RTPi


Resolvi escrever um texto a respeito da RTPi, pois só muito recentemente comecei a dar atenção a este "impressionante" canal de televisão.

Como sabem RTPi significa, Radio Televisão Portuguesa internacional. Sempre me questionei do motivo pelo qual "RTP" é em letras maiúsculas e o "i" é minúsculo. Acho que a resposta é que é "i" de idiota e não de internacional. Acho que só idiotas é que perdem tempo a ver este canal e acho estranho que com tanto Português a viver fora de Portugal, com blogues, ainda ninguém tenha dispensado umas linhas a escrever sobre isto.

Eu na minha inocência, acreditava que sendo um canal Português internacional, seria um canal para ligar a comunidade Portuguesa a Portugal, fornecendo um serviço de qualidade idêntica ao que a RTP fornece a Portugal. Não.

Na RTPi, a única coisa que é actual, são as noticias, toda a programação é composta por programas que os Portugueses já viram, ou que não querem ver. Filmes e séries em que Dom Afonso Henriques era o actor principal. Um filme Português, realizado em 2007 e transmitido em Portugal em 2008, será transmitido na RTPi em meados 2076.

Nunca saio de casa sem ver a RTPi. Enquanto me preparo para ir trabalhar, ligo a TV e vejo o tempo.

"24 graus em Lisboa, 28 no Porto, céu limpo"

Boas notícias, visto roupa leve e lá vou eu para o trabalho. Assim que saio de casa, reparo que estão -15 graus e neva p´ra caraças!

Porque raio nos dão o tempo em Portugal, num canal dirigido aos Portugueses espalhados pelo mundo?

Após o tempo, espero ansiosamente pelo transito.

"A via de cintura interna do Porto, está congestionada. A segunda circular em Lisboa também. A ponte sobre o Tejo tem o transito parado"

O que é que isto me interessa? Nunca me passou pela cabeça, ir de minha casa para o trabalho fazendo um desvio de 3.000 Km, atravessando a ponte sobre o Tejo. Todas estas informações, devem ser "devoradas" com muita atenção, por todos os Portugueses espalhados pelo mundo.

Acho que isto tem a ver com a inveja e sadismo dos Portugueses. Um gajo ouve isto e pensa com inveja:

"foda-se, eles com 26 graus e eu com -15"

Logo depois, vem o sadismo, ao perceber que enquanto os Tugas vão estar a suar como Finlandeses numa sauna nesses engarrafamentos, eu vou estar com o meu ar condicionado no meu engarrafamento.

Depois temos os programas "Contacto". Contacto Angola, Contacto Brasil, Contacto Venezuela, Contacto Luxemburgo, Contacto Alemanha, Contacto Pólo Norte, Contacto Conxichina, Contacto puta que pariu os contactos. É que não interessa nem aos santos. Se eu me estou a cagar com o Contacto Alemanha, muito menos me interessa ver como vivem os Portugueses no Chipre do Norte.

Como já referi, as séries são do tempo em que as fraldas ainda não eram descartáveis. Não acredito que exista um único Português no estrangeiro que ligue a RTPi para ver o "Duarte e Companhia", se bem que seria melhor do que ver a escrava Isaura na versao original.

O que é que a RTPi tem de actual? Bem, tem a publicidade, notícias e é só! Já temos muita sorte em ter o Preço Certo em Euros, pois por pouco não era ainda em escudos.

Já que falo em notícias, reparo que este é um problema da RTPi, RTP, SIC e TVI. Portugal tem as notícia mais compridas do mundo. Portugal é um país pequeno com menos de 10 milhões de habitantes, 52% dos Portugueses vivem fora de Portugal, portanto não há tantas notícias como na Alemanha com 60 milhões de habitantes.

Como é possível que aqui, os principais canais de televisão dêem as noticias em 15-20 minutos e em Portugal precisem de uma a uma hora e meia?
Eu explico, na Alemanha a noticia é dada de forma clara e directa, dizendo; "Quando, onde e o quê".

