Ricky Gervais

Na minha possível ausência de férias este verão, que serão compensadas noutra altura. Permitir-me-ei tirar uns dias soltos para desanuviar. Um desses dias será uma ida a Londres para visitar amigos, numa cidade que me custou abandonar. Vou, e na minha carteira levo um bilhete comprado com muita sorte hoje (e espero voltar em Agosto se conseguir bilhete e tiver tempo livre), para ver este senhor:




Ricky Gervais, que na minha opinião e após a morte de George Carlin é o numero um mundial em Stand Up comedy polémica.
Aqui fica um cheirinho do seu trabalho:



(Para ver com legendas, cliquem no vídeo e vejam no canal YouTube)

19 Comentários:

  Mel

terça-feira, maio 19, 2009 12:33:00 da manhã

E o Robin Williams a fazer stand up, ein? Ah pois é, bebé!

  Bruno Fehr

terça-feira, maio 19, 2009 12:37:00 da manhã

Mel disse...

"E o Robin Williams a fazer stand up, ein? Ah pois é, bebé!"

Robin Williams, Katt Williams, Eddie Murphy, são todos bons e há muitos mais, mas o estilo de Carlin e de Gervais é polémico, fazem humor com o que é politicamente correcto.

  Kohinoor

terça-feira, maio 19, 2009 3:16:00 da manhã

Não conhecia o Ricky, mas gosto do estilo dele. Achei o clip sobre fat people muito fixe! Ao contrário do Carlin, ele não bebe água, vai logo prá jola hehe

  Fada

terça-feira, maio 19, 2009 10:41:00 da manhã

Diverte-te! :)

Beijitos

  vita

terça-feira, maio 19, 2009 10:48:00 da manhã

Boa férias Bruninho;)

  I.D.Pena

terça-feira, maio 19, 2009 10:56:00 da manhã

Já conhecia, e parece-me bastante acessivel ,tb ando com ganas de Londres e nunca lá fui ahahah .

:)desses stand up comediants falta um que é um dos grandes Arsenio Hall.

Beijos

  Samurai

terça-feira, maio 19, 2009 1:10:00 da tarde

Este comentário foi removido pelo autor.
  Samurai

terça-feira, maio 19, 2009 1:11:00 da tarde

Não conhecia este gajo.

É um estilo diferente dos já mencionados anteriomente, mas de uma forma simples e sem muito esforço, constrói piadas geniais. A acompanhar sem dúvida!

Não sei se conhecem, mas existe também o Pablo Francisco, que mesmo tendo outra faceta de Stand Up, não deixa de ter graça.

http://www.youtube.com/watch?v=F4vST6_clnA&feature=fvst

  Vani

terça-feira, maio 19, 2009 4:49:00 da tarde

Sem legendas, nada feito. Boas férias! :)

  Bruno Fehr

quarta-feira, maio 20, 2009 1:39:00 da manhã

Kohinoor:

Ehehehe, sim, sem cerveja não há show :)

  Bruno Fehr

quarta-feira, maio 20, 2009 1:39:00 da manhã

Fada:

Irei sem dúvida alguma :)

  Bruno Fehr

quarta-feira, maio 20, 2009 1:39:00 da manhã

vita:

Infelizmente são só dois dias :(

  Bruno Fehr

quarta-feira, maio 20, 2009 1:40:00 da manhã

I.D.Pena:

O Arsénio Hall é como o Eddie Murphy... já perdeu muito do que tinha.

  Bruno Fehr

quarta-feira, maio 20, 2009 1:40:00 da manhã

Samurai:

É essa a imagem de marca, ele é simples e por isso chega a todas as pessoas.

  Bruno Fehr

quarta-feira, maio 20, 2009 1:40:00 da manhã

Vani:

"Sem legendas, nada feito. Boas férias! :)"

Já tem legendas :)

  Silvia F.

quarta-feira, maio 20, 2009 5:24:00 da manhã

Ricky Gervais conheço da minha série favorita "The office", excelente! No entanto por ter visto mais vezes a versão US fiquei a preferir o elenco americano nomeadamente o expectacular Steve Carell.
Grande mérito do Ricky por ter criado uma série hilariante.

Este trecho está nos meus favoritos no youtube:
http://www.youtube.com/watch?v=CebMtVe_YiQ

Há tristeza que aguente?? Hahahahaha

  Vani

quarta-feira, maio 20, 2009 12:32:00 da tarde

Ok, já vi um cheirinho. As legendas são uma bosta, lol. Apercebi-me q a piada está tb na forma como ele diz as coisas e acredito que no inglês original a piada seja mil vezes maior. :D

Vou mostrar esta ao jóve, que adora o George Carlin.

  Bruno Fehr

segunda-feira, maio 25, 2009 7:52:00 da tarde

Silvia F.:

Pois, eu prefiro o live stand up, quer seja nele ou em qualquer outro da mesma área.

  Bruno Fehr

segunda-feira, maio 25, 2009 7:52:00 da tarde

Vani:

Sim, claro que a forma como ele diz é 90% da piada, visto que as piadas são muito simples e lógicas. George Carlin por vezes complicava, este simplifica.