Japão 11.03.11 - Ontem, hoje e amanhã (Parte 7) Final

A bolsa é sempre um bom ponto de partida para se poder prever o futuro, melhor a ler a sina do que qualquer cigana ou mestre indiano. No dia 10 de Setembro de 2001 adivinhou-se que seria um excelente negócio vender acções das duas companhias aéreas envolvidas no incidente das torres gémeas e no dia seguinte, após o incidente, as acções de ambas as empresas caíram de tal modo que os grandes investidores que venderam ganharam centenas de milhões e os pequenos investidores que compraram caíram na ruína. Até muito recentemente trabalhei neste ramo e lembro-me perfeitamente de a empresa à qual eu estava ligado, ter no dia 10 dado ordens para vender todas as acções de 3 companhias de seguros até ao final do dia... e não é que no dia seguinte essas seguradores estavam em pré-falência mesmo antes de fazerem os cálculos às indemnizações que tinham de dar às empresas e familiares das vitimas do WTC? Nos meus 5 anos no ramo, sempre fui o primeiro a reconhecer a genialidade de certos investidores/manipuladores de mercado, mas também sei ver quando 1+1 é 3 e não 2.

Nos primeiros dias de Março foram realizadas imensas transacções de venda nos EUA, no mercado de ouro fazendo com que tenha descido acentuadamente:

 (Gráfico Nikkei)

Que os Americanos andam a vender ouro isso não é novidade nenhuma, sendo a China e Suíça os maiores compradores. É também sabido que para compensar as vendas de ouro eles estão a comprar prata (com melhor % de rendimentos) e a queda do ouro arrastou consigo a prata.
Ora, as contas são simples de fazer: O ouro foi vendido em alta, até ao momento dos terramotos, e durante e depois o ouro caiu ainda mais e arrastou consigo a prata. Os poucos investidores que continuaram a investir pararam de comprar prata para aproveitarem o baixo preço do ouro e por isso o ouro voltou a subir e a prata continuou em queda:



No entanto o mercado nos EUA continuava super activo, já não vendiam ouro nem aproveitavam o seu baixo preço para comprar, preferindo investir unicamente na compra de prata. Genialidade ou informação privilegiada?
Nunca me passaria pela cabeça vender ou recomendar a venda de ouro num momento em que ele está em subida acentuada, excepto se eu soubesse que ele iria cair e podendo usar esses lucros para ser dos único a comprar prata barata, pois é mais do que certo que ela irá atingir novos máximos este verão.

No mercado bolsista não há acasos, não há sorte, não há estudos ou previsões de futuro. Há sim manipulação, informação privilegiada, desinformação intencional e ilusões criadas e direcionadas aos pequenos investidores e muita, muita palhaçada:



Outro facto interessante é que a crise nuclear combinada com o apressado ataque à Líbia de forma a coincidir com o aniversário da invasão do Iraque, fez com que o preço de petróleo disparasse. Não há menos petróleo no mercado, há unicamente uma manipulação de mercado... E os lucros continuam a favorecer o mesmo país. É o mesmo que se passa com a crise financeira, não há menos dinheiro simplesmente quem o tem não o circula e desta forma alimenta a crise.
Aumento de impostos + contenção de despesas = acentuação de crise. A crise é premeditada e a manipulação de mercado serve unicamente para lucrar o máximo possível, retirando a quem não tem de modo a dar a quem o tem e não o faz circular.

Voltando ao Japão:
Antes de iniciar esta série procurava imagens dos céus no Japão, a RTL (Link morto, por o Youtube ter retirado o vídeo 24 depois) ajudou nessa busca tendo mostrado imagens dos céus do Japão (usou este video) e onde falam de HAARP com "possível arma" com "possivel capacidade" de manipulação do tempo. Mas este assunto é discutido desde os anos 90, como nos acontecimentos de 1995 em Kobe, quando se falou deste tipo de armamento (HAARP) e que levou ao assassinato do homem cujo QI envergonharia Einstein.