Em Portugal dizem; "quando, onde, o quê, o que pensa o vizinho do terceiro esquerdo, a opinião da dona Teresa da mercearia, bem como o grupo de analistas convidados para falar do traque que o Presidente da Somália deu durante uma conferencia de imprensa".

Vou dar um exemplo de uma noticia:

"Explosão num restaurante"

Versão Alemã:

Jornalista no estúdio - "Hoje pelas 15:30 no restaurante o Pardal em Hamburgo, registou-se uma explosão originada pelo mau acondicionamento de botijas de gás. O estabelecimento encontrava-se vazio, não havendo vitimas a registar".

Mostram imagens do local e mudam de noticia.

Versão Portuguesa:

Jornalista no estúdio - "Hoje pelas 15:30 no restaurante o Pardal no Porto, registou-se uma explosão originada pelo mau acondicionamento de botijas de gás, mas possibilidade de atentado terrorista não foi posta de parte. Desconhece-se a existência de vitimas. A RTP foi o primeiro a chegar ao local. Vamos agora fazer uma ligação em directo ao nosso enviado especial.
Pedro Soares o que se passou?

Jornalista no local- Bem Catarina, o restaurante encontra-se completamente destruído com elevados danos materiais, mas ainda não temos informações, sobre se há ou não vítimas. Encontram-se algumas dezenas de pessoas aqui no local vamos tentar recolher algumas opiniões sobre o que se passou.
Desculpe minha senhora, pode-nos dizer o que se passou aqui?

Senhora - Olhe senhor, eu num sei. Eu estaba em casa com o meu Manel a fazer umas torradinhas sem manteiga para mim porque tenho o cástrol alto, às do meu Manel, puze-lhes só um bocadinho de mel, mas mel caseiro, que naum faz tam mal aos diabretes dele, quando ouvi PUUMMMM. Eu larguei logo as torradas e disse p`ro meu Manel, "ai balha-me nossa senhora dos aflitos, Mané" (É que eu chamo Mané ao me Manel), tu queres lá ber que o Vin Ladas, arreventou uma bomba aqui?. Eu calcei umas chinelas, o meu Manel vestiu um encherto do PS, que lhe deram quando o Socrátes cá beio e biemos logo cá fora. Olhe isto taba tudo, tudo, tudo arreventado, parecia a guerra nO Afaguistão. Eu acho que foram aqueles terroristas que o Bucha e os Maricanos porcuram lá nos Iraques.
Eu sempre desconfiei do Zé do Tasco, porque ele tem umas barbas como esses tabilans das bombas".

(Enquanto entrevistam a senhora, com as suas opiniões sobre a tragédia, podemos ver dezenas de pessoas a empurrarem-se, tentando desesperadamente aparecer na TV, com sorrisos enormes na cara. Podemos também ver meia dúzia de cartazes com "mãe estou aqui" bem como o emplástro, exibindo a sua nova placa, oferecida pelos Super Dragões).

Jornalista no local- Bem, Cristina, por agora é tudo, esperamos receber mais informações das autoridades em breve. Passo a ligação ao estúdio.

(De volta ao estúdio)

Jornalista de estúdio - Vamos agora falar com os nossos convidados que passo a apresentar, o senhor Victor Meireles da ASAE, o senhor Moita Flores que ninguém sabe bem o que o gajo faz, o senhor António Rebelo da brigada de minas e armadilhas, o senhor que não sei bem que é, mas precisávamos de mais uma pessoa aqui.

E pronto, agora passam mais 20 minutos a discutir o que se passou, não se passou e o que se poderia ter passado, com mais meia dúzia de ligações em directo durante a conversa.

Será isto dar notícias? Será que a opinião popular tem algum valor. Será que todos aqueles "peritos" enriquecem a noticia? Será que há necessidade de passar uma hora a debater algo, quando o que interessa realmente é; "quando, onde e o quê"?

