Desapareceu!


Com já devem ter reparado, eu sou desconfiado por natureza, perdi muita da minha fé na honestidade do ser humano.

Nunca fiz um texto sobre a Maddie, mas não acredito no seu rapto. Nunca fiz um texto sobre a menina cigana, que nem sei como se chama, devido à falta de cobertura mediática, pois sentir-me-ia tentado a fazer uma comparação com o caso da Maddie, caso do qual me recuso a falar, pois iria ser tudo menos simpático.

Hoje e ontem, recebi 6 vezes, SEIS. O mesmo E-mail, sobre o desaparecimento de uma menina Portuguesa, passo a transcrever o E-mail:

"Bom dia

Caros Amigos e colegas

Em anexo envio fotografia de uma menina de 13 anos, prima de uma colega nossa da Divistop, que se encontra desaparecida desde o dia de ontem, 24/03/2008, às 16.00h.

Agradeço que divulguem a fotografia por amigos, familiares e conhecidos, para que a possamos encontrar o mais rápido possível.

Não podemos esquecer que isto pode acontecer a qualquer um.

Por favor se souberem do seu paradeiro, contactem tlm 96 3572262 (Marta Leite - Prima), (Sandra - mãe) 93 3729335 e (Luis Pai) 93 4053332.

Grato pela V/ ajuda.

Cumprimentos,

Vítor Figueiredo

B.P.N. Crédito/Divistop

Dep. Recuperação e Gestão de Créditos.

vitor.figueiredo@divistop.pt

vfigueiredo@creditus.pt

Ext:223018

Tlf-225512739 Fax-225512734"

Desculpem mas isto cheira-me a esturro. Duvido seriamente da vontade de achar esta criança. Eu nem digo que ela não desapareceu, pois isso é algo que nem tentei confirmar, mas digo que não me parece um esforço sincero de a achar.

O e-mail começa por :

"bom dia".

Acho que nem preciso de referir, que alguém preocupado com uma criança, não iria iniciar um e-mail assim.

"Em anexo envio fotografia de uma menina de 13 anos"(...)"que se encontra desaparecida desde o dia de ontem, 24/03/2008, às 16.00h".

Pelo menos colocaram a data, ou ficava toda a gente sem saber que dia foi o ontem a que o E-mail, se refere.

"Agradeço que divulguem a fotografia por amigos, familiares e conhecidos, para que a possamos encontrar o mais rápido possível".

A foto da criança, não é facilmente divulgada, é-nos enviada em PDF, que documentação, esperam proteger? Porque não enviar o E-mail com a foto no próprio Email ou pelo menos em formato de foto, Gif ou JPEG, que seriam os formatos normais. Eu até poderia divulgar a foto, mas para isso, teria de comprar um programa que não preciso, um programa que nos permite desbloquear ficheiros PDF.

Já agora, devo referir que a foto enviada, além de ser de má qualidade é a preto e branco. Porque não enviar uma foto com qualidade? Pelo menos a cores!

Eu, neste caso tenho as minhas dúvidas. Se uma criança desaparece, não basta dizer que desapareceu, há que a descrever, há que dar detalhes, acompanhada de uma foto decente.

A menina é Portuguesa e tem 13 anos, desapareceu no dia 24.03 e mais nada nos é dito, como se isto bastasse. Mas eu pergunto:

Desapareceu de onde?
Como se chama?
O que tinha vestido?
Cor de cabelo?
Cor de olhos?
Marcas características?
Onde foi vista pela última vez?

Ao olhar com atenção para o final do E-mail, parece dizer-me "se tiver alguém que lhe deva dinheiro, também pode entrar em contacto comigo". É estranho quando o esforço para descrever a sua empresa é maior do que aquele com que descreve o desaparecimento. Sim eu sei que é uma assinatura, automática, mas há necessidade?

Cheira-me a esturro, parece-me mais uma causa comercial do que humanitária!

72 Comentários:

  Sunshine Jana

terça-feira, abril 01, 2008 11:58:00 da manhã

Olá, sou a Jana, tenho lido alguns dos teus textos e gosto do que leio; para além do nexo, o fantástico sentido de Humor!
Sabes, isto faz-me lembrar aquela estória do que se faz passar por cego há porta da igreja, e que Deus me perdoe, mas hoje em dia cada vez mais se tenta causar culpa no coração alheio para atingir sei lá que fins...como os santinhos que nos trazem sempre a má sorte se quebrarmos a corrente já não resultam, apareceu uma nova filosofia de marketing que voa directamente para a nossa consciencia com os sangues raros e os meninos desaparecidos...se tudo fosse verdade os media acusavam...digo eu!

  Foi Bom

terça-feira, abril 01, 2008 12:10:00 da tarde

Dou pouco credito a situaçoes destas, assim como aos mails de pedidos de sangue, ou de crianças com doenças raras ou queimadas (onde pedem para repassar os mails que as familias ficam com uma certa percentagem de lucro, bla bla bla)! Se uma das minhas crianças desaparecesse, certamente usaria a net para fazer passar a mensagem, mas decerteza absoluta que os meios de comunicaçao social, assim como a policia, seriam os principais meios utilizados para tentar encontra-las!

  pax

terça-feira, abril 01, 2008 1:19:00 da tarde

Infelizmente, também não dou crédito a estes e-mails.
Actualmente, quando percebo que é algo no género, nem abro. Abri os primeiros e no fim vinha sempre um nº de conta bancária... o que demonstra a real intenção.
E digo infelizmente porque, um dia, poderia ser mesmo algo verdadeiro e que se pudesse, realmente, fazer algo útil mas, também infelizmente, há seres humanos que não olham a meios para atingir certos fins.

