Fehr e os telemoveis

Acho que não nasci para ficar preso ou ser localizado com facilidade. Já perdi a conta ao telemóveis que perdi ou que me roubaram. Este ano vou para o terceiro e tenho sempre tendência para perder os caros. Os telemóveis do tempo dos reis (anos 90) ainda os tenho todos.
O que é chato, tendo em conta que o telemóvel era novo, é que desta vez perdi todos os contactos.

Começo agora a perceber aquele sentimento de falta... O sentimento de andarmos nus na rua só por não termos aquela caixinha com a qual nos podem localizar. E isto acontece, porque ao estar fora da Alemanha não irei conseguir um cartão de substituição, mesmo que compre o telemóvel aqui.

É interessante que ao ficar sem telemóvel nunca me preocupo com quanto ele custou. A preocupação vai sempre para: "E se me ligarem?". Como se o facto de eu não estar contactável fosse de alguma forma contribuir para o fim do mundo...

A Nokia precisa de apresentar rendimentos ao final do ano, e eu devo ser um dos melhores clientes actualmente. Ficar até ao final das férias sem telemóvel poderá ser uma espécie de desintoxicação, pois digam o que disserem: O telemóvel é uma forma de dependência!



10 Comentários:

  Maldonado

domingo, julho 25, 2010 11:05:00 da manhã

Não deixas de ter uma certa razão...
Só perdi um telemóvel até agora, por isso compreendo bem a tua apreensão.
O high tech nunca substitui completamente o low tech, por isso recomendo-te que faças como eu:
Tenho uma agenda onde guardo todos os nºs e vou-a actualizando periodicamente.
Ando também com uma mini-agenda de bolso na minha carteira.
Portanto, caso aconteça algo ao meu telemóvel, tenho sempre um backup...

  Diogo

domingo, julho 25, 2010 11:57:00 da manhã

Muito antes dos telemóveis, nas aldeias e vilas todos estavam fisicamente próximos e para comunicarem bastava deslocarem-se umas centenas de metros. Hoje, o telemóvel substituiu isso na grande cidade.

  ceptic

domingo, julho 25, 2010 2:26:00 da tarde

:) e que tal aderir aos serviços de backup, que todas as operadoras têm disponíveis?

  Jane Doe

domingo, julho 25, 2010 10:51:00 da tarde

Posso-me rir da desgraça alheia, posso?
Ahahahahahah

Oh vida, tu não perdes os velhinhos porque nunca andas com eles!

Ok, vá é chato.

;)

  Vani

segunda-feira, julho 26, 2010 12:01:00 da manhã

não fosse o raio do telemóvel e nunca me encontravam a tempo de me encher de trabalhos urgentes de última hora... trabalho, trabalho, trabalho... devia era ter ido pra puta, rendia mais e ainda vendia livrinhos... :p

;-)

boas férias! ;-)

  Mafal∂a

segunda-feira, julho 26, 2010 12:57:00 da manhã

Eu penso que por algum motivo inconsciente queres mesmo estares sem ele (hahaha a psicanalista a falar!!) Já agora..estás de férias ou não?! ..então aproveita o silêncio de estar sem telemóvel.. é dos que eu mais aprecio!

  I.D.Pena

segunda-feira, julho 26, 2010 3:47:00 da manhã

Melhor perdido que roubado , mas imagina 1 mundo os telemoveis acabassem de vez será que o mundo acabaria ? NOT

  Ms. Myself

segunda-feira, julho 26, 2010 12:16:00 da tarde

Sem sombra de dúvida! Eu nao consigo andar sem o telemovel... Mesmo que seja um daqueles reles... Andar incontactavel é impensavel para mim... Normalmente ando com 2... qd um fica sem bateria troco logo para o outro... Detesto ficar naquela do:

"E se acontece alguma coisa a alguem e eu nao tenho o telemovel ligado? ou se me acontece a mim e nao tenho como contactar ninguem"

Pode ser mania ou telemovelodependencia mas sem o meu tlm eu sou nada! :)

Boas Férias!

  Streetwarrior

segunda-feira, julho 26, 2010 1:03:00 da tarde

Boas Bruno.
Isto é como tudo..sem nos apercebermos bem, acabamos completamente refens da tecnologia.
Por 1 lado é bom...~mas em relação ao telemovel,é da tecnologia que ainda bem que evoluiu a este ponto.
Normalmente temos a ideia de controle sobre nós,o que é verdade mas o telemovel é responsavel por salvar imensas vidas, no sentido que podes sempre pedir ajuda onde estiveres,para ti ou para desconheçidos e isso não tem preço.

Jà imaginaste o panico de precisares de ajuda médica e não teres a porcaria de 1 tlmv á mão?
Irónico hoje em dia,visto que todos têm , daí a não se dar o devido valor.

Nuno Guerreiro

  Kohinoor

segunda-feira, julho 26, 2010 5:08:00 da tarde

Compreendo perfeitamente essa desintoxicação! O meu PC pifou na semana passada e fiquei este fds sem acesso a e-mail, net, etc. Acabou por se tornar num dos melhores fins de semana que eu vivi! O Tim Ferris tem razão quando recomenda a "eliminação"! ;)

Boas férias!