Mas a RTPi vai ainda mais longe, diariamente publicita "O futebol dos 3 grandes é na RTPi". E pronto, um gajo espera pelo fim-de-semana para ver o Benfica, Sporting e Porto e... Não vê nada! A RTPi não passa jogos dos 3 grandes, passa sim 1 jogo de um dos 3 grandes, na madrugada de Segunda-Feira às 03:00 da manhã. Ora, acabaríamos de ver o jogo às 04:30 e teríamos de ir trabalhar às 09:00.

Como se isto não bastasse, por altura do jogo, já sabemos o resultado e vimos o resumo alargado no noticiário de Domingo.

A RTPi fornece um serviço de merda, a sua existência é injustificada.
Se mais de metade dos Portugueses vivem fora do país, deveria haver um verdadeiro serviço publico televisivo dirigido a essa maioria Lusitana. Um canal de televisão que ligasse os Portugueses a Portugal e não a África ou América do sul. Filmes em Português mais actuais, séries Portuguesas, programas culturais e não concertos do Toy ou Dino Meira. Programas que liguem os Portugueses a Portugal é à sua língua.

Um verdadeiro serviço publico e não o actual serviço púbico que não lembra ao caralho!

47 Comentários:

  ipsis verbis

sexta-feira, agosto 15, 2008 9:04:00 da tarde

Este comentário foi removido pelo autor.
  ipsis verbis

sexta-feira, agosto 15, 2008 9:06:00 da tarde

Ahahahahah! Sem dúvida rapaz. Que seca de notícias. É mesmo só palha! Eu? eu mudo logo de canal. E até o Panda me parece mais interessante. Eheheh.

(o comentário anterior foi da minha responsabilidade, como também foi minha a responsabilidade de o eliminar devido a um erro na construção de uma frase. Coisa pouca, mas estava a fazer-me cócegas)

  Crest©

sexta-feira, agosto 15, 2008 9:41:00 da tarde

ipsis verbis:

"(o comentário anterior foi da minha responsabilidade, como também foi minha a responsabilidade de o eliminar devido a um erro na construção de uma frase. Coisa pouca, mas estava a fazer-me cócegas)"

Visto que recebo notificacao dos comentários por e-mail, reparei que essas cócegas foram causadas por uma simples letra.

Se uma simples letra, tem esse efeito sobre ti... Quando te tocam nas costelas deves entrar em convulsoes de riso :)

  ipsis verbis

sexta-feira, agosto 15, 2008 9:45:00 da tarde

Eh. Sim. :D

  vita

sexta-feira, agosto 15, 2008 11:15:00 da tarde

Bem, deixa que te diga que está um espectáculo este texto, é exactamente assim as noticias em portugal, algo que podem contar em cinco minutos levam meia hora com coisas sem interesse nenhum para a quem ouve e nada acrescenta na noticia.

E sim, tens toda a razão as noticias supostas para emigrantes deviam ser de utilidade dos mesmos.

Aqui está um belissimo texto que merecia um destaque num qualquer telejornal, para ver se aprendiam qualquer coisa.;)

  Foi Bom

sexta-feira, agosto 15, 2008 11:26:00 da tarde

Lol, lol e mais lol. Mas confundiste um pouco a RTP com a TVI, dos 3 canais, mesmo assim, e' a menos mazita...

  Teté

sexta-feira, agosto 15, 2008 11:33:00 da tarde

Ah, ah, ah, é o que se chama notícias para encher chouriços...

Ainda no outro dia foram entrevistar a família do assaltante brasileiro que foi atingido pela polícia num assalto, era fotos do homem desde criança, pai, mãe, irmã, prima e namorada a dizerem que ele era um doce de "rapaz", que se importava muito com a família, que era muito trabalhador, etc. e tal. Bem sei que prá família deve ser um choque saber que o homem andava a assaltar bancos armado e a pôr vidas em risco, mas quer dizer, virem afirmar que ele era um menino de coro, também é dose! E o que é que interessa o que a própria família pensa do fulano? Cometeu um crime, certamente terá de ser punido por isso.