  PsYcHo_MiNd

terça-feira, abril 01, 2008 3:14:00 da tarde

Tudo é pretexto (e ainda mais agora o uso de casos de desaparecimentos) para fazer passar uma mensagem, publicidade ou ganhar dinheiro directamente. Usam a consciência das pessoas para atingir tal fim, mas depois quando a causa é realmente séria e que se espera contar com a ajuda de todos é difícil de acreditar com tudo o que circula por ai sendo falso. É cada vez mais difícil de se confiar nas pessoas!

  Vício

terça-feira, abril 01, 2008 6:17:00 da tarde

eu também o recebi e foi directo para o lixo!
nem faço parte da PJ nem nada!

  Anónimo

terça-feira, abril 01, 2008 7:25:00 da tarde

Se é verdade ou não, pouco importa.
O que é facto é que o meio de divulgação não me parece o mais correcto nem o mais eficaz.
Há meios muito mais rápidos de divulgação de crianças perdidas, ou que alguém levou, sabe-se lá para onde e com que fim.
Infelizmente , quem estiver atento à imprensa diária, toma conhecimento de alguns destes casos.
Mas, valendo-se do apelo ao sentimentalismo dos outros e da sua generosodade, há muita gente a encher a conta bancária à custa dos bem intencionados e altruistas.
Cada vez ando mais desconfiada com tudo quanto seja peditório, angariação de fundos e causas individuais que precisam de ajuda.
Ainda hoje veio no jornal a notícia da mãe do menino azul. Segundo parece, houve uma firma que lhe deu uns milhares de euros para serem utilizados na doença da criança. Afinal, tal não aconteceu. Agora querem levar a mãe da criança ao banco dos réus.
.....
Há uns anos, encontrava todos os dias no metro um rapaz novo, que (era) aleijadinho. Andava mal vestido e angariava bastante dinheiro. Algumas vezes contribuí. Até que um dia, ao passar por Cascais, deparo com alguém cuja fisionomia era idêntica.Lavadinho. Bem vestido. E não era deficiente... Fixei bem o indivíduo e reparei que ele tinha uma pequena mancha mais escura por baixo de uma orelha.
Ao meu marido também pareceu o pedinte do metro. Na semana seguinte lá estava ele,mal vestido e todo distorcido. E a mancha veio confirmar as minhas suspeitas.
Fiquei revoltada. Ao que as pessoas chegam para obterem dinheiro fácil.
E cheguei à conclusão que parvos são os que acreditam nessas aldrabices.
Quanto à Maddie: eu não acredito que esteja viva. Acredito que tenha sido morte acidental, mas que os pais esconderam o corpo antes de se desfazerem dele. O local será, certamente, impossível de localizar por quem quer que seja.E eles sabem bem o que fizeram, chegando ao ponto de provocarem a PJ para que justifique o que alegam, e que se têm tantas certezas, que descubram o corpo. E, encobertos pelas altas patentes do reino de sua majestade, o caso vai morrer assim...o pai continua a exercer medicina e a pobre da criança é que se foi, sabe-se lá para onde!Talvez tenha dado de comer a muitos peixinhos ou até cremada nos fornos do alemão que cremava os cãezinhos dos ingleses do Algarve.
Já disse muito mal.

boa semana
Turbolenta

  A Grafonola

terça-feira, abril 01, 2008 7:41:00 da tarde

E porque não dar o benificio da dúvida? Afinal, encheu a folha de contactos. Pode ter escrito o mail à pressa, sem pensar muito bem. Pode não saber exprimir-se muito bem.

Não concordo qd dizem que a net não é um meio eficaz de divulgação. Claro que é! E uma pessoa arriscava-se assim a dar os contactos de toda a gente, mais empresa e mais não sei o quê para depois ser tudo mentira? qual é o objectivo? aqui não pedem dinheiro, pedem que se olhe para a foto de uma rapariga q desapareceu.

Nem sempre os jornais e as tvs estão interessados nas mil e tal crianças que desaparecem todos os anos...veja-se o caso do Rui Pedro. Voltou à baila e única e exclusivamente porque? Porque a maddie começou a ser badalada. E como soube eu do Rui Pedro? Através de um e-mail que podia ser quase gémeo deste.

Que a pessoa pode revelar pouca vontade de encontrar a criança...talvez, não sei, pois não conheço os dotes literários da pessoa que o escreveu.

Mas cada um é livre de escolher, lógico. Eu escolhi reenviar porque me pareceu ilógico que fosse falseado, com tantos contactos que são dados no mail.

Quanto à assinatura dele ou da empresa dele ou tal, pode ser automática. Ou ele ter-se esquecido de a tirar.

  Noivo

terça-feira, abril 01, 2008 9:15:00 da tarde

eu vou ser franco: nem reenvio, nem leio, simplesmente pq parece mais uma forma de spam do que outra coisa.

