Quarentena!

Os visitantes mais atentos deste blogue, devem ter reparado que desapareceram todos os meus texto escritos e publicados em 2007. Mais de 210 textos, foram colocados em quarentena. Neste momento, podem ler unicamente os textos de 2008.

Todos os textos retirados do blogue, vão voltar um a um a partir de segunda-feira dia 04. Os textos voltam exactamente com as mesmas datas de publicação, sem alteração e com os mesmos comentários. Nada será alterado, no que toca à escrita.
O motivo é simples:

Todos os textos vão ter de ser apreciados, primeiro por mim de maneira a retirar todas as fotos que não são freeware. Se falo de direitos de autor, devo de dar o exemplo. Depois, estes mesmos textos, vão ser lidos por um representante de uma entidade competente de maneira a certificar a sua originalidade e proceder ao respectivo registo de direito de autor.
Esta avaliação serve somente, para efeitos de registo e protecção legal da minha propriedade intelectual. Tudo isto poderia ser feito, sem retirar os texto, mas a falta de confiança que tenho em certas empresas, obrigam-me a fazê-lo.


Existe neste momento uma proposta na mesa, para tornar o meu blogue em livro. Fiquei tão feliz "que até mijei nas calças", por isso é lógico, que recusei sem pensar duas vezes. Achei a oferta ofensiva, para mim e para quem gosta de ler as merdas que escrevo.

Primeiro:
Porque raio haveria eu de permitir que se vendesse, aquilo que faço por gosto. Aquilo que se pode ler gratuitamente?

Segundo:
Porque motivo haveria eu de me submeter à humilhação, se ser editado, censurado ou lá o que lhe queiram chamar?

Terceiro:
Porque caralho é que iriam ser terceiros a seleccionar o que entraria em tão ridículo livro?

Quem manda aqui sou eu! Ninguém me censura, ninguém me diz o que escrever, nem palavras a usar. Ninguém NUNCA me fará usar a palavra "porra" em vez de "caralho", palavras que significam exactamente o mesmo, basta lerem os sonetos de Bocage e perceber isso.

O blogue continuará, na mesma. Escrevo o que quero, quando quero, porque quero e porque posso!

57 Comentários:

  Afrika

domingo, fevereiro 03, 2008 1:49:00 da manhã

Epa! valha-nos essa de ter um amigo ainda mais famoso! E autógrafos vais dar? Pois muito bem acho muito bem que não vas publicar nada do que pra aqui escreves, se já assim cai as vezes o Carmo e a Trindade... então depois ate o inferno nos caia! LOL

Tou a brincar seu mau feitio!

Beijo

  Crestfallen

domingo, fevereiro 03, 2008 2:11:00 da manhã

Afrika:

"valha-nos essa de ter um amigo ainda mais famoso!"

De famoso só tenho... tenho... acho que não tenho nada :)

"E autógrafos vais dar?"

Só em seios e nádegas!

Não quero ver o Carmo a cair nem a Trindade, muito menos o inferno... depois para onde ia eu?

  Rubs

domingo, fevereiro 03, 2008 4:32:00 da manhã

Lol, nabo! Falavas da tua "arma secreta" visto que não é publica!

  Osama das Alturas

domingo, fevereiro 03, 2008 4:55:00 da manhã

Fazes bem. Eu não compraria o teu livro. Até porque já o li. Passar blogs a livros é coisa que ainda só vi em prostitutas e em homoristas
( Maria Porto, Amante profissional, o homem que mordeu o cão, o meu pipi)
Foi uma OPA hostil pela falta de originalidade.
Mas eu compraria o teu livro em apenas uma condição: se o prefácio fosse escrito pelo miguel esteves cardoso. Só mesmo para me rir.
Pensando bem, se calhar nao comprava. Comprar um livro por uma página seria um crime :)
Hoje estou muito esquizofrénico.
Até amanhã se deus quiser!