Enfim, mas tem lá calma com essa ideia de passarem na RTPi programas, filmes e séries nacionais recentes, que a programação aqui não é má: é abaixo da crítica! Com programas de manhã e à tarde de gosto extremamente duvidoso, entremeados com os ditos noticiários, novelas brasileiras manhosas (nem da globo são...), concursos popularuchos e mais umas tretas que não interessam a ninguém (excepto as doses maciças de bola, que pelo menos alguns apreciam)! O mesmo se diga da SIC e da TVI. É raro darem qualquer coisa de interesse e quando dão é tipo ao Domingo de manhã ou depois da meia noite (quando a pessoa já desistiu de ver tanta pimpineira junta). No Verão, piora ainda mais, que só dão reprises...

Enfim, para alguma coisa haveria de servir a TV Cabo! ;)

  caditonuno

sábado, agosto 16, 2008 12:26:00 da manhã

gostei da "vomva arrebentada". só 1 reparo:

diz-se PROGRAMAS QUE LIGUEM OS PORTUGUESES A PORTUGAL E À SUA LÍNGUA.

há assim escrito e só quando existe alguma coisa, é o verbo haver, existir.

de resto 5 estrelas. já tenho reparao é na TVPORTO. ao princípio fiquei todo contrnte, depois fui reparando que aquilo nao tem ponta por onde se lhe pegue, infelizmente. é só programas pra encher chouriços.

de televisao estou eu farto. ó vejo a vida selvagem, a liga dos últimos quando calha e pouco mais.

quanto às notícias, cada vez mais são puramente sensacionalistas!

  afectado

sábado, agosto 16, 2008 1:46:00 da manhã

Pouco mais há a acrescentar.

No que diz respeito à RTPi nunca tinha pensado na questão na perspectiva de quem está fora do país, mas o facto é que eu aqui em Portugal como tenho o canal já dei por mim uma vez ou outra a ver programas lá, porque à hora que deram na RTP1 não pude ver. Mas lá está, isso não interessa... RTPi é para quem está fora, devia os servir, e isso claramente não acontece!

Quanto às notícias ainda estes dias comentei isso com uma pessoa. Já vi noticiários de canais espanhóis, franceses, italianos, alemães, ingleses, americanos e foda-se, nenhum, repito NENHUM, demora tanto como os portugueses. Aqui gosta-se de enrolar chouriços. Não percebo, e não percebo como isso lhes rende dinheiro (porque se não rendesse não os davam durante tanto tempo seguido...)

Abraço

  AP

sábado, agosto 16, 2008 12:53:00 da tarde

Concordo plenamente.
Eu também não vejo, nem RTPi nem SIC Internacional. Pura e simplesmente porque a programação não vale nada, tal como tu dizes!
E sempre me perguntei o porquê destes canais! Porque não transmitirem simplesmente a RTP e a SIC, que vemos quando estamos em Portugal? Não seria essa a melhor forma de "matar" saudades do nosso Portugal?
Ou somos portugueses de 2ª que não temos a direito a assistir às mesmas séries e filmes que os que ficam em Portugal?

  Pax

sábado, agosto 16, 2008 1:54:00 da tarde

Looooooooool.
O testemunho da senhora é lindo!
Se bem que peca um pouco por estar bastante resumido e conciso... mas pronto, há pessoas assim: com uma enorme capacidade de sintese!
;)

  miss bradshaw

sábado, agosto 16, 2008 3:07:00 da tarde

epah e mais uma vez concordo contigo! grande novidade!! ahah

mas ha que ter uma coisa em atenção: os emigrantes quando voltam aqui á santa terrinha ainda trazem o mm sotaque que tinham aos 20 anos quando emigraram,ainda usam as mesmas piroseiras de roupa,veem o caminho todo a conduzir ao som do dino meira e do toy....por isso, para eles, a RTPi esta actualizadissima.


(beijinho a ana julia que ja ha mt tempo que nao mando =) )

  Mulheka

domingo, agosto 17, 2008 3:18:00 da tarde

ahahahah se não fosse casada e mãe de filhos fazia-te um belo convite!!!