No caso do Haiti, o homem com o maior par de tomates na política internacional que imprensa prefere pintar de idiota, apontou o dedo na direção certa.
As tempestades solares são ignoradas para que não se perceba a mentira do aquecimento global causado pelo CO2, mas elas estão no seu máximo. O polo norte está deslocado alguns graus e não se fala muito disso. A Lua que cientificamente afecta as marés está mais próxima da Terra, uma proximidade que não se verificava desde 1992. Alega-se que esta proximidade poderá ter tido influencia no terramoto... mas e em 1992, o que aconteceu? Em 1992 verificaram-se terramotos em numero normal e equivalente ao de todos os anos, sendo o mais poderoso terramoto um 6.4. A Lua, causa terramotos devido à sua proximidade no dia 11 e não no dia 10, 9, 12, 13 e nada fez em 1992...

Estamos a viver numa época super interessante, onde iremos assistir a mudanças radicais no nosso planeta e sociedade, mas há grupos que controlam governos que se estão a aproveitar deste facto para acelerar as suas agendas de forma a poderem ser mascaradas pelos acontecimento naturais que são insinuados mas pouco discutidos. Se as pessoas não souberem o que significam as tempestades solares, deslocações dos polos, etc, com facilidade irão aceitar qualquer acontecimento catastrófico como: Natural, mesmo não o sendo.

O governo Japonês está a manipular os factos. Declarou recentemente que "a radiação está a atingir níveis nocivos" e a imprensa mundial passou essa mensagem. Temos de analisar o vocabulário, eles disseram "está a atingir níveis nocivos". O que é um nível nocivo de radiação? A maioria das pessoas não sabe e portanto acreditam que ainda está tudo bem mas pode ficar mal. De acordo com diversos sites que consultei até 100 mrem de radiação por ano, é inofensivo para o ser humano. O reactor numero 1 está a emitir 400 mrem por hora. Só um reactor está a emitir 4 vezes mais por hora, do que o corpo humano pode suportar por ano! Os níveis já são nocivos há muito tempo, não estão prestes a ficar!
Os níveis de radiação estão neste momento ao mesmo nível dos de Chernobyl e a aumentar a cada hora, com a diferença de ter sido possível evacuar a população de Chernobyl, enquanto é impossível evacuar os 3 milhões em redor da central Japonesa e muito menos os 7 milhões que vivem num raio de 200Km.

Claro que se fala por todo o lado de uma possível catástrofe causada propositadamente em nome do actual plano económico mundial de criarem a ruptura total do sistema financeiro antes que seja o povo a mudar esse sistema. E tal como esperava, as chamadas teorias da conspiração precisam ser caladas e nada melhor para calar as vozes que gritam HAARP, do que com uma manipulação de factos, aparentemente expondo uma outra conspiração; como esta, de um suposto engenheiro a dar à luz a uma teoria de conspiração política para abafar teorias como a HAARP.

Se por um lado criam teorias contra os governos, como que expondo-os, por outro saem-se com histórias como esta... cai chuva amarela sobre Tóquio e o governo diz que é pólen. Lembro-me que foi exactamente a mesma desculpa que o governo Russo usou em Chernobyl. Pólen... depois de uma catástrofe nuclear é que o pólen resolveu pela primeira vez chover sobre Tóquio...


Se a radiação do reactor 1, do qual já falei, está em níveis mortais podemos somar a radiação do reactor 3 que está 10.000 vezes acima dos níveis normais.

O mundo está com população a mais, toca a matar alguns. Se a eugenia não é aceite então recorre-se a acidentes, catástrofes e assim durante décadas as mortes serão aceites como um triste infortúnio. O Japão é só um exemplo radical por não terem para onde se expandir.