  Pax

domingo, fevereiro 03, 2008 9:00:00 da manhã

É por essas (e por outras) que vou compreendendo o porquê da existencia de certas publicações tão estapafurdias e, por outro lado, pessoas com grande talento não conseguem publicar...
mas a culpa nem é desses senhores, é de quem compra.


Acho muito bem!
E depois quem é que chamava maricas ao Sócrates? Quem?!
Cá pra mim até foi ele quem mandou fazer a proposta para ver se te consegue editar e calar já que, de outra forma, vai ser dificil...Lol.
Beijos:)

  FATifer

domingo, fevereiro 03, 2008 12:15:00 da tarde

“O blogue continuará, na mesma. Escrevo o que quero, quando quero, porque quero e porque posso!”

Apoiado!

FATifer

  Foi Bom

domingo, fevereiro 03, 2008 12:47:00 da tarde

E quando e' que me deixas ler aquela tua preciosidade?? Quanto a autografos, se te tornares assim tao famoso um dia, ja tenho um teu para poder vender por um bom preço (duvido e' que alguem o queira comprar, mas pronto)!

  Nikita

domingo, fevereiro 03, 2008 12:52:00 da tarde

Se podes escrever o que quiseres, quando quiseres e como quiseres (que foi o que deves ter pensado quando decidiste criar um blog) para quê teres que te sujeitar à vontade de terceiros, sobre o que pode e não pode ser publicado, veres os teus textos, se calhar, adaptados, já para não falar de outras coisas...
E acho bem que continues com o blog, porque eu tenho vindo cá, e gosto de lê-lo, e sempre que possível, mandar uns bitaites também! ;)

Beijos

  mjf

domingo, fevereiro 03, 2008 1:57:00 da tarde

Olá!
Bem perante isto:

"Quem manda aqui sou eu! Ninguém me censura, ninguém me diz o que escrever, nem palavras a usar. Ninguém NUNCA me fará usar a palavra ...."

Concordo contigo...nem vou nunca mais discordar...porque quero que me deixes vir aqui comentar e apoiar-te e concordar contigo...
está bem assim?????... gosto muito do teu blog...é perfeito...blábláblá
:=)

Agora a sério, tu é que deves decidir, eu acho melhor um bom blog,que um mau livro!!!

Beijos

  Allie

domingo, fevereiro 03, 2008 5:19:00 da tarde

Por momentos pensei que também tu te ias vender! Fico feliz por teres recusado! Mas... deves entender essa proposta como mais um elogio e reconhecimento ao talento para dar cabo de pobres almas que por aqui vagueiam. :-D Brincado.

  PsYcHo_MiNd

domingo, fevereiro 03, 2008 6:22:00 da tarde

Então a fama, a glória... as fãs histéricas a pedirem autógrafos! Há quem se venda por bem menos, mas é bom saber que vais continuar aqui a presentear-nos com os teus posts e não com um qualquer livro onde não poderias ser o verdadeiro Crest.

  o segredo da lua

domingo, fevereiro 03, 2008 8:31:00 da tarde

Dass, és um gajo assim tao bom que te querem comprar? ;o) Viva o Crest lol

  Amsilva

domingo, fevereiro 03, 2008 10:36:00 da tarde

eh páh, manda os gajos darem uma volta ao bilhar grande mas só com bilhete de ida!
Quanto a registares os teus textos, fazes bem, quem quer passar por esperto que o seja, e não a copiar algo de outro, nas fotos, como já disse da outra vez, as minhas levam "selo", podem usar mas vai lá que são minhas...
mas não me chateio com esses temas!!!

  Crestfallen

domingo, fevereiro 03, 2008 11:49:00 da tarde

Rubs:

O que te referes não é para aqui chamado!

  Crestfallen

domingo, fevereiro 03, 2008 11:50:00 da tarde

Osama das Alturas:

"Mas eu compraria o teu livro em apenas uma condição: se o prefácio fosse escrito pelo miguel esteves cardoso."