  Teté

quarta-feira, abril 02, 2008 12:36:00 da manhã

Também recebi um mail desses e, ainda há poucos dias, outro de outra menina que já circula na net pelo menos há um ano - uma miúda dos seus 5 anos, em cuecas, com umas florzinhas de papel na cabeça e nas mãos. Curioso é que também vem de um banco, de Braga, mas o nº de telefone para contacto é de Lisboa. E para averiguar se os telefones existem e se a situação é real há que ter tempo, paciência e estar na disposição de gastar dinheiro em chamadas...

Já há muito tempo que deixei de reenviar esses mails, porque, tal como tu, desconfio bastante da veracidade desses casos. Bem percebo a boa intenção de quem os reenvia...

Por outro lado, um cunhado meu aqui há uns anos trabalhava na Ericsson, no sector dos telemóveis, que estava a despedir pessoal. E correu um mail que a Ericsson ia dar 50 telemóveis às primeiras 50 pessoas que aparecessem à porta das instalações. Nem imaginas o que foi de gente, lá a bater à porta durante meses, e durante uns dias as linhas telefónicas fixas ficaram cortadas por sobrecarga... Enfim, este desconfia-se que foi algum dos despedidos, por vingança, mas os outros não faço a menor ideia qual é o intuito...

Tenho lido os teus posts, do Ariel (que a propósito é o que uso, em líquido com cheiro a sabão natural, porque gosto), da diferença entre homens e mulheres em acabar relacionamentos (dar um tempo é mesmo conversa da treta), mas não tenho comentado muito, olha, porque não tem calhado, porque se mete outra coisa, sei lá...

Mas gosto sempre de te ler, está claro! :)))

  Moyle

quarta-feira, abril 02, 2008 1:32:00 da manhã

eu passei o post todo à espera do momento em que apareceria um NIB para contribuir para as buscas. ahco que ainda tenho menos fé na humanidade que tu.

  crazy_girl

quarta-feira, abril 02, 2008 2:16:00 da manhã

Hum... Isto realmente fez me pensar bastante, qual a minha atitude perante este tipo de mails e situações?? Por natureza sou desconfiada, mas todos nós receptores deste tipo de informação, quer na Internet, quer no caso dos pedintes, etc, estamos sempre numa posição difícil, porque em qualquer um dos casos corremos o risco de acertar ao lado.
Quero eu dizer com isto, corremos o risco de passar por pessoas frias e sem sentimentos de solidariedade social, em que poderíamos ser um meio de ajuda, ou então corremos o risco de sermos pessoas ingénuas que acreditam nas coisas que nos põem à frente.
Entre estas duas hipótese acho que fico pelo meio, desconfio e ao mesmo tempo quero acreditar que ainda há pessoas nobres intenções.
A verdade e a mentira cada vez mais andam de mão dadas, e já não sabemos qual é qual, até os Media ludibriam as nossas mentes, por isso volto a dizer, estas situações confundem me muito, e em caso de dúvida prefiro não arriscar em acreditar nas intenções de quem quer que seja...

Pax:
"também infelizmente, há seres humanos que não olham a meios para atingir certos fins."

Apesar de me contrariar, por um comentário que fiz no post do "Ponto final", dou te razão a ti e ao Crestfallen, realmente há meios que não justificam os fins.

Bejokas

  Abobrinha

quarta-feira, abril 02, 2008 2:55:00 da manhã

Crestfallen

Também nunca passo esses e-mails... mas já me chegaram às mãos 2 que eu sabia serem reais. Ambos os casos acabaram com brevidade e muito mal: ambos foram de facto encontrados, mas mortos (um até acho que foi suicídio).

  Abobrinha

quarta-feira, abril 02, 2008 2:56:00 da manhã

(eram ambos jovens adultos, algures nos 20-30 anos)

  Erotic Spirit

quarta-feira, abril 02, 2008 3:00:00 da manhã

Think you right - as a mother I can not ever imagine myself writing such a cold note - think I cannot imagine myself writing anything if my daughter was missing for 1 day - would probably be reaching clinical madness at the police station - begging on the phone to anyone I kown that could help... people react differently but still the loss or the prospective of lossing a child has to be just about the most devastating thing a parent can ever experience - think you lose yourself rigt along with that loss

  pax

quarta-feira, abril 02, 2008 8:56:00 da manhã

crazy_girl:

Olá, eu acho que a vida ou a segurança de uma criança deveriam ser sagradas para qualquer adulto do planeta, por isso me custa tanto compreender como há certos "seres" (que nem humanos posso considerar) que usem esse "sagrado" da maior parte das pessoas para conseguirem lucros financeiros.
Até aposto que, de consciência tranquila, se acham o máximo no que diz respeito ao sucesso nos "negócios".
Infelizmente também fazem parte do nosso mundo e acabam por influenciar-nos no sentido de nos tornarem mais frios e menos colaborantes perante casos que, poderiam ser até ser reais, mas (por culpa deles) deixámos de acreditar.

  Ana Reis

quarta-feira, abril 02, 2008 1:20:00 da tarde

Bom dia!