Com estes textos, não afirmo o que foi, não foi ou deixou de ser. O que digo é que quando algo que nos surpreende acontece, devemos olhar para o que se passou recentemente. Seja nos mercados financeiros, movimentações políticas, noticias de impacto internacional, guerras ou simplesmente projectos-lei a serem aprovados à pressa. Quando o contexto histórico que antecede certos acontecimentos ditos "coincidências" torna essas "coincidências" vantajosas para quem era prejudicado antes dos acontecimentos, isso deve levantar suspeitas. Temos de ser honestos, os governos mentem, matam, destroem e estão presentemente assumidamente a cagar-se publicamente para o povo e já não o escondem e ainda se riem de nós.

Estes textos, tal como tudo o que escrevo servem para mostrar uma outra perspetiva, para mostrar um espectro mais abrangente e não para provar o que quer que seja tomando uma posição arrogante de senhor da verdade. Acredito que quem se interessa em tirar as suas conclusões pode pegar no mote e confirmar factos. As vossas conclusões serão o que para vós importará, sejam elas concordantes ou discordantes de tudo o que escrevo.
A maior e melhor arma do povo é a informação e temos de fugir aos jornais e TV, sem os ignorar, para a obter. Quem se conforma com o que lhes é dito quer seja nas escolas os meios de informação, no final nada saberá, nada evoluirá e nenhuma defesa terá quando forem precisas.



Final da série (poderei fazer actualizações pontuais sob a forma de novos textos).

19 Comentários:

  Kenny

segunda-feira, abril 11, 2011 1:48:00 da manhã

Neste momento eu ando mais interessado na 'Guerra' da Líbia, desde que um jogador líbio do Beira-mar disse que aquilo não era tão mau como a media dizia e que o Kadafi até era um bom líder, preocupado com o povo. Vi isso algures na Bola ou no Record - não sei qual deles é porque quando tentei reler não encontrei a notícia... :(

Portanto links engraçados sobre a coisa:

http://english.pravda.ru/hotspots/crimes/25-03-2011/117336-reason_for_war_oil-0/ <- Este pravda é tido como um Sun pela media internacional. :X

http://www.tinyrevolution.com/mt/archives/003470.html <- Uma revisão interessante sobre políticas norte-americanas. :)

Se tiveres tempo para um artigo sobre isto e as revoluções do mundo árabe... :p

Grande abraço.

//You don't have to approve this btw! :)

  Streetwarrior

segunda-feira, abril 11, 2011 2:04:00 da manhã

http://www.youtube.com/watch?v=cRNyte66LTQ&feature=related

Esta é só para reforçar esta serie do Bruno

  Streetwarrior

segunda-feira, abril 11, 2011 2:34:00 da manhã

http://www.youtube.com/watch?v=mTg3D1PoyUE

olha só como a opinião publica é condicionada anos antes.

  Kenny

segunda-feira, abril 11, 2011 10:40:00 da manhã

Se calhar este não será mesmo o teu último artigo sobre este tema.

Hoje é dia 11 e acaba de ocorrer um sismo de 7,1 na zona de Fukushima. =X

  Pedro

segunda-feira, abril 11, 2011 1:04:00 da tarde

mais uma vez muito curioso o facto deste abalo mais uma vez se verificar no dia 11, e após o último abalo se ter verificado no dia 7... a mim também me parece que provavelmente ainda vais ter de voltar a esta série mais tarde ;)

e já agora também gostava muito de ver uma série sobre estas revoluções nos países árabes.

continua o bom trabalho bruno

  Fernando

terça-feira, abril 12, 2011 12:09:00 da manhã

Pedro,

Sem dúvida! Para além de ser uma das traves mestras da matemática, o número 7 é também um dos grandes pólos da simbologia maçónica. Por algum motivo tantos acontecimentos manipulados pelos senhores do avental marcam os dias 7 e 11. Só não vê quem não quer. As evidências não enganam.