O MEC seria sem dúvida a minha primeira e única escolha para um prefácio :)

  Crestfallen

domingo, fevereiro 03, 2008 11:53:00 da tarde

Pax:

"mas a culpa nem é desses senhores, é de quem compra."

Quem compra, compra o que existe para venda. Quem edita, edita o que poderá dar qualquer coisa. Hoje em dia, tens de lançar em edição de autor um livro, e se esse livro tiver uma saída decente, as editoras caem-te em cima para te editar.

Esta em particular, sabe o numero de visitas mensais do meu blogue, o que acho, suspeito e incrível!

  Crestfallen

domingo, fevereiro 03, 2008 11:54:00 da tarde

FATifer:

Obrigado!

  Crestfallen

domingo, fevereiro 03, 2008 11:55:00 da tarde

Foi Bom:

"E quando e' que me deixas ler aquela tua preciosidade??"

As únicas preciosidades que tenho é a Ana Julia, a Monalisa e a Shiva!

"Quanto a autografos, se te tornares assim tao famoso um dia, ja tenho um teu para poder vender por um bom preço"

Ahahahah!

  Crestfallen

domingo, fevereiro 03, 2008 11:56:00 da tarde

Nikita:

Na verdade e devido a vários acontecimentos durante o último mês, já tenho pensado se vale a pena. Por enquanto continuo.

  Crestfallen

domingo, fevereiro 03, 2008 11:58:00 da tarde

mjf:

"gosto muito do teu blog...é perfeito...blábláblá"

Ahahahah

"eu acho melhor um bom blog,que um mau livro!!!"

Concordo. Um livro deve ser escrito para o ser e não pegar em algo já feito e adaptar. Isso é o cinema e não a literatura!

  Crestfallen

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 12:00:00 da manhã

Allie:

"Por momentos pensei que também tu te ias vender!"

Não me vendo. Mas na verdade era capaz de dar, se o que desse fosse para dar também. Aceitaria ter textos meus publicados, mantendo a minha identidade oculta e se grande parte dos lucros, fossem doados. Mas as editoras não dão não nada a ninguém!

  Crestfallen

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 12:03:00 da manhã

PsYcHo_MiNd:

Isso nunca aconteceria. Nunca faria como "O Meu Pipi", que assim que foi publicado, acabou com o blogue, manteve-se anónimo mas deixou que os seus textos fossem adaptados. É um vendido, que perdeu o meu respeito!

Eu não critico quem torna o seu blogue em livro. Temos o exemplo do Rafeiro Perfumado, editou, não foi censurado e mantém o blogue no mesmo nível!

  Crestfallen

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 12:04:00 da manhã

o segredo da lua:

"Dass, és um gajo assim tao bom que te querem comprar? ;o) Viva o Crest lol"

Comprar? Nem por isso, não houve qualuqer oferta monetária, simplesmente uma proposta, mas não gostei do tom da proposta, que foi escrita como se achassem que nunca a recusaria! Bateram na porta errada!

  Crestfallen

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 12:05:00 da manhã

Amsilva:

Os meus textos antigos, já estão a voltar a ser publicados. À medida que o registo é aprovado. Retiro as fotos que não são minhas, pois elas em nada afectam o texto.

  Cold_cold_Bitch

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 12:23:00 da manhã

O que certas pessoas iam adorar "ter-te em livro" só para te poderem queimar, ahahahah! E tu tiras-lhe esse prazer! Tá mal...

  Crestfallen

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 12:42:00 da manhã

Cold_cold_Bitch:

"O que certas pessoas iam adorar "ter-te em livro" só para te poderem queimar, ahahahah!"

Uma ou duas para se masturbarem :)

  SílviA

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 1:13:00 da manhã

Há que zelar pelo que é nosso :)

Bem, era chato chegarmos aqui e encontrarmos algo do genero "vai ler este post ao livro"...que é o que acontece em muitos blogs.