É que é mesmo isso. As notícias são secantes. Tás ali tempos e tempos à espera que acabem pois não dizem nada de jeito. Dá tempo de ires apanhar a roupa, pôr outra a lavar, estender, varres e lavas o chão e ainda tens tempo de ir à rua por o cão a mijar.

A TVI então é uma desgraçada. Essa notícia que escreveste poderia muito bem ser plágio de uma qualquer notícia da TVI. Infelizemnte, os outros canais pegaram o bicho e tão a ficar iguais!

Quanto à RTPi concordo ctg!
Olha, posso enviar este blog para as 3 estações? eheh

  Ivo

domingo, agosto 17, 2008 10:34:00 da tarde

é por essas e por outras que vejo cada vez menos televisão!
até os noticiários (que é das poucas coisas que vejo na tv) já começam a chatear..

  Jorge Pessoa e Silva

segunda-feira, agosto 18, 2008 12:27:00 da manhã

Só posso dizer que adorava ter sido o autor deste texto. Por isso, bato palmas.

Grande abraço

  Ana

segunda-feira, agosto 18, 2008 4:09:00 da manhã

Este post está genial! A RTPi é daqueles canais que nem fazem parte do meu zapping diário, mas imagino que seja a desgraça que referes, tendo em conta a desgraça que os nossos outros canais são...

E adorei a esposa do Sr. Manel! Hehehe! Acredita que já não é só durante a publicidade que eu mudo de canal!

  DeusaMinervae

segunda-feira, agosto 18, 2008 12:06:00 da tarde

Ahahahahahah :D o que eu ri com este teu texto. Eu acho é que as audiências dos canais parte da maioria da população portuguesa que gosta destas coisas. Já fazem programas só para eles... Os porugueses gostam de uma boa cusquice!

Importam-se mais com a vida alheia do que com a própria...

  Anónimo

segunda-feira, agosto 18, 2008 3:14:00 da tarde

O relato da testemunha está tão bom quanto o "eventual original"...Em relação ao dito texto só quando tiveres tempo... Não deixes de beber umas cervejas à conta do dito. Naqueles/as dias/noites em que não saibas o que escrever ou que esses pensamentos estejam todos a flutuar com vontade de escrever sobre tudo e não conseguir seleccionar...Bom desafio?!?
Ser vista, até pelos mais próximos, como alguém que não é muito normal, que quando emite opinião dizem: "Tu tinhas de estar do contra". Eu não sou do contra, só tenho outra opinião que não é (para os outros)a mais...
Ou então numa determinada situação em que chegam à conclusão que com aquela "opinião", atitude não chegam a qualquer solução prática/útil, dizem:" pergunta à pequena, ela vê sempre as coisas por outro lado" .Não sei a que "lado" eles se referem

  Maria Manuela

terça-feira, agosto 19, 2008 12:20:00 da manhã

Oh Crest, mas é que é tal e qual... o que eu já me ri...

E o filme que fazem agora com os Jogos Olímpicos ??? Uma miséria...

-15 graus ???? -15 graus ???
Dassssssseeeeee.... Como é que tu aguentas ??

bj

  White_Fox

terça-feira, agosto 19, 2008 3:49:00 da tarde

Em primeiro lugar tenho a dizer que adorei o tema, isto porque já me tinha questionado sobre o mesmo quando passei há uns tempos uma temporada no estrangeiro. E o que notei foi que o canal existia apenas por existir, pois não há preocupação nenhuma para com os emigrantes (apesar de haver muita gente que adora o canal).
Outra coisa que adorei foi o discurso da senhora. Do melhor!

  Skynet

terça-feira, agosto 19, 2008 5:46:00 da tarde

lol Excelente!

As melhores notícias são as RTP2, conseguem dar as notícias realmente interessantes em apenas meia hora, e isto incluindo um cartaz cultural, e regra geral, uma notícia sobre ciência (coisa rara em Portugal).