Tirei estas datas da wikipedia:

7 Janeiro -
Abertura do Banco Comercial Americano (1782)
Casamento dos pais de Adolf Hitler (1885)
Os primeiros testes com aviões bombardeiros foram realizados (1911)
Os Estados Unidos reconheceram o governo de Fidel Castro em Cuba, cinco dias depois da tomada de Havana por um grupo de revolucionários. (1959)

7 Fevereiro
Voltaire é iniciado na Maçonaria, numa das cerimónias mais brilhantes da história da maçonaria mundial (1778)
Tratado de Maastricht (1992)

7 Abril
Primeira síntese do LSD, dietilamida de ácido lisérgico, por Albert Hofmann (1943)
A Organização Mundial da Saúde é criada pelas Nações Unidas (1948)

7 Maio
Estreia a Nona Sinfonia de Beethoven (1824)
O cometa Halley passa pela Terra (1910)
Acaba a II Guerra Mundial. A Alemanha Nazi assina o termo de rendição incondicional perante os aliados (1945)
Os Estados Unidos colocam em órbita o satélite de comunicações Telstar (1963)
Jacques Chirac é eleito presidente da República da França (1995)

7 Junho
Portugal e a Espanha assinam o Tratado de Tordesilhas, dividindo entre si o Novo Mundo (1494)
Luís XIV é coroado Rei da França (1654)
A Cidade do Vaticano torna-se um Estado soberano com a assinatura do Tratado de Latrão (1929)
Dia principal das celebrações do Jubileu da Rainha Isabel II (1977)

7 Julho
Um disco voador, que teria caído na cidade de Roswell, nos Estados Unidos, provocou um dos maiores mistérios do século (1947)
Londres, capital da Inglaterra, sofre uma série de atentados terroristas, com explosões em um autocarro e no sistema de metro (2005)
O Live Earth é realizado em diversas cidades do mundo simultaneamente e são escolhidas as Novas Sete Maravilhas do Mundo (2007)
Funeral do cantor Michael Jackson, no Staples Center (2009)

7 Agosto
Atentados terroristas contra as embaixadas norte-americanas nom Quênia e Tanzânia (1998)

7 Setembro
É declarada a Independência do Brasil em relação ao domínio de Portugal (1822)
Fundação oficial da República Federal da Alemanha (1949)

7 Outubro
Proclamada a República Democrática Alemã (1949)
George Bush desencadeia uma campanha militar contra o Afeganistão devido aos atentados de 11 de setembro (2001)

7 Novembro
Jornal Times de Londres anuncia o sucesso da teoria da relatividade de Einstein (1919)

7 Dezembro
Os Estados Unidos entram na Primeira Guerra Mundial e declaram guerra contra o Império Austro-Húngaro (1917)
Um sismo de 6,9 graus na escala de Richter atinge a Armênia, causando a morte de mais de 25 mil pessoas (1988)

  Anónimo

terça-feira, abril 12, 2011 12:28:00 da manhã

wtf???? replicas depois de tanto tempo? e mesmo assim com a estupenda intensidade de 7,1? nunca antes visto... deve ser pa rebentarem de vez com o k resta dos reactores!

  skeptikos

terça-feira, abril 12, 2011 5:58:00 da manhã

«O mundo está com população a mais.(...)»

Outra treta de quem pretende que seja essa a realidade.
"Uma mentira cem vezes dita, torna-se "verdade", já dizia Goebbels!
Com efeito, a população da UE é a terceira maior do mundo, a seguir à da China e à da Índia, embora o Japão seja um exemplo de país com alta densidade demográfica.
Mas se a UE é a 3ª maior, em compensação as suas taxas de natalidade estão a decrescer e a longevidade dos europeus a aumentar também. Claro que estas tendências terão importantes consequências no futuro mais ou menos próximo.
De salientar também que por motivos vários a população está mal distribuída, preferencialmente concentrada nos litorais densamente urbanizados, com tendência para evoluírem para mega cidades, inferior qualidade de vida, onde a população será melhor controlada e destruída, quer pela falta de "espaço", ocupação, precariedade, violência, tudo ao gosto das "elites".