Bju

  Crestfallen

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 1:21:00 da manhã

SílviA:

"era chato chegarmos aqui e encontrarmos algo do genero "vai ler este post ao livro"...que é o que acontece em muitos blogs."

Ahahahaha, nunca!!

Um livro é um livro um blogue é um blogue!

  Teté

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 1:59:00 da manhã

Um livro tem uma estrutura diferente de um conjunto de crónicas ou posts, mas mesmo nos casos em que é elaborado nessa base, suponho que têm de ser ponderados vários factores, como a intemporalidade ou a actualidade.

E exceptuando livros de autor, suponho que os editores metem muito o "nariz" na escrita, adaptando e corrigindo, muitas vezes para pior, tudo aquilo que no critério deles não lhes parece aceitável. Um erro ortográfico é uma coisa, já formas de escrita e palavras sucedâneas é outra... bem mais irritante!

Contudo, se tiveres tempo disponível, acho que tens talento mais do que suficiente para meteres mãos à obra... Mas põe tempo nisso, que a malta julga que é só ter umas ideias e velocidade de escrita, mas na verdade envolve muito trabalho mesmo! Quer dizer, para sair qualquer coisa de jeito... :)

  Zaka

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 2:21:00 da manhã

E quem fala assim, não é gago!

Beijoca

  Castronauta

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 2:47:00 da manhã

Eu não tenho escrupulos, por isso quanto dinheiro te ofereceram????

Aproveita se financeiramente valer a pena. Já toda a gente te lê on-line, por isso não te sintas culpado por quererem dar oportunidade de te ler a pessoas sem acesso à internet. :)

Não deixes, isso sim, que adulterem o que escreves: se fizeram uma proposta com o que leram, é isso que deves publicar.

Olha, se mantiveres a tua posição manda os gajos lerem o meu BLOG como possivel alternativa. Não é tão bom como o teu, mas posso sempre melhorar com algumas indicações... eheheheh

Lamento, mas sou um mercenario.... e vendo-me facilmente desde que nao me queiram comprar para actividades Homo....

  Crestfallen

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 2:59:00 da manhã

Teté:

"Um livro tem uma estrutura diferente de um conjunto de crónicas ou posts, mas mesmo nos casos em que é elaborado nessa base, suponho que têm de ser ponderados vários factores, como a intemporalidade ou a actualidade."

A ideia era um livro de crónicas, organizados por temas, que eles lá imaginaram!


"Contudo, se tiveres tempo disponível, acho que tens talento mais do que suficiente para meteres mãos à obra..."

Tenho material que poderia até ponderar acabar para o efeito, material que anda a ser trabalhado há anos, por mim, mas para mim. No entanto não tenho pachorra para cumprir prazos ou aceitar ordens!

Teria de ser tudo como eu quero :)

  Crestfallen

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 3:00:00 da manhã

Zaka:

Lol, não, não sou :)

  Crestfallen

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 3:03:00 da manhã

Castronauta:

"Eu não tenho escrupulos, por isso quanto dinheiro te ofereceram????"

Não houve qualquer tipo de oferta financeira, simplesmente uma proposta que pela maneira que a escreveram, pensavam que eu aguardava tal ofensa! A única coisa que referiram foi a precentagens que me caberiam de vendas (8% a 10%), o que eu acho um furto. Ao ler isto até senti uma mão na minha carteira :)

"Lamento, mas sou um mercenario.... e vendo-me facilmente desde que nao me queiram comprar para actividades Homo...."

Ahahaha, boa :=)

  Rubs

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 4:22:00 da manhã

E se fosses contactado para publicares outra coisa, assim algo extra blogue?

  Crestfallen

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 4:24:00 da manhã

Rubs:

Queres que te parta ambas as pernas? Porque é que vens comentar merda, quando poderias dizer isso no msn?

