Modelos e Photoshop

Continuando no mesmo tema do texto anterior, irei mostrar mais fotos falsas da Reuters. Começo por uma manipulação não só de da fotografia mas também da localização geográfica da mesma.

À esquerda podemos ver a foto publicada pela Reuters com uma notória manipulação do fumo, à direita temos a foto original. Supostamente esta foto foi tirada em Beirute depois de um ataque Israelita, mas na verdade é de uma zona 20Km a sul da capital.



Esta é uma manipulação usando a ferramenta "clone" do Photoshop onde o fumo é multiplicado e sobreposto dando aquele deficiente efeito de repetição nos padrões de fumo.
A foto da direita foi publicada pela Reuters depois de terem admitido que a foto da esquerda tinha sido manipulada e pediram desculpa.

A foto que se segue é também destes ataques e segundo a Reuters representa um F16 Israelita a disparar misseis:




Os erros nesta foto são básicos: Em primeiro lugar o avião nunca iria ultrapassar os misseis em pelo voo. Em segundo lugar o mesmo efeito "clone" foi usado para colocar 3 "misseis" em vez de 1. E em terceiro lugar aquilo não é um míssil mas sim um "flare" defensivo que serve unicamente para desviar misseis Stinger ou similares busca-calor. Estes flares não causam qualquer dano ou destruição e apagam-se antes de atingir o solo, além disso não são disparados, mas sim libertados pela traseira do avião.

As fotos que se seguem foram desmascaradas entre outras pelo canal Alemão ZDF e pelo jornal Alemão Bild. As fotos mostram um homem que aparece em dezenas de fotos da Reuters, Associated Press e France Press. Ele pousa para diversas fotos os mesmos cadáveres em pontos diferentes e foi fotografado em locais diferentes em todo o Líbano. Este senhor foi identificado como sendo um PR do Hezbolah. Para comparação foram usadas fotos dos ataques em 1996 e de 2006, sempre o mesmo homem, sempre o mesmo show. Como poderão ver no link que forneço do jornal Bild, a Reuters, Associated Press e France Press reclamaram direitos sobre todas as fotos e proibiram a sua difusão pública (estou a tentar reunir as originais bem como o vídeo da encenação.)



Um outra foto de efeito dramático foi tirada por um fotógrafo da Associated Press:

 

Se bem que poderá ter sido o estar no local certo no momento certo, esta foto entrou na moda e seguiram-se as fotos de 3 fotógrafos da Reuters, uma com um tigre direitinho sobre uma pedra e duas outras de bonecos extremamente limpos após um bombardeamento:









As fotos que se seguem chamo-lhes: O tetra-ups que já mostrei isto:




A foto numero um foi apresentada pela Reuters como sendo a destruída central do Hezbolah no sul de Beirute a 24 de Julho 2006. A foto numero 3, foi também apresentada pela Reuters descrevendo a destruição de um ataque Israelita a 18 de Julho de 2006. A foto numero dois foi apresentada pela Reuters como sendo a destruição causada por um ataque Israelita no dia 6 de Agosto de 2006. É óbvio que as fotos foram tiradas à mesma destruição e os supostos bombardeamentos nos dois meses seguintes, se existiram, não fizeram danos extra.

Termino com uma análise à senhora da foto acima com o numero 2, a essa senhora eu chamo: A carpideira de Beirute. Digo isto devido à avalanche de fotos em locais diferentes com esta mesma mulher, vestida de forma diferente a chorar a destruição da sua casa, quando as fotos são tiradas em frente a casas diferentes, em locais diferentes, em alturas diferentes e com guarda roupa diferente:

 

Esta senhora pode ter perdido muitas casas, mas pelo menos salvou o seu guarda roupa.

Aqui fica uma pequena ideia que demonstra não haver limites na manipulação da opinião pública, mas ainda irei fazer mais um texto, desta vez com mistura de várias fotos para criar um cenário inexistente.

12 Comentários:

  Jane Doe

quinta-feira, janeiro 28, 2010 12:25:00 da manhã

O Photoshop é o melhor.