O caso até pode ser verídico,mas o fulano que escreveu a mensagem fê-lo de uma forma demasiado fria e que não fala minimamente ao coração,nem dá vontade de contribuir!
Tudo bem,o gajo é bancário,ou consultor,whatever,não trabalha com palavras mas sim com números...Então que fosse uma pessoa mais apata e literada a passar a comunicação para que ao menos,quem quisesse ajudar,pudesse perceber as circunstâncias em que a situaão decorreu.
Normalmente não contribuo neste géneros de pedidos.Até porque sem dúvida que a net é um excelente meio de comunicaçõa que chega a imensas pessoas,mas a tv está ao dispor de todos e prontinha a agrrar casos mediáticos que lhes possa trazer audiência.Se acho isso bem?Não ,péssimo,acho um teatro deprimente o que aconteceu,por exemplo,no caso Madie.Mas se o objectivo é dar nas vistas,chamar a atenção e arrecadar dinheiro, a tv continua a ser a melhor forma de divulgação.Embora nem sempre sejam veridicos vemos os casos mais esclarecidos,vemos caras,vemos a realidade,embora ás vezes distorcida.
Não vou contribuir,até porque neste momento quem precisa de passar uma divulgação de pedido de ajuda monetária sou eu,e não deve faltar muito!

Beijos e Keijos

PS:Lembrei-me agora de te dizer que apesar do estado preocupante da minha loja adoptei uma menina da Índia no site que recomendas-te.E tu,sabes alguma coisa da tua afilhada?Beijos

  Afrika

quarta-feira, abril 02, 2008 1:31:00 da tarde

Nao reenvio nenhum desses mails, nao reenvio porque normalmente e' exactamente o que eles dizem para ser reenviados. Nao ha nome, morada, numero de telefoone pra contacto, nome da crianca, idade o que vestia na altura e onde foi vista pela ultima vez!... so me aborrece que o pessoal que me envia esse lixo nao pare um minuto pra pensar que isso nao passa de treta como aquela do reenviar milhentas vezes o mesmo mail sobre a crianca queimada a microsoft doara nao seu quantos centimos por cada mail! Onde raios temos nos o cerebro?!
E por falar em desaparecidos... onde andas tu?! Espero que tenhas uma boa desculpa! LOL

  Amsilva

quinta-feira, abril 03, 2008 1:48:00 da manhã

estou mais na da publicidade

mas se for mesmo um desaparecimento que pelo menos façam as coisas de maneira mais facil !

  luafeiticeira

quinta-feira, abril 03, 2008 2:44:00 da manhã

E a foto?
Beijos da grande padeira de Aljubarrota.

  A Grafonola

quinta-feira, abril 03, 2008 5:03:00 da tarde

helloooooooooooo...desapareceu...

  anatcat

quinta-feira, abril 03, 2008 7:46:00 da tarde

sim, é suspeito...

(desapareceu anatcat
foto em anexo do natal 1993
se não conseguir abrir o ficheiro, olhe deixe lá isso...
aqui está o NIB/IBAN/SWIFT...)

bjs
Ana

  pax

sexta-feira, abril 04, 2008 10:58:00 da manhã

Acho que deveriamos começar a procura do Crest pelo Tibete...
o Dalai Lama tem andado com um olhar muito suspeito... e não me parece que seja por causa dos jogos olimpicos...
:)

  A Grafonola

sexta-feira, abril 04, 2008 1:08:00 da tarde

Crest, foste aos jogos olimpicos??...

  Ana Reis

sábado, abril 05, 2008 12:38:00 da tarde

Para que conta é que devemos mandar donativos para procurar o Crest?
Tenho aqui uns centimos para contribuir...:)

  Schlumpy

sábado, abril 05, 2008 9:15:00 da tarde

Mas também começa por "caros amigos e colegas", ou seja não era destinado ao público em geral. Provavelmente até começou por ser um email interno na empresa...

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 2:27:00 da tarde

Sunshine Jana:

Olá Jana e obrigado.

"Sabes, isto faz-me lembrar aquela estória do que se faz passar por cego há porta da igreja, e que Deus me perdoe, mas hoje em dia cada vez mais se tenta causar culpa no coração alheio para atingir sei lá que fins..."

Aqui existe uma praga de surdos-mudos Albaneses a pedir nos restaurantes, a malta dá dinheiro por pena e eles nem mudos, nem surdos. Há dias um foi exposto, pois um dos clientes sabia linguagem gestual e percebeu que o surdo-mudo só fazia gestos sem nexo!

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 2:28:00 da tarde

Foi Bom:

"Se uma das minhas crianças desaparecesse, certamente usaria a net para fazer passar a mensagem, mas decerteza absoluta que os meios de comunicaçao social, assim como a policia, seriam os principais meios utilizados para tentar encontra-las!"

Exacto, mas neste caso, como parece ser um desaparecimento virtual, eles buscam só na net.

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 2:29:00 da tarde

pax:

"E digo infelizmente porque, um dia, poderia ser mesmo algo verdadeiro e que se pudesse, realmente, fazer algo útil mas, também infelizmente, há seres humanos que não olham a meios para atingir certos fins."

Don´t cry "wolf", pois um dia ninguém irá ligar.

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 2:31:00 da tarde

PsYcHo_MiNd:

"...mas depois quando a causa é realmente séria e que se espera contar com a ajuda de todos é difícil de acreditar com tudo o que circula por ai sendo falso."

