Photoshopa-mos

Já aqui falei e critiquei os livros e filmes do Harry Potter que considero muito pouco originais com inspiração em obras anteriores, acusação essa de que a autora sempre se safou apesar de as provas serem claras. Safou-se muito ao estilo do Miguel Sousa Tavares onde as provas eram claras ao ponto de uma obra anterior ter mesmo um aprendiz de feiticeiro chamado Harry Potter. 

Mas Harry Potter não me irrita tanto quanto os livros e filmes Twilight em que a autora, Stephenie Meyer, diz ter sonhado com a história e o sonho que ela descreve ter tido a 2 de Junho de 2003 não é mais do que a base da série de livros de Charlaine Harris, The Southern Vampire Mysteries que começou a ser editado em 2001 tendo o 10° volume sido editado em 2010. Não digo que toda a obra seja um plágio, digo sim que o sonho que ela teve deverá ter sido depois de ler Charlaine Harris. A base se Twilight é uma cópia de uma obra anterior onde a única parte original da obra é também a parte mais estúpida... Vampiros que brilham ao sol.

Se eu sonhar que sou um vampiro e estou a ser entrevistado pelo Diário de Noticias contando a história da minha vida, será que estou a plagiar Anne Rice e o seu Entrevista com o Vampiro ou será que passo a ser original se descrever os vampiros como tendo 1 olho na testa e brilham no escuro?

Não me digam que está tudo inventado, que está tudo imaginado e que hoje temos de nos inspirar no já que foi feito para fazer algo novo, pois isso não é verdade. Não tenho nada contra ter uma obra inspirada noutra pois até Camões se inspirou em textos biblicos para muitos dos seus poema e sonetos. O que não concordo é que a actual moda de inspiração passe por furtar a base da história que depois é pintada com outras cores.

Mas vamos deixar este assunto e passar às mentiras visuais.
Um actor desenvolve o seu físico ao seu máximo de forma de maneira a desempenhar um papel num filme:



E mesmo depois de todo esse trabalho, acham que o máximo de forma do actor não chega e por isso apresentam-no assim:


Este corpo não é deste actor. Basta analisar a foto do actor quando era mais novo para perceber que os peitorais dele eram atrofiados e por mais que os desenvolva eles não iriam alargar.

Não consigo perceber como é que escolhem um actor com a cara e físico desejados para o filme, (não me venham falar de talento a representar, pois no Twilight não há talento), mas depois contratam duplos de corpo. Até a bela Angelina Jolie não é Jolie o suficiente para mostrar o corpo e recorrem a duplos como Rachel Bernstein para as cenas em Bikini e a Kate Clarke para cenas mais elegantes como a capa do Mr. & Mrs. Smith.

Não irei discutir com as insanas fãs radicais do Twilight, deixo-vos só com um jogo de "encontrar as diferenças":


Pintam-se as cuecas de preto, troca-se a cabeça e voilá, temos uma treta que ninguém irá descobrir pois o consumidor é burro... yeah, right...


13 Comentários:

  Ana C. Nunes

terça-feira, dezembro 14, 2010 4:30:00 da tarde

Fehr,
Concordo com certas coisas que dizes, mas sinceramente não vejo semelhanças nenhumas entre o Twilight e o Sangue Fresco.
A Stepehinie Meyer pode ter ido buscar a ideia a algum lado, mas não me parece que tenha sido aí, aliás, parece-me mais que ela misturou um pouco de várias obras e meteu o brilho ao sol lá pelo meio.

E o espectador não é burro, mas também não vai andar a certificar-se que todos os posters são fiéis. Eu, pelo menos, tenho mais que fazer do que babar-me para posters e tentar descobrir se são photoshopados ou não.

  Silly

terça-feira, dezembro 14, 2010 4:36:00 da tarde

Tanto os livros como os filmes não despertam interesse. São quase dolorosos! E sim, eu li/vi para poder criticar.
De qualquer forma Bruno, os vampiros são predadores, não creio que brilhar no escuro seja adequado. Mas talvez a Meyer goste disto, por isso não lhe dê ideias!

  M

terça-feira, dezembro 14, 2010 10:22:00 da tarde

A diferença é que um mostra o seu monte falo.. e o outro não. lol

  Bruno Fehr

terça-feira, dezembro 14, 2010 11:12:00 da tarde

Ana C. Nunes:

"sinceramente não vejo semelhanças nenhumas entre o Twilight e o Sangue Fresco."

Sangue Fresco, é assim que se chama em Portugal? Ahahaha
Eu nao disse que a história é semelhante, eu disse que a base é semelhante e a base do Twilight foi o sonho que a autora diz ter tido. O sonho era sobre uma mulher e um vampiro que estava apaixonado por ela, mas ele sentia desejo pelo sangue dela. Em Twilight a mulher lê pensamentos.
Qual é a diferença entre as duas obras? Sookie Stackhouse também se relaciona com um vampiro que tem momentos em que deseja o sangue dela e Sookie também lê pensamentos.
Coincidência ela ter sonhado com algo que alguém já tinha escrito? Talvez...

"E o espectador não é burro, mas também não vai andar a certificar-se que todos os posters são fiéis."

Não chamei burro ao espectador, foi ironia ao referir-me aos publicitários que acham que estão a lidar com idiotas. Não é preciso procurar, se a pessoa é famosa a foto está editada, sempre.