Nos outros canais é sempre um mínimo de 40 minutos para futebol, mesmo que não se tenha feito nenhum jogo, conseguem sempre preencher os 40 minutos. Mais uns 10 minutos para telenovelas e/ou os actores delas, é triste mas é verdade. Outros 10 minutos a repetir continuamente os resumos das notícias que já deram e que vão dar a seguir. E quando se lembram, muito de vez em quando, uns 30 segundos de uma notícia de Ciência, sem muitos pormenores técnicos para não "chatear". Resumindo, se forem bem condensadas acabam por ter apenas meia hora tal como o da RTP2 mas com qualidade bastante inferior.

  Anónimo

quarta-feira, agosto 20, 2008 12:28:00 da manhã

Basta ver o que se está a acontecer nos JO para demonstrar a falta de qualidade do jornalismo português.

  Sol

quarta-feira, agosto 20, 2008 9:39:00 da manhã

Ola.
Achei o máximo o teu texo. E defacto é tal e qual. Não está nada exagerado não senhor.
"estava eu a fazer umas torradinhas"...

Heheheheh!!!!

  A Grafonola

quinta-feira, agosto 21, 2008 3:53:00 da tarde

por alguma razão nunca parei no canal rtpi senão para saltar para o canal seguinte...

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:15:00 da manhã

vita:

"Aqui está um belissimo texto que merecia um destaque num qualquer telejornal, para ver se aprendiam qualquer coisa.;)"

Duvido que aprendessem...

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:15:00 da manhã

Foi Bom:

"Lol, lol e mais lol. Mas confundiste um pouco a RTP com a TVI, dos 3 canais, mesmo assim, e' a menos mazita..."

Há muito que nao vejo nenhuma delas.

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:18:00 da manhã

Teté:

"Ainda no outro dia foram entrevistar a família do assaltante brasileiro que foi atingido pela polícia num assalto, era fotos do homem desde criança, pai, mãe, irmã, prima e namorada a dizerem que ele era um doce de "rapaz", que se importava muito com a família, que era muito trabalhador, etc. e tal."

Ele pode até ter sido uma jóia de rapaz, mas o que é certo é que cometeu um crime, nao só o assalto, mas mais grave os danos que poderá ter causado aos refens.
Morreu, acabou alí. A atencao deveria ser dada à senhora que esteve com uma arma apontada à cabeca, essa sim poderá precisar de ajuda, para superar o trauma.

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:20:00 da manhã

caditonuno:

"há assim escrito e só quando existe alguma coisa, é o verbo haver, existir."

Obviamente é um erro. A minha irritante mania de nao ler o que escrevo, esse sim é o meu maior erro.

"quanto às notícias, cada vez mais são puramente sensacionalistas!"

Vejo a CNN, e está feito.

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:25:00 da manhã

afectado:

Por isso acho que a RTPi deveria terminar e ser substituida pela RTP que teem em Portugal.

"Aqui gosta-se de enrolar chouriços. Não percebo, e não percebo como isso lhes rende dinheiro (porque se não rendesse não os davam durante tanto tempo seguido...)"

A resposta é simples, o tempo publicitário mais caro em Portugal é no horário nobre, ou seja os intervalos dos noticiários. Quanto mais longo for, mais intervalos terá.
O preco por segundo de publicidade nesses intervalos, só é superado pelos intervalos dos jogos de futebol dos 3 grandes.

Por outro lado, poupam na compra de programas, pois queimam uma hora a mais em banalidades.

É tudo lucro, pois o jornalista ganha o mesmo.

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:26:00 da manhã

AP:

"Porque não transmitirem simplesmente a RTP e a SIC, que vemos quando estamos em Portugal?"

Isso sim seria aceitável.

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:27:00 da manhã

Pax:

"Looooooooool.
O testemunho da senhora é lindo!"

Qualquer semelhanca com a realidade, nao é coincidencia...

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:29:00 da manhã

miss bradshaw:

"os emigrantes quando voltam aqui á santa terrinha ainda trazem o mm sotaque que tinham aos 20 anos quando emigraram,ainda usam as mesmas piroseiras de roupa,veem o caminho todo a conduzir ao som do dino meira e do toy....por isso, para eles, a RTPi esta actualizadissima."