Aquele efeito de clone...
Dessem-me a foto a mim e eu faria muito melhor!

Realmente o photoshop é poderoso, e esta gente não tem limites na imaginação!

A fotografia do Rato Mikey está forte, sim, mas as outras parecem uma piada mal contada. E triste é que isto é chamado foto jornalismo.

A senhora carpideira deve ser rica...

Claro.

  Cris

quinta-feira, janeiro 28, 2010 10:10:00 da manhã

Bolas, mas onde está a verdade neste mundo? Somos todos uma cambada de mentirosos? Não se pode confiar em ninguém? Na imprensa, já se sabe que não, há muito tempo. Bolas, que tristeza de planeta. Também quero que um alien me leve daqui!

  ceptic

quinta-feira, janeiro 28, 2010 2:45:00 da tarde

O photoshop é um espectáculo!

E esses pormenores, se não me chamassem á atenção nunca iria dar por eles! :P

  BroTTas

quinta-feira, janeiro 28, 2010 7:24:00 da tarde

lolada... mete aqui o que se faz com as modelos e figuras publicas isso e que é manipulação... lol

  Uma Loira sem principios

sexta-feira, janeiro 29, 2010 1:06:00 da manhã

Sou designer e já vi muitas montagens maradas e sou completamente contar isso, acho que devia de haver uma certa regulação quanto ao uso do tão milagroso photoshop em algumas situações, e proibição absoluta em outras... distorce-se completamente a realidade...

Bjs...L

  Uma Loira sem principios

sexta-feira, janeiro 29, 2010 1:08:00 da manhã

Talvez gostes deste vídeo do youtube... enjoy

http://www.youtube.com/watch?v=Kd1VV9caAYk


Bjs..L

  Marise Catrine

sexta-feira, janeiro 29, 2010 11:51:00 da manhã

Realmente...
Fiquei espantado com estes dois posts.
Não me considero muito inocente mas nunca me tinha apercebido que haveria gente tão mesquinha a ponto de manipular situações de tragédia?!
Bem, acho que vou desconfiar de tudo daqui para a frente.
Obrigada pela informação.

  Dylan

sexta-feira, janeiro 29, 2010 7:21:00 da tarde

Foto jornalismo de grande qualidade...!

  Anónimo

sábado, janeiro 30, 2010 6:02:00 da manhã

Olá Bruno,
Não venho comentar o assunto do post. Apenas venho deixar-te uma sugestão.

Não sei se já ouviste ou leste algo sobre a 'Unified Field Theory', do Nassim Haramein.

http://www.youtube.com/watch?v=d2Q_YaMPdko

O link acima é parte de uma palestra que ele deu há uns anos. São 45 videos no total, cada um com cerca de 11 minutos.

São algumas horas de visionamento, mas vale bem a pena!

Rute

  I.D.Pena

sábado, janeiro 30, 2010 8:08:00 da tarde

é na minha perspectiva triste quando se usa tecnologias dessas para iludir, estamos a falar novamente de encenações, mas para quem passa a vida ah frente da televisão esse facto o forjar de uma uma acção militar não tem assim tanta importância, mas tem e muita, trata-se da apropriação de milhares de vidas humanas. E de todos os seus direitos. E nós espectadores confortáveis numa realidade que se encontra distorcida pelos mentirosos e vendidos que escolhem por puro desprezo por si e pelos outros, enganar.
Por acaso, se bem que não leio muita imprensa, desconfio sempre quando algo parece uma pequena repetição, faz-me lembrar o tal deja vu do matrix.
hehe

Bom fim de semana

  Anónimo

domingo, janeiro 31, 2010 7:02:00 da manhã

www.publico.pt/Local/tartaruga-de-couro-deu-a-costa-em-alcobaca_1420476 e a manipulação nesta noticia? Muito mal feita.

  ricaredo

sexta-feira, abril 01, 2011 12:44:00 da manhã

Na última foto da Carpideira de Beirute, a foto no canto inferior esquerdo, o braço está nitidamente manipulado.
Tem uma desproporção brutal e algum arrasto - smudge - parece um braço dum camionista.