É verdade, existe um epidemia de pedidos de ajuda, as pessoas estao a ficar saturadas de caridade.

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 2:32:00 da tarde

Vício:

"eu também o recebi e foi directo para o lixo!
nem faço parte da PJ nem nada!"

Nao fazes? Ora bolas!

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 2:40:00 da tarde

Turbolenta:

"Ainda hoje veio no jornal a notícia da mãe do menino azul. Segundo parece, houve uma firma que lhe deu uns milhares de euros para serem utilizados na doença da criança. Afinal, tal não aconteceu. Agora querem levar a mãe da criança ao banco dos réus."

O puto é realmente doente, mas tem recebido ajudas de imensa gente, privados e empresas. É triste que uma mae retire proveito da doenca de um filho.

Quanto a pedir no metro, há uns 5 anos foi entrevistado um desses rapazes, ele andava com um braco ao peito mas que nao estava partido e disse que ganhava nos meses de verao 300 contos, ora isso sao 1.500 Euros. O engracado é que ele andava a pedir com um casaco de penas Duffy, que na altura eram carissimos e mesmo assim, davam-lhe dinheiro.

"O local será, certamente, impossível de localizar por quem quer que seja."

Mas existem suspeitas, a tal Igreja que foi acimentada, a qual o PJ nao pode/quer investigar, por dizer nao ter jusísdicao. A igreja pode ser inglesa e protestante, mas está em território nacional.

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 2:48:00 da tarde

A Grafonola:

"E porque não dar o benificio da dúvida? Afinal, encheu a folha de contactos. Pode ter escrito o mail à pressa, sem pensar muito bem. Pode não saber exprimir-se muito bem."

Muita coisa nao bate certo. O e-mail só por si é inútil. Escreveu o texto à pressa? Ele usou mais tempo a fazer o PDF da foto do que a escrever o texto.

"E uma pessoa arriscava-se assim a dar os contactos de toda a gente, mais empresa e mais não sei o quê para depois ser tudo mentira?"

Imagina que eu te devo 5.000 Euros, aqueles contactos sao de uma empresa de recuperacao de crédito.

"qual é o objectivo? aqui não pedem dinheiro, pedem que se olhe para a foto de uma rapariga q desapareceu."

Existe publicidade. O que pedem é para divulgar uma foto que nao pode ser divulgada publicamente, só por e-mail. A nao ser que alguém perca tempo a passar de PDF para JPEG.

"veja-se o caso do Rui Pedro. Voltou à baila e única e exclusivamente porque? Porque a maddie começou a ser badalada."

Quando ele desapareceu, foi publicitado. Esta menina nao. Ao desaparecer uma crianca e quando a queixa é apresentada na PJ, a PJ usa o tempo de antena da RTP para passar a mensagem. Aquele anúncio que todos conehcemos "desapareceu de casa dos seus pais, etc, etc, etc"

"E como soube eu do Rui Pedro? Através de um e-mail que podia ser quase gémeo deste."

Eu soube do Rui Pedro pela counicacao social. Os e-mails apareceram só, quando se deu o caso da Maddie. Ou seja, mesmo quem comecou esses e-mails, tinha esquecido o caso!

"Que a pessoa pode revelar pouca vontade de encontrar a criança...talvez, não sei, pois não conheço os dotes literários da pessoa que o escreveu."

Dotes? Para escrever o nome e de onde ela desapareceu, nao é preciso ser-se um Pessoa. O e-mail chegou aqui à Alemanha e eu nao sei de onde a crianca desapareceu. Do minho? do algarve?, da sibéria?

"Quanto à assinatura dele ou da empresa dele ou tal, pode ser automática. Ou ele ter-se esquecido de a tirar."

Pode ser e pode nao ser. Tal como a crianca pode ter desaparecido ou nao.

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 2:49:00 da tarde

Noivo:

"eu vou ser franco: nem reenvio, nem leio, simplesmente pq parece mais uma forma de spam do que outra coisa."

É spam.

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 2:52:00 da tarde

Teté:

"Curioso é que também vem de um banco, de Braga, mas o nº de telefone para contacto é de Lisboa. "

ahahaha :P

"Enfim, este desconfia-se que foi algum dos despedidos, por vingança"

Ahahaha, excelente ideia :)

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 2:52:00 da tarde

Moyle:

"eu passei o post todo à espera do momento em que apareceria um NIB para contribuir para as buscas. ahco que ainda tenho menos fé na humanidade que tu."

Ehehehe

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 2:56:00 da tarde

crazy_girl:

"Quero eu dizer com isto, corremos o risco de passar por pessoas frias e sem sentimentos de solidariedade social, em que poderíamos ser um meio de ajuda, ou então corremos o risco de sermos pessoas ingénuas que acreditam nas coisas que nos põem à frente."

Sou um pouco de ambos, nunca recuso uma esmola na rua, a nao ser que olhe para a pessoa e desconfie, o mesmo se passa na net.

A minha primeira impressao das pessoas, seja visual, auditiva ou lida é muito importante, crio um perfil do qual gosto ou nao gosto e se nao gosto, está tudo fodido! Até hoje, nunca me enganei, mas pode chegar o dia.

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 2:57:00 da tarde

Abobrinha:

Isso também acontece. Mas qualquer jovem com mais de 18 anos "é livre" de desaparecer e a policia limita muito as buscas.