  Rubs

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 4:24:00 da manhã

Eheheh, porque era fácil demais :P

  Pax

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 10:58:00 da manhã

Podes acreditar (e estou a dizer isto sem ironia), que adorava ler algo teu para além de artigos em blogue.
Um livro "a sério".
Acho até que só não o farás por seres demasiado perfeccionista (desculpa a pretensa 'adivinhação' mas é o que acho).
Cada vez que o relesses encontrarias algo que mudarias... e seria tarde demais.
Se ultrapassares isso, diz o nome, que eu quero comprar.
Beijos.

  Crestfallen

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 1:16:00 da tarde

Pax:

"Acho até que só não o farás por seres demasiado perfeccionista (desculpa a pretensa 'adivinhação' mas é o que acho).
Cada vez que o relesses encontrarias algo que mudarias... e seria tarde demais.
Se ultrapassares isso, diz o nome, que eu quero comprar."

Publicar não, mas isso não quer dizer que não tenha qualquer coisa. Mas é um facto que estou sempre a adicionar e a retirar algo :), não me consigo controlar :P. Se editasse, todas as edições seriam diferentes :P

  Pax

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 1:57:00 da tarde

Eu sei como é a sensação, acredita.
O meu lema é que "para não fazer bem, vale mais estar quieto", e depois é dificil não encontrar algo passivel de correcção.
Mas eu aprovaria que desses uma chance a ti próprio.
Talvez te surpreendesses.
:)

  Crestfallen

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 3:56:00 da tarde

Pax:

"Mas eu aprovaria que desses uma chance a ti próprio.
Talvez te surpreendesses."

Mas eu já dei. Acho que terminei (até o voltar a ler) no final do ano passado um projecto que se arrastava há 6 anos. Iniciei outro, que está longe de chegar ao fim :P

Se como oportunidade, te referes a obter aprovação pública... não vejo isso como necessário.

  Pax

segunda-feira, fevereiro 04, 2008 4:30:00 da tarde

Referia-me não apenas à aprovação, também à partilha.
Mas é verdade, não será necessária para ti, eu é que (egoisticamente, claro), gostaria de ler.
:)
Eu até acho que quem escreve dá muito mais do que aquilo que poderá jamais receber em troca.
É uma partilha injusta.

  Jumpseat

terça-feira, fevereiro 05, 2008 6:53:00 da manhã

É por estas ( e por outras ;) que eu gosto de "ti", pá! :D:D:D

  Aline Cedrac

terça-feira, fevereiro 05, 2008 4:17:00 da tarde

Crest! OMG! Já não vinha cá há milhares de anos (a diferença horária entre o planeta Pickles e a Terra deixa-me louca!Salvo seja...)!
O pior para mim é que fiquei sem ler alguns dos teus textos, mas nada como esta tarde para me pôr em dia!
Epá, liberdade de expressão acima de tudo! Go Crest, go Crest, go Crest! Ok,eu acabei de imitar uma chefe de claque?!Geezmotherfuckingchrist! :D

Beijo!

O teu blog já é um (e)book :D E de elevada qualidade. Isso chega.

  Crestfallen

terça-feira, fevereiro 05, 2008 10:54:00 da tarde

Pax:

"Mas é verdade, não será necessária para ti"

Nem toda a gente gosta ou quer vender uma parte de si.

  Crestfallen

terça-feira, fevereiro 05, 2008 10:54:00 da tarde

Jumpseat:

Obrigado :)

  Crestfallen

terça-feira, fevereiro 05, 2008 10:55:00 da tarde

Aline Cedrac:

Olha está viva :)

  Pax

quarta-feira, fevereiro 06, 2008 1:21:00 da manhã

"Nem toda a gente gosta ou quer vender uma parte de si."

Exactamente!
Escrever qualquer pessoa o faz,ou poderá fazer; mas com talento para isso só mesmo quem lhe mete uma parte de si.
Indecentemente grande.

  Crestfallen

quarta-feira, fevereiro 06, 2008 3:02:00 da manhã

Pax:

"Escrever qualquer pessoa o faz,ou poderá fazer; mas com talento para isso só mesmo quem lhe mete uma parte de si."