Pois, felizmente esses estao quase extintos. Os novos imigrantes nas férias vao para o Brasil, Cuba, Ilhas Gregas, etc :P


"(beijinho a ana julia que ja ha mt tempo que nao mando =) )"

Foi entregue :P

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:32:00 da manhã

Mulheka:

"ahahahah se não fosse casada e mãe de filhos fazia-te um belo convite!!!"


Hmmm, convites "indencentes"? Agrada-me...

"Dá tempo de ires apanhar a roupa, pôr outra a lavar, estender, varres e lavas o chão e ainda tens tempo de ir à rua por o cão a mijar."

Em vez de fazer isso, venho aqui barafustar :)

"Essa notícia que escreveste poderia muito bem ser plágio de uma qualquer notícia da TVI. Infelizemnte, os outros canais pegaram o bicho e tão a ficar iguais!"

Plágio nao! Nada disso, esta noticia é unicamente inspirada na triste realidade.

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:33:00 da manhã

Ivo:

"é por essas e por outras que vejo cada vez menos televisão!
até os noticiários (que é das poucas coisas que vejo na tv) já começam a chatear.."

A TV é o novo Deus, felizmente muitos estao a tornar-se agnósticos.

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:34:00 da manhã

Jorge Pessoa e Silva:

"Só posso dizer que adorava ter sido o autor deste texto. Por isso, bato palmas."

Eheheh, obrigado.

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:35:00 da manhã

Ana:

"E adorei a esposa do Sr. Manel! Hehehe! Acredita que já não é só durante a publicidade que eu mudo de canal!"

Eu até acho os ridiculos anuncios a detergentes, mais interessantes.

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:36:00 da manhã

DeusaMinervae:

"Ahahahahahah :D o que eu ri com este teu texto. Eu acho é que as audiências dos canais parte da maioria da população portuguesa que gosta destas coisas. Já fazem programas só para eles... Os porugueses gostam de uma boa cusquice!"

É isso, é uma forma de manter o povo estúpido e mal informado.

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:40:00 da manhã

Anónimo:

"Em relação ao dito texto só quando tiveres tempo... Não deixes de beber umas cervejas à conta do dito. Naqueles/as dias/noites em que não saibas o que escrever ou que esses pensamentos estejam todos a flutuar com vontade de escrever sobre tudo e não conseguir seleccionar...Bom desafio?!?"

Aceito desafios.

"Ser vista, até pelos mais próximos, como alguém que não é muito normal, que quando emite opinião dizem: "Tu tinhas de estar do contra". Eu não sou do contra, só tenho outra opinião que não é (para os outros)a mais...
Ou então numa determinada situação em que chegam à conclusão que com aquela "opinião", atitude não chegam a qualquer solução prática/útil, dizem:" pergunta à pequena, ela vê sempre as coisas por outro lado" .Não sei a que "lado" eles se referem"

AHHHH, a questao das opinioes e da razao. Tenho eu razao ou tens tu. Ou do lado em que se ve.

Já escrevi sobre isso, neste blogue. Abordei o assunto por esse lado. Assim que encontrar o texto, escrevo o link aqui, ou actualizo-o para responder ao teu desafio.

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:42:00 da manhã

Maria Manuela:

"E o filme que fazem agora com os Jogos Olímpicos ??? Uma miséria..."

Tenciono escrever sobre um desses filmes...

"-15 graus ???? -15 graus ???
Dassssssseeeeee.... Como é que tu aguentas ??"

Os Alemaes dizem "Nao existe mau tempo, existem sao roupas inapropriadas"

Para estas temperaturas, existem artigos de calcado e vestuário próprios, 5x mais caros, mas eficazes.

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:44:00 da manhã

White_Fox:

"E o que notei foi que o canal existia apenas por existir, pois não há preocupação nenhuma para com os emigrantes (apesar de haver muita gente que adora o canal)."

É verdade, conheco que só veja RTPi, nao por ser bom, adoram pois é a unica opcao em Portugues para aqueles que se recusam a aprender Alemao.