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 2:59:00 da tarde

Erotic Spirit:

And when a parent could right a letter or e-mail asking for help, he doesn´t need to be a great writer to touch peoples hearts.

When you feel the message you are trying to pass, people will feel it too.

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 3:07:00 da tarde

Ana Reis:

"Bom dia!"

Finalmente, hoje nao acordaste assim tao bem disposta, falta o "alegria".

"mas o fulano que escreveu a mensagem fê-lo de uma forma demasiado fria e que não fala minimamente ao coração,nem dá vontade de contribuir!"

Concordo.

"Tudo bem,o gajo é bancário,ou consultor,whatever,não trabalha com palavras mas sim com números...Então que fosse uma pessoa mais apata e literada..."

Bastaria sentir, nao precisa ser bom com palavras. Aquela mae que juntamente com o irmao matou e desfez o corpo da sua própria filha, nao era boa em palavras, mas comoveu Portugal.

"Não vou contribuir,até porque neste momento quem precisa de passar uma divulgação de pedido de ajuda monetária sou eu,e não deve faltar muito!"

A honestidade é o melhor meio.

Um dia em St.Pauli, que é a cidade de divertimento noturno dentro de Hamburgo, um punk veio ter comigo e pediu-me dinheiro. Até aqui tudo normal, os punks estao sempre a pedir dinheiro e eu nunca dou, mas a este dei. Dei porque ele foi honesto, pediu-me trocos, pois queria comprar "erva". Muitos nao dariam, eu dei, a vida é dele, ele foi honesto e a posse de erva nao é ilegal nem o seu consumo.

"PS:Lembrei-me agora de te dizer que apesar do estado preocupante da minha loja adoptei uma menina da Índia no site que recomendas-te.E tu,sabes alguma coisa da tua afilhada?"

A worldvison disse que iria fazer uma declaracao publica a todos que adoptaram uma crianca na Serra Leoa, espero receber esse contacto.

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 3:09:00 da tarde

Afrika:

"a microsoft doara nao seu quantos centimos por cada mail!"

A Microsof nao doa dinheiro por e-mails que a Microsoft nao patrocine e esse sao todos identificados pela empresa.

"E por falar em desaparecidos... onde andas tu?! Espero que tenhas uma boa desculpa!"

It´s a loooooog story. A semana passada foi complicada com dias de 48h.

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 3:10:00 da tarde

Amsilva:

"estou mais na da publicidade"

Ora lá está.

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 3:11:00 da tarde

luafeiticeira:

"E a foto?"

A foto foi enviada em formato PDF, que nao pode ser publicada sem ser desformatada e nem toda a gente tem um decompactador PDF.

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 3:12:00 da tarde

A Grafonola:

"helloooooooooooo...desapareceu..."

O termo "desapareceu" é vago. De onde, o nome, quando, onde foi vista pela ultima vez, etc, etc. O facto de ter realmente desaparecido nao retira a inutilidade do e-mail.

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 3:13:00 da tarde

anatcat:

"(desapareceu anatcat
foto em anexo do natal 1993
se não conseguir abrir o ficheiro, olhe deixe lá isso...
aqui está o NIB/IBAN/SWIFT...)"

Parece credível, manda o IBAN e SWIFT :)

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 3:14:00 da tarde

pax:

"Acho que deveriamos começar a procura do Crest pelo Tibete...
o Dalai Lama tem andado com um olhar muito suspeito... e não me parece que seja por causa dos jogos olimpicos..."

Ainda nao fui lá, mas ainda bem que me lembras, pois ainda tenho de escrever sobre esse gajo!

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 3:15:00 da tarde

A Grafonola:

"Crest, foste aos jogos olimpicos??..."

Nao fui mas vou!

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 3:15:00 da tarde

Ana Reis:

"Para que conta é que devemos mandar donativos para procurar o Crest?
Tenho aqui uns centimos para contribuir...:)"

O Crest só se perde quando quer e com quem quer :)

  Crestfallen

quarta-feira, abril 09, 2008 3:16:00 da tarde

Schlumpy:

"Mas também começa por "caros amigos e colegas", ou seja não era destinado ao público em geral. Provavelmente até começou por ser um email interno na empresa..."

Correcto.

  A Grafonola

quarta-feira, abril 09, 2008 7:12:00 da tarde

Crest, estava a dizer que tu é que tinhas desaparecido. =D

O Helloooo era cumprimento, género "hellooooo, está alguém aí??" O desapareceu era para usar o nome do post dizendo que andas desaparecido.

Não era hello de duh... :-p

  pax

quinta-feira, abril 10, 2008 10:50:00 da manhã

"Ainda nao fui lá, mas ainda bem que me lembras, pois ainda tenho de escrever sobre esse gajo!"

Há mais de dois meses que estou à espera!
Aliás, acho que já só te falta mesmo escrever sobre ele, o S. Pedro e a Santa da Ladeira!
:)

  turbo

quinta-feira, abril 10, 2008 1:24:00 da tarde

Crest
Ainda hoje veio no jornal que a família continua a ter contactos regulares com o padre da tal igreja.