Claro que sim, qualquer leitor atento sente as palavras de algo escrito com sentimento.

Houve um cantor, mais exactamente Kurt Cobain dos Nirvana (que não incluo no meu top de preferências),disse um dia, após ser acusado de não saber tocar guitarra e de fazer músicas básicas, de 4 acordes. Ele respondeu "Uma música pode ter só dois acordes, mas se sentires o que estás a tocar, as pessoas vão sentir também".

Um escritor mesmo mediano, se sentir o que está a escrever, as pessoas vão gostar. O problema em muitos casos é partilhar.

Já lí textos de escritores medianos, que nunca editaram, que me causaram pele de galinha.

O problema é querer partilhar.

  Pax

quarta-feira, fevereiro 06, 2008 12:13:00 da tarde

Na minha opinião, estás certo.
Nem sempre a genialidade está proporcionalmente relacionada com o reconhecimento público.
Em nenhuma arte, não falando só de literatura.
O Dali ou o Picasso não me arrepiam...no entanto, vi uma "tempestade de neve" no Prado que me fez sentir um frio inexplicável e não é, de modo algum, considerada das melhores obras de Goya.
Tem muito a ver com a nossa própria sensibilidade e com o estado de espirito do momento.

Quem tem talento sente uma necessidade compulsiva de criar, ainda que não necessite vender.
Não querer partilhar é um direito legitimo.

Beijos.

  Vanadis

quarta-feira, fevereiro 06, 2008 9:10:00 da tarde

Pá, a tua integridade não brinca em serviço!!

Confesso que se me fosse proposto escrever um livro, que ficava histérica. Desde que me pagassem os custos todos, obviamente.

Apartir do blog, não. Não é blog que desse livro.
Há blogues que dão bons livros, contudo.

  Crestfallen

quinta-feira, fevereiro 07, 2008 9:43:00 da manhã

Pax:

"Quem tem talento sente uma necessidade compulsiva de criar, ainda que não necessite vender."

O que e´ triste, e´ quem tem uma necessidade de partilhar aquilo que nunca deveria ser partilhado :)
.

  Crestfallen

quinta-feira, fevereiro 07, 2008 9:47:00 da manhã

Vanadis:

"Pá, a tua integridade não brinca em serviço!!"

Eu chamo-lhe, arrogancia ou egoismo :)

"Confesso que se me fosse proposto escrever um livro, que ficava histérica. Desde que me pagassem os custos todos, obviamente."

Se me fosse proposto escrever UM livro, seria muito diferente, de me proporem escrever O livro.

Nao aceito que me digam o que fazer. Se querem que eu crie algo, ate´ posso tentar criar, mas nao aceito que me digam o que criar e muito menos publicar algo que se encontra ja´ publicado, como e´ o caso do meu blogue.

Blogs, podem ser livros de cronicas, mas nenhum sera´ um bom livro, pelo menos um que eu leia.

  Pax

quinta-feira, fevereiro 07, 2008 11:36:00 da manhã

Também acontece, mas ainda mais triste é quem PAGA para ter algo que nem valia a pena ter sido partilhado...

  Crestfallen

quinta-feira, fevereiro 07, 2008 12:49:00 da tarde

Pax:

Podia fazer uma lista enorme, mas fico-me pelos livros da Solnado...

  Vanadis

quinta-feira, fevereiro 07, 2008 10:23:00 da tarde

O blogue do rafeiro é tipo crónica e já li o livro dele e gostei ;-p

  Crestfallen

sexta-feira, fevereiro 08, 2008 12:21:00 da manhã

Vanadis:

"O blogue do rafeiro é tipo crónica e já li o livro dele e gostei ;-p"

Um blogue pode resultar em livros de crónicas, como o do Rafeiro ou como os do MEC com as sua crónicas no Independente e Expresso (A causa das coisas, As minhas aventuras na républica Portuguesa e Explicações de Português).