n é pq esse projecto tem objectivos específicos e nada tem a ver com isto.

Pode é ser tecnologia semelhante.

O que é que os gajos quiseram com isto... E pq é que os Russos aceitaram encobrir?

  Bruno Fehr

sexta-feira, dezembro 25, 2009 5:27:00 da manhã

Manula:

"O que é que os gajos quiseram com isto... E pq é que os Russos aceitaram encobrir?"

Esta questão pressupõe que os Russos estão a encobrir algo. Na minha opinião tudo aponta para não haver qualquer encobrimento, mas amanha posso ter mudado de opinião, preciso de dados e não há qualquer dado a apontar para ter sido algo mais que um míssil.

A solução mais simples, é normalmente a correcta, nem sempre, mas normalmente é assim.
Se após investigar mudar de opinião, não terei problemas em assumir o meu erro. Mas é preciso tempo, vejo muita precipitação.

  Gandim

quinta-feira, março 25, 2010 4:25:00 da tarde

eu vi, aqui há tempos, um documentário na RTP2 em que referiam já terem conseguido a criação com sucesso de um wormhole em que terão passado uma particula de luz por ele, sem saber onde teria chegado, claro.
Achei fantástico mas reparei que pouco se falou nisso e nada apareceu nas televisões...