E..ao fim de tantos meses, lá se apreendeu o célebre diário da mãe.
Eu só pergunto: ela ,porventura ,não teve tempo de escrever um novo, tal como muito bem quis?
Boa semana

  Parvinha da Silva

quinta-feira, abril 10, 2008 11:54:00 da tarde

Quando recebo mails deste tipo, confirmo no google, para poder chapar com o desmentido nas ventas do ingénuo ou chato, ou descuidado que mos enviou.

Foi assim que te descobri (há males que vêm por bem e já estás nos meus favoritos.

O mail que recebi trazia a foto (já não em pdf) e rezava assim:

Desapareceu

Joana, 13 anos, desapareceu de casa na noite de 15 de Março de 2008.
Quem vir esta menina, ou tiver alguma informação por favor contacte o número 917800489/ 966359182.
Amigos é a minha vizinha, por favor divulguem a fotografia para todos os vossos contactos.
-------

Agora vou ler-te mais um bocadinho.

  Parvinha da Silva

quinta-feira, abril 10, 2008 11:55:00 da tarde

Quando recebo mails deste tipo, confirmo no google, para poder chapar com o desmentido nas ventas do ingénuo ou chato, ou descuidado que mos enviou.

Foi assim que te descobri (há males que vêm por bem e já estás nos meus favoritos.

O mail que recebi trazia a foto (já não em pdf) e rezava assim:

Desapareceu

Joana, 13 anos, desapareceu de casa na noite de 15 de Março de 2008.
Quem vir esta menina, ou tiver alguma informação por favor contacte o número 917800489/ 966359182.
Amigos é a minha vizinha, por favor divulguem a fotografia para todos os vossos contactos.
-------

Agora vou ler-te mais um bocadinho.

  Afrodite

quinta-feira, abril 10, 2008 11:58:00 da tarde

não comento, pois já muitos o fizeram e sabiamente; tu prestaste um serviço público.

Gostei de te conhecer. Voltarei.

  Crestfallen

terça-feira, abril 15, 2008 2:46:00 da tarde

A Grafonola:

"Crest, estava a dizer que tu é que tinhas desaparecido. =D"

É verdade :(

  Crestfallen

terça-feira, abril 15, 2008 2:48:00 da tarde

pax:

"Há mais de dois meses que estou à espera!"

Já pensaste que te estou a prender aqui?

"Aliás, acho que já só te falta mesmo escrever sobre ele, o S. Pedro e a Santa da Ladeira!"

O S.Pedro também merce, agora a santa Ladeira nao faco a menos ideia de quem é :)

  Crestfallen

terça-feira, abril 15, 2008 2:51:00 da tarde

turbo:

"E..ao fim de tantos meses, lá se apreendeu o célebre diário da mãe.
Eu só pergunto: ela ,porventura ,não teve tempo de escrever um novo, tal como muito bem quis?"

Já tiveram tempo de escrever o guiao do filme que irá sair em breve, por isso ela já teve tempo de fazer 18 diários, mas espero que a PJ nao seja estúpida, pois é possível saber-se se é verdadeiro ou nao. Quem escreve num diário, nunca escreve da mesma forma, o sentimento altera a caligrafia, a esferográfica também muda, por isso ao ser testado em laboratório, iremos saber se é verdadeiro ou fabricado.

  Crestfallen

terça-feira, abril 15, 2008 2:53:00 da tarde

Parvinha da Silva:

Essr e-mail é bem mais completo e credível.

  Crestfallen

terça-feira, abril 15, 2008 2:55:00 da tarde

Afrodite:

"Gostei de te conhecer. Voltarei."

Duas Afrodites, duas Ines, duas Anja e 10 Anas, isto vai ficar mesmo confuso :P

  pax

terça-feira, abril 15, 2008 6:17:00 da tarde

"Já pensaste que te estou a prender aqui?"

Estás à vontade!
Eu até gosto!
Lol.
(Desde que isso não implique cordas, correntes e afins... :)

Também sei pouco da "santa" da Ladeira. Se, entretanto, descobrir conto-te.

Beijos.

  Crestfallen

quinta-feira, abril 17, 2008 5:07:00 da manhã

pax:

"(Desde que isso não implique cordas, correntes e afins... :)"

Nem umas algemas?

  pax

quinta-feira, abril 17, 2008 10:13:00 da manhã

"Algemas" era o que me estava a passar pela ideia no preciso momento em que escrevi "e afins"... (que coincidência! ;)
Pois... não sei. Algemas ainda é um caso a pensar...
(Nunca namorei com nenhuma "ótóridade"... :(

  pax

quinta-feira, abril 17, 2008 4:11:00 da tarde

"a santa Ladeira nao faco a menos ideia de quem é :)"

E agora o momento cultural que te converterá ao "Acreditarismo"!

