Bastidores da música (Parte 19) Tupac Shakur 3

Há quem diga que Tupac Shakur está vivo, todas estas teorias de Tupac, Elvis, Jimmy Hendrix, Janis Joplin, Kurt Cobain, etc, estarem vivos são  propaganda propositada para distrair os fãs. Enquanto ponderam e investigam a possibilidade destas pessoas estarem vivas, não ponderam e investigam as suas mortes. No caso de Tupac Shakur, a teoria de ele estar vivo foi causada inicialmente pelo relatório da sua autopsia ter alguns erros de destaque. O relatório de autopsia diz:


 (Relatório da autopsia da morte de Tupac Shakur)

1- Que Tupac tem 72.00 inch (1,82m) de altura.
2- Que Tupac tem 215 lbs (97,5 Kg) de peso.

Vamos confirmar com a foto dele com a tabuleta identificativa após a sua prisão:



Estes dados estão errados, pois ele tinha 5' 11'' (1,80 m) de altura e 154 lbs (69,9 Kg) de peso. Mesmo que ele tivesse engordado o seu aspecto físico não aparentava ter 27,7 Kg a mais,  mas pronto, vamos supor que sim... no entanto, certamente na morte as pessoas não crescem 2,5 cm. Estes erros foram possivelmente propositados para criar o mito e distrair as pessoas sobre a morte, fazendo-as buscar provas de ele estar vivo.

Tupac está morto e mesmo que não estivesse a autópsia que é obrigatória certifica-se que ninguém vai para a cova num estado da catalepsia, pois se não morreu antes, morre durante. Não há dúvidas!

Mas o que se passou antes de ele morrer?
O seu empresário era Suge Knight, um homem com um longo cadastro criminal e dono de 50% da Death Row records. Um dos crimes que ele cometeu foi o de ter sob ameaça obrigado Vanilla Ice a assinar um documento que lhe dava direito sobre todos os Royalties da música "Ice, Ice Baby", uma música recordista de vendas e o primeiro single Hip-Hop no numero 1 da Billboard, foi com estes royalties que Suge passou de um mero criminoso a multi-milionário. Este empresário tinha controlo sobre Tupac Shakur, Snoop Dog e Dr. Dre (Dr. Dre foi o primeiro rapper a assumir-se como membro da maçonaria Americana). Dr. Dre deixou este empresário e criou a sua própria editora e Suge Knight disse que não queria saber quem o deixava pois ele só se importava e precisava de Tupac Shakur.

 (Tupac Shakur, Snoop Dog e Suge Knight)
Suge Knight tinha um inimigo e esse inimigo era Puff Daddy, hoje conhecido como P.Diddy, pois ele era também empresário de vários rappers. Esta guerra levou Suge a convencer Tupac a entrar num jogo, o da rivalidade entre rappers da costa Este e Oeste, guerra esta que era uma farsa, era uma guerra de palavras e publicitária que ajudava ambos os lados a vender mais.

Algum tempo antes da morte de Tupac, ele deu uma entrevista expondo a farsa da guerra East Side, West Side, vejam essa entrevista:



Reparam bem no homem que está a seu lado, ele é Snoop Dog. Viram como Snoop Dog estava assustado, nervoso, ele estava assim pois sabia que Tupac estava em perigo. E estava mesmo, pois 2 dias depois desta entrevista, Tupac foi atingido com 5 de 12 tiros. Esta é a última foto tirada a Tupac 20 minutos antes do atentado. Ele está dentro do carro de Suge Knight  com este a conduzir:


A foto seguinte foi após o atentado:


Após a morte de Tupac, The Notorious B.I.G. foi implicado pela imprensa na morte de Tupac devido à rivalidade East/West Coast. Como resposta B.I.G. deu uma entrevista a ridicularizar o seu envolvimento:



Vejam bem que é o homem ao lado de B.I.G., é Puff Daddy e vejam bem a cara dele, está tal como Snoop estava ao lado de Tupac na entrevista anterior, está assustado, desconfortável, nervoso pois ele sabe o que aconteceu. B.I.G. está neste vídeo a falar do primeiro atentado contra Tupac, em que ele foi atingido também com 5 tiros 2 anos antes, mas foi resgatado para o hospital como energias suficientes para passar a seguinte mensagem:

 (Primeiro atentado contra Tupac a 30 de Novembro de 1994, atingido com 5 tiros)

Tupac recuperou deste atentado e acusava Puff Daddy de estar envolvido, acusava B.I.G. de ter conhecimento do envolvimento de Puff Daddy de intencionalmente o proteger.  O New York Times chegou a apresentado uma reportagem que apontava para Puff Daddy como sendo o principal suspeito.
B.I.G. após a morte de Tupac, lamentou-a, e deu inicio a uma campanha a ridicularizar a história da morte de Tupac estar relacionada com o conflito East/West Coast e por este motivo 6 meses depois, BIG foi morto da mesma forma que Tupac. Antes de tudo isto, BIG e Tupac já tinham sido amigos e trabalhado juntos. No fundo a guerra era unicamente na imprensa e só alimentava a industria da música.


 (The Notorious B.I.G. & Tupac Shakur)


Próximo texto: Parte 20 - Tupac Shakur 5

6 Comentários:

  Lize

domingo, abril 18, 2010 1:10:00 da tarde

Bem, voltei ao universo dos blogs, e vai ser complicado manter-me a par de tudo o que tens escrito por aqui, mas estes "Bastidores da música" estão muito, muito interessantes.
De certa maneira é uma "pena" que tudo aquilo que vende (muito) acaba manchado por guerras de marketing ou de dinheiro. A música e o desporto (futebol, no caso português) são meros exemplos. E assim vai continuar porque apesar de não ser correcto, há sempre gente para consumir.

  Mau Feitio

domingo, abril 18, 2010 3:22:00 da tarde

Esta história é impressionante. Não sabia. Não fazia ideia que tinha sido assim.

  Nuno Guerreiro

domingo, abril 18, 2010 7:58:00 da tarde

Olá Bruno.
Apesar de não comentar em todos os vídeos,gostaria que soubesses que leio-te atentamente e diariamente,por isso não penses que escreves só para 5/6 pessoas.
Muitos de nós,apesar de não comentar-mos, seguimos o que escreves.

Carrie on, Carrie on, please.

1 abraço

Nuno Guerreiro

  Mistal

segunda-feira, abril 19, 2010 9:22:00 da tarde

Ola Bruno
Não tenho comentado pois nem sempre tenho tempo e prefiro ler o que vais publicando mas não poss deixar de dizer que estou a gostar bastante da tua analise em relação ao Tupac. A guerra East\West Coast foi sempre algo que nunca compreendi verdadeiramente e só ser associada a gangs e armas sempre achei que por trás tinha de estar uma potente maquina de fazer dinheiro e gerir interesses.

  Flor

quarta-feira, abril 21, 2010 11:29:00 da tarde

O relatório da autópsia menciona que Tupac Shakur tinha o cabelo castanho.
Se este relatório é real ou falso, não sei.

Mas o Tupac tinha o cabelo preto...

  Anónimo

quinta-feira, junho 04, 2015 6:02:00 da tarde

Muito legal.
aprendo mais coisas sobre tupac e b.i.g