  Bruno Fehr

terça-feira, dezembro 14, 2010 11:12:00 da tarde

Silly:

"De qualquer forma Bruno, os vampiros são predadores, não creio que brilhar no escuro seja adequado."

É verdade, mas o ridículo vende e vende bem :)

  Bruno Fehr

terça-feira, dezembro 14, 2010 11:12:00 da tarde

M:

"A diferença é que um mostra o seu monte falo.. e o outro não. lol"

Mas pelo menos mostra o que é dele. O actor já lhe rouba o tronco, roubar o falo seria um abuso...

  I.D.Pena

quarta-feira, dezembro 15, 2010 1:19:00 da tarde

a mentira , o ridiculo o absurdo, fazem confusão agitam a mente , a sincronicidade também mas de forma diferente, gosto de saber que o meu raio x funciona por isso só me iludo quando me interessa basicamente, reparo que chateia muita gente esta máquina de fazer dinheiro, mas relembro que mesmo com as mensagens subliminares banidas as corporações usam nos seus meios de marketing criativos , fórmulas "mágicas" por serem matemáticamente "perfeitas" e isso nem sequer é debatido...
O processo de estupidificação é como um castelo de cartas , ou umas pálas para o ser humano mais domesticável paçifico passivo .
Se isto não fizer sentido :
"Só comentários que façam o mínimo de sentido e relacionados com o texto, serão publicados. "
QUANTO À SÉRIE mais sem sentido que existe agora na tv , uau eu tenho que dar os parabéns pessoais a quem fez tanta bullshitt , não existe palavra portuguesa é mesmo bullshitt , enche de bullshit as mentes dos adolescentes, eles mecanizam o processo e tornam-se maquinas de bullshitt por tempo por determinar . Como se copiam uns aos outros vai ser dificil determinar os autores a não ser que se vá de encontro às fontes, para aí na pensilvania ou assim. A história dos dráculas e dos vampiros tem versões a mais , sempre teve , e os que podiam contar bem contam mal de proposito e cada vez mais intensamente o pk é um porquê tenebroso.

  Diogo

quinta-feira, dezembro 16, 2010 2:33:00 da manhã

O que eu tenho feito com o Photoshop é meter uns buracos e uns pingos avermelhados nas cabeças de determinados políticos e banqueiros.

Nestes casos, o desejável é que o leitor consumasse a diferença.

  Moony

quinta-feira, dezembro 16, 2010 9:00:00 da tarde

Gostei bastante deste blog, adorei a escrita e os assuntos que aborda!

Em relação a este post, não tenho grande coisa a dizer pois só li os livros da Stephanie Meyer e não da outra autora. Mas em relação aos duplos concordo. E o pior de tudo é que conseguem enganar milhões de adolescentes e crianças que acreditam que os seu ídolos são realmente assim. Eu sou fã da saga Twilight, mas tenho olhos na cara para perceber o que é verdadeiro e o que é fictício.

  ψ Psimento ψ

sexta-feira, dezembro 17, 2010 2:09:00 da manhã

Plágio ou não o facto é que ambos os franchise que referiste conseguiram muito mais sucesso que as supostas copias por isso algo de inovador e melhor devem ter. Harry Potter leio desde de pequeno e fui acabando por gostar por me ter acompanhado ao longa da adolescência. De resto vampiros não é comigo, vi o dois primeiros filmes por curiosidade e estive bem perto de desistir a meio de cada um deles de tão básico e sem sentido que eram. Quanto à manipulação de imagens, é suposto os actores impressionarem os espectadores com os seus corpos fantásticos eu cá agradeço o Photoshop principalmente nesse caso que referiste ehehhe o rapazito antes era mesmo escanzelado. Abraços.

  ψ Psimento ψ

sexta-feira, dezembro 17, 2010 2:09:00 da manhã

Plágio ou não o facto é que ambos os franchise que referiste conseguiram muito mais sucesso que as supostas copias por isso algo de inovador e melhor devem ter. Harry Potter leio desde de pequeno e fui acabando por gostar por me ter acompanhado ao longa da adolescência. De resto vampiros não é comigo, vi o dois primeiros filmes por curiosidade e estive bem perto de desistir a meio de cada um deles de tão básico e sem sentido que eram. Quanto à manipulação de imagens, é suposto os actores impressionarem os espectadores com os seus corpos fantásticos eu cá agradeço o Photoshop principalmente nesse caso que referiste ehehhe o rapazito antes era mesmo escanzelado. Abraços.

  Blue...

sexta-feira, dezembro 17, 2010 11:39:00 da manhã

Eu até ia comentar este post,
Mas vou comentar o texto dos comentários... LOL
Só mesmo para não fazer sentido nenhum...
Bom, fraca capacidade argumentativa, isso só mesmo tu poderás avaliar posteriormente,
Não vendo aspirinas... por enquanto ;)
Costumo de facto trocar fluidos para resolver os meus problemas histéricos que qualquer mulher tem...:)
De facto já fui fanática religiosa, ultimamente ando mais numa onda digamos diferente... :)

Uma Excelente SEXTA FEIRAAAAA

Beijo Blue (Azul)

  S*

terça-feira, dezembro 21, 2010 12:45:00 da manhã

Gosto bem mais do modelito original... :P