«O culto à Santa da Ladeira começou há 35 anos, numa capela junto à estrada nacional que liga Torres Novas ao Entroncamento. Com o decorrer do tempo e com o aumento do número de contribuintes, perdão, fiéis, foi construído um santuário de dimensões modestas, inaugurado em Fevereiro de 2000, numa cerimónia que contou com representantes internacionais da Igreja Ortodoxa.
A ICAR nunca reconheceu a veracidade das visões de Maria da Conceição, o que não impediu o apadrinhamento da Santa da Ladeira pelos Ortodoxos.
Apesar da bênção de Deus, a Fundação Maria da Conceição e Humberto Horta atravessa um momento difícil. Três freiras denunciaram a existência de maus tratos e abusos sexuais em crianças do lar, o que deu lugar a uma investigação da Polícia Judiciária e a uma inspecção da Segurança Social, que entregou os menores às famílias.
Como todos os fenómenos num país onde o obscurantismo da crendice ainda impera, este perdurará ainda por alguns anos e algumas dezenas de pessoas continuarão a explorar e a beneficiar da pobreza de espírito de outras.»
(Diário Ateísta, 2004)

Li coisas ainda piores, mas isto já dá para teres uma ideia.

  Crestfallen

terça-feira, abril 29, 2008 6:32:00 da manhã

pax:

"Pois... não sei. Algemas ainda é um caso a pensar..."

Ainda bem :P nunca digas "estas algemas nao usarei".

"«O culto à Santa da Ladeira começou há 35 anos, numa capela junto à estrada nacional que liga Torres Novas ao Entroncamento. Com o decorrer do tempo e com o aumento do número de contribuintes, perdão, fiéis, foi construído um santuário de dimensões modestas, inaugurado em Fevereiro de 2000, numa cerimónia que contou com representantes internacionais da Igreja Ortodoxa.
A ICAR nunca reconheceu a veracidade das visões de Maria da Conceição, o que não impediu o apadrinhamento da Santa da Ladeira pelos Ortodoxos.
Apesar da bênção de Deus, a Fundação Maria da Conceição e Humberto Horta atravessa um momento difícil. Três freiras denunciaram a existência de maus tratos e abusos sexuais em crianças do lar, o que deu lugar a uma investigação da Polícia Judiciária e a uma inspecção da Segurança Social, que entregou os menores às famílias.
Como todos os fenómenos num país onde o obscurantismo da crendice ainda impera, este perdurará ainda por alguns anos e algumas dezenas de pessoas continuarão a explorar e a beneficiar da pobreza de espírito de outras.»
(Diário Ateísta, 2004)"

Ora muito obrigado pela estória desta santa de beira de estrada, até hoje só tinha visto putas :P

  Pax

terça-feira, abril 29, 2008 11:28:00 da tarde

«nunca digas "estas algemas nao usarei".»

Nunca digo nunca a nada.
Quem sabe ainda conhecerei alguma "ótóridade" que me prenda... lol.

A sorte destes "santos" é haver tanta necessidade de se acreditar em algo.
Há uns anos ouvi comentar que ela fazia algo regular tipo intercambio celestial, indo ao céu benzer terços que depois cá vendia.
Tipo ir a Ceuta comprar casacos, compreendes?
Enriqueceu.

Crest, ainda não foi desta que te converti?...
;)

  igor marques

sábado, maio 03, 2008 7:35:00 da tarde

ahah :D

foi a única referência que encontrei a este mail merdoso. e estou a ver que não sou o único que acha que isto é fake todos os dias :D

bem haja para o teu blog ;)

  Crestfallen

domingo, maio 04, 2008 6:44:00 da manhã

Pax:

"Nunca digo nunca a nada."

Já dissestes nunca a nunca! Isto faz-me lembrar uma discussão que tive com um suíço sobre a palavra ódio. Eu disse que odiava algo ou alguém e ele começou a discutir comigo, porque ele odiava ódio, eu respondi que ele também odiava algo!

Contra factos, nao há argumentos :P


"Há uns anos ouvi comentar que ela fazia algo regular tipo intercambio celestial, indo ao céu benzer terços que depois cá vendia.
Tipo ir a Ceuta comprar casacos, compreendes?"

Acho que os casacos sao mais úteis :P

"Crest, ainda não foi desta que te converti?..."

Continua a tentar :P

  Crestfallen

domingo, maio 04, 2008 6:44:00 da manhã

igor marques:

Obrigado.

  Pax

sexta-feira, maio 09, 2008 11:37:00 da manhã

"Crest, ainda não foi desta que te converti?..."

"Continua a tentar :P"

Só mesmo pelo gozo que isso me dá, que sei que és um caso perdido!
:)

  Crestfallen

sexta-feira, maio 09, 2008 12:55:00 da tarde

Pax:

"Só mesmo pelo gozo que isso me dá, que sei que és um caso perdido!"

Até os casos perdidos podem ser achados, há sempre acidentes em que se bate com a cabeca e conhecemos a gaja que nos muda a vida... a amnésia :)

  Pax

segunda-feira, maio 12, 2008 12:28:00 da manhã

"há sempre acidentes em que se bate com a cabeca e conhecemos a gaja que nos muda a vida... a amnésia :)"

Vês como eu tenho razão?

És um caso perdido.

  Anónimo

sexta-feira, maio 01, 2009 1:11:00 da manhã

nesta noticia foi comentado por um leitor em que diz que saiu uma noticia em que amãe do menino azul era vigarista mas em setembro desse ano veio apublico que essa empresa pagou para o recluzo mentir e difamar como foi dito pelo mesmo e afinal quem levantou o processo foi a mãe e não a empresa vejam o blog deste menino WWW.MENINO-AZUL.BLOGSPOT.COM e ai verão todos os docuemtnos como a mãe foi tramada isto sim é a verdade