Portanto, junta-se o «útil ao agradável» incentiva-se menor procriação, limita-se a renovação populacional e condiciona-se eventuais "rebeldias" próprias dos mais jovens; ao mesmo tempo que mantêm o consumo/dependência da BIG Pharma.

Quanto ao Japão, acho que tem a ver somente com o factor económico. 1 EX: Lembro-me de ler algures que há uns anos, os construtores da GM, BMW e Mercedes tiveram reuniões com os construtores nipónicos no sentido de sondar a constituição de uma espécie de cartel, assente em modelos de construção automóvel mais ocidentalizados, em termos de qualidade e em detrimento dos padrões qualitativos/técnicos/durabilidade dos automóveis Japoneses. A Toyota não aceitou.

Btw, a radiação também pode a afectar a China e mais inúmeras consequências sócio-económicas.

Enfim, seja como for, Einstein tinha razão quando dizia não saber que armas seriam usadas na WW3 mas, na WW4 decerto serão paus e pedras!
A incógnita de sempre: evoluiremos da civilização 0 para a civilização 1? (Michio Kaku dixit)

  skeptikos

terça-feira, abril 12, 2011 5:51:00 da tarde

Já tinha visto este video na newsletter do David Icke:

O terramoto de 7.1 na escala de Richter registado na passada semana no Japão foi considerado uma forte réplica sem grandes consequências de maior. Este fim de semana repetiu-se outro sismo da mesma intensidade, embora mais a Norte. As centrais nucleares continuam a ser uma forte ameaça nacional de um dos povos mais tecnológicos e robotizados do mundo. Agora chega-nos um vídeo que pode revelar indícios de que estes tremores de terra podem estar a ser potenciados pela famosa arma secreta dos EUA, o HAARP. Cada vez que há um forte sismo (China, Haiti, Itália, Chile e Japão) o HAARP apresenta máxima actividade. Coincidência? Certamente que não.
Desta vez foi filmada uma estranha luz (também já vista durante os sismos recentes da China e do Haiti) que pode explicar um feixe electromagnético invisível emitido pelo HAARP e reflectido por algum satélite. Esta arma electromagnética tem a particularidade de ser invisível e quase indetectável, criando microvibrações de baixa frequência, as quais não são sentidas pelas pessoas até se dar o resvalamento de terras ou placas tectónicas. Os cientistas não conseguem explicar o tipo de luz mas levantam a hipótese de ser um fenómeno electromagnético criado à superfície. A repetição deste fenómeno em tantas partes do globo começa a ser demasiado suspeita e pouco investigada. Os registos HAARP diários foram rapidamente apagados do seu site online depois de levantada a polémica, o que pode revelar que a CIA está a esconder propositadamente dados incriminatórios. Alguns satélites revelaram estranhas tempestades electromagnéticas nas zonas de maior intensidade sísmica.
O vídeo fala por si: http://youtu.be/vRGjhEzBVlU.

Fonte: http://amafiaportuguesa.blogspot.com/2011/04/terramoto-de-5-feira-no-japao-com.html

  skeptikos

terça-feira, abril 12, 2011 5:57:00 da tarde

O Site da Haarp, continua down!

H.A.A.R.P.

It's not only greenhouse gas emissions: Washington's new world order weapons
have the ability to trigger climate change.

By Michel Chossudovsky - Professor of Economics, University of Ottawa and TFF associate, author of The Globalization of Poverty, second edition, Common Courage Press

http://www.fromthewilderness.com/free/pandora/haarp.html

  Bruno Fehr

quarta-feira, abril 13, 2011 1:48:00 da manhã

Kenny:

"Neste momento eu ando mais interessado na 'Guerra' da Líbia, desde que um jogador líbio do Beira-mar disse que aquilo não era tão mau como a media dizia e que o Kadafi até era um bom líder, preocupado com o povo."