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:46:00 da manhã

Skynet:

"Nos outros canais é sempre um mínimo de 40 minutos para futebol, mesmo que não se tenha feito nenhum jogo, conseguem sempre preencher os 40 minutos."

Isso é verdade, aqui se nao há campeonato, nao há conversa sobre futebol.

Acho que as noticias mais interessantes, sao as que passam em rodapé...

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:47:00 da manhã

Anónimo:

"Basta ver o que se está a acontecer nos JO para demonstrar a falta de qualidade do jornalismo português."

Irei escrever sobre um desses casos.

  Crest©

sexta-feira, agosto 22, 2008 5:48:00 da manhã

Sol:

"Ola.
Achei o máximo o teu texo. E defacto é tal e qual. Não está nada exagerado não senhor.
"estava eu a fazer umas torradinhas"..."

Por momentos pensei que tinha exagerado, depois lembrei-me de certas noticias e reparei que estive longe do exagero...

  São

quinta-feira, setembro 04, 2008 3:42:00 da manhã

A sátira ao telejornal está espectacular é que é mesmo isso sem tirar nem por, normalmente vejo o telejornal das 22h na RTP2 é mais conciso e não passam o tempo todo a anunciar notícias que só desenvolvem no fim do telejornal. Não fazia a mínima ideia que a RTPi passa-se uma programação sem qualquer interesse para os emigrantes com programas antigos, sempre pensei que fosse uma selecção dos programas portugueses que passam actualmente na RTP1 e na RTP2.
A RTPi é canal que não tenho, nunca vi, faço muito zapping mas acabo quase sempre por ver os mesmos o meu favorito é o Travel.

  rmcd

terça-feira, outubro 07, 2008 11:19:00 da manhã

Ola Rapaz Fizes-te um bom trabalho eu tambem tenho a mesma opiniao so é pena que aqueles burros nao fazem caso disto pra nada porke nos somos estrangeiros de kualker maneira estas de parabens.um abraço

  Carlos

quinta-feira, fevereiro 18, 2010 4:58:00 da tarde

Olá... Eu chamo-me Carlos Ferreira e escrevo-te precisamente por ser repórter/assistente de produção, do program EUA Contacto (NJ).
Compreendo, perfeitamente, o revoltado que te possas sentir relativamente à programação da RTPi, mas a verdade é que senti alguma incoerencia nas tuas palavras...
Por um lado criticas a parca informação da RTPi e a falta de cuidado que tem relativamente à sua programação, revelando o desrespeito perante os emigrantes (concordo) mas por outro lado criticas os programas Contacto que são o único espaço que lhes é conferido; sendo assim, e se o teu objectivo é defender a portugalidade no estrangeiro começa por dar valor a quem representa a Portugal neste mundo fora com festas e eventos nos quatro cantos do mundo, que partem da iniciativa pessoal de muitos filantropos residentes em todas as comunidades...
Os Contactos são iniciativas privadas de emigrantes também, que, sim, tiveram a necessidade de se aproximarem das raízes.
Podes não gustar, mas pelo menos respeita o trabalho, e se realmente te interessa diginificar a língua, enaltecer a portugalidade e respeitar a diáspora então acredita que não estás sozinho!

  Bruno Fehr

sexta-feira, fevereiro 19, 2010 12:14:00 da manhã

Carlos:

"Por um lado criticas a parca informação da RTPi e a falta de cuidado que tem relativamente à sua programação, revelando o desrespeito perante os emigrantes (concordo) mas por outro lado criticas os programas Contacto que são o único espaço que lhes é conferido"

Mas não vejo qualquer tipo de incoerência, porque motivo quero eu ver o que se passa com os emigrantes? Um emigrante quer lá saber o que se passa no Canadá, Alemanha, Franca... os emigrantes querem um canal que nos mostre Portugal e não Portugal no mundo. Queremos ver o que os Portugueses estão a ver em Portugal e não os programas que víamos há 15 anos. Queremos noticias nacionais, debates nacionais, cultura nacional em Portugal e não na cidade estrangeira onde estamos.