Batidores da música (Parte 35) Dr.Dre, RBX, Krs-One, B-Real, Nas Escobar

Um vídeo que achei escandalosamente interessante é do Dr. Dre com vários rappers conhecidos, e chama-se "East coast, west coast killaz". Este vídeo começa com os rappers sentados em torno de uma mesa, vestidos elegantemente e fumando charuto numa analogia aos think tank das elites. No centro da mesa está a cobaia que é o público alvo, representado por um macaco numa jaula "Man in the Box" (prisão dimensional, parte do diagrama Vitruvian Man de Davinci). 





O tema começa com uma voz off que diz:

"Cavalheiros, temos um problema que tem o potencial de se tornar um problema muito sério. A separação east coast/weast coast é exactamente a arma que os nossos inimigos precisam para destruir o nosso império. Por isso, o que precisamos fazer, é juntar alguns dos maiores, mais fortes e mais inteligentes forças do milénio e isto será o inicio do Aftermath".

Não traduzi aftermath pois traduzir para: consequência, resultado, outonada ou sequela, não faz justiça ao que a palavra realmente significa. Aftermath é a junção de duas palavras after e math que juntas significam o que é feito após um acontecimento, rescaldo. Após um colapso politico, económico, guerra, etc, no aftermath nasce uma nova ordem.
Esta voz off fala na verdade em dividir para conquistar, onde o caso east/west coast é só uma analogia a todas as divisões a que estamos sujeitos em sociedade e que permitem o controlo exercido sobre nós. Obviamente que reunir as maiores, mais poderosas e mais inteligentes forças do milénio não se referem certamente a três rappers que mal sabem falar a sua própria língua. Com a continuação da música, percebemos que falam dos Illuminati e da sua Nova Ordem Mundial.

Após esta voz off, ficamos perante o olho de Hórus que observa a população completamente escravizada, estupidificada e violenta.



O primeiro a cantar é RBX que passa a palavra a Krs-One que após a sua parte vocal entra uma nova voz off que diz :

"Bem-vindos à Nova Ordem Mundial. Estão agora sob lei marcial. Todos os direitos constitucionais foram suspensos."

Obviamente que esta parte se adapta mais à agenda maçónico-Illuminati do que a uma mera guerra rap entre dois lados de um mesmo país.


Depois desta parte, entra B-Real em acção e passa a palavra a Nas Escobar que canta algo enigmático: "Now when I bomb like Saddam, the world feels The Wrath of Khan, Desert Storm in this modern day Babylon", esta parte é interessante pois o que está escrito não é bem o que é dito, pois com atenção percebemos que ele não canta wrath of Khan mas sim wrath of con, passamos de uma referencia a um líder na língua Turca e Mongol para uma palavra que significa: enganar, burlar, vigarizar, o que dá um novo sentido à frase: "Quando bombardeio como o Saddam, o mundo sente a fúria da vigarice, tempestade do deserto nesta Babilónia moderna". É interessante pois a tempestade do deserto é a guerra do Iraque, baseada nas mentiras sobre o arsenal nuclear e químico que afinal não existia, e o mundo mesmo sabendo que foi enganado (v: to con) continua a deixar-se enganar permitindo pelo seu silencio que as elites continuem com o Holocausto muçulmano em nome do controlo dos recursos locais. A frase termina com a referencia a uma Babilónia moderna sendo que a antiga é a origem dos ideais e crenças maçónico-Illuminati.

Também um detalhe importante que também se pode ver nas roupas de diversas Boyband é a utilização das cores aqui ficam as principais cores de fundo deste vídeo:

(Verde, Vermelho, Azul e Amarelo ou dourado)

A relevância destas cores, é serem as cores maçónicas:

Podem dizer que falta o branco e o negro, mas na verdade estas cores estão por todo o vídeo por vezes misturadas com as outras 4 cores. Isto acontece pois estas duas cores possuem significados mais gerais, sendo o branco a luz, o espírito, a pureza e o negro a dor. Aqui estão todas as cores presentes numa só imagem:



Termino a análise a este vídeo com um detalhe que poderá escapar aos mais atentos, por passar rápido demais para ser percebido. A certa altura vemos uma mulher que grita desesperadamente, amarrada a uma pirâmide esverdeada que se parece com esta:

Por baixo da pirâmide e com a mulher a tapar, está uma faixa que parece uma interessante versão do "In God we trust" alterada para "In Illuminati we trust":

Próximo texto (parte 36)


PS: Neste texto o que de mais engraçado aconteceu, foi enquanto buscava imagens, escrevi no Google "dolar bill piramid" para copiar a imagem da pirâmide da nota de dólar e apareceu isto:

Com tanta busca e tanto proxy que uso, é a primeira vez que vejo semelhante coisa. Obviamente não confirmei, como eles queriam, e fiz uma nova busca por "dolar bill" e cheguei sem problema à imagem desejada...

3 Comentários:

  : ) 2GuD - :P 2Bi2

quinta-feira, fevereiro 24, 2011 11:10:00 da manhã

É bem.

por acaso já tinhamos analisado este video em questão , é flagrante .

As ovelhas precisam de escolher lados ficam divididas nos dilemas que illuminatis criam .

  Streetwarrior

sexta-feira, fevereiro 25, 2011 8:54:00 da tarde

Bruno, passa-se alguma coisa ou com o meu PC ou com o teu blog, pois não consigo colocar comentários com o Internet Exp.
Já tinhas conhecimento disto?
Acontece/u a mais alguém?

Nuno

  Bruno Fehr

sábado, fevereiro 26, 2011 1:38:00 da manhã

Desde a série sobre o 911 em que este blogue sofreu alguns ataques, não é possível ver todo o blogue com o Internet Explorer, mas os textos visíveis eram possíveis de comentar.

Nao consigo resolver o problema do IE pois não sei como os textos são bloqueados, já estive a investigar e não encontro o motivo. Já tive várias queixas da impossibilidade de comentar usando o IE, Chrome, Opera e Safari, por coincidência browsers pertencentes à Microsoft e Google.

Recomendo o uso do FireFox. Mas espero em breve perceber como isto está a acontecer para poder contornar a situação.