Eu vejo isso aqui na Alemanha, Líbios de classe média ou alta defendem o Kadafi, o Líbios mais pobres atacam-no. É como em qualquer ditadura, os mais ricos defendem o poder. No entanto é uma ditadura que tem de cair, só não acho que a ocupação UE/EUA veja uma melhoria para o nível de vida deles. É como trocarem um Salazar por um Hitler, onde a cura será pior que a doença.

"http://english.pravda.ru/hotspots/crimes/25-03-2011/117336-reason_for_war_oil-0/ <- Este pravda é tido como um Sun pela media internacional."

Neste momento acho que a imprensa Russa em Inglês é a melhor do mundo. Eles abordam qualquer assunto interno ou externo sem problemas visíveis de censura.

"Se tiveres tempo para um artigo sobre isto e as revoluções do mundo árabe... :p"

Há muito que tenciono escrever sobre isso, mas acho que estamos perto de uma catástrofe ainda maior no Japão, o que me está a roubar o tempo que dedico a estes assuntos. No entanto acho que há tempo, pois a Líbia é só um detalhe do que se está a passar e do que está para vir.

  Bruno Fehr

quarta-feira, abril 13, 2011 1:48:00 da manhã

Streetwarrior:

"Esta é só para reforçar esta serie do Bruno"

Esse senhor é estranho, se por um lado ele possui informação privilegiada, por outro sai-se com algumas afirmações chocantes como num recente vídeo onde apela à violência e termina com um apelo à revolução pacifica.

Se bem que ele "adivinhou" alguns acontecimentos tal como um terramoto anterior, por outro na sua entrevista a Rockefeller parecia estar a lamber-lhe o rabo.


"http://www.youtube.com/watch?v=mTg3D1PoyUE
olha só como a opinião publica é condicionada anos antes."

Eu estou a começar a suspeitar que a intenção não é causar uma catástrofe nuclear mas sim a destruição total do Japão. É interessante que dois sites que falavam no possível afundamento do Japão caso os seus vulcões entrassem em actividade estejam ambos em baixo há 3 dias.

  Bruno Fehr

quarta-feira, abril 13, 2011 1:48:00 da manhã

Kenny:

"Hoje é dia 11 e acaba de ocorrer um sismo de 7,1 na zona de Fukushima. =X"

O site HAARP esteve online mas sem gráficos de actividade HAARP e está novamente em baixo.

Já temos 11, 7 (aviso) e 11 novamente.

  Bruno Fehr

quarta-feira, abril 13, 2011 1:49:00 da manhã

Pedro:

"mais uma vez muito curioso o facto deste abalo mais uma vez se verificar no dia 11, e após o último abalo se ter verificado no dia 7..."

Sem dúvida, sendo o 7 um numero que significa previsão/aviso, seria de esperar um novo terramoto.

"e já agora também gostava muito de ver uma série sobre estas revoluções nos países árabes."

Essas revoluções estão ainda no inicio, quero ver o que acontece ao Kadafi, se foge, se é retirado do poder ou se é morto. O governo Americano disse que não é sua intenção derrubar o governo... um anúncio estranho.

  Bruno Fehr

quarta-feira, abril 13, 2011 1:49:00 da manhã

Fernando:

"o número 7 é também um dos grandes pólos da simbologia maçónica. Por algum motivo tantos acontecimentos manipulados pelos senhores do avental marcam os dias 7 e 11. Só não vê quem não quer. As evidências não enganam."

Sem dúvida, posso acreditar numa e quem sabe duas coincidências, mas tudo a partir daí é agenda.

  Bruno Fehr

quarta-feira, abril 13, 2011 1:49:00 da manhã

Anónimo:

"wtf???? replicas depois de tanto tempo? e mesmo assim com a estupenda intensidade de 7,1? nunca antes visto... deve ser pa rebentarem de vez com o k resta dos reactores!"

Teorizo que o alvo não são os reactores mas sim os vulcões. Existe já actividade vulcânica no mar em torno do Japão. Se os vulcões em terra entrarem em actividade, a radiação nuclear será o menor dos males para o povo Japonês.

  Bruno Fehr

quarta-feira, abril 13, 2011 1:49:00 da manhã

skeptikos:

"«O mundo está com população a mais.(...)»

Outra treta de quem pretende que seja essa a realidade."

Eu sei que é treta, mas é a opinião das elites que tentam impor a eugenia. Ao ser impensável aceitarmos tal crime (excepto na forma de eutanásia e aborto, que já aceitamos), guerras, vírus e estas catástrofes são a opção deles.

Eu sei que não temos população a mais no mundo, mas temos nas cidades pois as terras estão mal distribuídas. Toda a população do continente Americano poderia viver só nos EUA com terras suficientes para cada família sobreviver.
No entanto adoramos cidades e são as cidades que nos dão a ilusão de sobre-população.

"Einstein tinha razão quando dizia não saber que armas seriam usadas na WW3 mas, na WW4 decerto serão paus e pedras!"

Acho que prefiro a visão da quarta guerra mundial, partindo do principio que após uma terceira, teremos planeta.

"A incógnita de sempre: evoluiremos da civilização 0 para a civilização 1? (Michio Kaku dixit)"

Acredito que a nossa civilização é uma experiência que falhou mas a humanidade não termina e tentaremos novamente. No entanto enquanto as pessoas não perceberem que o problema está nas elites, tudo se repetirá.

A vantagem de uma guerra mundial de paus e pedras, seria a possibilidade de exterminar as elites maçónico-illuminati. Não digo nada de mais, não falo em crime, falo em justiça.

  Bruno Fehr

quarta-feira, abril 13, 2011 1:49:00 da manhã

skeptikos:

"As centrais nucleares continuam a ser uma forte ameaça nacional de um dos povos mais tecnológicos e robotizados do mundo."

As centrais parecem-me ser o alvo visível, activar os vulcões parece-me o alvo real.

"Cada vez que há um forte sismo (China, Haiti, Itália, Chile e Japão) o HAARP apresenta máxima actividade. Coincidência?"

Isso já confirmei.

"Os registos HAARP diários foram rapidamente apagados do seu site online depois de levantada a polémica, o que pode revelar que a CIA está a esconder propositadamente dados incriminatórios."

Sem dúvida. Os gráficos diários que publiquei estiveram disponíveis no site, mas quando surgiram as acusações com as do Chavez os gráficos do dia 7 não apareceram nas poucas horas que o site esteve online. O site voltou a ficar e ainda está offline, por isso ainda não acabou.


"O vídeo fala por si: http://youtu.be/vRGjhEzBVlU."

  skeptikos

quarta-feira, abril 13, 2011 6:15:00 da manhã

Bruno, aqui fica mais alguma info.:

«Independent scientist Leuren Moret, whose 2004 landmark article in the Japan Times unmasked lies and distortions by government and company officials that led to the construction of nuclear power plants in seismically dangerous areas, has declared in an exclusive 65-minute video interview with Alfred Lambremont Webre that the “Japan earthquake and “accidents” at the Fukushima’s 6 nuclear power plant units starting March 11, 2011 are in fact deliberate acts of tectonic nuclear warfare, carried out against the populations ecology of Japan and the nations of the Northern Hemisphere, including the U.S., Canada, and Mexico.(...)»

http://www.examiner.com/exopolitics-in-seattle/scientist-japan-earthquake-nuke-accident-are-tectonic-nuclear-warfare

Já agora JAPAN QUAKE MAP:

http://www.japanquakemap.com/

Outro artigo interessante:

Japan is Developing Over Unity Power Generators by ZS Livingstone (March 17, 2011)

http://educate-yourself.org/zsl/japanoverunitygenerator17mar11.shtml

Se não entrámos já na WW3, parece...!

http://www.prisonplanet.com/libya-increased-airstrikes-ground-troops-contractors-civilians-killed-deadly-du-munitions-can-we-call-this-a-war-yet.html